SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Faculdade Pitágoras
Engenharia de Produção Bacharelado
1ª Semana de Engenharia de Produção
Palestrante: Prof. Me. Elon Vieira Lima
A PRODUÇÃO MAIS LIMPA COMO FATOR DE
COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL
AGENDA
• Perfil Pessoal/Profissional
• Temática
• Cronograma
• Conclusões
• Questionamentos
• Perfil Pessoal/Profissional
Nome: Elon Vieira Lima
Formação Acadêmica: Graduação e Mestrado em Engenharia
Química pela UFPA; Aluno especial no Doutorado de Engenharia
Mecânica da UNICAMP (Materiais e Processos de
Fabricação); MBA em Gestão de Projetos.
• Perfil Pessoal/Profissional
Experiência Profissional: Vale (2005 a 2007); Ensino Superior
(2008 até o presente); Coordenador de cursos.
Empresa atual e cargo/função: Faculdade Pitágoras:
Administração e Eng. Ambiental; UEMA: Eng. de
Produção; UNDB: Eng. de Produção e Eng. Civil
• Temática
 A sustentabilidade como fator de competitividade
empresarial;
 A Produção Mais Limpa (P+L) como estratégia para atingir a
competitividade.
• Cronograma
 O que é competitividade?
 O que é a estratégia?
 Produção mais limpa
• O que é competitividade?
 Competitividade  Processo pelo qual uma entidade
(pessoa, corporação, país) se empenha em superar a outra;
 Competitividade organizacional  Produzir ou prover, em
tempos e custos adequados, um produto e serviço que
atenda os testes do mercado e as necessidades dos usuários.
Estratégia
Projeto
Necessidades
Implementações
• O que é competitividade?
Fonte: Academia Pearson, 2011.
Ciencia e
Tecnologia
Mercado
Estímulos
Descontínuos
Estímulos
Contínuos
Globalização negócios e
atividades econômicas
- Sofisticação das
ferramentas de marketing
- Enfoque dos usuários em
qualidade como critério
de compra
- Leis de proteção ao meio
ambiente
- Redução de jornada de
trabalho
- Participação nos lucros das
empresas
-Aumento do cuidado para
uso de bens naturais
- Responsabilidade social das
organizações
• Desenvolvimentos Descontínuos
• Desenvolvimentos Incrementais
Obsolescência repentina de
produtos
Mudança do patamar do
conhecimento
Inviabilização de negócios
estáveis
Surgimento explosivo de novos
negócios
-Internacionalização da
competição
-Vida dos produtos
-Velocidade de mudança
dos produtos
- Evolução tecnológica dos
produtos
Fonte: Agostinho, 2014.
• O que é estratégia?
 Conceito multidimensional que agrega todas as atividades
críticas de uma empresa, dando a elas senso de unidade,
direção e objetivo, facilitando as alterações necessárias
induzidas pelo seu direcionamento.
• O que é estratégia?
 Competitividade  O que fazer
 Estratégia  Como fazer
• O que é estratégia?
Fonte: Academia Pearson, 2011.
• Produção mais Limpa (P+L)
 De acordo com o CNTL, “produção mais limpa significa a aplicação
contínua de uma estratégia econômica, ambiental e tecnológica
integrada aos processos e produtos, a fim de aumentar a eficiência
no uso de matérias-primas, água e energia, por meio da não-
geração, minimização ou reciclagem de resíduos gerados”
• Produção mais Limpa (P+L)
Fonte: Academia Pearson, 2011.
• Produção mais Limpa (P+L)
Fonte: Academia Pearson, 2011.
• Referências
ACADEMIA PEARSON. Gestão ambiental. São Paulo: Pearson, 2011.
AGOSTINHO; O. L. Sistemas de manufatura: competitividade externa.
Apostila. Campinas: UNICAMP, 2014.
• Questionamentos
Espaço reservado para perguntas dos alunos.
Contato: prof.elon.lima@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...
Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...
Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...Diógenes Almeida
 
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...CTG SUNY Albany and UFPR Curitiba
 
Gestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasGestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasCamilo Almendra
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processos
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processosConcepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processos
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processosEloGroup
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...EloGroup
 
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos Complexos
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos ComplexosLuis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos Complexos
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos ComplexosLuís Fernando Almeida
 
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de Sucesso
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de SucessoPrince2, Características, Benefícios e Diferenciais de Sucesso
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de SucessoMaria Angelica Castellani
 
Metodologia de Gerenciamento De Projetos
Metodologia de Gerenciamento De ProjetosMetodologia de Gerenciamento De Projetos
Metodologia de Gerenciamento De ProjetosTI Infnet
 
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...Atech S.A. | Embraer Group
 
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Projetos e TI
 
lean construction
lean constructionlean construction
lean constructiontquinco
 
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e Sustentabilidade
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e SustentabilidadePolilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e Sustentabilidade
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e SustentabilidadeFernando Jose Novaes
 
Implantacao.Processo.Fabrica.SL
Implantacao.Processo.Fabrica.SLImplantacao.Processo.Fabrica.SL
Implantacao.Processo.Fabrica.SLAnnkatlover
 
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando ScrumGerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando ScrumRaphael Donaire Albino
 
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2Gerenciamento de Projetos com PRINCE2
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2Diego Cavalca
 
Principios da produção limpa (P+L)
Principios da produção limpa (P+L)Principios da produção limpa (P+L)
Principios da produção limpa (P+L)Manuel Garcia Garcia
 
Webaula 51 Entendendo o Lean IT
Webaula 51   Entendendo o Lean ITWebaula 51   Entendendo o Lean IT
Webaula 51 Entendendo o Lean ITProjetos e TI
 

Mais procurados (19)

Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...
Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...
Proposta De Um Protótipo Para Avaliação Da Maturidade em Gestão Da Inovação D...
 
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...
PROJETO DE PESQUISAA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PROJETOS NO DESEMPENHO EMPRESARI...
 
Gestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasGestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em Empresas
 
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processos
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processosConcepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processos
Concepção e implementação de solucões tecnológicas e ERP´s por meio de processos
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
 
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos Complexos
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos ComplexosLuis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos Complexos
Luis_Fernando_Almeida_Tese_IPT_Projetos Complexos
 
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de Sucesso
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de SucessoPrince2, Características, Benefícios e Diferenciais de Sucesso
Prince2, Características, Benefícios e Diferenciais de Sucesso
 
Metodologia de Gerenciamento De Projetos
Metodologia de Gerenciamento De ProjetosMetodologia de Gerenciamento De Projetos
Metodologia de Gerenciamento De Projetos
 
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...
I SDTA - A Aplicação da Gestão de Configuração na Diferenciação dos Ciclos de...
 
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
 
lean construction
lean constructionlean construction
lean construction
 
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e Sustentabilidade
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e SustentabilidadePolilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e Sustentabilidade
Polilab Consultoria Empresarial - Polímeros, Qualidade e Sustentabilidade
 
Relatório Anual 2014
Relatório Anual 2014Relatório Anual 2014
Relatório Anual 2014
 
Implantacao.Processo.Fabrica.SL
Implantacao.Processo.Fabrica.SLImplantacao.Processo.Fabrica.SL
Implantacao.Processo.Fabrica.SL
 
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando ScrumGerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
 
Prince2 - Treinamento para Certificação
Prince2 - Treinamento para CertificaçãoPrince2 - Treinamento para Certificação
Prince2 - Treinamento para Certificação
 
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2Gerenciamento de Projetos com PRINCE2
Gerenciamento de Projetos com PRINCE2
 
Principios da produção limpa (P+L)
Principios da produção limpa (P+L)Principios da produção limpa (P+L)
Principios da produção limpa (P+L)
 
Webaula 51 Entendendo o Lean IT
Webaula 51   Entendendo o Lean ITWebaula 51   Entendendo o Lean IT
Webaula 51 Entendendo o Lean IT
 

Destaque

I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarial
I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarialI Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarial
I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarialelonvila
 
Gestão de Projetos - 2. Processos de Iniciação
Gestão de Projetos - 2. Processos de IniciaçãoGestão de Projetos - 2. Processos de Iniciação
Gestão de Projetos - 2. Processos de Iniciaçãoelonvila
 
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologia
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologiaPalestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologia
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologiaelonvila
 
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS ProjectPalestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Projectelonvila
 
Indicadores de competitividade da indústria rf
Indicadores de competitividade da indústria rfIndicadores de competitividade da indústria rf
Indicadores de competitividade da indústria rfRenato da Fonseca
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - EcologiaCiências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologiaelonvila
 
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo.
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo. 7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo.
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo. Rafael Konda
 
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.zeusi9iuto
 
13 dicas para manter o foco no trabalho
13 dicas para manter o foco no trabalho13 dicas para manter o foco no trabalho
13 dicas para manter o foco no trabalhoAndrea Benevento
 
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de ProjetosElaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetoselonvila
 
Powerpoint Mejorpuesto
Powerpoint MejorpuestoPowerpoint Mejorpuesto
Powerpoint MejorpuestoMejorpuesto
 
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013Camilo Coutinho
 
Plan estratsaúde apresentação
Plan estratsaúde apresentaçãoPlan estratsaúde apresentação
Plan estratsaúde apresentaçãocarloantoniosouza
 
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e Empresarial
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e EmpresarialIndicadores competitividade Sistemico Estrutural e Empresarial
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e EmpresarialFabio Ono
 
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoMichelle Raimundo dos Santos
 
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015 Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015 Marcos Magnanti
 
Palestra desejos liderando foco em resultados
Palestra desejos  liderando foco em resultadosPalestra desejos  liderando foco em resultados
Palestra desejos liderando foco em resultadosdesejosmodaintima
 

Destaque (20)

I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarial
I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarialI Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarial
I Maratona Crea Jr-MA_ Palestra: P+L com fator de competitividade empresarial
 
Gestão de Projetos - 2. Processos de Iniciação
Gestão de Projetos - 2. Processos de IniciaçãoGestão de Projetos - 2. Processos de Iniciação
Gestão de Projetos - 2. Processos de Iniciação
 
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologia
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologiaPalestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologia
Palestra: Planejamento e controle de projetos pelo uso de tecnologia
 
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS ProjectPalestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
Palestra_ III SEMACED_ Gestão de projetos e MS Project
 
Indicadores de competitividade da indústria rf
Indicadores de competitividade da indústria rfIndicadores de competitividade da indústria rf
Indicadores de competitividade da indústria rf
 
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - EcologiaCiências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
Ciências do Ambiente - Cap 1.2 - Ecologia
 
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo.
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo. 7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo.
7 passos para conquistar um cliente por 1 centavo.
 
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.
Tgp competitividade aula 11 gestão de pessoas.
 
13 dicas para manter o foco no trabalho
13 dicas para manter o foco no trabalho13 dicas para manter o foco no trabalho
13 dicas para manter o foco no trabalho
 
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de ProjetosElaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
 
Powerpoint Mejorpuesto
Powerpoint MejorpuestoPowerpoint Mejorpuesto
Powerpoint Mejorpuesto
 
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013
Produtividade: 7 passos para manter o foco nos projetos - FrontinSP 2013
 
Plan estratsaúde apresentação
Plan estratsaúde apresentaçãoPlan estratsaúde apresentação
Plan estratsaúde apresentação
 
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e Empresarial
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e EmpresarialIndicadores competitividade Sistemico Estrutural e Empresarial
Indicadores competitividade Sistemico Estrutural e Empresarial
 
Estratégia e competitividade.
Estratégia e competitividade.Estratégia e competitividade.
Estratégia e competitividade.
 
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produçãoPalestra - Planejamento programação e controle da produção
Palestra - Planejamento programação e controle da produção
 
Competitividade
CompetitividadeCompetitividade
Competitividade
 
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015 Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015
Aulas Gestão da Qualidade & Produtividade 2015
 
Vantagem competitiva
Vantagem competitivaVantagem competitiva
Vantagem competitiva
 
Palestra desejos liderando foco em resultados
Palestra desejos  liderando foco em resultadosPalestra desejos  liderando foco em resultados
Palestra desejos liderando foco em resultados
 

Semelhante a Produção mais limpa como fator de competitividade empresarial

Aula de qualidade lean - unoesc videira
Aula de qualidade lean - unoesc videiraAula de qualidade lean - unoesc videira
Aula de qualidade lean - unoesc videiraLuiz Felipe Cherem
 
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...Sustentare Escola de Negócios
 
A importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurançaA importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurançaRenatbar
 
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNS
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNSSustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNS
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNSPaulo Vodianitskaia
 
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014Marco de Carvalho
 
Plano de ensino produção mais limpa 2012
Plano de ensino   produção mais limpa 2012Plano de ensino   produção mais limpa 2012
Plano de ensino produção mais limpa 2012afermartins
 
Ecodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De VidaEcodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De Vidamartha
 
Ecodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De VidaEcodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De Vidamartha
 

Semelhante a Produção mais limpa como fator de competitividade empresarial (20)

Gestão Ambiental 07 - produção limpa
Gestão Ambiental 07 -  produção limpaGestão Ambiental 07 -  produção limpa
Gestão Ambiental 07 - produção limpa
 
Gestão Ambiental
Gestão AmbientalGestão Ambiental
Gestão Ambiental
 
Gestoambiental 111126115822-phpapp01
Gestoambiental 111126115822-phpapp01Gestoambiental 111126115822-phpapp01
Gestoambiental 111126115822-phpapp01
 
Aula de qualidade lean - unoesc videira
Aula de qualidade lean - unoesc videiraAula de qualidade lean - unoesc videira
Aula de qualidade lean - unoesc videira
 
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...
5º Fórum iNOVAção Sustentare: Palestra da coordenadora de patentes da Natura,...
 
Carlos andre (1)
Carlos andre (1)Carlos andre (1)
Carlos andre (1)
 
A importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurançaA importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurança
 
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNS
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNSSustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNS
Sustentabilidade, inovação e desenvolvimento humano com TNS
 
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
 
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014
Curso de Especialização em Gestão do Desenvolvimento de Produtos - Turma 2014
 
Produção sustentável
Produção sustentávelProdução sustentável
Produção sustentável
 
Plano de ensino produção mais limpa 2012
Plano de ensino   produção mais limpa 2012Plano de ensino   produção mais limpa 2012
Plano de ensino produção mais limpa 2012
 
2 temas multidisciplinares - inovacao
2   temas multidisciplinares - inovacao2   temas multidisciplinares - inovacao
2 temas multidisciplinares - inovacao
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
Trabalho zago
Trabalho zagoTrabalho zago
Trabalho zago
 
Guia da-pmaisl
Guia da-pmaislGuia da-pmaisl
Guia da-pmaisl
 
Aproducao
AproducaoAproducao
Aproducao
 
Ecodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De VidaEcodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De Vida
 
Ecodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De VidaEcodesign Ciclo De Vida
Ecodesign Ciclo De Vida
 

Último

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 

Último (20)

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 

Produção mais limpa como fator de competitividade empresarial

  • 1. Faculdade Pitágoras Engenharia de Produção Bacharelado 1ª Semana de Engenharia de Produção Palestrante: Prof. Me. Elon Vieira Lima A PRODUÇÃO MAIS LIMPA COMO FATOR DE COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL
  • 2. AGENDA • Perfil Pessoal/Profissional • Temática • Cronograma • Conclusões • Questionamentos
  • 3. • Perfil Pessoal/Profissional Nome: Elon Vieira Lima Formação Acadêmica: Graduação e Mestrado em Engenharia Química pela UFPA; Aluno especial no Doutorado de Engenharia Mecânica da UNICAMP (Materiais e Processos de Fabricação); MBA em Gestão de Projetos.
  • 4. • Perfil Pessoal/Profissional Experiência Profissional: Vale (2005 a 2007); Ensino Superior (2008 até o presente); Coordenador de cursos. Empresa atual e cargo/função: Faculdade Pitágoras: Administração e Eng. Ambiental; UEMA: Eng. de Produção; UNDB: Eng. de Produção e Eng. Civil
  • 5. • Temática  A sustentabilidade como fator de competitividade empresarial;  A Produção Mais Limpa (P+L) como estratégia para atingir a competitividade.
  • 6. • Cronograma  O que é competitividade?  O que é a estratégia?  Produção mais limpa
  • 7. • O que é competitividade?  Competitividade  Processo pelo qual uma entidade (pessoa, corporação, país) se empenha em superar a outra;  Competitividade organizacional  Produzir ou prover, em tempos e custos adequados, um produto e serviço que atenda os testes do mercado e as necessidades dos usuários.
  • 9. • O que é competitividade? Fonte: Academia Pearson, 2011.
  • 10. Ciencia e Tecnologia Mercado Estímulos Descontínuos Estímulos Contínuos Globalização negócios e atividades econômicas - Sofisticação das ferramentas de marketing - Enfoque dos usuários em qualidade como critério de compra - Leis de proteção ao meio ambiente - Redução de jornada de trabalho - Participação nos lucros das empresas -Aumento do cuidado para uso de bens naturais - Responsabilidade social das organizações • Desenvolvimentos Descontínuos • Desenvolvimentos Incrementais Obsolescência repentina de produtos Mudança do patamar do conhecimento Inviabilização de negócios estáveis Surgimento explosivo de novos negócios -Internacionalização da competição -Vida dos produtos -Velocidade de mudança dos produtos - Evolução tecnológica dos produtos Fonte: Agostinho, 2014.
  • 11. • O que é estratégia?  Conceito multidimensional que agrega todas as atividades críticas de uma empresa, dando a elas senso de unidade, direção e objetivo, facilitando as alterações necessárias induzidas pelo seu direcionamento.
  • 12. • O que é estratégia?  Competitividade  O que fazer  Estratégia  Como fazer
  • 13. • O que é estratégia? Fonte: Academia Pearson, 2011.
  • 14. • Produção mais Limpa (P+L)  De acordo com o CNTL, “produção mais limpa significa a aplicação contínua de uma estratégia econômica, ambiental e tecnológica integrada aos processos e produtos, a fim de aumentar a eficiência no uso de matérias-primas, água e energia, por meio da não- geração, minimização ou reciclagem de resíduos gerados”
  • 15. • Produção mais Limpa (P+L) Fonte: Academia Pearson, 2011.
  • 16. • Produção mais Limpa (P+L) Fonte: Academia Pearson, 2011.
  • 17. • Referências ACADEMIA PEARSON. Gestão ambiental. São Paulo: Pearson, 2011. AGOSTINHO; O. L. Sistemas de manufatura: competitividade externa. Apostila. Campinas: UNICAMP, 2014.
  • 18. • Questionamentos Espaço reservado para perguntas dos alunos.