O Papel de BPM na Construção de
Modelos de Referência e Boas Práticas
BPM Global Trends 2014
Davison Ferreira e Pedro Ferr...
O PROBLEMA
#oProblema
Como aportar gestão a 23 HUF’s?
#oProblema
ENTENDENDO O CONTEXTO
#contextualizandoEbserh
Conhecendo a empresa
#contextualizandoEbserh
Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares
– Empresa Pública de Direito Priv...
Conhecendo a empresa
Saiba mais em
http://www.ebserh.gov.br
#contextualizandoEbserh
Conhecendo a empresa
Saiba mais em
http://www.ebserh.gov.br
• Processo de adesão e contratualização
– A universidade feder...
Pense conosco...
#oProblema
Como você construiria um
modelo para prover a
gestão de 23 hospitais,
considerando as suas
par...
Escritório de processos
Missão
 Fomentar melhorias e transformações organizacionais que agreguem
valor à sede, filiais e...
Preparação da gestão
HOJE
 GESTÃO DE PROCESSOS NA SEDE
 Estruturação do Escritório de Processos
 Implantação da Gestão...
Temos que fomentar o planejamento...
nem sempre somente a execução resolve
Estruturação do programa
Estruturação da Gestão Hospitalar
Alinhar o planejamento estratégico
Governança Corporativa
Promo...
Escritório de processos
Programa do Escritório de Processos
 Implantação da Gestão por Processos.
2014 2015 2016
• Estru...
Evolução é a alma do negócio...
com maturidade organizacional e cultura fomentada
Cadeia de Valor (Em revisão)
A revisão focada na
definição estratégica da
empresa
#contextualizandoEbserh
Trabalhando o “F...
O que é bom para um cliente...
pode não ser para o outro.
Escritório de processos Estruturação do escritório
de processos
Posicionamento do Escritório de Processos
Visão SEDE-EBSE...
Núcleo Integrado de Gestão Implantação da
Gestão por Processos
Composto por representantes da EBSERH
sede e hospitais* par...
Referências para gestão hospitalar
Modelos elaborados em conjunto com os hospitais
universitários, aproveitando conhecimen...
Sistema AGHU
Sistema para fomentar um modelo de gestão na prestação de
serviços nos Hospitais Universitários
• 17 Hospitai...
As tecnologias evoluem...
mas as práticas nem sempre.
CADERNO EBSERH
#cadernoEbserhIntegrando
Fusão x Gestão
Filiais EBSERH
 São 50 Hospitais Universitários)
 Hoje (06/2014) são 23 contratados
 Cultura de trabalh...
#cadernoEbserhIntegrando
Desafio...
 “Padrão” considerando as particularidades
Processo: ”Realizar consulta”
Visão
SEDE
Visão
Filial
Processo
BASE...
Estamos buscando construir com os envolvidos...
porque a prática é fundamental nesse processo
Abordagem metodológica
#cadernoEbserhIntegrando
Processos trabalhados
Processos que permeiam AGHU
 Ambulatório (15 processos)
 Internação (15 processos)
 Farmácia (15...
Filiais em análise
 Filiais EBSERH
 HUB (DF)
 HUMA (MA)
 HC UFMG (MG)
 HUSM (RS)
 HUGD (MS)
 HUCAM (ES)
 HUOL (RN)...
Todas as filiais serão envolvidas...
pois terão o mesmo espaço nessa construção.
Dinâmica de construção do caderno
#cadernoEbserhIntegrando
HUB
1
Cronograma do Caderno EBSERH
Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan
HUMA
2
HUSM
3
HC UFMG
4
HUCAM
5
HUGD
6
Workshop
7
P...
Diferentes tipos e práticas
#cadernoEbserhIntegrando
1.Processos Base: processos que serão adotados por
todos os HUF
2.Prá...
É importante qualificarmos as práticas...
ajudará na tomada de decisão do trabalho.
Agenda do workshop
#cadernoEbserhIntegrando
O Workshop Caderno EBSERH acontecerá em novembro e serão discutidos todos os
p...
Preparação para o workshop
#cadernoEbserhIntegrando
Elaboração do Processo Base e
levantamento de práticas e melhorias
sug...
A preparação para o workshop é fundamental...
senão os envolvidos não se entendem.
Exemplos de resultados esperados
#cadernoEbserhIntegrando
Uma construção coletiva é muito agregadora...
minimiza a chances de erro.
QUESTÕES CRÍTICAS
#ajudandoaPensarNaMelhoria
Questões críticas
#ajudandoaPensarNaMelhoria
 Por que adotar um modelo de Práticas?
 Como estabelecer um processo base q...
Davison Ferreira, PMP, CSM, CFPS
Coordenador de Gestão de Processos
EBSERH/DGPTI/CGP
davison.ferreira@ebserh.gov.br
@davis...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[BPM Global Trends 2014] Davison Ferreira (EBSERH) – O Papel de BPM na Construção de Modelos de Referência e Boas Práticas

564 visualizações

Publicada em

[BPM Global Trends 2014] Davison Ferreira (EBSERH) – O Papel de BPM na Construção de Modelos de Referência e Boas Práticas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
564
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[BPM Global Trends 2014] Davison Ferreira (EBSERH) – O Papel de BPM na Construção de Modelos de Referência e Boas Práticas

  1. 1. O Papel de BPM na Construção de Modelos de Referência e Boas Práticas BPM Global Trends 2014 Davison Ferreira e Pedro Ferreira
  2. 2. O PROBLEMA #oProblema
  3. 3. Como aportar gestão a 23 HUF’s? #oProblema
  4. 4. ENTENDENDO O CONTEXTO #contextualizandoEbserh
  5. 5. Conhecendo a empresa #contextualizandoEbserh Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – Empresa Pública de Direito Privado – 100% capital público (Estatal) – Vinculada ao Ministério da Educação – MEC – Constituída em 12/2012 (2 anos e 6 meses) – 23 filiais (hospitais contratados) – Cerca de 10.000 empregados até final do ano • 2.000 contratados em 09/2014 Saiba mais em http://www.ebserh.gov.br
  6. 6. Conhecendo a empresa Saiba mais em http://www.ebserh.gov.br #contextualizandoEbserh
  7. 7. Conhecendo a empresa Saiba mais em http://www.ebserh.gov.br • Processo de adesão e contratualização – A universidade federal contrata a EBSERH • Depois da adesão são meses elaborando contrato – Período de transição para a gestão plena das filiais • Os servidores são cedidos para a EBSERH Construção da relação Sede e Filial • Respeitar diferentes culturas e práticas • Estabelecer processos bases “semelhantes” “processos padronizados e flexíveis” #contextualizandoEbserh
  8. 8. Pense conosco... #oProblema Como você construiria um modelo para prover a gestão de 23 hospitais, considerando as suas particularidades, históricos, contextos e experiências? - Desenvolvimento individual (5 minutos) - Desenvolvimento em dupla (5 minutos) - Compartilhamento (10 minutos)
  9. 9. Escritório de processos Missão  Fomentar melhorias e transformações organizacionais que agreguem valor à sede, filiais e congêneres por meio da gestão por processos. Visão  Ser reconhecido na empresa como um polo de geração de resultados alcançados a partir da implantação da gestão por processos Crenças e valores  Compromisso em desenvolver os processos com foco no cliente.  Busca pela integração do trabalho entre as áreas.  Parceiro das unidades para que essas obtenham os melhores resultados.  Responsáveis por fomentar boas práticas na gestão por processos.  Inovação para construir padrões de excelência #contextualizandoEbserh
  10. 10. Preparação da gestão HOJE  GESTÃO DE PROCESSOS NA SEDE  Estruturação do Escritório de Processos  Implantação da Gestão por Processos (Programa)  Gestão por processos (Operações continuadas) AMANHÃ (Próximos anos)  GESTÃO DE PROCESSOS  Estruturação do Escritório de Processos nas Filiais  Implementação do modelo de gestão da empresa  Gestão por processos (Operações continuadas)  GESTÃO DE PROJETOS “Fomentar o planejamento”  Implantação do Escritório de Projetos na SEDE  Implantar o modelo de Gerenciamento de Projetos (Programa)  Gestão de projetos (Projetos) #contextualizandoEbserh
  11. 11. Temos que fomentar o planejamento... nem sempre somente a execução resolve
  12. 12. Estruturação do programa Estruturação da Gestão Hospitalar Alinhar o planejamento estratégico Governança Corporativa Promover a Gestão por Processos, Compatibilizar o modelo de Gestão do AGHU, Subsidiar o Controle Interno, Buscar a Melhoria Contínua e Fortalecer a Gestão por Indicadores Qualificação da Atenção à Saúde Fomentar as Linhas de cuidado e Fortalecer a Regulação Interna EBSERH SEDE EBSERH HUs Pilar Eixos Programa de Implantação de Gestão por Processos Estruturação da Gestão de Processos Orientar a definição estratégica, fortalecer a Cadeia de Valor e Promover o Escritório de Processos #contextualizandoEbserh
  13. 13. Escritório de processos Programa do Escritório de Processos  Implantação da Gestão por Processos. 2014 2015 2016 • Estruturação do Escritório de Processos na SEDE • Elaboração do 1º caderno de processos base e práticas • Elaboração do modelo de governança da SEDE • Foco na implantação e conhecimento • Estruturação dos primeiros Escritórios de Processos nas filiais • Elaboração do 2º caderno de processos base e práticas • Foco em melhorias dos processos (transformação) • Estruturação de todos os Escritórios de Processos nas filiais • Elaboração do 3º caderno de processos base e práticas • Fomentar o desenvolvimento de filiais por outras filiais Revisão e elaboração do planejamento do próximo ano Revisão e elaboração do planejamento do próximo ano Revisão e elaboração do planejamento do próximo ano #contextualizandoEbserh Processo evolutivo (Maturidade Organizacional e Cultura)
  14. 14. Evolução é a alma do negócio... com maturidade organizacional e cultura fomentada
  15. 15. Cadeia de Valor (Em revisão) A revisão focada na definição estratégica da empresa #contextualizandoEbserh Trabalhando o “Foco no cliente”
  16. 16. O que é bom para um cliente... pode não ser para o outro.
  17. 17. Escritório de processos Estruturação do escritório de processos Posicionamento do Escritório de Processos Visão SEDE-EBSERH Visão SEDE-Filiais (HUs)  Avaliar Nível de Maturidade das ÁREAS (SEDE) e FILIAIS  Identificar a necessidade de Capacitação visando ganhar maturidade  Formar líderes de projetos de transformação nas áreas  Formando os profissionais e definindo diretrizes para serem seguidas #contextualizandoEbserh
  18. 18. Núcleo Integrado de Gestão Implantação da Gestão por Processos Composto por representantes da EBSERH sede e hospitais* para: • Definir e monitorar indicadores; • Identificar desvios e boas práticas; • Orientar internamente as ações; • Propor melhorias e ações de contorno; • Manter e evoluir o modelo de gestão. #contextualizandoEbserh
  19. 19. Referências para gestão hospitalar Modelos elaborados em conjunto com os hospitais universitários, aproveitando conhecimento existente, e a excelência do Hospital Sírio-Libanês. Análise de aderência e boas práticas • Gestão hospitalar • Gestão da clínica • Humanização • Hotelaria • Compras • Admin-financeiro • Eng. Hospitalar Análise de Gaps • Admin-financeiro • Pessoas • Suprimentos • SUS #contextualizandoEbserh
  20. 20. Sistema AGHU Sistema para fomentar um modelo de gestão na prestação de serviços nos Hospitais Universitários • 17 Hospitais Universitários com o sistema implantado • Previsão de 23 hospitais até do final do ano (2014) • Gestão da prestação de serviços e recursos • Prontuário eletrônico do paciente • 82 módulos instalados nos hospitais • 108 módulos previstos até final do ano #contextualizandoEbserh “Tecnologia da informação na gestão hospitalar”
  21. 21. As tecnologias evoluem... mas as práticas nem sempre.
  22. 22. CADERNO EBSERH #cadernoEbserhIntegrando
  23. 23. Fusão x Gestão Filiais EBSERH  São 50 Hospitais Universitários)  Hoje (06/2014) são 23 contratados  Cultura de trabalho existente e aspectos Regionais  Processos definidos/indefinidos  Alta rotatividade de profissionais (Entrada dos concursados)  Vivência do dia a dia (realidade hospitalar) Gestão da SEDE  Necessidade de “padronização” e redução de situações pontuais  Gestão centralizada por meio de indicadores  Processos que possibilitem a mesma leitura e comparações  Vivência da Sede (distância da realidade hospitalar) A definição estratégica da SEDE deve ser muito clara para minimizar o processo de incorporação das filiais #cadernoEbserhIntegrando
  24. 24. #cadernoEbserhIntegrando
  25. 25. Desafio...  “Padrão” considerando as particularidades Processo: ”Realizar consulta” Visão SEDE Visão Filial Processo BASE (comum a todos ou maioria analisada) Práticas de processo Do Processo Base surge: • Execução padronizada na rede • Gestão por meio de Indicadores • Mesma interpretação dos resultados • Monitoramento da execução Das Práticas surgem: • Catálogo para ser analisado pela SEDE • Conhecimento e reconhecimento das práticas • Boas práticas para serem compartilhadas • Identificação de práticas não indicadas Recomendação geral PLANES: Analisar os processos sob o enfoque da flexibilidade #cadernoEbserhIntegrando
  26. 26. Estamos buscando construir com os envolvidos... porque a prática é fundamental nesse processo
  27. 27. Abordagem metodológica #cadernoEbserhIntegrando
  28. 28. Processos trabalhados Processos que permeiam AGHU  Ambulatório (15 processos)  Internação (15 processos)  Farmácia (15 processos) Estruturação da Gestão Hospitalar (PLANES)  AT 12 – Obras (6 processos)  AT 16 – Materiais (5 processos)  AT 15 – Compras (10 processos)  AT 26 – Equipamentos (5 processos)  AT 19 – Pessoas (4 processos) * Os outros ATs já possuem iniciativas junto aos hospitais universitários (pesquisas, custos, etc) Aproximadamente 75 processos com modelos base e catálogo de práticas reconhecidas #cadernoEbserhIntegrando
  29. 29. Filiais em análise  Filiais EBSERH  HUB (DF)  HUMA (MA)  HC UFMG (MG)  HUSM (RS)  HUGD (MS)  HUCAM (ES)  HUOL (RN)  HUTM (MG)  HUPI (PI)  HUAM (AM) * Hospitais na elaboração do PDE do Sírio-Libanês em 2014 2014 2015 #cadernoEbserhIntegrando
  30. 30. Todas as filiais serão envolvidas... pois terão o mesmo espaço nessa construção.
  31. 31. Dinâmica de construção do caderno #cadernoEbserhIntegrando
  32. 32. HUB 1 Cronograma do Caderno EBSERH Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Jan HUMA 2 HUSM 3 HC UFMG 4 HUCAM 5 HUGD 6 Workshop 7 Planos de implantação 8 • 75 processos base definido para a SEDE fazer gestão • Caderno de práticas dos processos • Grupo mantenedor do AGHU • Filiais participando da construção #cadernoEbserhIntegrando
  33. 33. Diferentes tipos e práticas #cadernoEbserhIntegrando 1.Processos Base: processos que serão adotados por todos os HUF 2.Práticas Padrão: práticas que serão adotadas por todos os HUF 3.Práticas Recomendadas: práticas de alto nível de desempenho que, idealmente, devem ser adotadas, mas que não serão padronizadas no momento devido a especificidades locais ou ao nível de maturidade exigido 4.Práticas Não-Recomendadas: práticas que não devem ser adotadas. A descontinuidade dessa prática, será considerada na Agenda de Melhorias e no Plano de Implantação
  34. 34. É importante qualificarmos as práticas... ajudará na tomada de decisão do trabalho.
  35. 35. Agenda do workshop #cadernoEbserhIntegrando O Workshop Caderno EBSERH acontecerá em novembro e serão discutidos todos os processos desenvolvidos ao longo das etapas
  36. 36. Preparação para o workshop #cadernoEbserhIntegrando Elaboração do Processo Base e levantamento de práticas e melhorias sugeridas pelos HUF’s visitados Plataforma colaborativa (EAD) e reuniões com especialistas da EBSERH Sede para definição e alinhamento de propostas para o Workshop Validação do Processo Base e definição das Práticas a serem implantadas pelos HUF’s
  37. 37. A preparação para o workshop é fundamental... senão os envolvidos não se entendem.
  38. 38. Exemplos de resultados esperados #cadernoEbserhIntegrando
  39. 39. Uma construção coletiva é muito agregadora... minimiza a chances de erro.
  40. 40. QUESTÕES CRÍTICAS #ajudandoaPensarNaMelhoria
  41. 41. Questões críticas #ajudandoaPensarNaMelhoria  Por que adotar um modelo de Práticas?  Como estabelecer um processo base que atenda às diversas realidades?  Qual o nível de detalhamento deve ser levantado para as práticas?  Como mobilizar tantas organizações, áreas e pessoas diferentes?  Como evoluir o modelo para novos níveis de maturidade?  Como envolver cada vez mais pessoas na construção dos modelos de processos?
  42. 42. Davison Ferreira, PMP, CSM, CFPS Coordenador de Gestão de Processos EBSERH/DGPTI/CGP davison.ferreira@ebserh.gov.br @davisonsilva

×