Proposta do Edublog
“Um bairro literário”
Maria Elisa Rodrigues
Moreira
TEMA
O blog “Um bairro literário” tem como tema
central a literatura, abordada aqui a partir de
reflexões críticas e teóri...
JUSTIFICATIVA
Este blog justifica-se por
proporcionar um espaço
democrático e
colaborativo para a
reflexão sobre a literat...
OBJETIVOS
Abrir
espaços para
a reflexão
sobre a
literatura
Disponibilizar
informações
sobre
autores e
textos
literários
di...
ESTRATÉGIAS
O blog será mantido por uma equipe de colaboradores (professores e
alunos), que poderão atuar diretamente em s...
AVALIAÇÃO
A avaliação da participação dos alunos
no blog se dará por meio do
acompanhamento de seu envolvimento
com as ati...
Em uma entrevista
concedida em 2007, assim
Gonçalo M. Tavares se
referiu aos textos literários:
“O importante é que façam
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Um bairro literário

279 visualizações

Publicada em

Proposta do blog "Um bairro literário", criada para um curso sobre o uso educativo dos blogs oferecido pelo Educared.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Um bairro literário

  1. 1. Proposta do Edublog “Um bairro literário” Maria Elisa Rodrigues Moreira
  2. 2. TEMA O blog “Um bairro literário” tem como tema central a literatura, abordada aqui a partir de reflexões críticas e teóricas pautadas na ideia de uma “vizinhança literária”. Tomando como ponto de inspiração a série “O bairro”, do escritor português Gonçalo M. Tavares, propomos a criação de um “bairro literário”, no qual vários escritores passam a residir e a conviver.
  3. 3. JUSTIFICATIVA Este blog justifica-se por proporcionar um espaço democrático e colaborativo para a reflexão sobre a literatura, no qual a informalidade é a palavra-chave. A partir do diálogo estabelecido entre os diversos colaboradores do blog e as diversas literaturas ali apresentadas, acreditamos poder fazer avançar um conhecimento sobre a literatura que parta dela própria e de suas múltiplas possibilidades.
  4. 4. OBJETIVOS Abrir espaços para a reflexão sobre a literatura Disponibilizar informações sobre autores e textos literários diversos Colocar em diálogo as diversas produções literárias e as reflexões a elas atinentes Incentivar a produção colaborativa acerca da literatura Incentivar a escrita e a crítica literárias
  5. 5. ESTRATÉGIAS O blog será mantido por uma equipe de colaboradores (professores e alunos), que poderão atuar diretamente em sua produção. Todos os colaboradores poderão trazer “novos moradores” para o bairro, bastando para isso que se inclua uma postagem de apresentação do novo “vizinho”. Essa postagem poderá ser desdobrada em vários tópicos a ela relacionados: biografia, obras literárias, obras críticas, comentários, entrevistas, entre outros. Para manter a dinamicidade do blog, de tempos em tempos serão propostas algumas atividades sobre alguns dos moradores do bairro: leitura de textos, comentários sobre algum aspecto teórico de suas obras, possíveis relações entre os “vizinhos”, entre outras. Essas atividades se desenvolverão no próprio blog, tornando-o o espaço de convivência tanto dos escritores residentes quanto dos colaboradores.
  6. 6. AVALIAÇÃO A avaliação da participação dos alunos no blog se dará por meio do acompanhamento de seu envolvimento com as atividades propostas, tanto quantitativa quanto qualitativamente. Será observado, ainda, o desenvolvimento demonstrado pelos mesmos tanto da escrita (individual e coletiva) quanto da apropriação das ferramentas tecnológicas (de pesquisa e publicação) cujo uso é possibilitado pelos blogs.
  7. 7. Em uma entrevista concedida em 2007, assim Gonçalo M. Tavares se referiu aos textos literários: “O importante é que façam pensar, aumentem a lucidez do leitor, provoquem se possível reações, outras criações”. É esse o movimento que aqui desejamos, um pensamento lúcido e criativo sobre a literatura, provocado por escritos os mais diversos. CONCLUSÃ O

×