SlideShare uma empresa Scribd logo
BREVE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO
SISTEMA EDUCACIONAL
Alexandra Martins
Bianca Karise
Diogo César Carvalho
Elton Ribeiro da Cruz
Íris Aparecida Custódio
Isolina Vilas Bôas
Lívia Vallim
Milton Augusto
Pâmella Brocoletti
Taciane Barbosa
Thamires Scotini Bicalho
Vitor Paulo
 Com o fim do Império e começo da República, a
educação passou a ser uma atividade do Estado;
 Com o fim do Império e começo da República, a
educação passou a ser uma atividade do Estado;
 Por fatores econômicos e políticos, era mais
conveniente investir no ensino superior;
 Com o fim do Império e começo da República, a
educação passou a ser uma atividade do Estado;
 Por fatores econômicos e políticos, era mais
conveniente investir no ensino superior;
 Aumento da industrialização e urbanização em meados
da década de 30:
IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO;
 Com o fim do Império e começo da República, a
educação passou a ser uma atividade do Estado;
 Por fatores econômicos e políticos, era mais
conveniente investir no ensino superior;
 Aumento da industrialização e urbanização em meados
da década de 30:
IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO;
 Investimento na educação:
REDUÇÃO DO ANALFABETISMO;
 Avanço na alfabetização da população:
APÓS OS ANOS 50;
 Avanço na alfabetização da população:
APÓS OS ANOS 50;
 Mas, ainda havia problemas:
 Avanço na alfabetização da população:
APÓS OS ANOS 50;
 Mas, ainda havia problemas:
 Entrada tardia dos alunos na escola;
 Avanço na alfabetização da população:
APÓS OS ANOS 50;
 Mas, ainda havia problemas:
 Entrada tardia dos alunos na escola;
 Dificuldade em completar o ensino médio;
 Avanço na alfabetização da população:
APÓS OS ANOS 50;
 Mas, ainda havia problemas:
 Entrada tardia dos alunos na escola;
 Dificuldade em completar o ensino médio;
 Dificuldade em ingressar no ensino superior;
 Então, se fez várias mudanças na educação, como:
 Então, se fez várias mudanças na educação, como:
 Priorização da permanência da criança na escola;
 Então, se fez várias mudanças na educação, como:
 Priorização da permanência da criança na escola;
 Implantação da gratuidade e obrigatoriedade do
ensino para todos;
 Então, se fez várias mudanças na educação, como:
 Priorização da permanência da criança na escola;
 Implantação da gratuidade e obrigatoriedade do
ensino para todos;
 Estruturou-se novos sistemas educacionais e
sociais, dentre outros.
CONCLUSÃO
CONCLUSÃO
 Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização
considerado alto em comparação com os números
da década de 20;
CONCLUSÃO
 Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização
considerado alto em comparação com os números
da década de 20;
 A taxa de analfabetismo em 1920 era de 69,9% e
em 2010 essa taxa chegou a 9,6%;
CONCLUSÃO
 Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização
considerado alto em comparação com os números
da década de 20;
 A taxa de analfabetismo em 1920 era de 69,9% e
em 2010 essa taxa chegou a 9,6%;
 Porém, as discussões sobre a expansão e
qualidade da educação persistem até hoje.
Indicadores 2000 2003 2006 2010
População total
169.590.69
3
188.298.099 190.732.694
Densidade
Demográfica
19,45 21,22 22,11 22,43
Renda per
capita em
dólares
_ 2.789. 8 8,22
% população
urbana
81 81 81 81
% analfabetos
(15anos e mais)
12,1 11,6 10,2 9,6
INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS
E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO, 2000/2010 (Tabela 15)
EVOLUÇÃO DO CRESCIMENTO POPULACIONAL E DA ESCOLARIZAÇÃO;
POPULAÇÃO DE 5 A 19 ANOS, 1960/2010 (Tabela 16/18)
Ano
População
de 5 a 19
anos
Matrícula no
ensino primário
Matrícula
no ens.
Médio
Total de
matrícula
Taxa de
escolarização
Cresc.
Populacional
Cresc. da
matrícula
1960 23,413,215 6.545,40 1.750.309 8.295.708 35.43 184,31 726,24
1970 28,539,088 7.749.753 2.945.600 10.695.353 37,48 224,66 936,31
1980 35,089,191 9,005.903 4.745.900 13.751.503 39,19 276,22 1.203,88
1990 39,582,350 12.749.461 8.349.947 21.099.408 53,31 311,59 1.847,12
2000 54,830,209 25.102.951 27.925.977 53.028.928 96,72 431,63 4.642,37
2010 51.958.347 31.005.341 20.544.548 51.549.889 99,2 409,02 4.512,89
INDICADORES DEMOGRÁFICOS E
ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO,
1950/1970 Indicadores
1950 1960 1970
População total 51.944.397 70.119.071 94.501.554
Densidade demográfica 6,14 8,39 11,18
Renda per capita em dólares - 236 -
% população urbana 36 46 56
% de analfabetos (15 anos e mais) 50 39,5 33,1
INDICADORES DEMOGRÁFICOS E
ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO,
1991/2010 Indicadores
1991 2000 2010
População total 146.825.475 169.799.170
190.732.694
Densidade demográfica 17,18 21,6 22,43
Renda per capita em dólares - 585,54 8220
% população urbana 75,19 81,2 84,35
% de analfabetos (15 anos e mais) 17,2 12,4 9,6
INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO
(Tabela 17)
TAXAS DE RENDIMENTO DO SISTEMA EDUCACIONAL, 2003-2005 (Tabela 19)
Ano Série Taxa de Aprovação
2003
1ª Série (Fundamental) 76.4
2ª Série (Fundamental) 80
3ª Série (Fundamental) 83.5
4ª Série (Fundamental) 85
5ª Série (Fundamental) 73.5
6ª Série (Fundamental) 78.6
7ª Série (Fundamental) 79.8
8ª Série (Fundamental) 81.5
1ª Série (Médio) 67.6
2ª Série (Médio) 77.4
3ª Série (Médio) 84.3
2004
1ª Série (Fundamental) 74.9
2ª Série (Fundamental) 78.9
3ª Série (Fundamental) 83.6
4ª Série (Fundamental) 83.8
5ª Série (Fundamental) 72.2
6ª Série (Fundamental) 76.7
7ª Série (Fundamental) 79.2
8ª Série (Fundamental) 79
1ª Série (Médio) 65.5
2ª Série (Médio) 75.8
3ª Série (Médio) 82.2
2005
1ª Série (Fundamental) 76.2
2ª Série (Fundamental) 80.1
3ª Série (Fundamental) 84.6
4ª Série (Fundamental) 84.8
5ª Série (Fundamental) 72.9
6ª Série (Fundamental) 77.1
7ª Série (Fundamental) 79.5
8ª Série (Fundamental) 79.7
1ª Série (Médio) 65.6
2ª Série (Médio) 75.3
3ª Série (Médio) 81.8
Fonte: MEC/INEP
ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO ANTERIOR À
REFORMA DE 1971 (Quadro 1)
Nível Duração Faixa Etária
Pré-escola 3 anos de 4 a 6 anos
Escola Primária 4 anos de 7 a 10 anos
Ginásio (Lower High School) 4 anos de 1 a 14 anos
Colégio (High School) 3 anos de 15 a 17 anos
Ensino Superior Variável Após 18 anos
Nível Duração Faixa Etária
Pré-escola 3 anos de 4 a 6 anos
1º Grau Obrigatório 8 anos de 7 a 14 anos
2º Grau 3 anos de 15 a 17 anos
Ensino Superior Variável Após 17 anos
ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO APÓS A
REFORMA DE 1971 (Quadro 2)
ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL APÓS A
LEI N.º 9.394/96 (Quadro 3)
Níveis e subdivisões Duração Faixa etária
Educação
básica
Educação
infantil
Creche 4 anos De 0 a 3 anos
Pré-escola 3 anos De 4 a 6 anos
Ensino fundamental
(obrigatório)
8 anos De 7 a 14 anos
Ensino médio 3 anos
De 15 a 17
anos
Educação
superior
Cursos por área Variável
Acima de 17
anos
Este é o sistema que vigora atualmente, desde 1996.
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A cultura e a sociedade
A cultura e a sociedadeA cultura e a sociedade
A cultura e a sociedade
Danusy Déia
 
HENRI WALLON
HENRI WALLONHENRI WALLON
HENRI WALLON
LIMA, Alan Lucas de
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escola
nadjelena
 
Formacao humanas bncc
Formacao humanas   bnccFormacao humanas   bncc
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo LibâneoTeorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
Thaís Razuki
 
Juventudes
Juventudes Juventudes
Juventudes
Henrique Dias
 
Influência da globalização na educação
Influência da globalização na educaçãoInfluência da globalização na educação
Influência da globalização na educação
RoseColombero
 
Sociologia em movimento - Volume único.pdf
Sociologia em movimento - Volume único.pdfSociologia em movimento - Volume único.pdf
Sociologia em movimento - Volume único.pdf
VIVIANENASCIMENTOSIL2
 
Políticas Educacionais
Políticas EducacionaisPolíticas Educacionais
Políticas Educacionais
Blog Amiga da Pedagogia By Nathália
 
Formação Humana Integral - Pacto
Formação Humana Integral - PactoFormação Humana Integral - Pacto
Formação Humana Integral - Pacto
Enoí L. Santos Oliveira
 
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃOFUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
SUPORTE EDUCACIONAL
 
História da educação resumo
História da educação resumoHistória da educação resumo
História da educação resumo
zildamisseno
 
A educação do Regime Militar
A educação do Regime MilitarA educação do Regime Militar
A educação do Regime Militar
Adriano Barbosa
 
Ideologia e educação 2
Ideologia e educação 2Ideologia e educação 2
Ideologia e educação 2
Laysa Valéria
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1
Darlan Campos
 
Exercícios juv
Exercícios juvExercícios juv
Exercícios juv
roberto mosca junior
 
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem iiDesenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
fernandomaceioalagoas
 
Curso vygotsky 20h
Curso vygotsky 20hCurso vygotsky 20h
Curso vygotsky 20h
deismachadoo
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
Mariane Amanajás
 
Planejamento e política educacional
Planejamento e política educacionalPlanejamento e política educacional
Planejamento e política educacional
Jose Arnaldo Silva
 

Mais procurados (20)

A cultura e a sociedade
A cultura e a sociedadeA cultura e a sociedade
A cultura e a sociedade
 
HENRI WALLON
HENRI WALLONHENRI WALLON
HENRI WALLON
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escola
 
Formacao humanas bncc
Formacao humanas   bnccFormacao humanas   bncc
Formacao humanas bncc
 
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo LibâneoTeorias sociocríticas segundo Libâneo
Teorias sociocríticas segundo Libâneo
 
Juventudes
Juventudes Juventudes
Juventudes
 
Influência da globalização na educação
Influência da globalização na educaçãoInfluência da globalização na educação
Influência da globalização na educação
 
Sociologia em movimento - Volume único.pdf
Sociologia em movimento - Volume único.pdfSociologia em movimento - Volume único.pdf
Sociologia em movimento - Volume único.pdf
 
Políticas Educacionais
Políticas EducacionaisPolíticas Educacionais
Políticas Educacionais
 
Formação Humana Integral - Pacto
Formação Humana Integral - PactoFormação Humana Integral - Pacto
Formação Humana Integral - Pacto
 
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃOFUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
 
História da educação resumo
História da educação resumoHistória da educação resumo
História da educação resumo
 
A educação do Regime Militar
A educação do Regime MilitarA educação do Regime Militar
A educação do Regime Militar
 
Ideologia e educação 2
Ideologia e educação 2Ideologia e educação 2
Ideologia e educação 2
 
Políticas públicas educacionais aula 1
Políticas públicas educacionais   aula   1Políticas públicas educacionais   aula   1
Políticas públicas educacionais aula 1
 
Exercícios juv
Exercícios juvExercícios juv
Exercícios juv
 
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem iiDesenvolvimento humano e aprendizagem ii
Desenvolvimento humano e aprendizagem ii
 
Curso vygotsky 20h
Curso vygotsky 20hCurso vygotsky 20h
Curso vygotsky 20h
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Planejamento e política educacional
Planejamento e política educacionalPlanejamento e política educacional
Planejamento e política educacional
 

Destaque

Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional BrasileiroEstrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Lucas Sebastião Barbosa
 
Sistema de organização educaçao brasileira
Sistema de organização educaçao brasileiraSistema de organização educaçao brasileira
Sistema de organização educaçao brasileira
Herbert Schutzer
 
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiroOrganizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
rodrigoviecheneski28
 
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiroOrganizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
rodrigoviecheneski28
 
Sistema escolar brasileiro cap. ii- respostas
Sistema escolar brasileiro  cap. ii- respostasSistema escolar brasileiro  cap. ii- respostas
Sistema escolar brasileiro cap. ii- respostas
Maria Elisabete Dos Santos
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
Edneide Lima
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
Darlan Campos
 
Organização do-sistema-de-ensino
Organização do-sistema-de-ensinoOrganização do-sistema-de-ensino
Organização do-sistema-de-ensino
KARINE PESSOA OLIVEIRA
 
Estrutura do sistema eletrico brasileiro
Estrutura do sistema eletrico brasileiroEstrutura do sistema eletrico brasileiro
Estrutura do sistema eletrico brasileiro
tecnicoslg
 
Ldb curso para concurso professores 2
Ldb   curso para concurso professores 2Ldb   curso para concurso professores 2
Ldb curso para concurso professores 2
appfoz
 
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da PesquisaA escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
Instituto Crescer
 
Organização do sistema de educação brasileiro
Organização do sistema de educação brasileiroOrganização do sistema de educação brasileiro
Organização do sistema de educação brasileiro
Jaqueline Lira
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básicaFundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
Lucimara Favaro Faria
 
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de EnsinoEstrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
Evaí Oliveira
 
Fundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantilFundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantil
mirafontela
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantilFundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Leonarda Macedo
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escola
viviprof
 

Destaque (17)

Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional BrasileiroEstrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
 
Sistema de organização educaçao brasileira
Sistema de organização educaçao brasileiraSistema de organização educaçao brasileira
Sistema de organização educaçao brasileira
 
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiroOrganizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
 
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiroOrganizaçao do sistema escolar brasileiro
Organizaçao do sistema escolar brasileiro
 
Sistema escolar brasileiro cap. ii- respostas
Sistema escolar brasileiro  cap. ii- respostasSistema escolar brasileiro  cap. ii- respostas
Sistema escolar brasileiro cap. ii- respostas
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
 
Organização do-sistema-de-ensino
Organização do-sistema-de-ensinoOrganização do-sistema-de-ensino
Organização do-sistema-de-ensino
 
Estrutura do sistema eletrico brasileiro
Estrutura do sistema eletrico brasileiroEstrutura do sistema eletrico brasileiro
Estrutura do sistema eletrico brasileiro
 
Ldb curso para concurso professores 2
Ldb   curso para concurso professores 2Ldb   curso para concurso professores 2
Ldb curso para concurso professores 2
 
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da PesquisaA escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
A escola e o sistema de educação brasileiro – Resultados da Pesquisa
 
Organização do sistema de educação brasileiro
Organização do sistema de educação brasileiroOrganização do sistema de educação brasileiro
Organização do sistema de educação brasileiro
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básicaFundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação básica
 
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de EnsinoEstrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
Estrutura e Funcionamento dos Níveis e Modalidades de Ensino
 
Fundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantilFundamentos e metodologia da educação infantil
Fundamentos e metodologia da educação infantil
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantilFundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
 
A organização Escola
A organização EscolaA organização Escola
A organização Escola
 

Semelhante a Breve evolução histórica do sistema educacional brasileiro [com minha participação]

Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014
ivanilton
 
Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014
ivanilton
 
Plano Nacional de Educação
Plano Nacional de EducaçãoPlano Nacional de Educação
Plano Nacional de Educação
Deputado Paulo Rubem - PDT
 
Trabalho de geo
Trabalho de geoTrabalho de geo
Trabalho de geo
sss
 
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RSPlano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
Barbara Benedetti
 
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
UNDP Policy Centre
 
Edu desigualdade
Edu desigualdadeEdu desigualdade
Edu desigualdade
Alex Silva
 
FGV / IBRE – Abertura do Seminário
FGV / IBRE – Abertura do SeminárioFGV / IBRE – Abertura do Seminário
FGV / IBRE – Abertura do Seminário
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
Mobilidade social
Mobilidade socialMobilidade social
Mobilidade social
Gabriel D
 
Jovens, educação e trabalho
Jovens, educação e trabalhoJovens, educação e trabalho
Jovens, educação e trabalho
tonorumo
 
Aaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
AaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnnAaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
Aaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
vanessa270433
 
Cap1
Cap1Cap1
Cap1
UNICEP
 
Audiência pública
Audiência públicaAudiência pública
Audiência pública
Maria da Graça Souza
 
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindicalNota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
1
11
Slides discussões iniciais
Slides   discussões iniciaisSlides   discussões iniciais
Slides discussões iniciais
Jair Jr Silveira
 
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de SociedadeUm novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
Deputado Paulo Rubem - PDT
 
Cenários e Desafios para o Administrador
Cenários e Desafios para o AdministradorCenários e Desafios para o Administrador
Cenários e Desafios para o Administrador
CRA-BA
 
Fs5 educacao
Fs5 educacaoFs5 educacao
Fs5 educacao
Bruno Rabelo
 
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja   cátedra unesco - prof. timothy irelandXii eneja   cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
alexrrosaueja
 

Semelhante a Breve evolução histórica do sistema educacional brasileiro [com minha participação] (20)

Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014
 
Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014Relatorio integrado 2013 2014
Relatorio integrado 2013 2014
 
Plano Nacional de Educação
Plano Nacional de EducaçãoPlano Nacional de Educação
Plano Nacional de Educação
 
Trabalho de geo
Trabalho de geoTrabalho de geo
Trabalho de geo
 
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RSPlano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
Plano para o Desenvolvimento da Educação de Taquara/RS
 
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...Expansão da educação nos países da américa latina   uma análise da tendência ...
Expansão da educação nos países da américa latina uma análise da tendência ...
 
Edu desigualdade
Edu desigualdadeEdu desigualdade
Edu desigualdade
 
FGV / IBRE – Abertura do Seminário
FGV / IBRE – Abertura do SeminárioFGV / IBRE – Abertura do Seminário
FGV / IBRE – Abertura do Seminário
 
Mobilidade social
Mobilidade socialMobilidade social
Mobilidade social
 
Jovens, educação e trabalho
Jovens, educação e trabalhoJovens, educação e trabalho
Jovens, educação e trabalho
 
Aaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
AaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnnAaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
Aaaaasssshjuccnkknvnuigbnmkkknnnnnnnbnnnnnn
 
Cap1
Cap1Cap1
Cap1
 
Audiência pública
Audiência públicaAudiência pública
Audiência pública
 
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindicalNota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
Nota Técnica 127 - mudanças demográficas e ação sindical
 
1
11
1
 
Slides discussões iniciais
Slides   discussões iniciaisSlides   discussões iniciais
Slides discussões iniciais
 
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de SociedadeUm novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
Um novo Plano Nacional de Educação para um novo Projeto de Sociedade
 
Cenários e Desafios para o Administrador
Cenários e Desafios para o AdministradorCenários e Desafios para o Administrador
Cenários e Desafios para o Administrador
 
Fs5 educacao
Fs5 educacaoFs5 educacao
Fs5 educacao
 
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja   cátedra unesco - prof. timothy irelandXii eneja   cátedra unesco - prof. timothy ireland
Xii eneja cátedra unesco - prof. timothy ireland
 

Mais de Elton Ribeiro da Cruz

Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IIPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
Elton Ribeiro da Cruz
 
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em MatemáticaAnálise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
Elton Ribeiro da Cruz
 
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em MatemáticaPlano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
Elton Ribeiro da Cruz
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Elton Ribeiro da Cruz
 
Permutações
PermutaçõesPermutações
Permutações
Elton Ribeiro da Cruz
 
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da MatemáticaIsaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Elton Ribeiro da Cruz
 
Geometria espacial [com minha participação]
Geometria espacial [com minha participação]Geometria espacial [com minha participação]
Geometria espacial [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Erros em demonstrações ideias principais [com minha participação]
Erros em demonstrações   ideias principais [com minha participação]Erros em demonstrações   ideias principais [com minha participação]
Erros em demonstrações ideias principais [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Frações [com minha participação]
Frações [com minha participação]Frações [com minha participação]
Frações [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Álgebra linear [com minha participação]
Álgebra linear [com minha participação]Álgebra linear [com minha participação]
Álgebra linear [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
Elton Ribeiro da Cruz
 

Mais de Elton Ribeiro da Cruz (16)

Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
Bifurcações de Equilíbrios de Codimensão Um [Apresentação]
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IIPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio II
 
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em MatemáticaAnálise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
Análise dos resultados da tarefa investigativa - Demonstrações em Matemática
 
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em MatemáticaPlano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
 
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio IPlano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
Plano de aula: Aspectos Didático-pedagógicos da Matemática no Ensino Médio I
 
Permutações
PermutaçõesPermutações
Permutações
 
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da MatemáticaIsaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
Isaac Newton e sua contribuição na História da Matemática
 
Geometria espacial [com minha participação]
Geometria espacial [com minha participação]Geometria espacial [com minha participação]
Geometria espacial [com minha participação]
 
Erros em demonstrações ideias principais [com minha participação]
Erros em demonstrações   ideias principais [com minha participação]Erros em demonstrações   ideias principais [com minha participação]
Erros em demonstrações ideias principais [com minha participação]
 
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
Educacenso, censo escolar e inep [com minha participação]
 
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
Relatório da tarefa investigativa [com minha participação]
 
Frações [com minha participação]
Frações [com minha participação]Frações [com minha participação]
Frações [com minha participação]
 
Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]
 
Álgebra linear [com minha participação]
Álgebra linear [com minha participação]Álgebra linear [com minha participação]
Álgebra linear [com minha participação]
 
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
Sistemas dinâmicos caóticos [com minha participação]
 
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
Seminario - Metodologia de Ensino de Matemática [com minha participação]
 

Último

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsxGuerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Guerra e Paz Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 

Breve evolução histórica do sistema educacional brasileiro [com minha participação]

  • 1. BREVE EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EDUCACIONAL Alexandra Martins Bianca Karise Diogo César Carvalho Elton Ribeiro da Cruz Íris Aparecida Custódio Isolina Vilas Bôas Lívia Vallim Milton Augusto Pâmella Brocoletti Taciane Barbosa Thamires Scotini Bicalho Vitor Paulo
  • 2.  Com o fim do Império e começo da República, a educação passou a ser uma atividade do Estado;
  • 3.  Com o fim do Império e começo da República, a educação passou a ser uma atividade do Estado;  Por fatores econômicos e políticos, era mais conveniente investir no ensino superior;
  • 4.  Com o fim do Império e começo da República, a educação passou a ser uma atividade do Estado;  Por fatores econômicos e políticos, era mais conveniente investir no ensino superior;  Aumento da industrialização e urbanização em meados da década de 30: IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO;
  • 5.  Com o fim do Império e começo da República, a educação passou a ser uma atividade do Estado;  Por fatores econômicos e políticos, era mais conveniente investir no ensino superior;  Aumento da industrialização e urbanização em meados da década de 30: IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO;  Investimento na educação: REDUÇÃO DO ANALFABETISMO;
  • 6.  Avanço na alfabetização da população: APÓS OS ANOS 50;
  • 7.  Avanço na alfabetização da população: APÓS OS ANOS 50;  Mas, ainda havia problemas:
  • 8.  Avanço na alfabetização da população: APÓS OS ANOS 50;  Mas, ainda havia problemas:  Entrada tardia dos alunos na escola;
  • 9.  Avanço na alfabetização da população: APÓS OS ANOS 50;  Mas, ainda havia problemas:  Entrada tardia dos alunos na escola;  Dificuldade em completar o ensino médio;
  • 10.  Avanço na alfabetização da população: APÓS OS ANOS 50;  Mas, ainda havia problemas:  Entrada tardia dos alunos na escola;  Dificuldade em completar o ensino médio;  Dificuldade em ingressar no ensino superior;
  • 11.  Então, se fez várias mudanças na educação, como:
  • 12.  Então, se fez várias mudanças na educação, como:  Priorização da permanência da criança na escola;
  • 13.  Então, se fez várias mudanças na educação, como:  Priorização da permanência da criança na escola;  Implantação da gratuidade e obrigatoriedade do ensino para todos;
  • 14.  Então, se fez várias mudanças na educação, como:  Priorização da permanência da criança na escola;  Implantação da gratuidade e obrigatoriedade do ensino para todos;  Estruturou-se novos sistemas educacionais e sociais, dentre outros.
  • 16. CONCLUSÃO  Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização considerado alto em comparação com os números da década de 20;
  • 17. CONCLUSÃO  Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização considerado alto em comparação com os números da década de 20;  A taxa de analfabetismo em 1920 era de 69,9% e em 2010 essa taxa chegou a 9,6%;
  • 18. CONCLUSÃO  Atualmente o Brasil tem um índice de alfabetização considerado alto em comparação com os números da década de 20;  A taxa de analfabetismo em 1920 era de 69,9% e em 2010 essa taxa chegou a 9,6%;  Porém, as discussões sobre a expansão e qualidade da educação persistem até hoje.
  • 19. Indicadores 2000 2003 2006 2010 População total 169.590.69 3 188.298.099 190.732.694 Densidade Demográfica 19,45 21,22 22,11 22,43 Renda per capita em dólares _ 2.789. 8 8,22 % população urbana 81 81 81 81 % analfabetos (15anos e mais) 12,1 11,6 10,2 9,6 INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO, 2000/2010 (Tabela 15)
  • 20. EVOLUÇÃO DO CRESCIMENTO POPULACIONAL E DA ESCOLARIZAÇÃO; POPULAÇÃO DE 5 A 19 ANOS, 1960/2010 (Tabela 16/18) Ano População de 5 a 19 anos Matrícula no ensino primário Matrícula no ens. Médio Total de matrícula Taxa de escolarização Cresc. Populacional Cresc. da matrícula 1960 23,413,215 6.545,40 1.750.309 8.295.708 35.43 184,31 726,24 1970 28,539,088 7.749.753 2.945.600 10.695.353 37,48 224,66 936,31 1980 35,089,191 9,005.903 4.745.900 13.751.503 39,19 276,22 1.203,88 1990 39,582,350 12.749.461 8.349.947 21.099.408 53,31 311,59 1.847,12 2000 54,830,209 25.102.951 27.925.977 53.028.928 96,72 431,63 4.642,37 2010 51.958.347 31.005.341 20.544.548 51.549.889 99,2 409,02 4.512,89
  • 21. INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO, 1950/1970 Indicadores 1950 1960 1970 População total 51.944.397 70.119.071 94.501.554 Densidade demográfica 6,14 8,39 11,18 Renda per capita em dólares - 236 - % população urbana 36 46 56 % de analfabetos (15 anos e mais) 50 39,5 33,1 INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO, 1991/2010 Indicadores 1991 2000 2010 População total 146.825.475 169.799.170 190.732.694 Densidade demográfica 17,18 21,6 22,43 Renda per capita em dólares - 585,54 8220 % população urbana 75,19 81,2 84,35 % de analfabetos (15 anos e mais) 17,2 12,4 9,6 INDICADORES DEMOGRÁFICOS E ECONÔMICOS E TAXA DE ALFABETIZAÇÃO (Tabela 17)
  • 22. TAXAS DE RENDIMENTO DO SISTEMA EDUCACIONAL, 2003-2005 (Tabela 19) Ano Série Taxa de Aprovação 2003 1ª Série (Fundamental) 76.4 2ª Série (Fundamental) 80 3ª Série (Fundamental) 83.5 4ª Série (Fundamental) 85 5ª Série (Fundamental) 73.5 6ª Série (Fundamental) 78.6 7ª Série (Fundamental) 79.8 8ª Série (Fundamental) 81.5 1ª Série (Médio) 67.6 2ª Série (Médio) 77.4 3ª Série (Médio) 84.3 2004 1ª Série (Fundamental) 74.9 2ª Série (Fundamental) 78.9 3ª Série (Fundamental) 83.6 4ª Série (Fundamental) 83.8 5ª Série (Fundamental) 72.2 6ª Série (Fundamental) 76.7 7ª Série (Fundamental) 79.2 8ª Série (Fundamental) 79 1ª Série (Médio) 65.5 2ª Série (Médio) 75.8 3ª Série (Médio) 82.2 2005 1ª Série (Fundamental) 76.2 2ª Série (Fundamental) 80.1 3ª Série (Fundamental) 84.6 4ª Série (Fundamental) 84.8 5ª Série (Fundamental) 72.9 6ª Série (Fundamental) 77.1 7ª Série (Fundamental) 79.5 8ª Série (Fundamental) 79.7 1ª Série (Médio) 65.6 2ª Série (Médio) 75.3 3ª Série (Médio) 81.8 Fonte: MEC/INEP
  • 23. ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO ANTERIOR À REFORMA DE 1971 (Quadro 1) Nível Duração Faixa Etária Pré-escola 3 anos de 4 a 6 anos Escola Primária 4 anos de 7 a 10 anos Ginásio (Lower High School) 4 anos de 1 a 14 anos Colégio (High School) 3 anos de 15 a 17 anos Ensino Superior Variável Após 18 anos Nível Duração Faixa Etária Pré-escola 3 anos de 4 a 6 anos 1º Grau Obrigatório 8 anos de 7 a 14 anos 2º Grau 3 anos de 15 a 17 anos Ensino Superior Variável Após 17 anos ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO APÓS A REFORMA DE 1971 (Quadro 2)
  • 24. ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL APÓS A LEI N.º 9.394/96 (Quadro 3) Níveis e subdivisões Duração Faixa etária Educação básica Educação infantil Creche 4 anos De 0 a 3 anos Pré-escola 3 anos De 4 a 6 anos Ensino fundamental (obrigatório) 8 anos De 7 a 14 anos Ensino médio 3 anos De 15 a 17 anos Educação superior Cursos por área Variável Acima de 17 anos Este é o sistema que vigora atualmente, desde 1996.