O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Anatomia de um ministerio de louvor

6.431 visualizações

Publicada em

ANATOMIA DE UM MINISTÉRIO DE LOUVOR

Publicada em: Espiritual

Anatomia de um ministerio de louvor

  1. 1. MINISTRAÇÃO E LIDERANÇA DE MINISTÉRIO DE LOUVOR Escola Ministerial – A.D. Ouro Branco
  2. 2. Módulo 1: • O que é um ministério? • Servindo a Igreja • Afinal, somos todos levitas? • Qual é o meu chamado específico? • Definindo Louvor e Adoração • O papel do ministério de louvor • Anatomia de um Ministério de Louvor • Dicas de aquecimento e técnica vocal I • Prova/Trabalho final
  3. 3. Vamos conversar Sobre o artigo? “O papel do ministro de louvor no ensino da palavra.”
  4. 4. TEMA DA AULA DE HOJE: ANATOMIA DE UM MINISTÉRIO DE LOUVOR
  5. 5. ANTES DE TUDO, VAMOS CONVERSAR SOBRE A IMPORTÂNCIA DE SER “EQUIPE” • Nenhuma função é mais importante do que outra. (O lider de louvor não é mais importante que o responsável pela projeção das letras. O que adianta um vocalista ter a melhor voz da igreja se o som está mal equalizado e as pessoas não estão entendendo o que está sendo cantado?) • A equipe de louvor é apenas um reflexo do que Paulo diz em 1 Coríntios 12 • “Vocês são um grupo. Tentem ouvir umas as outras”. (Filme – Mudança de Habito) • O problema não é a falta de capacidade e talento (na maioria das vezes), mas sim falta de trabalhar em equipe.
  6. 6. O LIDER DE LOUVOR • Pessoa designada para conduzir e direcionar a ministração como um todo. • Figura de autoridade máxima sobre a equipe. No caso de o ministério funcionar com escala, naquele dia ele é a pessoa primeiramente responsável. • Responsável por escolher a sequência das músicas. • Responsável pela condução da ministração
  7. 7. VOCALISTAS (backing vocals) • Pessoas que ajudarão o lider de louvor na parte vocal, podendo, em momentos definidos anteriormente, ter arranjos próprios que enriqueçam a musica • O mais correto é que o backing vocal trabalhe sempre com divisão vocal ou harmonização vocal conhecemos.
  8. 8. INSTRUMENTOS DE BASE - TECLADO • Responsável, assim como o violão, pela harmonia da música. É o teclado que dá a sustentação para música. É importante para o tecladista dar mais enfase à mão direita, e com a mão equerda marcar o baixo, mas tomando cuidado para não “chocar”com o contrabaixo, que é o responsável por isso.
  9. 9. INSTRUMENTOS DE BASE - VIOLÃO • Responsável, assim como o teclado, pela harmonia da música. Diferentemente do teclado que é mais responsável pela sustentação da música, o violão é mais responsável pela “levada” da música. Muitas vezes sendo também o responsável pelo ritmo, até que a bateria assuma esse lugar. • Por muitas vezes ser o responsável pelo ritmo da canção, o violonista erra em marcar essessivamente o ritmo e entrar em choque com a bateria e o baixo.
  10. 10. INSTRUMENTOS DE BASE - BAIXO • O baixo é um instrumento que auxilia a bateria na marcação do ritmo da música. Geralmente o baixo segue o mesmo groove que a bateria, ou seja. As notas dadas pelo baixo devem sempre coincidir com as batidas no bumbo. Isso evita a confusão rítmica e facilita um bom andamento para toda a equipe.
  11. 11. INSTRUMENTOS DE BASE - GUITARRA • A guitarra é um instrumento que não tem responsabilidade direta nem pela harmonia e muito menos pelo ritmo de uma canção, embora, em alguns casos, possa desempenar essa função. É um instrumento que deve predominar em alguns momentos específicos da música, previamente definidos. O maior problema encontrado em relação à guitarra é o seu uso excessivo nas músicas. Nem todos os momentos são adequados para solo. Nem todos os momentos são adequados para timbre da guitarra. Ela se torna um instrumento poderoso quando usado nos momentos certos.
  12. 12. ? Ainda temos mais dois cargos importantes dentro de um ministério de louvor. Alguém sabe me dizer quais são SONOPLASTA E RESPONSÁVEL PELA PROJEÇÃO DAS LETRAS

×