Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 
2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 
Instrutor: Ricardo Paladini Matos 
ELIELSO...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 8 excel

2.180 visualizações

Publicada em

Aula 8 excel

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula 8 excel

  1. 1. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS • O QUE É UMA EMPRESA; elielsodias@gmail.com • COMO ELA É CONSTITUIDA; • SETORES EMPRESARIAIS; • CLIENTES E FORNECEDORES; • CLIENTES EXTERNOS E INTERNOS; • PROCURAR VALOR, VALIDAÇÃO DE DADOS E TOMADA DE SUBTOTAIS; • SER EMPREENDOR DE SUA PRÓPRIA CARREIRA.
  2. 2. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS A EMPRESA • É uma pessoa jurídica com o objetivo de exercer uma atividade particular, pública, ou de economia mista, que produz e oferece bens e/ou serviços, com o objetivo de atender a alguma necessidade humana. O lucro, na visão moderna das empresas privadas, é consequência do processo produtivo e o retorno esperado pelos investidores.
  3. 3. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS EMPRESA DIRETORES FUNCIONÁRIOS CLIENTES
  4. 4. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS SETOR ECONÔMICO Setor primário: setor agrícola;  Setor secundário: indústrias;  Setor terciário: serviços;
  5. 5. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS NÚMERO DE FUNCIONÁRIO • MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL; • MICROEMPRESA; R$ 360.000,00 • MACROEMPRESA; • EMPRESA DE PEQUENO PORTE; • EMPRESA DE MÉDIO PORTE; • EMPRESA DE GRANDE PORTE; Tipo de empresa Total de Empregados Microempresa < 10 Pequena empresa < 50 Média empresa < 250
  6. 6. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS NÚMERO DE PROPRIETÁRIOS • EMPRESA INDIVIDUAL; • SOCIEDADE POR QUOTAS; • RESPONSABILIDADE LIMITADA-LTDA; • SOCIEDADE ANÔNIMA- S.A; • COOPERATIVAS.
  7. 7. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS FINALIDADE • FINS LUCRATIVOS; • SEM FINS LUCRATIVOS.
  8. 8. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS CLIENTES E FORNECEDORES • CLIENTES • OBJETIVO FINAL DA EMPRESA, A RAZÃO DELA EXISTIR. QUANDO O CLIENTE NÃO ADQUIRE SEU PRODUTO DEVE-SE REVISAR TODOS OS PROCESSOS. • FORNECEDORES • É A BASE DA PRODUÇÃO DA EMPRESA, A ESCOLHA DO FORNECEDOR CORRETO PODE DEFINIR LUCRO OU PREJUÍZO.
  9. 9. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS CLIENTES • INTERNOS • SÃO OS FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA QUE TAMBÉM PODEM SER CLIENTES EXTERNOS • EXTERNOS • SÃO O OBJETIVO DA EMPRESA, AQUELES QUE COMPRAM O NOSSO PRODUTO OU SERVIÇO, E SÃO A NOSSA FONTE DE LUCRO E DE INFORMAÇÃO.
  10. 10. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS PLANILHA EMPRESARIAL • AS PLANILHAS EMPRESARIAIS SÃO PARECIDAS COM AS PLANILHAS PESSOAIS, PORÉM ESSAS ÚLTIMAS SÃO MAIS COMPLEXAS EM DETALHES, POIS DEVEM SER MAIS ESPECIFICADAS E TAMBÉM O NÚMERO DE INFORMAÇÕES É MUITO MAIOR.
  11. 11. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS PLANILHAS EMPRESARIAIS • CONTROLE DE ESTOQUE: Facilita o controle das entradas e saídas dos produtos no estoque. Possibilita controlar data de entrada e saída, quantidade do produto, nível mínimo de estoque, etc. • CONTROLE DE VENDAS: controla todas as formas de vendas de produtos, comissão dos vendedores, etc., pode gerar baixa na planilha de estoque, calcula o faturamento da empresa, pode também alimentar a planilha de fluxo de caixa, etc. • FLUXO DE CAIXA: controla as entradas e saídas monetárias em uma empresa. Especifica as formas de pagamento. Pode ser usada também contabilmente, etc. • CADASTRO DE CLIENTES E FORNECEDORES: gerencia as informações inerentes aos clientes, como quantidade de compras, quais os produtos comprados, qual a frequência de compra, qual a forma de pagamento, etc.
  12. 12. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS FUNÇÕES • A FUNÇÃO PROCURAR VALOR NA VERTICAL: (PROCV) Nós fornecemos a ela um valor para procurar, ela procura este valor em uma tabela ou matriz, se o valor for encontrado ela poderá mostrar qualquer dado cadastrado na linha deste produto. • A FUNÇÃO PROCURAR VALOR NA HORIZONTAL: (PROCH) Tem a mesma função da PROCV, porém pesquisa na horizontal.
  13. 13. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS =PROCV(VALORPROCURADO;TABELAMATRIZ;COLUNA;IDENTIFIC ADOR) • PROCV: Procura valor de maneira vertical, sempre definido pela primeira coluna da tabela matriz. Se for necessário verificar o valor na horizontal, utilize PROCH. • Valor procurado: indica o valor que deverá ser procurado na primeira coluna da tabela matriz. • Tabela Matriz: É o intervalo de células onde encontram-se todos valores cadastrados, valores que poderão ser mostrados conforme desejado. • Coluna: Indica em qual coluna encontra-se a resposta desejada. Esta coluna é representada por um número; este número é em referência à primeira coluna da tabela matriz. • Identificador: Em alguns casos é necessário colocar um indentificador falso ou verdadeiro que pode também ser representado por 0 ou 1. Este argumento é para indicar a função como deverá proceder no caso de não encontrar o valor desejado.
  14. 14. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS VALIDAÇÃO DE DADOS
  15. 15. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS SUBTOTAIS • Este recurso quando aplicado a uma planilha, mas especificamente em uma lista de valores, tem a capacidade de mostrar subtotais, separados por categorias, que o usuário deverá escolher antes de que o recurso seja aplicado, e poderá ainda escolher outras funções para cálculos específicos. Como média, contagem de valores, máximo, mínimo etc.
  16. 16. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS SUBTOTAIS
  17. 17. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS
  18. 18. Turma: 2503-B Aula: 10 Pág: 10 a 17 Data: 18-jan-12 2503-B 8 xxxxx 16-11-2013 Instrutor: Ricardo Paladini Matos ELIELSO DIAS ATIVIDADE

×