O livro de jó

273 visualizações

Publicada em

O livro de Jó - Bíblia

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

O livro de jó

  1. 1. JÓ “Jó, homem temente a Deus, mantinha-se íntegro não só para com Deus mas também consigo mesmo, sabendo que os dois se encontravam em total harmonia. Ao mesmo tempo, sua contínua confiança no Senhor sob uma pressão tão grande, revela-nos seu grande conhecimento a respeito da natureza e caráter do Senhor a quem servia. E este, obviamente, era o ponto ·central da prova: Por que continuaria a servir ao Senhor, quando a vida e seu sentido pareciam tão adversos à sua própria natureza e caráter? “
  2. 2. Do hebraico “Yyob”, que significa “ estar em hostilidade” , “prova O livro de JÓ é uma maravilhosa obra-prima literária que trata justamente desta questão: Por que os justos sofrem? Apesar de nos ensinar muitas lições, uma delas se sobressai sobre todas as demais: Terminado seu sofrimento, JÓ descobriu que o Senhor abençoara seu "último estado ... mais do que o primeiro". (JÓ 42: 12.) Embora alguns estudiosos achem que o livro não é a história verdadeira de um homem real, penso que a maioria dos entendidos acha que sim. Ora, se Jó e seu sofrimento não foram reais, apenas produto da imaginação de algum autor, e por outro lado, Joseph Smith foi real... (D&C 121:1,7-10)
  3. 3. INTRODUÇÃO Fatos Relevantes 1. A Cidade de UZ é um lugar histórico e não imaginário. 2. Ezequiel cita a Jó como exemplo de justo (Ez 14.14,16,18.20) 3.Tiago usa a história de Jó como exemplo de paciência (Tg 5.10-11)
  4. 4. “Quem era Jó? (1: 1 e 8). Por que sofre o homem justo?” Quem era o adversário? Quem é o responsável pelos problemas dos homens? Foi o Senhor quem fez o avião espatifar-se contra a montanha? Foi Deus quem causou a colisão dos carros? Foi ele quem induziu a criança pequena a meter-se no canal ou provocou o ataque cardíaco? Respondendo a estas perguntas, diz o Presidente Kimball: "Responda, se puder. Eu não posso, pois, mesmo sabendo que Deus tem grande influência em nossa vida, não sei quanto ele faz acontecer e quanto apenas permite que aconteça. Seja qual for a resposta, de uma coisa estou certo. "O Senhor poderia ter impedido essas tragédias? Sim. Ele é onipotente, tem pleno poder de controlar nossa vida, poupar-nos sofrimento, prevenir qualquer acidente, dirigir todo avião e carro, alimentar-nos, proteger- nos, livrar-nos de trabalho, esforço, doença e até mesmo da morte, se quiser. Mas ele não o fará."
  5. 5. A própria justiça de Jó, entretanto, tornou-se ponto controverso para o Adversário (hebraico: satã; adversário, aqui: hassatan = o Adversário). Ele afirma cinicamente que a boa conduta e reverência de Jó haviam sido grandemente favorecidas pelo Senhor, que o abençoara com uma vida próspera e gratificante - quem não serviria o Senhor nessas condições? "Satanás errou, pensando que propriedades, riqueza e até mesmo a posteridade eram a essência da vida de Jó; para ele, o sentido da vida transcendia a perda de todas essas coisas ... "Com fé impecável, manteve sua mão no arado e conservou sua integridade (2:3).
  6. 6. O Senhor não barganha com Satanás, nem concorda com seus desígnios maléficos; entretanto, o Senhor permite que Satanás aflija e atormente o homem, até que se escoe seu .tempo determinado na terra. Assim, a provação de Jó é consistente com o conceito de que Deus permitira que Satanás afligisse Jó, não devido a uma barganha entre os dois, mas porque convinha aos propósitos de Deus para Jó.
  7. 7. "Se alegria, paz e recompensas fossem dadas instantaneamente àquele que pratica o bem, não haveria o mal - todos fariam somente o bem, mas não por causa da retidão de fazê-lo. Não haveria nenhuma prova de força, nenhum desenvolvimento de caráter, nenhum aumento de poder, nenhum livre arbítrio, apenas controle satânico.”
  8. 8. O livro de Jó pode ser dividido em doze partes: Parte 1: Jó e sua família antes das aflições – 1.5: a) Socialmente: Próspero b) Familiarmente: Piedoso e dedicado c) Religiosamente: Integro para com Deus
  9. 9. Parte 2: A. Satanás entra na presença divina, e insinua que Jó serve a Deus por causa dos favores especiais – cap. 1.9-11; B.Deus permite Satanás provar a Jó com a perda de suas possessões e de seus filhos – 1.12-20; C.Jó retém a sua integridade – 1.21,22.
  10. 10. Parte 3: A.Satanás volta à na presença divina, declarando que se Jó fosse afligido no próprio corpo, ele amaldiçoaria a Deus – cap. 2.1-5; B.Deus permite que Satanás atinja Jó com horrível enfermidade – cap. 2.7,8; C."Até mesmo a esposa de Jó perdeu as esperanças e, desamparada, não sabendo como confortá-lo, o desafiou: 'amaldiçoa a Deus, e morre'. – cap. 2.9,10
  11. 11. Parte 4: A chegada dos três amigos de Jó, sete dias de silenciosa condolência – cap. 2.11-13. Parte 5: " ... Mas os céus continuavam calados. E por uma boa razão, conforme sabemos, o próprio silêncio tornara-se parte da prova. Mas que grande problema isso representava para Jó! A profunda, deprimente escuridão o intimidava com sua terrível treva e o aterrorizava por tudo impregnar. Ouçam este seu apelo desesperado para que o Senhor alivie sua alma, alívio este que inclui a resposta para sua persistente mas irrespondível pergunta: Por que? Por que? Por que? 25 – cap. 3 Parte 6: Amargas e infrutíferas discussões das aflições de Jó entre ele e seus amigos – (cap. 4-31) 'Ensinai-me, e eu me calarei; e dai-me a entender em que errei. Oh! quão fortes são as palavras da boa razão! Mas que é o que censura a vossa arguição?' (6:24-25.) Parte 7: Eliú entra na discussão – cap. 32-37.
  12. 12. Parte 8: O Senhor responde a Jó com palavras de luz e repreensão – caps. 38,39. Parte 9: A confissão de Jó – cap. 40.3-5. Parte 10: O Senhor fala pela segunda vez – caps. 40.7 – 41.34. Parte 11: a)A segunda confissão de Jó – cap. 42.1-6. b) O Senhor repreende a Elifaz, a Bildade e a Sofar por suas palavras insensatas e ordena-lhes que ofereçam sacrifícios – cap. 42.7-9.
  13. 13. Parte 12: A.Jó ora por seus amigos – cap. 42.9. B.Sua prosperidade é restaurada – 42.10-15. C.Morre em avançada idade – 42.16,17.
  14. 14. AS PROVAÇÕES DE JÓ
  15. 15. 'Vive Deus, que desviou a minha causa, e o Todo- poderoso, que amargurou a minha alma. Enquanto em mim houver alento, e o sopro de Deus no meu nariz, não falarão os meus lábios iniquidade, nem a minha língua pronunciará engano. Longe de mim que eu vos justifique; até que eu expire, nunca apartarei de mim minha sinceridade. À minha justiça me apegarei e não a largarei; não me remorderá o meu coração em toda a minha vida.' (27:2-6; ver também cap. 31.)
  16. 16. PRIMEIRA PROVAÇÃO •A crise do “não possuir” Seu grande revés nas coisas materiais e terrenas. Cap. 1:14-22 Num só dia tornou-se um homem arruinado. Roubado, saqueado, catástrofes em casa. Como ele reagiu a essa situação?(1:21)
  17. 17. SEGUNDA PROVAÇÃO • Crise da enfermidade (doença física). Cap. 2:1-8 Atacado pessoalmente por uma doença repugnante, nojenta, úlceras malígnas, feridas terríveis. Como Jó deve ter suplicado a Deus! Veja como ele era honrado – 29:1-25 E Agora? 30:1 Como Jó reagiu? (2:10)
  18. 18. TERCEIRA PROVAÇÃO • Crise conjugal Até então sua esposa o ajudava o marido. Se não fosse assim, ele não teria tanta fama - Mas seus secaram chorando a morte dos seus filhos. - Quanta dor, insatisfação, tristeza... Ela voltou-se contra seu esposo e disse: “ainda conservas essa integridade? (2:9) - Como Jó reagiu?- (2:10)
  19. 19. QUARTA PROVAÇÃO • Afastamento das pessoas (solidão). • Sem apoio da esposa, sem filhos. • Os melhores amigos e irmãos no Senhor afastaram-se dele – 2:12-13 • Cap 13: 13-18 'Ainda que ele me mate, nele esperarei (confiarei)', torna-se uma refutação absoluta de qualquer argumento do adversário a respeito dos motivos pelos quais os homens servem ao Senhor; mostra ainda que o demônio mentiu ou estava enganado, quando afirmou o contrário” • Cap 19:21 “misericórdia meus amigos”... • Jesus também foi abandonado pelos seus amigos íntimos, no momento de maior provação.
  20. 20. QUINTA PROVAÇÃO • Foi mais dura no seu caráter. • Começou a campanha de “cochichos” “alguma coisa está errada com este homem” Veja Capítulo 19:9 (todo capítulo); 20:5... 16:1-4 etc. Jó experimentou a língua do próximo sem misericórdia. Como JÓ reagiu a tudo isso? 19:25 “eu sei que o meu Redentor vive!” Relação da provação de Jó com a provação de Cristo – como se tornou íntima essa relação!
  21. 21. RESTAURAÇÃO DAS BÊNÇÃOS DE JÓ • A partir do cap. 38 Deus responde a Jó e mostra-lhe sua grandeza. - Jó enfrentou tantas crises... “é por meio do sacrifício de todas as coisas terrenas, que os homens realmente sabem que estão fazendo o que é agradável à vista de Deus...” - Ouviu tantas coisas de seus “amigos”... - Teve crise existencial - Mas agora Deus responde a Jó, Deus se manisfesta – 42:1,2. “Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos. Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza.” (42:5-6.)
  22. 22. DEZ LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM O LIVRO DE JÓ: 1.) Coisas ruim acontecem a pessoas boas. Jó 1:88 2.) No meio do sofrimento não podemos perder nossa fé em Deus. Jó 13:15 3.) Seus amigos podem abandonar-te na miséria, mas Deus nunca. Jó 16:2 Jó 19: 25-27: “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus, A quem eu verei por mim mesmo, e os meus olhos o verão, e não outro; e por isso as minhas entranhas se consomem dentro de mim.”
  23. 23. 4.) Mesmo quando eus está em silêncio, a Sua presença está conosco. Por pelo menos 25 vezes Jó perguntou: “Por quê?” Continuamente ele buscava uma oportunidade de se defender perante Deus” – Jó 23: 10 – 12 “Porém ele sabe o meu caminho; pondo-me ele à prova, sairei como o ouro. Nas suas pisadas os meus pés se afirmaram; guardei o seu caminho, e não me desviei dele. Do preceito de seus lábios nunca me apartei, e as palavras da sua boca guardei mais do que a minha porção.”
  24. 24. 5.) Sabedoria vem de temer a Deus e repelir o mal. Humildade é a chave. O orgulho pode interferir em seguir o sábio caminho de Deus. E quando o orgulho interfere, nossa visão se enche de névoa, e antes que percebamos, estamos pegando o caminho errado para o mal. Jó 28:1-8.’ 6.) Jesus está conosco no meio das tempestades. Jesus é o bom pastor. Ele nunca deixa o nosso lado. Ele restaura nossa alma quando estamos desgastados. Ele nos leva pra o caminho da verdade quando nos perdemos. Ele caminha conosco, Ele é o Deus da tempestade.
  25. 25. 7.) Deus está no controle. Deus é o criador do universo. Ele é forte e poderoso. Podemos confiar nEle com nossas vidas. Com Jó observamos que tudo que acontece passa primeiro nas mãos de Deus. 8.) Algumas vezes, no sofrimento, nós pecamos. Jesus aceita o coração humilde e arrependido. Jó 42:4 a 7 9) Algumas vezes pecamos contra nossos irmãos e amigos. Jó 42:7 10.) Depois do arrependimento e o perdão vem as bênçãos. Jó 42: 12 a 13
  26. 26. Quando se sentir estressado e frustrado e ferido por esse mundo dê um passo atrás e olhe a criação de Deus. Vá lá fora e olhe o céu e lembre-se quem é Jesus. Então lembre-se que é filho de Deus, busque suas palavras e aprenda o quanto Ele cuida de você! Ele o ama. Lembre-se que se Ele pode criar e sustentar todo universo, claro que vai cuidar de você!
  27. 27. Jesus mesmo falou em Mateus 6:25-34 “Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo, mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai Celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? E quanto ao vestuário, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Porque todas essas coisas os gentios procuram). Pois vosso Pai Celestial bem sabe que necessitais de todas essas coisas; Mas buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” No fim Deus restaurou as bênçãos de Jó apenas por causa de sua fé.

×