O slideshow foi denunciado.

Redes Sociais e Monitoramento de Mídias Digitais

704 visualizações

Publicada em

Palestra sobre Redes Sociais e Monitoramento de Mídias Digitais

Publicada em: Internet
  • Seja o primeiro a comentar

Redes Sociais e Monitoramento de Mídias Digitais

  1. 1. Redes Sociais Monitoramento de Mídias Digitais Prof. Elvis Fusco fusco@univem.edu.br
  2. 2. Agenda  Redes  Redes Sociais  Redes Sociais Digitais  Mídias Digitais  Monitoramento de Redes Sociais (Mídias Digitais)  Ferramentas de Monitoramento de Mídias Digitais
  3. 3. Conceito de Redes A palavra rede vem do latim retis (século XII) e designa, para suas variações linguísticas (réseau, red), “o conjunto de fios entrelaçados, linhas e nós”.
  4. 4. Conceito de Redes Ciências Sociais: define sistemas de relações (redes sociais, de poder) ou modos de organização (empresa-rede, por exemplo); Física: identifica com a análise dos cristais e dos sistemas desordenados (percolação); Matemática, informática e inteligência artificial: ela define modelos de conexão (teoria dos grafos, cálculos sobre rede, conexionismo...); Tecnologias: a rede é a estrutura elementar das telecomunicações, dos transportes ou da energia; Economia: permite pensar as novas relações entre atores na escala internacional (economia de rede, intermediação); Biologia: é apreciadora dessa noção de rede que, tradicionalmente, se identifica com a análise do corpo humano (redes sanguíneas, nervosas, imunológicas). (MUSSO, 2004, p.17)
  5. 5. Redes Sociais e Sociedade Uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas (ou organizações, territórios, etc.) - designadas como nós – que estão conectadas por um ou vários tipos de relações de identidade (de amizade, familiares, comerciais, conteúdo, interesses, etc.), ou que partilham crenças, conhecimento ou prestígio.
  6. 6. As Redes Sociais Uma rede social é um mapa de todos os laços relevantes entre todos os nós analisados. As relações sociais podem ser visualizadas através de um diagrama, em que os nós são representados por pontos e os laços por linhas. A complexidade dos diagramas varia em função da densidade dos nós e laços.
  7. 7. As Redes Sociais O conceito de rede social surgiu na Sociologia e na Antropologia Social. Também é aplicado e desenvolvida em áreas como a Cmunicação, a Economia, a Geografia, a Ciência da Informação e a Psicologia Social.
  8. 8. As Redes Sociais Teoria dos seis graus de separação No mundo são necessários no máximo seis laços de amizade para que duas pessoas quaisquer estejam ligadas (Stanley Milgram, na década de 60). Várias pesquisas vem sendo feitas, como por exemplo, na identificação da estrutura das redes de colaboração de cientistas, redes de cooperação e de transmissão de doenças e redes de sites na web.
  9. 9. As Redes Sociais Desde a pré-história os homens já se organizavam socialmente em pequenas comunidades do tipo caçadoras-coletoras, nômades, com pouca divisão do trabalho e primando a interação cara-a-cara e a tomada de decisão coletiva. Ou seja, viviam em pequenas redes sociais, em pequenos grupos . De maneira muito resumida, pode-se dizer que mudanças históricas, especialmente as tecnológicas, afetaram o tamanho e hábitos das comunidades e, consequentemente, ampliaram os limites do mundo.
  10. 10. Redes Sociais Digitais As redes sociais digitais são um locus, no qual a interação social visa à construção coletiva, à mútua colaboração, à transformação e ao compartilhamento de ideias em torno de interesses mútuos dos atores sociais que as compõem. A Internet potencializa o poder dessas redes, devido à velocidade e à capilaridade com as quais a divulgação e a absorção de ideias circulam entre os atores sociais que participam da rede.
  11. 11. Mídias Sociais A integração e colaboração das pessoas às mídias sociais pode ser analisada por três diferentes ângulos: i) participação em redes sociais; ii) participação em fóruns e listas de discussão; iii) criação, atualização e participação em blogs.
  12. 12. Redes Sociais e os Movimentos Sociais Os movimentos sociais se apropriaram das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para sua melhor organização política, comunicação com o público interno e externo, formação de ativistas, entre outras. Além disso, a natureza livre e a possibilidade do anonimato na rede permitem os participantes atuarem politicamente. As redes sociais digitais na Internet são hoje ferramentas indispensáveis para a organização dos movimentos sociais, mobilização política, advocacy, intercâmbio de informação, educação e capacitação. Além disso, oferece canais diretos para denúncias de violações de direitos humanos aos setores estatais responsáveis pela segurança pública e integridade dos indivíduos.
  13. 13. Opinião pública agora se faz na Internet Ainda que não se possa dizer que a classe política faça um uso estruturado da rede, o que se percebe é que eles começam a tomar consciência da importância das redes sociais na formação da opinião pública. Sabem que, para influenciar os eleitores em qualquer assunto, é preciso mobilizá-los primeiro na Internet. São inúmeros os demais exemplos de situações em que grupos da sociedade civil – ONGs, empresas, governos, mídia e militantes de toda a ordem – valem-se da Internet em suas investidas de convencimento. Mais: em muitos casos, a rede é o centro da estratégia, o polo irradiador das ações.
  14. 14. Opinião pública agora se faz na Internet Isso significa que não apenas o entendimento que se tem a respeito do formador de opinião mudou, mas também o próprio ecossistema da comunicação. Isso tem implicações diretas para agências, marcas e profissionais de comunicação. É um exemplo prático de que as redes sociais se popularizaram de tal forma que hoje agregam todos os setores da sociedade, o que faz do meio digital um importante laboratório para antecipar ou responder a tendências sociais, culturais, políticas e, claro, de marketing.
  15. 15. MONITORAMENTO DE REDES SOCIAIS
  16. 16. Monitoramento de Mídias Sociais Monitoramento nas mídias sociais demanda dois requisitos: ferramentas eficientes e tempo. O mercado dispõe hoje de inúmeras ferramentas que possibilitam a mensuração da reputação online de pessoas, produtos, empresas, marcas e ideias.
  17. 17. Monitoramento de Mídias Sociais Blog • Visitantes únicos por mês • Total de posts lidos • Assinantes do seu RSS feed • Total de assinantes do e-mail • Credibilidade atribuída por autoridades externas, como Klout, Adage • Número de comentários • Quem está comentando • Links • Tempo gasto no site
  18. 18. Índices de Monitoramento de Mídias Sociais Facebook • Número de fãs • Tipos de fãs (comuns ou de alto valor) • Comentários Twitter • Número de seguidores • Em quantas listas você está • Quantos retuítes gerados • Número de Direct Messages YouTube • Número de visualizações • Número de inscritos • Quantidade de comentários
  19. 19. Crise no Monitoramento de Redes Sociais Fim do monitoramento do Facebook; Acesso do conteúdo gerado pelas pessoas em seus canais proprietários; Impossibilidade de capturar ou visualizar o que se diz sobre elas fora destes ambientes; Crescente relevância das mídias sociais fechadas, como Whatsapp, Snapchat, Telegram e Viber; A tendência é que ampliem e aprimorem o monitoramento dos comentários das páginas proprietárias; O Twitter é atualmente a mídia preferencial de ativistas e militantes políticos.
  20. 20. Ferramentas de Monitoramento Social Mention - www.socialmention.com
  21. 21. Ferramentas de Monitoramento Topsy - http://topsy.com
  22. 22. Ferramentas de Monitoramento Trendsmap - http://trendsmap.com
  23. 23. Ferramentas de Monitoramento Google Alerts - https://www.google.com.br/alerts?hl=pt-PT
  24. 24. Ferramentas de Monitoramento http://www.icerocket.com
  25. 25. Ferramentas de Monitoramento https://twitter.com/search-home
  26. 26. Ferramentas de Monitoramento
  27. 27. Ferramentas de Monitoramento http://48ers.com
  28. 28. Ferramentas de Monitoramento http://www.scup.com.br
  29. 29. Ferramentas de Monitoramento http://seekr.com.br
  30. 30. Ferramentas de Monitoramento http://www.brandviewer.com.br
  31. 31. Ferramentas de Monitoramento http://zubit.com.br/trial
  32. 32. Outras Ferramentas de Monitoramento Ferramentas Multimídias http://www.alterian-social-media.com http://www.filtrbox.com http://www.ubervu.com http://www.radian6.com http://www.elifemonitor.com http://www.trackur.com http://www.scoutlabs.com http://www.trendrr.com http://www.postx.com.br http://www.socialmediamonitor.com.br http://www.socialmetrix.com http://www.radian6.com http://elife.com.br Blogs http://www.blogpulse.com http://attentio.com Twitter http://www.twazzup.com http://tweetscan.com http://tweetmeme.com http://twitalyzer.com http://tweetbeep.com Facebook http://www.webtrends.com

×