Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo

507 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo

  1. 1. EE DR SYLVIO DE AGUIAR MAYA ELIANE APARECIDA GERALDO PROJETO SALA DE LEITURA “DESCOBRINDO O MUNDO ATRAVÉS DA LEITURA” PEDREIRA 2014
  2. 2. APRESENTAÇÃO As histórias estão presentes em nossa cultura há muito tempo e o hábito de contá-las e ouvi-las tem inúmeros significados. Está relacionado ao cuidado afetivo, à construção da identidade, ao desenvolvimento da imaginação, à capacidade de ouvir o outro e à de se expressar. Além disso, a leitura de histórias aproxima o educando do universo letrado e colabora para a democratização de um de nossos mais valiosos patrimônios culturais: a escrita. Por isso, é importante favorecermos a familiaridade dos educandos com as histórias e a ampliação de seu repertório. Isso só é possível por meio do contato regular dos educandos com os textos desde cedo e de sua participação freqüente em situações diversas de conto e leitura. O presente projeto de sala de leitura intitulado “Descobrindo o Mundo Através da Leitura” tem a pretensão de contribuir para a formação de alunos leitores, críticos e participativos, capazes de interagirem em sua realidade na condição de cidadãos consciente de sua atuação na sociedade, entendida como pré-condição do exercício pleno da cidadania. A escola estadual “ Dr Sylvio de Aguiar Maya” sempre se preocupou em desenvolver uma educação verdadeiramente comprometida com o ensino de qualidade para todos. No entanto, nem todos os educandos estão conseguindo concluir o ano letivo desenvolvendo uma leitura fluente e compreendendo aquilo que estão lendo com segurança e autonomia. Acreditamos, assim que a implantação deste projeto vem favorecer significativamente o processo ensino aprendizagem visto que se propõe a colaboração para o estímulo da leitura e escrita no interior do espaço escolar e, consequentemente, melhorar o desempenho (rendimento) dos alunos em outras disciplinas, já que a leitura está inserida em todo o processo de ensino e no dia-a- dia dos educando. Envolver os alunos cada vez mais no universo que é a leitura de uma forma prazerosa requer muita disposição e compromisso por parte daqueles que desejam construir uma sociedade mais justa e humana. Entretanto, isso exigirá engajamento profundo de muitos professores, alunos, pais e comunidade de modo geral, parceiros nessa luta por uma educação de qualidade para todos segurando assim o que dispõe a lei em vigor (LDB nº 9394/96 art. 32 que visa “O
  3. 3. desenvolvimento da capacidade de aprender tendo como meio básico o pleno desenvolvimento da leitura, da escrita e do cálculo”).
  4. 4. JUSTIFICATIVA Vivemos numa cultura predominantemente escrita, num mundo permeado por diferentes objetos escritos, impressos ou virtuais, que exercem sobre nós uma constante interação através da ação leitora. A todo instante nos deparamos com a linguagem escrita: em jornais, revistas, panfletos, cartazes, outdoors, placas de trânsito, e-mails, blogs, sites, MSN e outros; um mundo escrito que se põe diante de nossos olhos, nos caracterizando como verdadeiros leitores ambulantes e, agora, navegantes.A escola é um ambiente privilegiado por garantir muito contato com livros. Entretanto, habitar-se como leitor depende não apenas das oportunidades de acesso que se venha a ter aos livros em sua diversidade e riqueza de quantidade, nem da exercitação de uma capacidade supostamente especial da interpretação de textos. Isso vai além. O propósito desse projeto é de formar alunos capazes de usar adequadamente a língua materna em suas modalidades escrita e oral, e refletir criticamente sobre o que lêem e escrevem, trabalhando não apenas leitura, mas todas as leituras que apresentam no dia-a-dia a fim de que os alunos possam ver a leitura não como uma tarefa escolar, mas como um hábito cotidiano e prazeroso. De proporcionar ao educando condições reais de interação ao mundo letrado, aonde estes venham a descobrir que a leitura traz prazer e emoção aquele que ler. Sabemos, assim, que não será uma tarefa fácil. Mas uma luta constante que exigirá esforço e empenho coletivo por parte dos nossos alunos, professores e, pais de nossa instituição os quais juntamente conosco, estimularão os educandos a se desenvolver cada vez mais a fim de assegurar, a estes, as condições essenciais para o desenvolvimento e exercício da sua cidadania.
  5. 5. OBJETIVO GERAL Desenvolver habilidades relacionadas à leitura, interpretação e produção de texto estimulando no educando o gosto pela leitura e escrita, ampliando o conhecimento linguístico e cultural dos mesmos, contribuindo dessa forma, na formação de valores e para a construção da cidadania. Estimular nos alunos um processo de leitura permanente para estarem continuamente atualizados frente aos desafios e perspectivas do mundo moderno/contemporâneo, ajudando-os a se tornarem leitores e escritores. OBJETIVOS ESPECÍFICOS - Despertar o interesse e o gosto pela leitura e escrita estimulando o hábito diário pela leitura; - Desenvolver estratégias e procedimentos de leitura eficientes para ensinar os alunos; - Ampliar o repertório literário dos alunos por meio da leitura diária; - Propor situações didáticas que garantam, de maneira contínua, a abordagem de gêneros diversos selecionados em função de temas de estudo e com grau de dificuldade crescente; - Possibilitar um maior contato entre educando e livro; - Desenvolver atividades interdisciplinares, dialogando com as mais diversas áreas do conhecimento, levando a percepção de que o desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita é uma atribuição de todos; - Elaborar junto com o educando projetos ligados aos temas transversais, visando à discussão dos mesmos e a culminância em eventos da escola; - Relacionar os textos lidos com a vida diária;
  6. 6. - Promover momentos de socialização levando o educando a expressar seus sentimentos, experiências, ideias e opções individuais (elaboração do contato didático); - Desenvolver o senso crítico a partir dos livros lidos e relidos; - Reconhecer a leitura como uma fonte essencial para produzir textos.
  7. 7. META O projeto tem como meta estimular o educando a desenvolver o gosto e o prazer pela leitura através do interesse revelado nas frequências e participações das atividades propostas pela sala de leitura. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS As propostas metodológicas do projeto serão desenvolvidas durante todo o período letivo e envolverão as seguintes atividades: - Levantamento dos recursos disponíveis; - Planejamento das ações; - Rodas de conversa; - Reconhecimento do espaço da sala de leitura e dos acervos existentes; - Construção coletiva do Contrato Social (regras de convivência); - Exposição oral e escrita das leituras lidas e ouvidas articuladas a vivência diária; - Vídeos; - Gincana da leitura (dia do livro); - Reescrever textos lidos e ouvidos; - Produção de textos através da escrita e do desenho; - Oficina de redação; - A hora do conto; - Sarau de poesias;
  8. 8. - Fazendo poesia: varal; - Teatro de fantoches abordando temas transversais; - O dia da leitura na escola; - Resumir estórias utilizando a modalidade escrita;
  9. 9. AUTO-AVALIAÇÃO Estabelecimento de contato (hora pedagógica) entre professor da sala de leitura e professor da classe regular para troca de informações e experiência. AVALIAÇÃO Ocorrerá ao longo de todo o ano letivo. Será processual e continuada. A cada etapa do projeto haverá a observação do envolvimento e interesse dos alunos e professores nas atividades propostas que serão registradas nos arquivos da sala de leitura sendo discutidos coletivamente os avanços e as dificuldades durante o processo ensino-aprendizagem.
  10. 10. CRONOGRAMA Público alvo: Alunos do ensino fundamental e médio. Período: Este projeto será constante na sala de leitura, perdurando todo o ano letivo.
  11. 11. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS _SEVERINO, Antônio Joaquim. Filosofia da Educação: Construindo a Cidadania. Ed. FTD, 1994. _Caderno AMAE - Pedagogia de Projetos. Belo Horizonte: Fundação A mae para educação e cultura. Outubro, 2000. Edição Especial. _SOARE, Magda. Linguagem e Escola: uma perspectiva social. São Paulo, Ática, 1986. _Revista Nova Escola. Ed. Abril. Dez/2005. _LIBANEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira; TOSCHI, Mirza Seabra. Educação Escolar: Políticas estrutura e Organização. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2005. _Parâmetros Curriculares Nacionais: Fáceis de Aprender. Revista Nova Escola. Edição Especial. _KLEIMAN, Ângela B. & MORAIS, Silvia E. Leitura e interdisciplinaridade: tecendo redes nos projetos da escola. Campinas, SP: Mercado das Letras, 1999. _ROSSINI, Maria Augusta Sanches; Aprender tem que ser gostoso. Editora Vozes, 2ª Edição.

×