Tribuna 51

142 visualizações

Publicada em

Um Jornal virtual de noticias e atualidades sobre Rio das Ostras, o Brasil e o mundo

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tribuna 51

  1. 1. TRIBUNAda Costa do Sol Maio de 2015 - Ano XV - Edição 51 Independência e Liberdade acima de tudo Fundador: Ely Pereira - R$ 1,00 FormadaemFisioterapia,comespecializaçãoemReeducaçãoPostural Global,PaolaOliveiracomeçouoseucontatocomomundodasartes porcontadoscomerciasemrevistasenatelevisão.Peladedicaçãoem fazerumbomtrabalho,aatrizachounecessárioestudarteatronaOficina Mazzaropi,emSãoPaulo.Aindaantesdeseformarnafaculdade,fez umaimersãonasartescênicasnaEscoladeAtoresWolfMaya,ondeo amorpelasartescresceuevenceu.Oreconhecimentodopúblicoeda críticaveioem2005,pelotrabalhorealizadoem“Belíssima”,ondeviveu asonhadoraGiovana.Desdeentão,aatrizjácontacomquatrolongase maisdenovenovelaseparticipaçõesespeciaisemproduçõestelevisivas no currículo. Leia matéria completa na página 3 Paolla Oliveira, a nova namoradinha do Brasil Especialistas estudamavanço do mar em Rio das Ostras Academia Popular de Barra de São João homenageia mães Pagina 3 Novos dias e horários de coleta do lixo em Rio das Ostras Pagina 4 Justiça nega liminar a OdebrechtAmbiental Anuncie Aqui 22 997969499 22 992143558 A Prefeitura de Rio das Os- tras vem se reunindo com o De- partamento de Estra- das de Rodagem em busca de soluções para conter o avanço do mar na Orla da Tartaruga.Comoparte dos estudos, especia- listas estão no Mu- nicípio,fazendolevan- tamento topográfico e sondagem. Pagina 8 Pagina 5
  2. 2. Página 2 TRIBUNA da Costa do Sol Maio de 2015 TRIBUNA da Costa do Sol EXPEDIENTE Diretor Responsável: Jorn. Ely Pereira - MTb 158/03.01 Editoração e Distribuição: Rinaldo Guedes Moura Departamento Comercial: Mário Barros e André Moura Colaboradores: Fabiana Silva, Damião Cunha e Margarida Jr Editora: JORNAL BAIXADA FLUMINENSE -00.183.425/0001-83 Redação: Rua Mayer, 888 - Centro - Rio das Ostras - RJ email: tribunacostadosol@yahoo.com.br - cel.: 22 99879-9585 Representante: J.C.RepresentaçõesePublicidades-CAPELLA Av. Rio Branco, 173/602 - Rio de Janeiro - 21 2262-7469 Impressão: Tribuna de Petrópolis - Tiragem: 8.000 exemplares Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores Departamento de Educação Continuada fortalece humanização Hospital Público de Macaé vem investindo na capacitação de seus funcionários para melhorar o atendimento N os últimos meses, o Hos- pital Público de Macaé (HPM) vem investindo na sua modernização com a compra de novos equipamentos. No entanto, um bom atendimento vai muito além da estrutura física. Para oferecer um tratamento mais humanizado é preciso preparar toda a sua equipe para melhor receber os pacientes. Diante disso, a unidade também tem focado na capacitação de seus funcionários. Isso é feito através do Depar- tamento de Educação Continuada. De acordo com o coordenador do setor, o médico Joel Tavares Passos, o intuito é que essa qualificação seja oferecida a todos os colaboradores do hospital, desde os médicos até a equipe de limpeza. “O HPM tem um Centro de Estudos e dentro dele existe esse departamento. A fi- nalidade é fazer com que haja um processo continuado de educa- ção, de formação e de treinamento envol- vendo todos os cola- boradores do hospital. Nossointuitoéabranger não só a classe médica, mas também a enfer- magem, a fisioterapia, o pessoal da farmácia, da psicologia, assistente social. E isso vai se estendendo até os funcionários da limpeza e da recepção. Assim é necessário fazer porque todo colaborador tem que estar adaptado, treinado e capacitado para poder atender a demanda que existe de pacientes das mais variadas categorias de gravidade, senão isso aqui fica uma grande confusão”, enfatiza. Dr. Joel destaca a importância do apoio que vem recebendo da superintendência do hospital. “Eles têm essa sensibilidade e sabem dessa impor- tância. Nós estamos iniciando um trabalho e, em função disso, pretendemos começar pela emergência. Os profissionais desse setor passam, a partir de agora, a ter um processo de educação, de capacitação, que no fundo vai acabar melhorando o aten- dimento para toda a população”,completa. O diretor-superin- tendente do Hospital Público de Macaé (HPM),omédicoMár- cio Soares Bittencourt, ressalta que quando o profissional é valo- rizado, isso acaba refletindo na maneira que ele atende o paciente, ou seja, é um fator essencial no processo de huma- nização. “Efetuamos a compra de vários equipa- mentos novos, mas também estamos in- vestindo no funcio- nário. O objetivo é valorizá-lo como um ser humano para que ele faça o melhor atendimento. Não adianta você ter só tecnologia de ponta e ter uma equipe que não está capacitada para trabalhar com plena competência. Estamos almejando uma complementação, para que o paciente, queéonossofoco,seja sempre tratado com dignidade”, ressalta. Dr. Joel também enfatizou que o departamento acaba somando à ideia do município tornar essa unidade em um centro de educação. “Hoje, a própria UFRJ acaba tendo o HPM como um hospital-escola. Começar a fazer não só a educação conti- nuada, mas também aproveitar a própria formação universitária, é uma ideia que o hospital acabou abraçando e está tentando colocar como um marco. Você estar junto com uma universidade de quase 200 anos é algo bastante interessante”, pontuou. Segundo o Programa Nacional de Humani- zação da Assistência Hospitalar, “os bons resultados dependem, em grande medida, da capacidade do hospital oferecer um atendi- mento humanizado à população. Para tanto, é necessário cuidar dos próprios profissionais da área da saúde, constituindoequipesde trabalho saudáveis e, por isso mesmo, capa- zes de promover a humanização do servi- ço. E, por profissionais de saúde, consideram- se todas as pessoas que trabalhamnasunidades de saúde, e não apenas médicos e paramé- dicos”. Anuncie Aqui 22 997969499 22 992143558
  3. 3. Maio de 2015 TRIBUNA da Costa do Sol Página 3 Paolla Oliveira, a nova namoradinha do Brasil D o signo de Áries, Paolla Oliveira é uma atriz paulis- tana que vive no Rio desde 2005, quando estreou na TV na novela “Belíssima”, da TV Globo. Antes da fama, a bela se formou em fisio- terapia, mas, a vida, e os trabalhos como modelo, a levaram aos palcos. Além de “Belíssima”, Paola fez mais três novelas, quatro filmes e três séries no currículo, além de várias partici- pações em programas da TV. Paolla Oliveira nasceu e cresceu em São Paulo, no bairro da Penha. É filha de um capitão, e o seu sonho era ser fisiotera- peuta, cadeira na qual se formou. Entretanto Paolla sempre fez comer- ciais e desfiles, o que a levou a sentir vontade de estudar teatro. Entrou para a Escola de Atores Wolf Maya e em 2005 fez o teste para viver Giovana na novela “Belíssima”, da TV Globo. Aprovada, con- tracenou ao lado de Claudia Raia, quando chamou a atenção da crítica e logo em seguida conquistou o papel de protagonista na novela “O Profeta” (2006). Nesse papel viveu a romântica Sônia, con- quistando ainda mais sucesso. O trabalho seguinte foi “Ciranda de Pedra” (2008), em que inter- pretou Letícia, uma linda e inteligente tenista. Em “Cama de Gato”, novela de 2009, a atriz viveu a mimada e ambiciosa Verônica. Com uma bela trajetória pelo pouco tempo de carreira, Paolla vem mostrando que veio para ficar, como uma das melhores atrizes de sua geração. No cinema Paolla estreou em 2007 com dois curtas: “Noite Fria” e “Envie aos Palhaços”. No ano se- guinte atuou em “Rinha”, de Marcelo Galvão e em “Entre Lençóis”, dirigido pelo colombiano Gustavo Nieto Roa, em que contracenou com Reynaldo Gianecchini. A atriz participou do filme “Budapeste” (2009) e foi protagonista nos longas “Uma Professora Muito Maluquinha” (2010), com roteiro baseado na obra homônima de Ziral- do, e “Eu e Meu Guarda- Chuva” (2010), de Toni Vanzolli. Na trajetória de Paola também houve a participação em vários programas e novelas da Rede Globo. A atriz Paolla Oliveira se mostra bastante aberta quando o assunto é relacionamento. Durante uma recente coletiva de imprensa, a artista declarou que perdoaria uma traição. - Por que, não? Existem outros sentimentos mai- ores - declarou ela. Paolla vive com o ator Joaquim Lopes, o Enrico, de Império, desde 2009 e também revelou o desejo de ter filhos: - Quero, mas não sei quando. Academia Popular de Barra de São João homenageia as mães Uma manhã de beleza foi realizada em comemoração ao Dia das Mães U ma manhã de cuidadoscom a pele e dicas de beleza. A quarta- feira, dia 6, foi de homenagens as mães naAcademia Popular de Barra de São João, um projeto da Prefeitura através da Secretaria de Esporte e Lazer. Além das dicas, cada mãe levou nada melhor para homenagear nossas mães do que dicas de beleza”. AAcademia Popular de Barra de São João tem cerca de 50 mães em seu quadro de alunos.SoniaCursoé umadelasquecurtiua iniciativa. “Vim para malhar e acabei me embelezando. Isso é maravilhoso”. para casa uma garrafinhadepresente. A subsecretária da pasta, Dulcenete Arruda, lembra que essa é a segunda edição do Dia de Cuidados com a Pele e que o evento faz sucesso na academia. “Esse é um tema que tem tudo a ver com saúde e bem-estar e Rua A, 102 – Praia Santa Irene – Barra de São João (Próximo à Patrulha)
  4. 4. Página 4 TRIBUNA da Costa do Sol Maio de 2015 Rio das Ostras mantém apoio aos pequenos produtores de Cantagalo Agricultores que ainda apostam no plantio do feijão, este ano terão um trator da Prefeitura para preparar o solo P e q u e n o s produtoresde feijão de Rio das Ostras estiveram reunidosnoúltimodia 4, segunda-feira no Deap - Departamento de Agricultura e Pecuária de Rio das Ostras, quando foram informa- dos sobre as condições deplantioparaesteano. Comlimitaçõesnoorça- mento, a Secretaria do Ambiente,Sustentabili- dade, AgriculturaePes- cadomunicípioreduziu insumos e maquinário, mas manterá o apoio técnico para os produ- tores que apostarão na cultura este ano. Com a adesão de ape- nas 20 produtores, a safrade2015deveser bemmenor,oquesig- nifica uma produção médiade20toneladas. Apesar das restrições, o Deap manterá o apoiotécnicoaosagri- cultores. “Vamos dis- ponibilizar um trator para preparar a terra paraoplantio,queestá previsto para co- meçarempoucosdias. Entretanto, a compra das sementes e a adu- bação estarão por conta dos produ- tores”, comentou Anselmo Nazário, diretor do Deap. No ano passado, cerca de 70 agricultores de Cantagalo, zona rural de Rio das Ostras, participamdoprojetode feijão. Apesar das dificuldades econômi- cas, o produtorWalde- mir Alves Barcelos planeja plantar feijão ainda este ano. Ele diversifica sua plantação e destaca a banana comoopçãode renda.“Apesardapou- ca chuva, as bananas que começo a colher já têmmercadogarantido aquimesmoemCanta- galo. Pretendo, inclu- sive, ampliar minha plantação este ano e, para isso, já adquiri novasmudas”,comen- taWaldemir. O início da colheita do feijãoestáprevistopara o mês de setembro, quando os produtores esperamumaprodução de 900 quilos por hectare. Anuncie Aqui A Secretaria do Ambiente fez alterações de dias e horários de re- colhimento dos resí- duos em todo o Muni- cípio. A medida entrou em vigor na quarta- feira dia 13, e leva em consideração a proxi- midade entre as loca- lidades da cidade, para melhorar a logística da empresa responsável pela coleta. Veja os dias da sua localidade: Segundas, quartas e sextas, a partir das 8h: Âncora, Canta- galo, Cláudio Ribeiro, Atlântica, Jardim Ma- riléa, Mariléa Chácara, Porto Seguro, Novo Horizonte, Village Rio Novos dias e horários de coleta do lixo em Rio das Ostras das Ostras e Rocha Leão. Segundas, quartas e sextas, a partir das 18h: Centro, Bosque da Areia, Enseada das Gaivotas,Floresta,Mar y Lago, Nova Esperan- ça, Praia Mar, Reduto da Paz, Terra Firme, Verdes Mares, Boca da Barra, Bosque da Praia, Bosque Beira Rio, Colinas, Costazul, Jardim Bela Vista, Ouro Verde e Recreio. Terças, quintas e sábados,apartir das 8h: Nova Aliança, Jar- dim Campomar, Can- tinho do Mar, Cidade Beiramar, Cidade Pra- iana, Extensão Serra- mar, Jardim Miramar, Jardim Patrícia, Mar do Norte, Maria Tur- ry, Palmital, Recanto, Serramar, Extensão do Bosque (até a Rua Rio Grande do Norte), Alphaville e ZEN. Terças, quintas e sá- bados, a partir das 18h: Balneário Rem- anso, Camping do Bosque, Casa Grande, Extensão do Bosque (a partir da Rua Rio Grande do Norte), Extensão Novo Rio das Ostras, Novo Rio das Ostras, Operário, Peroba, Parque São Jorge (Ilha), Liberda- de, Nova Cidade, Par- que Zabulão, São Cris- tóvão, Village Sol e Mar, Gelson Apicelo e Santa Helena.
  5. 5. Maio de 2015 TRIBUNA da Costa do Sol Página 5 PADARIA ENCANTO DA LAGOA “PADARIA DO FORRÓ” bar, lanchonete, mercearia, restaurante e açougue Tel.: (22) 2764-9226 Av. Bandeirantes, 10 - Bela Vista - Rio das Ostras - RJ Promoção Promoção R$ 19,99 R$ 59,99 Compramos carência de outros planos PLANO DE SAÚDE AMIL DIX MEDIAL BRADESCO UNIMED UNIMED CRC / CREA AMILL CRC / CREA 3324-0364 997969499 Plano empresarial e dental a partir de 2 vidas Festival da Canção de Macaé está com inscrições abertas A FMC Funda- ção Macaé de Cultura traz uma boa notícia para os compositores e mú- sicos macaenses: Estão abertas e serão realizadas até o dia 22 maio as inscrições para o Festival da Canção – Som da Vez. O Festival acontecerá nos dias 29 e 30 de maio e contará com muitas atrações, além das bandas e músicos participantes. As três categorias disputadas entre os concorrentes vão di- vidir a premiação em dinheiro no valor de R$ 28 mil reais. Só serão válidas as inscrições feitas no site da Fundação Macaé de Cultura. O regulamento podeserbaixadonolink a seguir: www. macaecultura.com.br. O Som da Vez será realizado no Teatro Municipal de Macaé. O objetivo é desen- volver a cultura musical do município, lançando novos talentos e valo- rizando a cidade de Macaé como polo cultural. Este festival é voltado para compo- sições inéditas que concorrem a prêmios em dinheiro nas cate- gorias de arranjo, canção e intérprete. Segundo o produtor, Fred Tolipan, o evento traz inovações e pretende promover ainda mais os artistas locais. “Nosso intuito é promover um festival que apresente compo- sitores e músicos macaenses ou que morem na cidade”, explica. O Festival da Canção de Macaé irá produzir um DVD, gravado ao vivo e a Fundação Macaé de Cultura disponibilizará 100 cópias para servir como portfólio aos músicos vencedores. Haverá também no evento a participação de humoristas nos intervalos entre as apresentações musi- cais, visando manter o clima festivo e a alegria contagiante que me- rece o evento. “Os grandes Festivais revelaram nomes im- portantes da MPB, como Elis Regina, Gil, Caetano, Ivan Lins, entre vários outros. Idealizamos um festival para oportunizar, mes- mo que num nível regional, grandes ta- lentos e bandas maca- enses, além de ser um belo espetáculo para a sociedade, afirma o presidente da FMC, Juliano Fonseca. O festival trará ainda uma nova maneira de pre- miar o artista que mais entusiasmou a plateia, por meio de votação popular. Outra novida- de é que os troféus são exclusivamente dese- nhados para o Festival da Canção de Macaé, com designer moderno e elegante, valorizando os símbolos da cidade. Um show de uma banda convidada, de nome ainda não divul- gado, será a grande surpresa reservada para o encerramento do Som da Vez. O juiz Henrique Assumpção Rodrigues de Almeida, da Comarca de Rio das Ostras, indeferiu o pedido de liminar da Odebrecht Ambiental para não pagar a multa aplicada pelo Município de Rio das Ostras, por conta do dano ambiental cometido pela empresa por vazamento no emissário submarino, na Praia de Costazul, em setembro de 2013. A decisão tomada pelo juiz mantém o auto da infração, por não ter sido demonstrado pela empresaqualquervíciona atuação da fiscalização. A Secretaria Municipal de Ambiente de Rio das Ostras já iden- tificou, em outras oca- siões, infrações ambi- entais da Odebrecht na orla de Costazul, nas proximidades do emis- sário submarino, e no rio das Ostras, onde foi constatado que milha- res de litros de esgoto estavam sendo despe- jados in natura, ao invés de encaminhados para a estação de tratamento. O valor das três multas aplicadas totaliza R$ 10 milhões e, caso a em- presa não pague volun- tariamente a multa imposta, o valor corres- pondente poderá ser descontado do Fundo Garantidor, que o Mu- nicípio é obrigado a manter, conforme cláu- sula do contrato firma- do na Parceria Público Privado (PPP). A Odebrecht Ambien- tal, conforme prevê o contrato de concessão, deve lançar o esgoto tratado a uma distância de 3.882 metros do emissário, à profun- didade de 20 metros.A equipe técnica do Município constatou o vazamento a cerca de 100 metros de distância do emissário. A Odebrecht tornou-se responsável pela ope- ração integral do sis- tema de esgoto em Rio das Ostras a partir de uma Parceria Pública Privada (PPP), firma- da entre a empresa e o Município, em 2007. O contrato de concessão é de 15 anos, a partir da assinatura do acor- do, e prevê uma vazão de esgoto de 500 m3/ segundo. No entanto, hoje opera só com 10% de sua capacidade. Justiça nega liminar a Odebrecht Ambiental Multa por dano ambiental aplicada a empresa é mantida pela Justiça
  6. 6. Página 6 TRIBUNA da Costa do Sol Maio de 2015 LIGA NACIONAL DE BIKERS C om o aumento expressivo do número de moto- ciclistas, veio a assusta- dora estatística de aci- dentes fatais, trazendo o o pior, o desenfreado e descontrolado cresci- mento do número de mo- to clubes, hoje espalha- dos por todo o país. Os oportunistas ajuda- ram a viabilizar a bagun- ça que hoje impera em nosso meio: moto clubes com nomes desrespeito- sos, inexpressivos nú- meros de integrantes, motociclistas não habili- tados, escudos dis- tribuídos sem a obser- vância dos critérios bá- sicos, quase que vendi- dos em bancas de jornais; eventos que não dedicam o menor respeito aos bikers visitantes, focados apenas no faturamento e na prática de preços abusivos, ou seja, a coisa vai mal, e as associações e federações nada fazem, se calam, pois os inte- resses políticos gritam mais alto. A Liga, segundo seus dirigentes, pretende fazer alguma coisa em favor das tradições, plantando a semente do que será a primeira entidade séria na defesa dos interesses dos verdadeiros bikers, e para isso contam com a colaboração dos moto- ciclistas sérios, no senti- do de se unirem nesta empreitada, participando ativamente no projeto. Assim, a Liga Nacional de Bikers pretende ser a coligação de um conjunto de verdadeiros bikers, com o fim específico de organizar e administrar os interesses do segmen- to motociclístico em nosso país. Em recente reunião de Coordenadores Regio- nais em São Pedro d’Al- deia, foram passadas as principais diretrizes da Liga Nacional de Bikers. 1- O que é a Liga? Liga, como o nome já diz, consiste numa coligação de partici- pantes para a realização de fins específicos. Ela pretende ser a coligação de um conjunto de verdadeiros bikers, com o fim específico de organizar e administrar os interesses do segmen- to motociclístico em nosso país. 2- Quem pode se filiar? Poderá ser filiado moto clubes, moto grupos, associações voltada ao cunho motociclístico e motociclistas em geral, Desde que respeitem as tradições. 3- A Liga é Abutre’s? A Liga não é o Abutre’s MC, a Liga é composta por todos os moto clubes filiados, representados em assembleias por seus Presidentes, Vice-Presi- dentes, e principais Dire- tores. 4- A Liga mudará o Estatuto dos MCs? Não. A liga promovera assistência jurídica caso algum grupo ou clube filiado deseje dar existência jurídica a sua organização. 5- MC e MG são obrigados a participar de eventos e reuniões da liga? Não. A Liga irá incen- tivar a participação ativa dos filiados, assim como promover eventos com objetivo de interação e entretenimento entre os filiados. 6- Todos os MC e MG são obrigados a se filiarem? Não, a Liga Nacional de Bikers está convidando moto clubes e moto grupos que respeitem o motociclismo, respeitem Conheça um pouco mais sobre a Liga: o que é, qual sua finalidade, e como fazer parte dela as tradições bikers e não denigrem a imagem do motociclista. 7- Qual a destinação do valor da anuidade? Será cobrado um valor de anuidade e um valor pelo patch da liga, a anuidade é para cobrir custos administrativos de âmbi- to geral. 8- Como será identi- ficado um motociclista membro? Será identificado através de um patch em aço cirúrgico, em formato do mapa do Brasil, com os dizeres Liga Nacional de Bikers ao centro. Esse patch terá que ser usado no lado superior direito do colete. 9- MC e MG de mulhe- res podem se filiar? Sim, as associações formadas por mulheres, assim como associações mistas podem integrar a liga e também utilizarem o seus patchs. 10- MC e MG que não possum CNPJ podem se filiar? Sim, moto clubes e moto grupos que não possuem CNPJ e nem tem exis- tência jurídica poderão participar, porem não terão o direito de voto. 11- Qual o procedi- mento para se filiar à LIGA? Procure um coordenador na sua região, e preencha uma ficha cadastral com dados básicos, pague a matricula, anuidade e os patchs. Presentes na reuniãode São Pedro D’Aldeia: Rey- Selvagens da Noite; Gaspar- Fenícios; Mar- cio- Motolândia; Lula- Espalhados; Frajola- Tradicionais; Rogério- Espalhados; Ítalo- Fúria; Rodrigo- Selvagens da Noite; Meira RJ MC; Carlinhos e Adriano- Degustadores; Diegão- Samuray; e Lurdes- Infiniti Brusque Motorcycle - Brusque SC - 14 a 17 de Maio 2015 MOTO CASAL - 5º Moto Rio Quente - Rio Quente - GO 21 a 24 de Maio de 2015 8º Encontro de Motociclistas Manhuaçu - MG - 29 a 31 de Maio de 2015 12º Encontro Nacional de Moto- ciclistas - Ubá - MG 12 a 14 de Junho de 2015 14º Expo Moto Show - São edro - SP 17 a 19 de Julho de 2015 MOTO CASAL 5° Mototourfest Foz do Iguaçu - PR 06 a 09 de Agosto de 2015 9º Passos Motorcycles - Passos - MG 14 a 16 de Agosto de 2015 6º Imperial Moto Fest - Petrópolis - RJ 25 a 27 de Setembro de 2015 Recife Moto Week - Recife - PE 05 a 08 de Novembro de 2015
  7. 7. Maio de 2015 TRIBUNA da Costa do Sol Página 7 Ancora - Apartamento - 263 2 Qts (1 Suíte ), Sl, Coz, Banh, Área - R$ 1.000,00 + Condomínio Ancora - Casa Sobrado - 277 2 Qts, Sl, Coz, Banh, Área R$ 650,00 Centro - Loja Comercial - 212 - 56 m2 – Rua do Banco do Brasil - R$ 1.400,00 Cidade Praiana - Terreno 12 x 32 – Frente Rodovia Lado Cooper. R$ 1.800,00 Costa Azul - Lj Com - 273 40,00 M2 - R$ 1.000,00 Ens. Gaivotas - Apart - 279 2 Qts, Sl, Coz, Banh, Área R$ 1.100,00 Enseada das Gaivotas Casa 2 Qts, Sl, Coz, Banh R$ 1.000,00 Ens. Gaivotas - Casa - 282 2 Qts, Sl, Coz, Banh, Área R$ 730,00 Palmital - Casa Duplex - 261/10 1º Piso: Sl, Coz, Banh, Área 2º. Piso – 2 Qts - R$ 750,00 Praia Ancora - Apartamento 201 - Qto, Sl, Coz, Banh, Área R$ 560,00 Praia Ancora - Apart. - 241 3 Qts ( 1 Suíte) , Sl, Coz, Banh, Área - R$ 900,00 Praia Ancora - Apart. - 282 2 Qts, Sl, Coz, Banh, Área R$ 1.000,00 Praia Ancora - Casa - 278 Qto, Sl, Coz, Banh, Quintal R$ 650,00 Praia Ancora - Kit net - 280 Qto, Coz, Banh, Área , Vaga R$ 450,00 Praia Ancora - Lj Com - 257 Lojão 280,00 m2. Montada p/ Açougue, Padaria e mercado - R$ 5.000,00 Praia Ancora - Galpão - 258 280,00 m2 - R$ 4.000,00 Verdes Mares - Kit net- 283 Qto, Coz, Banh, Área Serviço Mobiliada - R$ 500,00 Vilage - Apartamento - 274 Qto, Sl, Coz, Banh, Área Serviço - R$ 650,00 Vilage Rio das Ostras - Loja Comercial - 276/10 50,00 m2 – R$ 600,00 Rua das Casuarinas, n° 505, loja 02 - Praia Âncora - Rio das Ostras - RJ Tel.: (22) 2771-8027 - (22) 7835-5511 - Id: 83*57525 Site:www.lccorretordeimoveis.com.br-e-mail:lc@lccorretordeimóveis.com.br COMPRA – VENDE – ALUGA – ADMINISTRAÇAO DE IMÓVEIS E CONDOMÍNIOS M oradores de cidades da Região dos Lagos continuam re- clamando de falta de água. Desde a virada do ano o G1 vem acompanhando casos de interrupção de abastecimento de água pelas concessionárias que prestam serviço na região. No dia 7, mo- radores de Unamar, distrito de Cabo Frio, usaram a internet para protestar. Alan Vieira, garante que grande parte das ruas do bairro não recebe água desde o último dia 22 de dezembro. Na manhã desta terça- feira um funcionário da Prolagos esteve na casa de um morador do bairro, constatou a falta de água, e con- firmou que o hidrô- metro estava parado, e que a cisterna e a caixa d’água do morador estavam secas. “Esse problema é constante. Pago minhas contas de água para ter água todos os dias e não pago para ter apenas um pingo de água”, desabafou o morador, que disse que o fun- cionário da Prolagos que esteve no bairro durante a manhã, disse que a água do bairro estava sendo usada para abastecer outros bairros da cidade, que teriam prioridade. No entanto, a Prolagos desmentiu a infor- mação. Por meio de nota, a empresa comu- nicou que o abasteci- mento para a loca- lidade está normalizado e que foi realizado um reforço no forneci- mento de água para a localidade na última sexta-feira, anterior a visita do funcionário.A companhia informou que enviará uma equipe ao local para verificar a solicitação do cliente, pois trata-se, possivel- mente, de um problema pontual. Sobre a in- formação do funcioná- rio, a Prolagos infor- mou que desconhece essa ocorrência. A Prolagos disse que a partir do dia 8, o a b a s t e c i m e n t o continuaria sendo nor- malizado, e as regiões mais elevadas continu- ariam sendo atendidas através de caminhão- pipa, como o bairro Passagem (Cabo Frio), Alta da Rasa (Ar- mação dos Búzios), Pedreira (Iguaba Grande), Alecrim, Colinas, Jardim das Acácias e Vinhateiro (São Pedro da Aldeia). No entanto, o rompimento de uma de suas principais tubula- ções, no dia 31 de dezembro, prejudicou a regularidade do for- necimento de água, que está sendo retomada gradativamente. Além disso, o excessivo número de visitantes/ turistas na região, que chegou a 2 milhões de pessoas neste final de ano, isto é, cinco vezes a população local, e o forte calor aumenta- ram o consumo, supe- rando todas as expec- tativas. A conces- sionária informou que ampliou em 20% o fornecimento de água à população da Região dos Lagos para este verão. Enfatizou que vem trabalhando 24h por dia para regularizar o fornecimento, prin- cipalmente nas áreas mais altas dos bairros, onde a pressão na tubulação é menor, o que dificulta a chegada da água. MoradoresdeUnamarem Cabo Frio, RJ, reclamam de falta d’água U ma manhã de cuida- dos com a pele e dicas de beleza. A quarta- feira, dia 6 de maio, foi de homenagens para as mães na Academia Popular de Barra de São João, um projeto da Prefeitura através da Secretaria de Esporte e Lazer. Além das dicas, AcademiaPopulardeBarrade São João homenageia as mães Uma manhã de beleza foi realizada em comemoração ao Dia das Mães cada mãe levou para casa uma garrafinha de presente. A subse-cretária da pasta, Dulcenete Arruda, lembra que essa é a segunda edição do Dia de Cuidados com a Pele e que o evento faz sucesso na academia. “Esse é um tema que tem tudo a ver com a saúde e o bem-estar, e nada melhor para homenagear nossas mães do que essas dicas de beleza”. A Academia Popular de Barra de São João tem cerca de 50 mães em seu quadro de alunos. Sonia Curso é uma delas que curtiu a iniciativa. “Vim para malhar e acabei me embelezando. Isso é maravilhoso”.
  8. 8. Página 8 TRIBUNA da Costa do Sol Maio de 2015 PADARIA DOIS AMIGOS A melhor padaria do bairro Rua Carlos Machado, 164 - RECANTO Rio das Ostras - RJ 22 99721-3479 A Prefeiturade Rio das Os- tras vem se reunindo com o Departamento de EstradasdeRodagem – DER em busca de soluções para conter o avanço do mar na Orla da Tartaruga. Como parte dos estudos,especialistas da Coppe/UFRJ estão no Município, fazendolevantamento topográfico e sonda- gem da área. Essa avaliação vai contribuir para con- clusão de um projeto para fazer frente ao fenômeno,queatinge boa parte do litoral fluminense. A Administração Pública se preocupa com a situação da Especialistas da Coppe/UFRJ estudam solução para avanço do mar em Rio das Ostras Dados estão sendo levantados e vão contribuir para conclusão de projeto em parceria entre Município e Governo Estadual Orla daTartaruga e há anos vem buscando soluções.APrefeitura chegouaconstruirum muro de contenção, em 2004. Dada a complexidadedeuma solução de médio e longo prazos, o Município está traba- lhando em parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiroparaminimizar os danos causados pela erosão e propor ações emergenciais. “A equipe de enge- nheiros e técnicos do Município, recente- mente, elaborou um projeto para enfrentar oavançoaceleradodo mar e apresentou ao DER, relatando a necessidade de uma obra emergencial”, destacou o prefeito AlcebíadesSabino. Nos últimos cinco meses, o movimento do oceano já provo- cou a destruição de boa parte do calça- dão. A Defesa Civil Municipaljáinterditou umtrechoda ciclovia eumquiosque.Aero- são agora ameaça as adutoras da Cedae que levam água para a parte sul da cidade e a estrutura da Ro- doviaAmaral Peixo- to,geridapeloEstado. Anuncie Aqui 22 997969499 22 992143558 Oficina orienta educadores de Rio das Ostras sobre primeiros socorros Objetivo é oferecer aos participantes conhecimentos necessários aos cuidados básicos pré-hospitalares em situações de acidentes E ducadores de Rio das Ostras estão sendo ori- entados sobre como agir em caso de aci- dentes nas escolas por meio da oficina “Ações Simples que Salvam Vidas: Primeiros So- corros em Unidades Escolares”. Essas ofi- cinas começaram em 2014 e, já naquele ano, contaram com 150 participantes. O curso de primeiros- socorros, que tem du- ração de três horas, é uma parceria das se- cretarias de Saúde e de Educação, por intermé- dio do Programa Saúde na EscolaedaEquipede ResgatedoMunícipio. Oferecer aos partici- pantes conhecimentos necessários aos cuida- dos básicos pré-hospi- talares em situações de acidentes é o objetivo da oficina. Dessa for- ma podem ser evitadas complicações decor- rentes de procedimen- tos inadequados e ga- rantida a melhor evolu- ção e prognóstico da vítima. Além de educadores, participam das oficinas também integrantes das equipes de limpeza das escolas e alunos com perfil de multiplicadores de informação. Uma dessas oficinas aconte- ceunaquarta-feira,dia20, na Casa da Educação. PROGRAMAÇÃO – Já estão agendadas ofi- cinas para os dias 11 e 18 de junho, no Colégio Municipal Professora AméricaAbdalla; 19 de agosto, na Casa da Edu- cação; 7 e 21 de outubro no Instituto Municipal de Educação de Rio das Ostras (Imero). A oficina aborda os seguintes temas: ava- liação inicial da vitima e cena; obstrução de vias aéreas por corpo estranho (engasgo); parada respiratória e cardiorrespiratória; convulsão/desmaio; sangramento nasal; febre; traumas múscu- lo esqueléticos e odon- tológicos; ferimentos mais comuns; queima- duras e choque. O curso é ministrado pelo enfermeiro Mar- cos Paraguassu Duar- te Canelas, especia- lista em Enfermagem do Trabalho, e equipe de Resgate de Rio das Ostras.

×