Successfully reported this slideshow.
Alunos: Débora R. P. Barbosa
Elton Ribeiro da Cruz
Laura Apipe
Como a escrita pode ajudar
nas aulas de Matemática?
O significado;
A qualidade reflexiva;
O valor da escrita em Matemática;
“O processo de escrita requer reunir, organizar e
esclarecer pensamentos. Exige descobrir o que você
sabe e o que não sabe...
Comunicação oral;
Comunicação com os pais;
Escrita na fase “durante” lição.
Espaço para os estudantes escreverem sobre:
 Sua compreensão conceitual e resolução de
problemas;
 Suas dúvidas em relaç...
Dicas:
Certifique-se de que o diário seja um lugar
especial.
Pontuar a escrita em diário destrói seu
propósito.
É viáve...
Os estudantes devem ter:
 Um propósito claro e bem definido;
 Saber o que e pra quem escrever;
 Período de tempo para e...
Assunto: Conceitos e Resolução de
Problemas
 “Eu penso que a resposta é...Eu penso isso
porque...”
 Escreva uma explicaç...
 O que foi fácil no trabalho que fizemos hoje? O
que foi difícil? Sobre o que você ainda tem
questões ou dúvidas?
 Você ...
 Depois que você obteve a resposta para o
problema de hoje, o que você fez para se
convencer de que sua resposta estava
c...
É importante que a escrita seja
um registro de algo que o
estudante acabou de fazer e que se
sinta confortável com ela.
Tempestade de ideias ou tempestade
cerebral
Questionário:
 Perguntas abertas;
 Múltipla escolha (raramente, frequentemente,
às vezes, discordo, não me importo,
conc...
Lembretes:
 Quão bem você acha que compreendeu o
trabalho que fizemos nos últimos dias sobre
frações?
 Escreva uma coisa...
Inventário:
( ) SIM
( ) NÃO
( ) TALVEZ
Qual deve ser o objetivo de
um teste?
Os testes devem refletir as
metas de seu ensino, eles podem
ser elaborados para descobrir que
conceito os estudantes
desen...
 Permita as calculadoras o tempo todo;
 Use modelos manipulativos e desenhos;
 Inclua oportunidades para explicações;
...
Como os professores estão
respondendo às pressões dos
programas de testes estaduais ou
federais instituídos em seu país?
 Ensine para o desenvolvimento das ideias
importantes no currículo de matemática;
 Examine as listagens de habilidades e...
 Se os estudantes não desenvolveram os
conceitos, as estratégias de teste serão
completamente inúteis
 O momento adequad...
 Proporcione experiências com diferentes
formatos de questões;
 Ensine estratégias para fazer testes;
◦ Leia as questões...
Que ideias vêm à cabeça ao
falar sobre pontuação?
 Um grau é uma média de uma série de
pontuações de testes e questionários.
 Acurácia:
técnica computacional para calcula...
 Um grau é uma estatística usada para
comunicar a outros o nível de desempenho
que um estudante atingiu em uma área
parti...
 O mito da pontuação pela média estatística
de números está tão firmemente incorporado
à escolarização em todos os níveis...
 É possível reunir informações sobre:
◦ Compreensão;
◦ Processos de resolução de problemas;
◦ Atitudes e convicções;
 Decisões difíceis:
◦ Filosóficas;
◦ Aprovação da escola e do município;
 Converter quatro em cinco a 80% ou três em
quatro ao grau C pode destruir todo o
propósito de avaliação alternativa e de...
 Os graus que você estabelece devem refletir
todos os seus objetivos;
 Fatores diferentes têm pesos diferentes;
 Um sis...
 WALLE, John A. Van de; Matemática no
Ensino Fundamental Formação de
Professores e Aplicação em Sala de Aula. 6ª
Ed. Artm...
Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]
Apresentação aspectos [com minha participação]
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação aspectos [com minha participação]

189 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação aspectos [com minha participação]

  1. 1. Alunos: Débora R. P. Barbosa Elton Ribeiro da Cruz Laura Apipe
  2. 2. Como a escrita pode ajudar nas aulas de Matemática?
  3. 3. O significado; A qualidade reflexiva; O valor da escrita em Matemática;
  4. 4. “O processo de escrita requer reunir, organizar e esclarecer pensamentos. Exige descobrir o que você sabe e o que não sabe. Ela demanda claramente um pensamento reflexivo. Da mesma forma, o fazer matemática depende de reunir, organizar e esclarecer pensamentos, descobrir o que você sabe e o que não sabe e pensar com clareza. Embora a representação final de uma busca matemática pareça muito diferente do produto final de um esforço de escrita, a jornada mental é, em basicamente, a mesma- atribuir significado a uma ideia e apresentá-la efetivamente.” (BURNS, p.3).
  5. 5. Comunicação oral; Comunicação com os pais; Escrita na fase “durante” lição.
  6. 6. Espaço para os estudantes escreverem sobre:  Sua compreensão conceitual e resolução de problemas;  Suas dúvidas em relação ao tópico atual;  Seus sentimentos sobre aspectos de matemática.
  7. 7. Dicas: Certifique-se de que o diário seja um lugar especial. Pontuar a escrita em diário destrói seu propósito. É viável ler e responder cerca de cinco diários em uma noite.
  8. 8. Os estudantes devem ter:  Um propósito claro e bem definido;  Saber o que e pra quem escrever;  Período de tempo para escrever.
  9. 9. Assunto: Conceitos e Resolução de Problemas  “Eu penso que a resposta é...Eu penso isso porque...”  Escreva uma explicação para outros alunos.  Escreva a um estudante da série X, o que você aprendeu hoje sobre decimais.
  10. 10.  O que foi fácil no trabalho que fizemos hoje? O que foi difícil? Sobre o que você ainda tem questões ou dúvidas?  Você ficou bloqueado hoje ao resolver um problema? Onde você teve dificuldades lá? Se você não ficou bloqueado, que ideia lhe ajudou a resolver o problema?
  11. 11.  Depois que você obteve a resposta para o problema de hoje, o que você fez para se convencer de que sua resposta estava correta? Você está seguro de ter obtido a resposta correta?  Escreva uma história- problema para essa figura.
  12. 12. É importante que a escrita seja um registro de algo que o estudante acabou de fazer e que se sinta confortável com ela.
  13. 13. Tempestade de ideias ou tempestade cerebral
  14. 14. Questionário:  Perguntas abertas;  Múltipla escolha (raramente, frequentemente, às vezes, discordo, não me importo, concordo)  Mapas conceituais;  Desenhos;
  15. 15. Lembretes:  Quão bem você acha que compreendeu o trabalho que fizemos nos últimos dias sobre frações?  Escreva uma coisa que você gostou e uma coisa que você não gostou sobre a aula de matemática de hoje
  16. 16. Inventário: ( ) SIM ( ) NÃO ( ) TALVEZ
  17. 17. Qual deve ser o objetivo de um teste?
  18. 18. Os testes devem refletir as metas de seu ensino, eles podem ser elaborados para descobrir que conceito os estudantes desenvolveram e como suas ideias estão conectadas.
  19. 19.  Permita as calculadoras o tempo todo;  Use modelos manipulativos e desenhos;  Inclua oportunidades para explicações;  Evite usar “testes pré-respondidos”;
  20. 20. Como os professores estão respondendo às pressões dos programas de testes estaduais ou federais instituídos em seu país?
  21. 21.  Ensine para o desenvolvimento das ideias importantes no currículo de matemática;  Examine as listagens de habilidades e objetivos e identifique os fundamentos conceituais mais amplos dos quais eles dependem;  Certifique-se de que os estudantes tenham uma oportunidade para aprender o conteúdo nos Padrões;  Identifique as ideias mais amplas por trás dos objetivos
  22. 22.  Se os estudantes não desenvolveram os conceitos, as estratégias de teste serão completamente inúteis  O momento adequado para o ensino de estratégias de teste é logo antes de um teste;
  23. 23.  Proporcione experiências com diferentes formatos de questões;  Ensine estratégias para fazer testes; ◦ Leia as questões cuidadosamente; ◦ Estime a resposta antes de fazer; ◦ Elimine as opções; ◦ Trabalhe “para trás”;
  24. 24. Que ideias vêm à cabeça ao falar sobre pontuação?
  25. 25.  Um grau é uma média de uma série de pontuações de testes e questionários.  Acurácia: técnica computacional para calcular a média aritmética final
  26. 26.  Um grau é uma estatística usada para comunicar a outros o nível de desempenho que um estudante atingiu em uma área particular do conhecimento;  Acurácia: informação usada ao preparar o grau + julgamento do professor + alinhamento das avaliações com as verdadeiras metas e objetivos do curso.
  27. 27.  O mito da pontuação pela média estatística de números está tão firmemente incorporado à escolarização em todos os níveis que você pode descobrir ser difícil abandoná-lo
  28. 28.  É possível reunir informações sobre: ◦ Compreensão; ◦ Processos de resolução de problemas; ◦ Atitudes e convicções;
  29. 29.  Decisões difíceis: ◦ Filosóficas; ◦ Aprovação da escola e do município;
  30. 30.  Converter quatro em cinco a 80% ou três em quatro ao grau C pode destruir todo o propósito de avaliação alternativa e de rubricas conceituais.  A avaliação deve ser baseada nas tarefas de desempenho e em outras atividades para as quais você estabelece rubricas conceituais;
  31. 31.  Os graus que você estabelece devem refletir todos os seus objetivos;  Fatores diferentes têm pesos diferentes;  Um sistema de registro multidimensional é uma grande auxílio;  Um espaço para comentários também é útil.
  32. 32.  WALLE, John A. Van de; Matemática no Ensino Fundamental Formação de Professores e Aplicação em Sala de Aula. 6ª Ed. Artmed, 2009.

×