O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Próximos SlideShares
A Sociedade no Século XIX
Avançar
Transfira para ler offline e ver em ecrã inteiro.

10

Compartilhar

SéC XIX

Baixar para ler offline

Livros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

Audiolivros relacionados

Gratuito durante 30 dias do Scribd

Ver tudo

SéC XIX

  1. 1. JORNALISMO DE MODA Disciplina: Indumentária Aula 4 Século XIX
  2. 2. Feminino <ul><li>Até 1920 </li></ul><ul><li>Trajes para climas tropicais </li></ul><ul><li>Paixão por xales </li></ul><ul><li>Período em que as mulheres usavam menor quantidade de roupas até este momento da história </li></ul>
  3. 4. 1814 – Abdicação de Napoleão <ul><li>Cessam as hostilidades </li></ul><ul><li>entre Inglaterra e França </li></ul><ul><li>Muitas mulheres inglesas </li></ul><ul><li>viajam para Paris e começam </li></ul><ul><li>a usar a moda parisiense </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Entre as francesas as cores claras, especialmente o branco ainda predominava, assim como na Inglaterra </li></ul><ul><li>As saias abriam-se ligeiramente e tinham babados na barra </li></ul>
  5. 6. <ul><li>1822 </li></ul><ul><li>Cinturas voltam à posição normal e, consequentemente, afinam </li></ul><ul><li>Espartilho volta a fazer parte do guarda-roupa feminino </li></ul><ul><li>As saias se tornam mais amplas e fofas, com o objetivo de aumentar o efeito cintura fina </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Romantismo estava em alta </li></ul><ul><li>Tecidos com estampas florais e em xadrez </li></ul><ul><li>Mangas bufantes sobrepostas de rendas ou gazes </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Mangas totalmente opacas recebiam o nome de “pernil de carneiro” e eram muito populares </li></ul>
  8. 9. 1837 - Mudança <ul><li>A moda romântica começa a mudar </li></ul><ul><li>Mangas menos amplas </li></ul><ul><li>As cores vivas dão lugar a cores discretas </li></ul>
  9. 10. 1840 <ul><li>Delicadeza era a qualidade mais admirada numa mulher </li></ul><ul><li>Aparência saudável era considerada vulgar </li></ul><ul><li>As bochechas rosadas foram abandonadas </li></ul><ul><li>A maquiagem tinha que reforçar a palidez </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Os maridos esperavam que as mulheres tivessem muitas virtudes domésticas, e que elas não fizessem nada </li></ul><ul><li>A ociosidade da mulher era a marca do status do marido </li></ul>
  11. 12. <ul><li>As roupas cobriam todo o corpo da mulher </li></ul><ul><li>As saias possuíam um grande número de anáguas, impedindo que as mulheres realizassem qualquer atividade </li></ul><ul><li>Os decotes só eram vistos nos trajes de noite </li></ul>
  12. 13. Lionne <ul><li>Na França houve uma rebelião feita por mulheres que não concordavam com as imposições da sociedade burguesa </li></ul><ul><li>Esta rebelião teve como símbolo a figura da lionne </li></ul>
  13. 14. <ul><li>“ Uma mulher rica, casada, bonita, e coquete que sabe manejar o chicote e a pistola, bem como seu marido, cavalga como um lanceiro, fuma como um soldado da cavalaria e bebe qualquer quantidade de champanhe gelada.” – Definição da lionne por um autor desconhecido da época </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Havia uma paixão das mulheres por equitação no início da década de 1840 </li></ul><ul><li>Os Fashion Plates da época mostravam trajes de montaria </li></ul><ul><li>Esses trajes eram masculinizados só até a cintura </li></ul><ul><li>O traje consistia em cartola com um véu preso, colarinho, gravata, paletó e colete masculinos e uma saia extremamente volumosa </li></ul>
  15. 16. 1850 <ul><li>Período de prosperidade + roupas mais elaboradas </li></ul><ul><li>“ A criada agora se veste melhor – de maneiera mais fina, em todo caso – do que sua senhora se vestia há vinte anos e é quase impossível reconhecer os trabalhadores quando estão usando suas roupas de domingo” – R. S. Surtees em Ask Mamma - 1853 </li></ul>
  16. 18. <ul><li>As saias ficaram mais rodadas, esse feito era obtido com o uso de muitas anáguas </li></ul><ul><li>O peso das anáguas cabou se tornando intolerável, e elas acabaram sendo substituídas por uma anágua feita de arcos, a “crinolina de armação” </li></ul>
  17. 20. <ul><li>A crinolina serviu como um instrumento de liberação das mulheres </li></ul><ul><li>Dentro da “gaiola”, as mulheres podiam movimentar suas pernas livremente </li></ul><ul><li>No entanto, as pernas ainda não podiam ser vistas, e era costume usar pantalonas compridas de linho por baixo das saias </li></ul>
  18. 21. <ul><li>As botas entraram a moda, com o objetivo de esconder os tornozelos </li></ul><ul><li>www.museudocalcado.com.br </li></ul>
  19. 22. <ul><li>1860 </li></ul><ul><li>Cinturas muito finas, corpetes bem justos </li></ul><ul><li>Chapéus muito pequenos, que agora eram usados afastados da testa com o objetivo de mostrar os cabelos </li></ul><ul><li>A aparência geral das mulheres era a de um triângulo de base bem larga </li></ul>
  20. 23. 1868 - Mudança <ul><li>A armação da saia se desloca totalmente para trás, formado uma meia “crinolina” </li></ul><ul><li>Havia um amontoado de tecido atrás, terminando em cauda </li></ul>
  21. 26. 1870 <ul><li>Invenção da máquina de costura e descoberta da anilina mudam contribuíram para a elaboração nas roupas femininas e para o fim do uso de cores pálidas </li></ul><ul><li>Era moda fazer o corpete de cor diferente da cor da saia e misturar tecidos lisos com tecidos estampados </li></ul>
  22. 27. <ul><li>1874 </li></ul><ul><li>Surge o corpete cuirasse, que era muito apertado e comprido </li></ul><ul><li>As saias ainda eram cheias atrás, porém mais embaixo e usava-se drapeados para dar impressão de cintura ainda mais fina </li></ul><ul><li>Mesmo os vestidos de dia possuíam caudas extremamente longas </li></ul>
  23. 29. 1890 <ul><li>As anquinhas e os drapeados desapareceram </li></ul><ul><li>As saias eram compridas e em forma de sino, tendo em geral uma cauda </li></ul><ul><li>Os vestidos de dia tinham gola alta com babados de renda ou laços de tule </li></ul><ul><li>Usava-se grande quantidade de rendas, e alguns vestidos de noite eram feitos todos de renda </li></ul>
  24. 30. <ul><li>As mangas adquiriram proporções enormes e eram armadas com almofadas </li></ul><ul><li>Elas eram essenciais em roupas de gala </li></ul>
  25. 31. Cabelos e Chapéus <ul><li>Até1835 </li></ul><ul><li>Durante o dia usava-se boinas de tecido amarradas sob o queixo </li></ul><ul><li>Os chapéus eram mais usados de noite e tinham abas muito largas </li></ul>
  26. 32. <ul><li>Normalmente eram feitos de palha, mas também podiam ser de seda ou cetim </li></ul>
  27. 33. <ul><li>Os cabelos eram penteados de forma elaborada, com cachos caindo sobre o rosto </li></ul>
  28. 34. <ul><li>O guarda-sol era essencial no look da mulher elegante daquela época </li></ul>
  29. 35. 1840 <ul><li>O chapéu boneca evitava que os rostos fossem vistos </li></ul>
  30. 38. 1850 <ul><li>Os chapéus tipo boneca cedem lugar para os muito pequenos, usados sobre um penteado alto de tranças ou cachos </li></ul><ul><li>Muitas vezes era necessário usar cabelos falsos para complementar o penteado </li></ul>
  31. 39. Masculino <ul><li>Ao contrário das mulheres, os homens franceses passam a aceitar o traje inglês como uma lei </li></ul><ul><li>Habilidade dos alfaiates de Londres para trabalhar com casimira (tecido estruturado) </li></ul><ul><li>Roupas ajustadas, essência do dandismo </li></ul>
  32. 40. <ul><li>Dandismo </li></ul><ul><li>Criador: Beau Brummel </li></ul><ul><li>Roupas discretas </li></ul><ul><li>Casacos sem bordados, feitos de tecidos lisos </li></ul><ul><li>As cores primárias eram as mais usadas </li></ul><ul><li>Era comum usar casacos, coletes e calças de cores diferentes </li></ul><ul><li>Calças ajustadas até os tornozelos </li></ul>
  33. 41. <ul><li>Golas bem altas na nuca </li></ul><ul><li>Coletes curtos e de corte quadrado </li></ul><ul><li>Botões superiores dos coletes eram usados abertos, para mostar o babado da camisa </li></ul>
  34. 42. <ul><li>Os dândis eram conhecidos por usar calções apertados, pelo apuro do corte das roupas e, principalmente, pelo apuro do arranjo em seu pescoço </li></ul>
  35. 44. <ul><li>O colarinho da camisa era virado para cima e firmado por um lenço em forma de plastrom ou stock </li></ul><ul><li>O uso do stock dificultava o movimento do pescoço, fortalecendo a fama de arrogantes dos dândis </li></ul><ul><li>Usavam cabelos curtos e cartolas </li></ul>
  36. 45. 1819 – Partida de Brummel <ul><li>As roupas dos dândis começam a apresentar extravagâncias </li></ul><ul><li>A cartolas crescem e a copa fica mais larga que a aba </li></ul><ul><li>O colarinho da camisa chega quase até os olhos </li></ul><ul><li>Os stocks ou plastrons ficaram ainda mais apertados </li></ul>
  37. 46. Monstruosidades – Cruikshank (1822)
  38. 47. <ul><li>O plastrom diminuiu </li></ul><ul><li>O xadrez escocês era pouplar no inverno, e o brim branco no verão </li></ul><ul><li>Cinturas marcadas e ombreiras foram abandonadas </li></ul><ul><li>Usava-se fraques de dia e de noite, sendo os da noite sempre pretos </li></ul>1837 - Mudança
  39. 48. <ul><li>As roupas ficam mais sóbrias </li></ul><ul><li>As camisas com babados desapareceram </li></ul><ul><li>A cartola era usada em todas as camadas sociais </li></ul><ul><li>As calças eram bastante apertadas e presas sob o arco do pé </li></ul><ul><li>Fim da extravagância e da cor nas roupas masculinas </li></ul><ul><li>No lugar dos dândis, a figura dominante passa a ser a do inglês respeitável </li></ul>
  40. 49. 1880 <ul><li>O fraque era usado somente de noite </li></ul><ul><li>Para o dia, os homens usavam a sobrecasaca </li></ul><ul><li>Entre os jovens, a jaqueta curta ficava cada vez mais popular </li></ul><ul><li>O tecido predominante era a lã, e as cores eram preto, marrom, cinza ou azul </li></ul>
  41. 50. <ul><li>A calças eram folgadas em cima e afuniladas na pernas </li></ul><ul><li>Os jovens elegantes usavam calças com bainhas dobradas </li></ul>
  42. 51. <ul><li>As gravatas e os laços podiam ser ajustados de diversas formas e às vezes já vinham prontos </li></ul><ul><li>O colarinho era usado bem alto </li></ul>
  • GabrielAgliardiPerei

    Dec. 15, 2020
  • EmiltonCarlos

    Sep. 28, 2016
  • RafaelPinto15

    Mar. 8, 2015
  • mihaiflorea50

    Feb. 3, 2015
  • dklace

    Oct. 15, 2013
  • fernandapires5249

    Aug. 20, 2013
  • cirleisantosjp

    Apr. 8, 2013
  • apoenacaicy

    May. 23, 2012
  • luciacar

    Mar. 15, 2010
  • jboutelle

    Sep. 19, 2008

Vistos

Vistos totais

24.352

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

153

Ações

Baixados

331

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

10

×