SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Simulado Língua Portuguesa 1º ano B
Nome : nº
Questão 1
Letra E
Questão 2
Letra C
Questão 3- Indique a opção abaixo que apresenta somente exemplo de linguagem não verbal.
a) Conversa entre dois amigos;
b) Histórias contadas em romances;
c) Sinal indicativo para não fumar;
d) Diálogos escritos em peças teatrais;
Questão 4. “Tamos aí! Na crista da onda, depois de anos de trabalho duro. Tamos aí: um coral prá frente e
sério paca. É o fino em matéria de música, da popular e da erudita.”
Dentre as opções abaixo, qual atende a reescrita adequada do texto acima, de acordo com a linguagem
formal?
a) Trabalho duro botou nosso coral na linha de frente. Estamos aí. Em matéria de música, da popular e da
erudita, ninguém deu duro como nosso coral.
b) Ninguém resiste ao fino que é o nosso coral: prá frente e sério. Na crista da onda, só mesmo um coral
como o nosso.
c) Estamos apresentando um coral moderno, sério e excelente em matéria de música popular e erudita.
Questão 5 - A norma culta é aquela constituída como padrão e apreendida na escrita. A modalidade informal,
no entanto, não é tida como erro, mas flexível em seu emprego, principalmente quando o usuário da língua
está:
a) apresentando um seminário na universidade
b) realizando tarefas em um escritório empregatício;
c) fazendo compras em um supermercado;
d) sendo arguido durante sua defesa de doutoramento.
Questão 6 – Leia a letra da música e faça o que se pede:
Luz Dos Olhos - Cássia Eller
Ponho os meus olhos em você se você está
Dona dos meus olhos é você, avião no ar
Um dia pra esses olhos sem te ver é como o chão do
mar
Liga o rádio a pilha e a TV só pra você escutar...
A nova música que eu fiz agora
Lá fora a rua vazia chora
Os meus olhos vidram ao te ver, são dois fãs, um par
Pus nos olhos vidros pra poder melhor te enxergar
Luz dos olhos, para anoitecer é só você se afastar
Pinta os lábios para escrever a tua boca em minha...
Que a nossa música eu fiz agora
Lá fora a Lua irradia a glória
As figuras de linguagem predominantes no trecho acima são:
a) Metáfora,comparação e pleonasmo
b) Antítese, metáfora e aliteração
c) Metáfora,comparação e prosopopeia
d)Metonímia, comparação e aliteração
Questão 7 - Identifique qual das alternativas trata-se de metáfora:
a) Eles morreram de rir daquela cena.
b) Aqueles olhos eram como dois faróis
acesos.
c) Ah! O doce sabor da vitória!
d) Aquele velho é uma raposa!
08- Escreva qual figura de linguagem empregada humoristicamente nesta tira. Justifique sua resposta.
09- Que figura de linguagem está presente nestas frases? Justifique sua resposta.
a- A mulher abriu a boca do forno.
CATACRESE
b- Como não chovesse havia muito tempo, o leito do pequeno rio estava seco.
CATACRESE
C- [...] Voltou-se novamente para a distância: lá estava a cidade, massa negra na montanha verde sobre o mar,
a cidade e os amigos, a alegria, a vida.
ALITERAÇÃO
10 -Que figura de linguagem podemos reconhecer na tira a seguir? Justifique sua resposta.
PARALELISMO
"Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e teima, e perde, e ganha, e casa, e
separa. Nunca vi igual.". O trecho exemplifica qual figura de linguagem?
Assíndeto
Hipérbole
Polissíndeto
Anáfora
Se o polissíndeto e a anáfora tem em comum a repetição, qual a diferença entre essas figuras de linguagem?
A anáfora tem uma repetição, mas não das conjunções. Elas são omitidas nesta figura de linguagem.
A repetição da anáfora é somente de sons, como 'três tigres comem três pratos de trigo', onde o som
repetitivo do R é evidente.
A afirmação está incorreta. A anáfora não tem repetição e é completamente oposta ao polissíndeto porque
omite as conjunções.
A anáfora é uma figura de linguagem que tem repetição de palavras e expressões. Ela não se prende só às
conjunções.
Se omitirmos as conjunções na frase "Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e
teima, e perde, e ganha, e casa, e separa. Nunca vi igual.", temos qual figura de linguagem?
(Uma palavra, 9 letras.)
Na frase "Não tenho mais Maizena em casa", qual figura de linguagem é empregada?
Metáfora
Metonímia
Elipse
Zeugma
"É como mergulhar num rio e não se molhar" (Skank); "Tristeza não tem fim, felicidade sim" (Vinícius de
Moraes). As frases acimas são exemplos de:
Antítese e Zeugma
Paradoxo e Paradoxo
Paradoxo e Antítese
Antítese e Antítese
Zeugma e Paradoxo
"Aquele ser desprovido de inteligência era como palhaço: não queria saber de nada, só contava piada e fazia
graça até que todos morressem de rir. Era uma situação difícil, até uma porta pensa mais que ele!". O texto
possui as seguintes figuras:
Eufemismo - Comparação - Hipérbole - Personificação
Zeugma - Metáfora - Hipérbole - Personificação
Eufemismo - Metáfora - Hipérbole - Personificação
Metonímia - Comparação - Hipérbole - Personificação
Nenhuma das alternativas corresponde às figuras do texto.
Texto para as questões
PAPEL QUADRICULADO
Um dia é melhor somar,
no outro é subtrair.
Tem vez de multiplicar,
tem hora de dividir.
Nossa vida é uma conta
num papel quadriculado,
tem gente que fica tonta,
sem chegar ao resultado.
Se o problema é complicado,
de difícil solução,
é melhor não dar um passo
sem ouvir o coração.
(Ricardo Azevedo. Livro de papel. São Paulo: Editora do Brasil, 2001. p. 46-47.)
QUESTÃO 14
Como está organizado o poema “Papel quadriculado” ?
QUESTÃO 15
O trecho “Um dia é melhor somar, no outro é subtrair” nos sugere o que?
ganhar e perder são ocorrências naturais da vida.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Figuras de Linguagem.
Figuras de Linguagem.Figuras de Linguagem.
Figuras de Linguagem.Lara Lídia
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22luisprista
 
Revisional de língua portuguesa para o cfsd
Revisional de língua portuguesa para o cfsdRevisional de língua portuguesa para o cfsd
Revisional de língua portuguesa para o cfsdma.no.el.ne.ves
 
Habilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagemHabilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagempaulomonteiropimpao
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7luisprista
 
Interpretação de música
Interpretação de músicaInterpretação de música
Interpretação de músicaMarlene Cunhada
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20luisprista
 
Figuras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanFiguras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanma.no.el.ne.ves
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02ma.no.el.ne.ves
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27luisprista
 
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...ma.no.el.ne.ves
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32luisprista
 

Mais procurados (20)

Figuras de Linguagem.
Figuras de Linguagem.Figuras de Linguagem.
Figuras de Linguagem.
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 21-22
 
Revisional de língua portuguesa para o cfsd
Revisional de língua portuguesa para o cfsdRevisional de língua portuguesa para o cfsd
Revisional de língua portuguesa para o cfsd
 
Habilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagemHabilidade 16 figuras de linguagem
Habilidade 16 figuras de linguagem
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
 
Interpretação de música
Interpretação de músicaInterpretação de música
Interpretação de música
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 25-26
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 19-20
 
Figuras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecanFiguras de linguagem na idecan
Figuras de linguagem na idecan
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 3-4
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 11-12
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
 
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...
Aspectos da compreensão textual, sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia e...
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 6-7
 
Exercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintáticaExercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintática
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 33
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 31-32
 

Semelhante a Simulado língua portuguesa 1º ano b

Gênero lírico - Profª Vivian Trombini
Gênero lírico - Profª Vivian TrombiniGênero lírico - Profª Vivian Trombini
Gênero lírico - Profª Vivian TrombiniVIVIAN TROMBINI
 
Redação: Versificação
Redação: VersificaçãoRedação: Versificação
Redação: Versificação7 de Setembro
 
Fonologia EAOF extra com gabarito
Fonologia EAOF extra com gabaritoFonologia EAOF extra com gabarito
Fonologia EAOF extra com gabaritojasonrplima
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagemLudmiilaa
 
Linguagem poética e versificação
Linguagem poética e versificaçãoLinguagem poética e versificação
Linguagem poética e versificaçãoRoberta Savana
 
Recursos expressivos com exercícios
Recursos expressivos com exercíciosRecursos expressivos com exercícios
Recursos expressivos com exercíciosFernanda Monteiro
 
Visão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemVisão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemma.no.el.ne.ves
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptxRecyda1
 
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docxficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docxMarisa Miranda
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagemShinnayder
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseJomari
 

Semelhante a Simulado língua portuguesa 1º ano b (20)

Portugues vol6
Portugues vol6Portugues vol6
Portugues vol6
 
Prosodia musical exercícios
Prosodia musical exercíciosProsodia musical exercícios
Prosodia musical exercícios
 
Solucoes esdruxulas
Solucoes esdruxulasSolucoes esdruxulas
Solucoes esdruxulas
 
Nota iii escansão poemas
Nota iii escansão poemasNota iii escansão poemas
Nota iii escansão poemas
 
Gênero lírico - Profª Vivian Trombini
Gênero lírico - Profª Vivian TrombiniGênero lírico - Profª Vivian Trombini
Gênero lírico - Profª Vivian Trombini
 
Atividades portugues semana-da-patria1
Atividades portugues  semana-da-patria1Atividades portugues  semana-da-patria1
Atividades portugues semana-da-patria1
 
Redação: Versificação
Redação: VersificaçãoRedação: Versificação
Redação: Versificação
 
Fonologia EAOF extra com gabarito
Fonologia EAOF extra com gabaritoFonologia EAOF extra com gabarito
Fonologia EAOF extra com gabarito
 
Oficina toninha
Oficina toninhaOficina toninha
Oficina toninha
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Linguagem poética e versificação
Linguagem poética e versificaçãoLinguagem poética e versificação
Linguagem poética e versificação
 
Recursos expressivos com exercícios
Recursos expressivos com exercíciosRecursos expressivos com exercícios
Recursos expressivos com exercícios
 
Poema de um aluno
Poema de um alunoPoema de um aluno
Poema de um aluno
 
Visão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagemVisão geral das figuras de linguagem
Visão geral das figuras de linguagem
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
27207.pptx
27207.pptx27207.pptx
27207.pptx
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docxficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
ficha de trabalho 5º ano - global 2.docx
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e Paráfrase
 

Simulado língua portuguesa 1º ano b

  • 1. Simulado Língua Portuguesa 1º ano B Nome : nº Questão 1 Letra E Questão 2
  • 2. Letra C Questão 3- Indique a opção abaixo que apresenta somente exemplo de linguagem não verbal. a) Conversa entre dois amigos; b) Histórias contadas em romances; c) Sinal indicativo para não fumar; d) Diálogos escritos em peças teatrais; Questão 4. “Tamos aí! Na crista da onda, depois de anos de trabalho duro. Tamos aí: um coral prá frente e sério paca. É o fino em matéria de música, da popular e da erudita.” Dentre as opções abaixo, qual atende a reescrita adequada do texto acima, de acordo com a linguagem formal? a) Trabalho duro botou nosso coral na linha de frente. Estamos aí. Em matéria de música, da popular e da erudita, ninguém deu duro como nosso coral. b) Ninguém resiste ao fino que é o nosso coral: prá frente e sério. Na crista da onda, só mesmo um coral como o nosso. c) Estamos apresentando um coral moderno, sério e excelente em matéria de música popular e erudita. Questão 5 - A norma culta é aquela constituída como padrão e apreendida na escrita. A modalidade informal, no entanto, não é tida como erro, mas flexível em seu emprego, principalmente quando o usuário da língua está: a) apresentando um seminário na universidade b) realizando tarefas em um escritório empregatício; c) fazendo compras em um supermercado; d) sendo arguido durante sua defesa de doutoramento. Questão 6 – Leia a letra da música e faça o que se pede: Luz Dos Olhos - Cássia Eller Ponho os meus olhos em você se você está Dona dos meus olhos é você, avião no ar Um dia pra esses olhos sem te ver é como o chão do mar Liga o rádio a pilha e a TV só pra você escutar... A nova música que eu fiz agora Lá fora a rua vazia chora Os meus olhos vidram ao te ver, são dois fãs, um par Pus nos olhos vidros pra poder melhor te enxergar Luz dos olhos, para anoitecer é só você se afastar Pinta os lábios para escrever a tua boca em minha... Que a nossa música eu fiz agora Lá fora a Lua irradia a glória As figuras de linguagem predominantes no trecho acima são: a) Metáfora,comparação e pleonasmo b) Antítese, metáfora e aliteração c) Metáfora,comparação e prosopopeia d)Metonímia, comparação e aliteração Questão 7 - Identifique qual das alternativas trata-se de metáfora: a) Eles morreram de rir daquela cena. b) Aqueles olhos eram como dois faróis acesos. c) Ah! O doce sabor da vitória! d) Aquele velho é uma raposa!
  • 3. 08- Escreva qual figura de linguagem empregada humoristicamente nesta tira. Justifique sua resposta. 09- Que figura de linguagem está presente nestas frases? Justifique sua resposta. a- A mulher abriu a boca do forno. CATACRESE b- Como não chovesse havia muito tempo, o leito do pequeno rio estava seco. CATACRESE C- [...] Voltou-se novamente para a distância: lá estava a cidade, massa negra na montanha verde sobre o mar, a cidade e os amigos, a alegria, a vida. ALITERAÇÃO 10 -Que figura de linguagem podemos reconhecer na tira a seguir? Justifique sua resposta. PARALELISMO
  • 4. "Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e teima, e perde, e ganha, e casa, e separa. Nunca vi igual.". O trecho exemplifica qual figura de linguagem? Assíndeto Hipérbole Polissíndeto Anáfora Se o polissíndeto e a anáfora tem em comum a repetição, qual a diferença entre essas figuras de linguagem? A anáfora tem uma repetição, mas não das conjunções. Elas são omitidas nesta figura de linguagem. A repetição da anáfora é somente de sons, como 'três tigres comem três pratos de trigo', onde o som repetitivo do R é evidente. A afirmação está incorreta. A anáfora não tem repetição e é completamente oposta ao polissíndeto porque omite as conjunções. A anáfora é uma figura de linguagem que tem repetição de palavras e expressões. Ela não se prende só às conjunções. Se omitirmos as conjunções na frase "Aquela personagem da novela é complicada: ela chora, e grita, e sofre, e teima, e perde, e ganha, e casa, e separa. Nunca vi igual.", temos qual figura de linguagem? (Uma palavra, 9 letras.) Na frase "Não tenho mais Maizena em casa", qual figura de linguagem é empregada? Metáfora Metonímia Elipse Zeugma "É como mergulhar num rio e não se molhar" (Skank); "Tristeza não tem fim, felicidade sim" (Vinícius de Moraes). As frases acimas são exemplos de: Antítese e Zeugma Paradoxo e Paradoxo Paradoxo e Antítese Antítese e Antítese Zeugma e Paradoxo
  • 5. "Aquele ser desprovido de inteligência era como palhaço: não queria saber de nada, só contava piada e fazia graça até que todos morressem de rir. Era uma situação difícil, até uma porta pensa mais que ele!". O texto possui as seguintes figuras: Eufemismo - Comparação - Hipérbole - Personificação Zeugma - Metáfora - Hipérbole - Personificação Eufemismo - Metáfora - Hipérbole - Personificação Metonímia - Comparação - Hipérbole - Personificação Nenhuma das alternativas corresponde às figuras do texto. Texto para as questões PAPEL QUADRICULADO Um dia é melhor somar, no outro é subtrair. Tem vez de multiplicar, tem hora de dividir. Nossa vida é uma conta num papel quadriculado, tem gente que fica tonta, sem chegar ao resultado. Se o problema é complicado, de difícil solução, é melhor não dar um passo sem ouvir o coração. (Ricardo Azevedo. Livro de papel. São Paulo: Editora do Brasil, 2001. p. 46-47.) QUESTÃO 14 Como está organizado o poema “Papel quadriculado” ? QUESTÃO 15 O trecho “Um dia é melhor somar, no outro é subtrair” nos sugere o que? ganhar e perder são ocorrências naturais da vida.