Fernada martis 1] ddesafios dos jovens

404 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
404
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fernada martis 1] ddesafios dos jovens

  1. 1. Dilemas e Desafios Dosjovens no século XXi CRÔNICA: PUBERDADE ALUNA:Fernanda Martins ORIENTADOR:Eldison Cabral
  2. 2. O QUE É?• A CRÔNICA É UM ESTILO DE TEXTO PREDOMINANTEMENTE CURTO NO QUAL O CRONISTA ABORDA SITUAÇÕES COMUNS DO COTIDIANO.
  3. 3. PARA QUEM?• A crônica pelo fato de ser acessível é destinada a todos os públicos.
  4. 4. Como é feito?• A crônica pode ser manuscrita,digitada ou verbalizada.
  5. 5. Quem é o público alvo?• Adolescentes.
  6. 6. Qual veículo de comunicação?• Jornais, blogs,revistas, etc.
  7. 7. Quais a informatividade?• A crônica Puberdade, ainda que de uma forma breve, retrata as dificuldades dos adolescentes durante esse período.
  8. 8. Qual a situacionalidade?• A mãe da adolescente reclama pelo fato dela ter mudado o comportamento , e depois a mãe se lembra de que a filha esta na idade de passar pela puberdade e comenta isso com ela. A adolescente fica assustada pelo fato de não saber o que é a puberdade, mais a sua mãe lhe explica o significado de puberdade.
  9. 9. Qual a aceitabilidade?• Acredito que será interessante, porque, a crônica Puberdade tenciona mostrar ainda que fictícia, as dificuldades enfrentadas pelos adolescentes nesse período de transição, ou seja, da infância para adolescência.
  10. 10. Qual a intencionalidade?• Referisse as dificuldades que os adolescentes passam quando estão na puberdade.
  11. 11. Puberdade• Chegueiiiiiii coroaaaaaaa• Isso é jeito de chegar em casa menina?• oxi, eu só conheço esse jeito, a senhora queria que eu chegasse como? Plantandando bananeira? Ou quem sabe pulando em um pé só igual a um saci?• não estol referindo a isso, mim refiro há bom, quando você era menorsinha, era você chegando em casa e já ia me abraçando e me dando mil beijos. E você
  12. 12. era mas carinhosa. Lembrar?• Há não mainha a senhora quer que eu fique pagando esse mico pura ir? Com essas melasões, pegajosas? Nem pense, venha.• Esta vendo? É disso que eu estol falando, você não é mais a mesma.Há, agora mim lembrei.• Ainda bem, pensei que não ia lembrar de comprar aquela calça da “C&A” que eu

×