CONCEITO: É um modo de
percepção da realidade e da
identidade. Conhecimento
em permanente construção.
“História é a ciência dos
homens no tempo”.
(Marc Bloch – Historiador francês)
TRANSIÇÃO
Significa a
passagem lenta
de um período
para outro.
Indica uma
mudança
brusca, uma
transformação
radical em
r...
A passagem da idade média
para a idade moderna.
 A chegada dos portugueses ao Novo Mundo.
 Karl Marx (1818-1883) - Para o filósofo alemão, não
haveria um plano divino p...
A questão Afrobrasileira.
A História é o fruto de várias
tradições de pensamento. As
correntes mais discutidas são:
Positivismo;
Materialismo His...
 Corrente filosófica surgida na Europa no século XVIII,
fundada por .
 Fundamenta-se nos feitos políticos de grandes her...
MATERIALISMO
HISTÓRICO
Segundo essa
concepção, o
homem tem a
necessidade de
sobrevivência
então este
modifica a
natureza, ...
 Surgiu com a Escola dos Annales (França), em
1929.
Concepção
• Toda produção humana seria
possível de ser entendida enqu...
 Segundo Fernand Braudel, há o tempo
do acontecimento (breve duração),
tempo da conjuntura (média duração) e
o tempo da e...
 Fato de breve duração: um
nascimento, um parto, a assinatura de um
acordo, uma greve e etc.
 Fato de média duração: mov...
Concepção de Tempo
Positivismo
A crucificação de Jesus
33 A.D.
Concílio
de Niceia 325 d. C.
Tratado
de Tordesilhas 1494
Li...
Concepção de Tempo
Materialismo
Histórico
Revolução Industrial
Século XVII e XVIII
Fato Histórico
Estudo das contradições
...
Concepção de Tempo
Nova História
Idade Média Idade Moderna
Para os historiadores da Nova
História todos os acontecimentos
...
“Discutir o ensino de historia, hoje,
é pensar os processos formativos
que se desenvolveu nos diversos
espaços, é pensar f...
1- Para você o que é História?
2- Qual o conceito de ruptura em História?
3- Quais as correntes historiográficas mais
disc...
História
História
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História

541 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História

  1. 1. CONCEITO: É um modo de percepção da realidade e da identidade. Conhecimento em permanente construção.
  2. 2. “História é a ciência dos homens no tempo”. (Marc Bloch – Historiador francês)
  3. 3. TRANSIÇÃO Significa a passagem lenta de um período para outro. Indica uma mudança brusca, uma transformação radical em relação ao passado. RUPTURA
  4. 4. A passagem da idade média para a idade moderna.
  5. 5.  A chegada dos portugueses ao Novo Mundo.  Karl Marx (1818-1883) - Para o filósofo alemão, não haveria um plano divino para a progressão e o bem- estar econômico e social da humanidade. A História, segundo Marx, evolui em função dos conflitos econômicos, sociais e ideológicos.
  6. 6. A questão Afrobrasileira.
  7. 7. A História é o fruto de várias tradições de pensamento. As correntes mais discutidas são: Positivismo; Materialismo Histórico; Nova História.
  8. 8.  Corrente filosófica surgida na Europa no século XVIII, fundada por .  Fundamenta-se nos feitos políticos de grandes herois, os problemas dinásticos, as batalhas, os tratados diplomáticos etc.  A concepção de tempo nesta abordagem histórica é caracterizada pela linearidade (sucessão) dos fatos porque são os fatos o objeto de estudo da história.
  9. 9. MATERIALISMO HISTÓRICO Segundo essa concepção, o homem tem a necessidade de sobrevivência então este modifica a natureza, e ao transformar a natureza ele transforma a si mesmo, no que chamam de relação dialética. Os principais pensadores Karl Marx e Friedrich Engels
  10. 10.  Surgiu com a Escola dos Annales (França), em 1929. Concepção • Toda produção humana seria possível de ser entendida enquanto fonte para a pesquisa do historiador, e não somente os documentos oficiais. • Considerar também os movimentos de continuidade e mudanças.
  11. 11.  Segundo Fernand Braudel, há o tempo do acontecimento (breve duração), tempo da conjuntura (média duração) e o tempo da estrutura (longa duração).
  12. 12.  Fato de breve duração: um nascimento, um parto, a assinatura de um acordo, uma greve e etc.  Fato de média duração: movimentos que flutuam dentro de uma estrutura, exemplo, a Revolução Industrial Inglesa, a Ditadura no Brasil, a Guerra Fria e etc.  Fato de Longa Duração: a escravidão antiga e moderna, o cristianismo ocidental, a proibição do incesto, etc.
  13. 13. Concepção de Tempo Positivismo A crucificação de Jesus 33 A.D. Concílio de Niceia 325 d. C. Tratado de Tordesilhas 1494 Linearidade da História (sucessão dos fatos) Conta o fato de grande importância.
  14. 14. Concepção de Tempo Materialismo Histórico Revolução Industrial Século XVII e XVIII Fato Histórico Estudo das contradições Materialismo Dialético Debate e conhecimento acerca do fato histórico Presente Por que determinados fatos se constituíram historicamente e por que se apresentam de tal forma ao homem no presente.
  15. 15. Concepção de Tempo Nova História Idade Média Idade Moderna Para os historiadores da Nova História todos os acontecimentos humanos podem ser entendidos como temáticas para a construção da História. Considerar não somente o tempo cronológico, mas os movimentos de continuidade e mudança.
  16. 16. “Discutir o ensino de historia, hoje, é pensar os processos formativos que se desenvolveu nos diversos espaços, é pensar fontes e formas de educar cidadãos, numa sociedade complexa marcada por diferenças e desigualdades”. (Selva Guimarães Fonseca)
  17. 17. 1- Para você o que é História? 2- Qual o conceito de ruptura em História? 3- Quais as correntes historiográficas mais discutidas atualmente? 4- Quais os dois grandes pensadores do materialismo histórico? 5- Qual a concepção histórica da corrente historiográfica da Nova História? 6- Cite dois exemplos de fatos históricos de breve duração. 7- Qual a concepção de tempo na abordagem positivista?

×