Fazer BPM Social         Significa Negócios   Como ferramentas sociais podem  mudar a forma como você gerencia            ...
Slides em www.slideshare.net/skemsley             Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   2
Agenda   l   Parte 1: História e tecnologia       l   Como social muda tudo       l   O que é BPM social?       l   Caract...
Como o Social Muda Tudo         Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   4
Ferramentas de ConsumoDefinem Expectativas   l   Consumo   l   Participatipação   l   Criação   l   Experiência do usuário...
Traga Seu Próprio Dispositivo(BYOD)    l   Clientes e colaboradores querem escolher:        l   Computador        l   Brow...
Associando Presença Social Externacom Processos Core Business    l   Muda o relacionamento com o        cliente    l   Est...
A História do BPM Social          Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   8
O Que é Web 2.0?   l   Consumidor-       encontrando       software social   l   Software como um       serviço   l   Usuá...
Web 2.0 Examplos   l   Gmail: interface rica,       constantemente atualizada   l   Wikipedia: conteúdo de       vários au...
O que é Empresa 2.0?   l   Também conhecida como empresa de       software social   l   Propósito em negócios, não puramen...
E2.0 Para Interação Social    l   SocialBlue (Beehive), network social        interno        da IBM                    Cop...
E2.0 Para Produção Social   l   BTpedia, wiki interna da British Telecom                   Copyright Kemsley Design Ltd., ...
Drivers Para BPM Social   l   Mudando expectativas do usuário       l   Estilo de Trabalho       l   Acesso a informação  ...
Os Extremos do Trabalho     Trabalho de                       Trabalho de        Rotina                        Conheciment...
Objetivos dos Tipos de TrabalhoTrabalho de Rotina                      Trabalho de Conhecimentol Eficiência               ...
Caracterizando os ExtremosTrabalho de Rotina                      Trabalho de Conhecimentol Um modelo de processo         ...
Espectro de EstruturaçãoEstruturado           Estruturado com                   Desestruturado        Desestruturado• e.g....
Dimensões do Trabalho   l   Estruturado para desestruturado   l   Controlado para colaborativo   l   Participação interna ...
Espectro de ColaboraçãoParticipantes Pré-                    Seleção a partir de um                   Seleção de qualquerd...
Espectro de Socialização ExternaSomente interna             Expor status para                     Incluir colaboradores• T...
Linha do Tempo do BPM Social2005                   2006                         2007                         2008   1º wor...
Linha do Tempo do BPM Social2009   Comunidades                      2010                          2011                    ...
Capacidades do BPMS Social         Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   24
Aplicação Social e Empresarial NEW                             25
Social Como Uma Característica,Não Uma Aplicação   l   Muda a capacidade interna dos usuário   l   Flexibilidade   l   Vis...
Modelagem Colaborativa deProcessos   l   Várias pessoas participam na descoberta       do processo, modelagem e documentaç...
Modelagem Colaborativa deProcessos                            28
Modelagem Colaborativa deProcessos                            29
Processo Dinâmico em Tempo deExecução   l   Usuários podem adicionar participantes de seu       próprio network ou recomen...
Tempo de Execução de ProcessoDinâmico                                31
Fluxos de Eventos de Processos   l   Cronograma de atividades para monitoramento       social       l   Modelos de process...
Fluxos de Eventos de Processos                                 33
Características Adcionais de BPMSocial   l   Presença   l   Mensagem instantânea   l   Recomentações de especialistas   l ...
Comunidades Online de BPM   l   Provê troca de ideias, ferramentas,       exemplos   l   Centro de excelência interno     ...
Comunidades BPM Online                         36
BPM na Nuvem   l   Reduz custo de capital   l   Capacidade completa da versão on-       premise   l   Projetado e executad...
BPM na Nuvem               38
Gerenciamento de Tarefas Sociais   l   Criação colaborativa de tarefas e       gerenciamento   l   Usuário final direciona...
Gerenciamento de Tarefas Sociais                                   40
Benefícios e Impactos do BPMSocial          Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   41
42
43
44
Benefícios de Negócios em BPMSocial   l   Laços fracos / exploração do       conhecimento tácito   l   Compartilhamento de...
Benfícios Econômicos em BPMSocial   l   RIA (Rich Internet Applications), modelos de       desenvolvimento leve, desenvolv...
Evolução do BPM Social                                         47                         Source: Infosys Research
Desafios do BPM Social   l   Modelos híbridos que incluem todas as       dimensões de trabalhos   l   Tempo de execução da...
Necessidades para a Notação deModelagemSocial             Copyright Kemsley Design Ltd., 2012                     49      ...
Social Cria Big Data    l   Muda análise de negócios e modelo de        decisão    l   Monitora e responde a eventos, não ...
Mudanças Culturais para BPM  SocialNEW         Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   51
Cultura Participativa       l   Tempo e recursos alocados explicitamente           l   Para colaboração           l   Para...
Transparência e Abertura      l   Permite usuários internos verem todas as          informações          l   Definir como ...
Estilo de Gestão de Confiança       l   Permite aos colaboradores desviarem do           fluxo de trabalho pré-definido qu...
Recompensas e Incentivos      l   Define as expectativas para participação      l   Recompensas para colaboração e        ...
Barreiras Organizacionais para  AdoçãoNEW         Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   56
Fluxos de Trabalho RigidamenteDefinidos      l   Sistema impõem fluxos, mesmo quando          inapropriados      l   Parti...
Eficiência antes do Serviço       l   KPIs focam em eficiência ao invés de nível           de serviço       l   Processos ...
Estilo de Gestão Autoritário       l   Autorização necessária para o desvio de           procedimento pré-definido       l...
Preocupações com Privacidade /Segurança      l   Informações ocultas por omissão, criando          “feudos” de informações...
Começando com BPM Social         Copyright Kemsley Design Ltd., 2012   61
O Cliente é Parte do Processo    l   Pense “fora da caixa” quando modelar        processos    l   Vincular presença social...
Deixa os Colaboradores Fazeremo Que é Certo   l   Processos dinâmicos /adaptáveis   l   Colaboração dentro e fora da organ...
Identificar e Permitir ProcessosSociais Intrínsecos    l   Procurar as fontes de “colaboração por e-        mail”    l   A...
Monitore Eventos, NãoResultados   l   Fluxo de atividades para acompanhar o       progresso dos processos   l   Análise pr...
Sandy Kemsley        Kemsley Design Ltd.email: sandy@kemsleydesign.comblog:   www.column2.comtwitter: @skemsley           ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fazer bpm social significa negócios

862 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fazer bpm social significa negócios

  1. 1. Fazer BPM Social Significa Negócios Como ferramentas sociais podem mudar a forma como você gerencia seu negócioSandy Kemsley l www.column2.com l @skemsley Traduzido por:
  2. 2. Slides em www.slideshare.net/skemsley Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 2
  3. 3. Agenda l Parte 1: História e tecnologia l Como social muda tudo l O que é BPM social? l Características do BPMS Social l Parte 2: BPM Social em negócios l Benefícios e impactos l Barreiras organizacionais Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 3
  4. 4. Como o Social Muda Tudo Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 4
  5. 5. Ferramentas de ConsumoDefinem Expectativas l Consumo l Participatipação l Criação l Experiência do usuário l Acesso em qualquer lugar, de qualquer dispositivo Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 5
  6. 6. Traga Seu Próprio Dispositivo(BYOD) l Clientes e colaboradores querem escolher: l Computador l Browser l Smartphone l Tablet l App l Fronteira API é o novo perímetro de segurança Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 6
  7. 7. Associando Presença Social Externacom Processos Core Business l Muda o relacionamento com o cliente l Estende-se às extremidades do processo l Aumenta a colaboração externa l Fortalece a transparência operacional Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 7
  8. 8. A História do BPM Social Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 8
  9. 9. O Que é Web 2.0? l Consumidor- encontrando software social l Software como um serviço l Usuário- criando conteúdo l Desenvolvimento leve de modelos para mashups Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 9 Source: www.theconversationprism.com
  10. 10. Web 2.0 Examplos l Gmail: interface rica, constantemente atualizada l Wikipedia: conteúdo de vários autores l Google Maps: abre API e é adicionado a outros apps Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 10
  11. 11. O que é Empresa 2.0? l Também conhecida como empresa de software social l Propósito em negócios, não puramente social: l Interação social para fortalecer laços fravos l Produção social em produzir conteúdo de forma colaborativa l Software como um Serviço (SaaS) ou no local Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 11
  12. 12. E2.0 Para Interação Social l SocialBlue (Beehive), network social interno da IBM Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 12
  13. 13. E2.0 Para Produção Social l BTpedia, wiki interna da British Telecom Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 13
  14. 14. Drivers Para BPM Social l Mudando expectativas do usuário l Estilo de Trabalho l Acesso a informação l Colaboração l Benefícios da distribuição de co-criação l Envolvimento de todos os níveis da cadeia de valor l Modelos com maior precisão na captura de processos l Maior agilidade para implantação de BPMS Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 14
  15. 15. Os Extremos do Trabalho Trabalho de Trabalho de Rotina Conhecimento Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 15
  16. 16. Objetivos dos Tipos de TrabalhoTrabalho de Rotina Trabalho de Conhecimentol Eficiência l Flexibilidadel Precisão l Auxiliar o trabalho dol Melhoria de processo conhecimento humanol Automação l Colecionar artefatosl BPM “Clássico” l Adaptive Case Management (ACM) Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 16
  17. 17. Caracterizando os ExtremosTrabalho de Rotina Trabalho de Conhecimentol Um modelo de processo l Sem modelo prioritário prioritário l Colaboração porl Participação controlada demandal Automatizável, l Baixa automação, mas especialmente com guiada por regras e serviços de integração, eventos regras e eventos Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 17
  18. 18. Espectro de EstruturaçãoEstruturado Estruturado com Desestruturado Desestruturado• e.g., processo de exceções ad hoc com fragmentos • e.g., investigações regulação • e.g., transações de pré-definidos automática back-office financeiro • e.g., créditos de seguro Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 18
  19. 19. Dimensões do Trabalho l Estruturado para desestruturado l Controlado para colaborativo l Participação interna para externa Structure Collaboration External Socialization Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 19
  20. 20. Espectro de ColaboraçãoParticipantes Pré- Seleção a partir de um Seleção de qualquerdefinidos conjunto de participantes participante, ou auto-• Cada tarefa do processo pré-definidos seleção de participantes atribuída a funções específicas / • e.g., encaminhado a um colega • e.g., produção social participantes em tempo de para assistência design ou instanciação Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 20
  21. 21. Espectro de Socialização ExternaSomente interna Expor status para Incluir colaboradores• Todas as tarefas no parceiros externos externos no processo processo concluídas com • e.g., enviar alertas de • e.g., determinar tarefas recursos internos marco miliário para trocando parceiros para clientes realizações Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 21
  22. 22. Linha do Tempo do BPM Social2005 2006 2007 2008 1º workshop Popularização Termo“Enterpri Processo acadêmico do termo “Web se 2.0” criado alimentado sobre BPM 2.0” Social SaaS Interfaces colaborando ricas de “Mashups” em com Browser em BPMS descoberta em BPMS processos Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 22
  23. 23. Linha do Tempo do BPM Social2009 Comunidades 2010 2011 2012 Atividades Presença social públicas de Livro “Social correntes de vinculada a BPM / BPM” publicado processo processo core marketplaces Paper Interfaces de Acadêmico Event-driven Marcação de Mobile BPM se paper sobre processes processos tornam objetivo BPM eTwitter principal Mensagem Instantâne e presença integrada Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 23
  24. 24. Capacidades do BPMS Social Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 24
  25. 25. Aplicação Social e Empresarial NEW 25
  26. 26. Social Como Uma Característica,Não Uma Aplicação l Muda a capacidade interna dos usuário l Flexibilidade l Visibilidade l Participação Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 26
  27. 27. Modelagem Colaborativa deProcessos l Várias pessoas participam na descoberta do processo, modelagem e documentação l Participantes internos e externos l Participantes técnicos e não técnicos l Preserva a memória institucional l Facilita a colaboração e inovação cross- silo Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 27
  28. 28. Modelagem Colaborativa deProcessos 28
  29. 29. Modelagem Colaborativa deProcessos 29
  30. 30. Processo Dinâmico em Tempo deExecução l Usuários podem adicionar participantes de seu próprio network ou recomendar especialistas l Não participantes podem aderir ao processo l Auditar trilhas capturadas com BPMS l Elimina processos descontrolados de email l Captura padrões para a melhoria de processos Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 30
  31. 31. Tempo de Execução de ProcessoDinâmico 31
  32. 32. Fluxos de Eventos de Processos l Cronograma de atividades para monitoramento social l Modelos de processo durante criação l Instâncias de processo durante execução l Publicar/subescrever modelos para “observar” certos processos ou tipos de eventos l Direcionar articulação para modelo de processo subjacente ou exemplo de participação não solicitado l Normalmente habilitado por dispositivos mobile Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 32
  33. 33. Fluxos de Eventos de Processos 33
  34. 34. Características Adcionais de BPMSocial l Presença l Mensagem instantânea l Recomentações de especialistas l Comentário e etiquetagem instantânea l Sentimento social l Melhores práticas wiki Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 34
  35. 35. Comunidades Online de BPM l Provê troca de ideias, ferramentas, exemplos l Centro de excelência interno l Fóruns/colaborações para discussões privadas l Modelagem de processos/fluxo de atividade instatânea l Especialistas internos l Comunidades externas de práticas l Aumentar centro de excelência interna de BPM l Pode ser específico/patrocinado por vendedor l BPM marketplace Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 35
  36. 36. Comunidades BPM Online 36
  37. 37. BPM na Nuvem l Reduz custo de capital l Capacidade completa da versão on- premise l Projetado e executado em qualquer lugar l Alvos chave: l Terceirizadores de Processos de Negócios l Pequenos e médios negócios l Processos Business-to-business Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 37
  38. 38. BPM na Nuvem 38
  39. 39. Gerenciamento de Tarefas Sociais l Criação colaborativa de tarefas e gerenciamento l Usuário final direcionado l Funcionalidade leve l Baseado em nuvem (Cloud-based) Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 39
  40. 40. Gerenciamento de Tarefas Sociais 40
  41. 41. Benefícios e Impactos do BPMSocial Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 41
  42. 42. 42
  43. 43. 43
  44. 44. 44
  45. 45. Benefícios de Negócios em BPMSocial l Laços fracos / exploração do conhecimento tácito l Compartilhamento de conhecimento l Feedback social l Transparência l Participação l Distribuição das atividades e decisões (crowd-sourcing) Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 45 Source: Brambilla et al, “A Notation for Social BPM”
  46. 46. Benfícios Econômicos em BPMSocial l RIA (Rich Internet Applications), modelos de desenvolvimento leve, desenvolvimento de custos e TCO l Desenvolvimento gráfico rápido l Composição de usuário final (end-user) l Nenhuma instalação de desktop l Software como um serviço que reduz custo de capital l Colaboração em tempo de execução que diminui o custo e latência da modelagem de processo Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 46
  47. 47. Evolução do BPM Social 47 Source: Infosys Research
  48. 48. Desafios do BPM Social l Modelos híbridos que incluem todas as dimensões de trabalhos l Tempo de execução da interface de usuário (UI) na definição de processos e adição dos participantes l Gerenciamento não estruturado e colaborativo de processos l Mudanças culturais exigidas pela TI, usuários de negórios e gestão Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 48
  49. 49. Necessidades para a Notação deModelagemSocial Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 49 Source: www.bpm4people.org
  50. 50. Social Cria Big Data l Muda análise de negócios e modelo de decisão l Monitora e responde a eventos, não apenas a resultados l Análise sentimental l Melhor próxima ação Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 50
  51. 51. Mudanças Culturais para BPM SocialNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 51
  52. 52. Cultura Participativa l Tempo e recursos alocados explicitamente l Para colaboração l Para co-criação l Expectativa de participação de todos os stakeholders l Ferramentas apropriadas providenciadas l Entrada considerada independente do nível ou conhecimento técnico do participante NEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 52
  53. 53. Transparência e Abertura l Permite usuários internos verem todas as informações l Definir como padrão interno, substituir exceções específicas l Permitir acesso a stakeholders externos l Clientes, parceiros de negócios devem ver suas próprias informações l Permite a disseminação do conhecimento de forma mais fácil l Fornece contexto para resolução de problemas e colaboraçãoNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 53
  54. 54. Estilo de Gestão de Confiança l Permite aos colaboradores desviarem do fluxo de trabalho pré-definido quando apropriado l Gestão deve permitir autonomia suficiente l Colaboradores devem se sentir conforáveis criando / modificando os processos l Permite aos colaboradores colaborarem com recursos de sua escolha l Atribuir trabalho ou solicitar assistência l Interna ou externa NEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 54
  55. 55. Recompensas e Incentivos l Define as expectativas para participação l Recompensas para colaboração e melhoria de processos l Recompensas para serviços ao cliente sobre eficiência l Recompensas para trabalho em equipe sobre esforço individualNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 55
  56. 56. Barreiras Organizacionais para AdoçãoNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 56
  57. 57. Fluxos de Trabalho RigidamenteDefinidos l Sistema impõem fluxos, mesmo quando inapropriados l Participantes pré-definidos baseados em hierarquia corporativa l Aterações difíceis e demoradas l Soluções de e-mail comumNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 57
  58. 58. Eficiência antes do Serviço l KPIs focam em eficiência ao invés de nível de serviço l Processos internos automatizados l Sem links / exposição aos clientes NEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 58
  59. 59. Estilo de Gestão Autoritário l Autorização necessária para o desvio de procedimento pré-definido l Usuários sem poder de “fazer a coisa certa” l Usuários presos na zona de conforto NEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 59
  60. 60. Preocupações com Privacidade /Segurança l Informações ocultas por omissão, criando “feudos” de informações l Colaboração ou acesso online de clientes limitados l Incompreensão dos regulamentos / leisNEW Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 60
  61. 61. Começando com BPM Social Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 61
  62. 62. O Cliente é Parte do Processo l Pense “fora da caixa” quando modelar processos l Vincular presença social externa com o processo core business l Apoio ao mobile e outras plataformas não- colaborativas Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 62
  63. 63. Deixa os Colaboradores Fazeremo Que é Certo l Processos dinâmicos /adaptáveis l Colaboração dentro e fora da organização l Publicação/subscrição dos fluxos de atividades Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 63
  64. 64. Identificar e Permitir ProcessosSociais Intrínsecos l Procurar as fontes de “colaboração por e- mail” l Ativar recursos sociais, se disponível, ou providenciar plataforma social Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 64
  65. 65. Monitore Eventos, NãoResultados l Fluxo de atividades para acompanhar o progresso dos processos l Análise preditiva para detectar problemas de forma proativa l Atualização de eventos disponíveis para clientes Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 65
  66. 66. Sandy Kemsley Kemsley Design Ltd.email: sandy@kemsleydesign.comblog: www.column2.comtwitter: @skemsley Copyright Kemsley Design Ltd., 2012 66

×