Escola Municipal Alfredo Castro – Cabo Frio - RJ                                              Dezembro – 2011- Nº02       ...
2                                                                                         Adrenalina do Saber             ...
Adrenalina do Saber                                                                                       3               ...
4                                                                                            Adrenalina do Saber      Um M...
Adrenalina do Saber                                                                                                       ...
6                                                                                                                 Adrenali...
Adrenalina do Saber                                                                                       7               ...
Adrenalina do Saber                                                                                                       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Segunda edicao

7.253 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.253
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.295
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Segunda edicao

  1. 1. Escola Municipal Alfredo Castro – Cabo Frio - RJ Dezembro – 2011- Nº02 Editorial OS QUATRO PILARES DA EDUCAÇÃO... Seja bem-vindo à segunda Uma questão de compromissoedição do Adrenalina do Saber.Este será um canal de comunicaçãoda escola com alunos, professores A nossa Escola viveu neste ano a questão da Cidadania na Escola. O mundo, a sociedade, o homem precisa viver e saber viver,e responsáveis. Você terá acesso a crescendo nos seus direitos e lembrando conscientemente dos seus deveres.vários informativos, poesia, Não cabe ao indivíduo vivenciar plenamente a felicidade dosatividades e alunos em destaque, seus direitos e não perceber que a felicidade, seja como for, só é possívelrecadinhos da sala de leitura e compartilhada cotidianamente, fundamentada no respeito mútuo. Temos de “aprender a conhecer”, convivendo prazerosamentesecretaria, dicas de ortografia, com as descobertas, buscando o conhecimento que seja transformador edesafios de matemática, Literatura modificador, permanente, mas não fixo. Uma aprendizagem contínua,de Cordel e muito mais... Boa incontida, recriada, sempre em crescimento.leitura! Assim, com o conhecimento sempre reinventado, “aprender a fazer” para que efetivamente haja uma sociedade cooparticipante, visando ao Leila Abdala (Multiplicadora Tecnológica) coletivo, sem abandonar a liberdade do fazer individual. A iniciativa de compartilhar para derrubar uma sociedade sistemática e desumana. PARABÉNS!!! Fazendo, “aprendemos a viver” juntos e compreendendo que a felicidade do homem é sua vida social. Todos estamos juntos e somos Alunos das turmas 900, interdependentes. Não vamos a nós mesmos, sem antes ver os outros. 901 e 902 pelo belo Assim somos. “Aprender a ser”, sendo, enquanto cidadão desempenho na prova do Avalia pensante, para si, para todos, para o mundo, para vida, para o planeta. Rede. A nossa escola ficou em A felicidade de ser consciente e correto e justo, na medida, que não seja exata, posto que é humana, mas que seja infinita na acepção do 2º lugar com 59,7%. Vocês são recíproco. (Lembram de Vinícius de Moraes? “Que não seja imortal posto que vencedores!!! é chama/ Mas que seja infinito enquanto dure”). Assim entendemos Jacques Delors em seus “Quatro Pilares da Educação”. Assim fundamentamos nossas atividades neste período de 2011. Certeza do dever Visamos uma Escola que não seja enquanto si mesma, mas que cumprido seja enquanto grupo que forma e une indivíduos na ética e na felicidade. Dinamizador da Sala de Leitura Edésio Silva Sentindo saudades, encerramos nossa gestão. Esta gestão que durante seis NÃO PERCAM!!! anos fez parte de nossas vidas, FESTA DE INTEGRAÇÃO tornou-se nossas vidas. Fez-nos refletir, mudarmos e recomeçarmos Todos os alunos estão convidados para a festa de sempre. Enfim, vivemo-la com encerramento no dia 16/12 às 8h., integrando o 1º e o 2º intensidade e diversidade. turnos. Diversidade que é a Educação Local: Quadra da E. M. Alfredo Castro democrática e cidadã. Foi, por essa luta e dedicação, Apoio da organização: Aluno Marlus Roberto (Turma uma bela história. Escrita com 801) bom-senso e sabedoria, numa trajetória árdua, porém gratificante. Chegamos a um fim com bons SALA DE LEITURA EM AÇÃO! frutos. Sentimo-nos felizes e certas do cumprimento de nossos deveres A Sala de Leitura agradece a participação e bom desempenho dos alunos e metas. desta UE nas atividades de leitura, afinal, foram realizados um total de 2007 Deixamos a Direção, mas ficam empréstimos neste ano. os amigos. Dinamizadores da Sala de Leitura Clotilde, Andréa e Socorro
  2. 2. 2 Adrenalina do Saber ATIVIDADES EM DESTAQUE LÍNGUA PORTUGUESA - PROFESSORA ANA CARLAProdução de histórias em quadrinhos com o tema “Atitude Responsável” com as turmas 601 e 602 em parceria com o Laboratório de Informática. HISTÓRIA – PROFESSOR MARCELO Elaboração da Constituição da Escola com as turmas 601, 602, 702 e 703. LÍNGUA PORTUGUESA – PROFESSORA GIANNY Teatro a partir de uma releiturade livros paradidáticos GEOGRAFIA – PROFESSOR MÁRCIO Produção de maquetes e seminário abordando o tema “Vulcanismo” com a turma 602.
  3. 3. Adrenalina do Saber 3 CIÊNCIAS – PROFESSORA BÁRBARA Produção de comerciais de alguns animais Artrópodes (escorpião,percevejo e lacraia)com a turma 702. ARTES – PROFESSORA RAFAELA Iniciando a gravura – Técnica da Transferência (7º ano)... Gravura e a Literatura de Cordel Arte Aborígene- - Produção de animação e telas (8º ano) Filme “Austrália” “A única coisa que o homem possui é a sua história”
  4. 4. 4 Adrenalina do Saber Um Mineiro em Cabo Frio E que aqui era legal Disse que era familiar Mas não peguei seu endereço E que a conhecia (Literatura de Cordel) Foi aí que me dei mal Falou que vendia pastel na praia E quase sempre comia Na hora do desembarque Fiquei muito animado Foi aquela aflição Pois ia encontrar a Maria Não sabia onde ela morava Nem a minha localização Chegando no destino Comecei uma caminhada Já estava a ponto de explodir No meio da multidão Encontrando-a na praia Ofereci um açaí Com a mente confusa Me sentei do lado dela Quase sem alegria Dali nunca mais saí Andei da praia do forte Até o Morro da Guia Às vezes contam história Tinha apenas uma foto Que nem sequer faz sentido Eu me chamo Joaquim Da minha mulata Maria Que Cabo Frio é horrorosa Mineirinho trabalhador Que nem a cara do seu umbigo Vim passear em Cabo Frio No bairro da Passagem Mas Cabo Frio é linda e maravilhosa Com a graça do Senhor Encontrei uma velhinha Que nem os olhos do seu primo. Vim direto de Itamonte Imaginei a minha avó Conhecer o meu amor Sentada naquela pracinha Alunos João Vitor, Matheus Reinaldo e Então mostrei a ela Estevão – Turma 702- Professora Conheci a menina dos meus sonhos A foto da minha rainha Rafaela Em um papo reto virtual Ela disse pra eu vir pra Cabo Frio MATEMÁTICA – PROFESSORA ANA LÍLIANProdução de histórias em quadrinhos com várias situações envolvendo os números decimais em parceria com o Laboratório de Informática. As atividades estão disponíveis em http://issuu.com/alfredocastro/docs/hqnamatematica ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR: ROGÉRIA (PORTUGUÊS), ANA LÍLIAN(MATEMÁTICA), CAMILLA(INGLÊS) E VALÉRIA(CIÊNCIAS) Apresentação de Seminário e produção de um livro com pesquisas sobre “Drogas” (901 e 902)
  5. 5. Adrenalina do Saber 5 A prender sintomas, deve-se procurar vírus que provocam a dengue: DENV-1, sobre a imediatamente o serviço de saúde. As DENV-2, DENV3 E DENV-4. dengue é pessoas devem fazer repouso e beber essencial para muito líquido (inclusive soro caseiro). Todos eles causam os mesmos combatê-la. Para sintomas, mas quando uma pessoa pega isso, é importante É importante também conhecer os um tipo de vírus, fica imunizada somente saber algumas sintomas, pois a dengue é uma doença contra ele. Dessa forma, uma mesma informações sobre grave e pode matar. A febre é alta e pessoa pode pegar dengue até 4 vezes, essa doença que acompanhada de um ou mais sintomas, se for picada por mosquitos infectadostodo ano preocupa os brasileiros. A como dor de cabeça, dor atrás dos olhos, por diferentes tipos de vírus.dengue é uma doença febril aguda no corpo e nas juntas. A orientação é procurar imediatamente uma unidade de Para combater a dengue é necessáriocausada por um vírus, não é transmitida que toda a comunidade participe.de pessoa para pessoa; o vetor é a saúde. Após o diagnóstico, sefêmea do mosquito Aedes aegypti, que aparecerem sintomas como dor na Fonte: http://www.dengue.org.br/se infecta ao picar uma pessoa doente. barriga ou vômito, o retorno à unidade de saúde tem de ser imediato. http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/flash/ca rtilha_dengue.html Para a dengue não existe tratamentoespecífico. Diagnosticados alguns Existem no mundo quatro tipos de PARABÉNS AOS ALUNOS DESTAQUES NO SEGUNDO TRIMESTRE!! Marcela F. Andrade Eduardo Marcos Vinícius G. de A. Gonçalves 1º TURNO Thainá de Souza Oliveira TURMA 702 TURMA 600 TURMA 900 Arthur Vinícius de SantAna Lopes Isabella de Freitas Penza Giovanna Fontana A. Eduardo Débora Silva Oliveira Marcos Vinícius B. da Silveira TURMA 901 Estevão Belmiro da S. Souza Marina de Barros Araújo Gabriel R. Lima da Silva Ingrid Vitória Dias Porto Milena Cordeiro Gaspar Pedro Magno C. de Abreu Márcio de C. Nascimento. Júnior TURMA 700 Pablo Lisboa de Melo Beatriz Rios Castanheira 2º TURNO Rebecca Pinto Ribeiro Beatriz Vilas Boas C. Marques Vinícius Santos Fernandes Débora Saraiva Gomes Tayná Silva Araújo dos Santos Paulo Victor Moreira de Almeida TURMA 701 TURMA 601 TURMA 703 Jullyanne dos Santos Oliveira Adrian Braga da Silva Júnior Thayná Netto da Silva TURMA 800 Agenor Azevedo Heringer Vaneyska Costa de Souza Carla Oliveira Souza Eduarda da S. Mesquita Viana TURMA 802 Larissa Silva de Oliveira Nadyla David Zogbi S. Oliveira Aline Magalhães de Oliveira Ruan Guilherme Nunes Vidal Victor Antunes dos Santos Maria Raiane Araújo dos Santos Yan Neves Ramos TURMA 602 TURMA 803 TURMA 801 Bruno do Rêgo de Carvalho Emanuel Moura de Souza Santos Bianca Santa R. N de Carvalho Marcos Vinícius D. da Silva TURMA 902 Josemar Ferreira de C. Júnior Patrick Arantes Ferreira Barreto ????????????????????????????? RACHA A CUCA 1. A travessia Um homem que pesa 100 quilos e, seus 2 filhos, um pesando 40 quilos e o outro pesando 60, precisam atravessar um rio. O único barco disponível só pode carregar até 100 quilos de cada vez. Como eles poderão chegar à outra margem? 2. Quantos noves existem entre 0 e 100?
  6. 6. 6 Adrenalina do Saber SER PROFESSOR questão, trata-se de uma geração de própria melodia pode fazer isso. espírito empreendedor, que finalmente Enfim, o ser humano está nos gráficos, busca fazer o que gosta, lema que apesar os gráficos representam nossa vida, de ser um chavão, enfatizado por muita infinita, talvez, dependendo do ponto de gente ultimamente, se configura em uma vista, considerando o quantitativo grande verdade da vida. Afinal, o pré- paralelo ao qualitativo, fazemos parte requisito de ser um vencedor é assim de várias estatísticas. E o que diria realmente fazer o que se gosta, a estatística do ser? acreditando que vai dar certo sempre. Sob o meu ponto de vista, a O professor deve ser um olheiro de estatística do Ser diz que estamos nos tendências, já que ele é um formador de procurando. Quem somos? ncrível é como a figura I opinião, pode indicar melhor os rumos, Crianças ansiosas para aproveitar do professor continua não sendo ou se colocando um dono da todo o tempo que temos? Adolescentessendo alvo de falas controversas; para verdade, já que sua opinião estará vindo inquietos, questionadores? Adultos emuma geração acelerada, ansiosa por junto, e por isso mesmo não pode estar busca da felicidade?novas descobertas, uma geração preso a convenções.A procura eterna E o professor? Um elemento quetecnológica, eletrônica, que aprimora pelo novo se faz necessária em todos os está longe de entrar em extinção.cada vez mais a comunicação na web. meios, afinal, a história ainda está em Amado ou odiado. ValeuAssim, o professor se tornou mesmo um nossas mãos enquanto estiermos vivos. Professor!facilitador, um provocador, um sujeito Dessa forma, assim como osque é cobrado a ser um questionador, conhecimentos técnicos e a métrica não Professora Dinamizadorauma figura que deve estar motivada para são mais pré-requisitos para se compor Jaqueline Albuquerqueser um criador mesmo de possibilidades. música, é necessário ter algo a dizer, Quanto ao seu público em mesmo que não se diga claramente, a Poesia Se ligue na ortografia...O Trabalhador Com a Reforma Ortográfica... formada por um prefixo terminado emPor mais um dia de trabalho, vogal + palavra iniciada pela mesmaDão seu suor e seu amor * Paroxítonas terminadas em "-oo" vogal. perdem o acento circunflexo - Como eraEstes são os funcionários, microondas, microônibus, antiibérico,Este é o trabalhador. As palavras paroxítonas terminadas em antiinflamatório, antiinflacionário, "-oo" agora perdem o acento antiimperialista, arquiinimigo, microorgânico. circunflexo. Assim, no lugar de "vôo",A cada dia nos guiam, temos "voo", "enjôo" muda para "enjoo" - Como ficaEstão dispostos a ajudar e assim por diante. micro-ondas, micro-ônibus, anti-ibérico, anti-inflamatório, anti-inflacionário,Andamos sempre seguros, * Não existe mais o acento diferencial antiimperialista, arqui-inimigo, microorgânico.Pois há alguém a supervisar. em palavras homógrafas (as que possuem a mesma escrita e pronúncia). Obs:São queridos e amados, - Como era A exceção é o prefixo “co”, que permanece sem hífen: cooperação,Pois responsáveis todos são. pára (verbo), péla (substantivo e verbo), coobrigar, coordenar.Andam sempre ajustados, pêlo (substantivo), pêra (fruta), pólo * HIFEN – RR e SS: O hífen não é mais utilizado em (substantivo), côa (verbo coar)Pelo suor de suas mãos. palavras formadas de prefixo terminado - Como fica em vogal + palavra iniciada por “r” ou para (verbo), pela (substantivo e verbo), “s”, sendo que essas letras devem ser dobradas.Em homenagem a vocês, pelo (substantivo), pera (fruta), polo - Como eraConcedo-lhes este poema. (substantivo), coa (verbo coar). ante-sala, ante-sacristia, auto-retrato, anti-social, anti-rugasCom todo amor e carinho, * Permanecem os acentos que - Como ficaPois cuidam de todo esse sistema. diferenciam o singular do plural dos antessala, antessacristia, autorretrato, verbos “ter” e “vir”, assim como de antissocial, antirrugas. seus derivados. ele tem / eles têm; ela Fonte:http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/ Aluno Emanuel M.S. Santos (turma 803) index.php?cdPoesia=12755 vem / elas vêm; você retém / vocêsUma homenagem aos funcionários e retêm.professores da EMAC. * HIFEN – MESMA VOGAL: Agora se utiliza hífen quando a palavra é
  7. 7. Adrenalina do Saber 7 ACONTECEU... Visita da Secretária Municipal de Educação Laura Barreto para premiação com um notebook ao medalhista de ouro de Cabo Frio na OBMEP 2010, o aluno Josemar Ferreira de Carvalho Júnior. Visita dos alunos das turmas do 7º ano à Fiocruz e Museu Nacional.Oanimação. Dia das Crianças foi comemorado em nossa escola Os com grande professoresrealizaram diversas brincadeirascomo Torta na Cara, Tapete dasletras, dança da maçã estourabalão entre outras. E não poderiafaltar as guloseimas: pipoca,picolé, cachorro-quente,refrigerante. A funcionária Silvana participou do desfile na IV Semana de Relações Étnico Raciais promovido pela Prefeitura Municipal de Cabo Frio. Participação do Festival Curta CaboFrio com o filme “Minha vida atrapalhada” Parceria da Professora Rafaela, MT. Leila Abdala e a Turma 800.
  8. 8. Adrenalina do Saber 8 Linda festa Havaiana em comemoração ao Dia dos professores e funcionários. Foi muita DIVERSÃO!!! ORIGEM DO NATAL E O SIGNIFICADO DA EXPEDIENTE COMEMORAÇÃO Edição e Diagramação: Leila da Silva Costa Abdala Natal é As antigas comemorações Professora idealizadora: Rogéria uma data em que de Natal costumavam durar até C. Gonçalves comemoramos o 12 dias, pois este foi o tempo Revisores: Leila da Silva Costa nascimento de que levou para os três reis Abdala, Jaqueline Albuquerque e Jesus Cristo. Na Magos chegarem até a cidade de Clotilde Pinho Fiúza. antiguidade, o Belém e entregarem os presentes Apoio: Diretora Clotilde Pinho Natal era (ouro, mirra e incenso) ao Fiúza, Dirigentes Andrea Trindade comemorado em várias datas menino Jesus. Atualmente, as e Maria do Socorro Rodrigues e Supervisora Mara Nadja. diferentes, pois não se sabia pessoas costumam montar as com exatidão a data do árvores e outras decorações nascimento de Jesus. Foi natalinas no começo de somente no século IV que o 25 dezembro e desmontá-las até 12 FIQUEM ATENTOS! de dezembro foi estabelecido dias após o Natal. como data oficial de Do ponto de vista O resultado final estará comemoração. Na Roma Antiga, cronológico, o Natal é uma data disponível para consulta no o 25 de dezembro era a data em de grande importância para o mural da escola no dia 19/12 a que os romanos comemoravam Ocidente, pois marca o ano 1 da partir das 15h. o início do inverno. Portanto, nossa História. acredita-se que haja uma Fonte:http://www.suapesquisa.com/historiado relação deste fato com a natal.htm oficialização da comemoração Feliz Natal e um 2012 do Natal. repleto de felicidade!!! Convite  aos  alunos,  pais  e  professores Respostas do Racha a Cuca Formatura das turmas   1. Vão os dois filhos. Um fica e o outro volta com a canoa. Vai o 900, 901 e 902 no dia   pai sozinho e fica. Volta o filho para buscar o irmão. Atravessam 20/12 às 19h. os 2 filhos. 2. Existem 20 noves entre 0 e 100.  Local: Quadra da E.   M. Alfredo Castro Um em cada algarismo das unidades (9,19,29,39,...99), e mais os dez noves da dezena 9 (90, 91,92...99). No total 10+10 = 20 noves.

×