Ingles

3.269 visualizações

Publicada em

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Eu já pesquiso muito sobre aprender ingles e já fiz varios cursos gratuitos e pagos e agora conheci um curso muito bom, aprendi bastante, pra quem quiser conhecer o curso esse é o link: http://bit.ly/aprenderingles12
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ingles

  1. 1. COLÉGIO ESTADUAL MALVINO DE OLIVEIRA ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONALIZANTE PORECATU – PARANÁ CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INGLÊS TÉCNICO PROFESSORA: MAGDA OTAVIANO 2011
  2. 2. TÉCNICAS DE LEITURA As técnicas de leitura, como o próprio nome diz, vão nos ajudar a ler um texto. Existem técnicas variadas, mas veremos as mais utilizadas. Ao ler um texto em Inglês, lembre-se de usar as técnicas aprendidas, elas vão ajudá-lo. O uso da gramática vai ajudar também. As principais técnicas são: a identificação de cognatos, de palavras repetidas e de pistas tipográficas. Ao lermos um texto vamos,ainda, apurar a idéia geral do texto (general comprehension) e utilizar duas outras técnicas bastante úteis: skimming e scanning. a) Cognatos Os cognatos são palavras muito parecidas com as palavras do Português. São as chamadas palavras transparentes. Existem também os falsos cognatos, que são palavras que achamos que é tal coisa, mas não é; os falsos cognatos são em menor número, estes nós veremos adiante. Como cognatos podemos citar: school (escola), telephone (telefone), car (carro), question (questão, pergunta), activity (atividade), training (treinamento)... Você mesmo poderá criar sua própria lista de cognatos! b) Palavras repetidas As palavras repetidas em um texto possuem um valor muito importante. Um autor não repete as palavras em vão. Se elas são repetidas, é porque são importantes dentro de texto. Muitas vezes para não repetir o mesmo termo, o autor utiliza sinônimos das mesmas palavras para não tornar o texto cansativo. c) Pistas tipográficas As pistas tipográficas são elementos visuais que nos auxiliam na compreensão do texto. Atenção com datas, números, tabelas, gráficas, figuras... São informações também contidas no texto. Os recursos de escrita também são pistas tipográficas. Por exemplo: ... (três pontos) indicam a continuação de uma idéia que não está ali exposta; negrito dá destaque a algum termo ou palavra; itálico também destaca um termo, menos importante que o negrito; „‟ „‟ (aspas) salientam a importância de alguma palavra; ( ) (parênteses) introduzem uma idéia complementar ao texto. d) General Comprehension A idéia geral de um texto é obtida com o emprego das técnicas anteriores. Selecionando-se criteriosamente algumas palavras, termos e expressões no texto, poderemos chegar à idéia geral do texto. Por exemplo, vamos ler o trecho abaixo e tentar obter a “general comprehension” deste parágrafo: “Distance education takes place when a teacher and students are separated by physical distance, and technology (i.e., voice, video and data), often in concert with face-to-face communication, is used to bridge the instructional gap.” A partir das palavras cognatas do texto (em negrito) podemos ter um a idéia geral do que se trata; vamos enumerar as palavras conhecidas (pelo menos as que são semelhantes ao Português): distance education = educação a distancia students = estudantes, alunos separeted = separado
  3. 3. physical distance = distância física technology = tecnologia voice, video, data = voz, vídeo e dados (atenção: “data” não é data) face-to-face communication = comunicação face-a-face used = usado (a) instructional = instrucional Então você poderia dizer que o texto trata sobre educação a distância; que esta ocorre quando os alunos estão separados fisicamente do professor; a tecnologia (voz, vídeo, dados) podem ser usados de forma instrucional. Você poderia ter esta conclusão sobre o texto mesmo sem ter muito conhecimento de Inglês. É claro que à medida que você for aprendendo, a sua percepção sobre o texto também aumentará. Há muitas informações que não são tão óbvias assim. e) Skimming “skim” em inglês é deslizar à superfície, desnatar (daí skimmed milk = leite desnatado), passar os olhos por. A técnica de “skimming” nos leva a ler um texto superficialmente. Utilizar esta técnica significa que precisamos ler cada sentença, mas sim passarmos os olhos por sobre o texto, lendo algumas frases aqui e ali, procurando reconhecer certas palavras e expressões que sirvam como „dicas‟ na obtenção de informações sobre o texto. Às vezes não é necessário ler o texto em detalhes. Para usar esta técnica, precisamos nos valer dos nossos conhecimentos de Inglês também. Observe este trecho: “Using this integrated approach, the educator’s task is to carefully select among the technological options. The goal is to build a mix of instructional media, meeting the needs of the learner in a manner that is instructionally effective and economically prudent.” Selecionando algumas expressões teremos: integrated approach = abordagem (approach = abordagem, enfoque) integrada educator‟s task = tarefa (task = tarefa) do educador – ‘s significa posse = do tecnological options = opções tecnológicas (tecnological é adjetivo) goal = objetivo a mix instrucional media = uma mistura de mídia instrucional. Com a técnica do “skimming” podemos dizer que este trecho afirma que a tarefa do educador é selecionar as opções tecnológicas; o objetivo é ter uma mistura de mídias instrucionais de uma maneira instrucionalmente efetiva e economicamente prudente. f) Scanning “Scan” em Inglês quer dizer examinar, sondar, explorar. O que faz um scanner? Uma varredura, não é?! Logo, com a técnica de “scanning” você irá fazer uma varredura do texto, procurando detalhes e idéias objetivas. Aqui é importante que você utilize os conhecimentos de Inglês; por isso, nós vamos ver detalhadamente alguns itens gramaticais no ser “ Estudo da Língua Inglesa”. Olhe este trecho: “ Teaching and learning at a distance is demanding. However, learning will be more meaningful and “deeper” for distant students, if students and their instructor share responsibility for developing learning goals: actively interacting with class members; promoting reflection on experience; relating new information to examples that make
  4. 4. sense to learners. This is the challenge and the opportunity provided by distance education.” Poderíamos perguntar qual o referente do pronome “ their” em negrito no trecho? Utilizando a técnica de skimming, seria necessário retornar ao texto e entender a sentença na qual o pronome está sendo empregado. “Their “ é um pronome possessivo ( e como tal, sempre vem acompanhado de um substantivo) da terceira pessoa do plural ( o seu referente é um substantivo no plural). A tradução de “their instructor” seria seu instrutor . Seu de quem? Lendo um pouco para trás, vemos que há “students”; logo concluímos que “their” refere-se a “students, ou seja, instrutor dos alunos”. TERMOS TÉCNICOS EM INFORMÁTICA (em Inglês) A @ Em português, quer dizer arroba; em inglês, at (em algum lugar). É sempre usado em endereços de correio eletrônico. ABERRATION – um defeito no sistema de lentes eletrônicas de tubo de raios catódicos ABNORMAL TERMINATION– conclusão anormal, que acontece quando uma situação de erro é detectada pelo hardware, o que indica que uma série específica de ações iniciada anteriormente não pode ser corretamente completada ABORT – abortar, terminar um processo (por mau funcionamento) desligando o computador manualmente ABSTRACT – resumo (de um documento) ACCELERATOR – acelerador (dispositivo que acelera o rendimento de um sistema de computação ACCEPT – aceitar, concordar em fazer alguma coisa ACCESS – (verbo) o processo de obter informações de uma unidade periférica ou de recuperá-la de uma unidade de armazenamento de dados; o processo que envolve a obtenção de uma instrução via memória no intuito de obedecê-la ACCESS METHOD – o método de acesso, ou seja, a maneira pela qual as informações são selecionadas para processamento ACKNOWLEDGE / ACKNOWLEDGEMENT – confirmar, confirmação, enviar um sinal confirmando que uma mensagem foi recebida ACTION – ação ACTIVATION FILE – arquivo de ativação ACTIVE – ativo, ativa, ocupado ou em funcionamento ACTIVE PAGE – página ativa, em funcionamento ADD – adicionar, acrescentar, somar ADDER- adicionador; aparelho, esquema ou dispositivo que desempenha a função de adição usando sinais digitais ADDER-SUBTRACTER – um dispositivo que atua tanto como adicionador quanto subtrator ADDRESS – endereço ADOBE – adobo; empresa de software que desenvolveu produtos incluindo Acrobat, ATM,etc. ADP – (Automatic Data Processing) processamento automático de dados ADWARE (sem tradução) - Um tipo de programa, como o software (pago) ou o freeware (gratuito).
  5. 5. AID – auxiliar, ajudar, auxílio, ajuda ALGORITHM – uma série de instruções ou passos de procedimentos para a solução de um problema específico ALIAS – nome alternativo (dado a um arquivo, porta, dispositivo, etc.) ALIGN – alinhar, assegurar-se de que números e texto estejam espaçados e nivelados ALIGNMENT – alinhamento (espaçamento e nivelamento correto) ALLOCATE – alocar, partilhar, compartilhar entre usuários ALLOW – permitir, permite ALPHANUMERIC CODE – código alfanumérico; campo de informações no qual os caracteres representam números ou letras do alfabeto ALT KEY – tecla Alt (tecla especial em um teclado de PC usada para ativar funções especiais AMPLIFIER – amplificador ANALOG / DIGITAL CONVERTER – conversor analógico /digital ANALYSIS – análise; estudo de um conceito ou sistema, decompondo-o em suas subpartes APPEND – acrescentar, adicionar dados a um arquivo existente APPLICATION – requerimento, aplicação APPLICATION EXPERT – perito em aplicativos APPLICATION WIZARD – assistente (“mágico”) de aplicação ARRANGE – organizar, combinar ARROW – seta ARROW KEYS – teclas do cursor ou setas ARTIFICIAL INTELLIGENCE – Inteligência Artificial; ASSIGN – atribuir, designar a um computador ou a alguém um trabalho ASSOCIATE ATTRIBUTES – atributos associados ou vinculados ATTACH – fixar, atar ou ligar ATTACHMENT ("arquivo atachado") Envio de um arquivo associado a uma mensagem. Alguns programas de correio eletrônico, como o Eudora, permitem que qualquer arquivo seja enviado junto com uma mensagem. Ao chegar no destinatário, o arquivo associado pode ser copiado para o computador. AUTO ACTIVATE – ativar automaticamente AUTO CAD – (Computer Aided Design) – Programa de projeto auxiliado por computador usado na área de engenharia, arquitetura, mecânica, etc. AUTODIAL – autodiscagem AUTODIALER – autodiscador AUTO EDIT – editar automaticamente AUTOMATED – automatizado, automático AUTO SAVE – salvar automaticamente AUTO SCROLL – rolar a tela verticalmente automaticamente AUTO SIZE – tamanho automático AVAILABLE TIME – tempo disponível B BACK – parte traseira, de trás, atrás BACKBONE - Em português, espinha dorsal. O backbone é o trecho de maior capacidade da rede e tem o objetivo de conectar várias redes locais. BACKDROP – cortina de fundo, imagem estática em segundo plano BACKGROUND – experiência, prática, fundo; cor de fundo na tela BACKUP – assistência, reserva BACKUP – (no MS-DOS) comando para salvar os dados de um disco rígido em disquetes
  6. 6. BACKSPACE – um espaço para trás BADGE READER – leitor de crachás BAND TYPE – tipo de banda, tipo de faixa BANDWIDTH – Largura da faixa ou largura da banda. Diferença entre a maior e a menor quantidade de informação que um canal de comunicação é capaz de transmitir. BAR CODE – código de barras BAR-CODE SCANNER – um leitor óptico para código de barras BASE CLASS – classe base BATCH – colocar dados em grupo, lote; lote; grupo de itens executados de uma só vez; grupo de documentos processados ao mesmo tempo BCD – abreviação de Binary Coded Decimal > Decimal Codificado Binário BCS – abreviação de British Computer Society > Sociedade Britânica de Informática / Computação BEGIN – começar, iniciar BEGIN BLOCK – iniciar bloco, início de bloco BEGINNING – começo, início, primeira parte BEGINNING OF FILE (BOF) – início de arquivo; símbolo que mostra o início de uma seção válida de dados BINARY LARGE OBJECT (BLOB) – objeto binário grande; campo no registro de um banco de dados que pode conter uma grande quantidade de dados binários – normalmente um bitmap BINARY OPERATION – operação binária BINARY COUNTER – um contador capaz de acumular números gravados na escala binária de notação Binary digit – dígito binário, ou seja, um dígito nessa notação: 1 ou 0, geralmente abreviado para bit. BIOS – Basic Input/Output System – sistema básico de entrada e saída; rotinas do sistema para controlar entrada e saída para vários dispositivos padrões BIT - Forma reduzida de binary digit (dígito binário), BIT PATTERN – padrão de bits, isto é, uma sequência de bits BITMAP – mapear bits, mapa de bits BLANK – em branco, vazio ou com nada escrito BLOCK MARK – marca de (fim de) bloco BLOCK TRANSFER – transferência de/em blocos BLUEPRINTS – cópia, fotocópia, esquema, plano, projeto, planta BOARD – chapa retangular de material isolante na qual os circuitos integrados são montados BOLD (type) – negrito BORDER STYLE – estilo de borda BOS (Basic Operating System) – sistema operacional básico BPI (Bits Per Inch) – bits por polegada BPP (Bits Per Pixel) – bits por pixel BPS (Bits Per Second) – bit por segundo BREAK – quebrar, quebra, pausa, intervalo BREAK APART – desmembrar BREAKPOINT – ponto de interrupção, ponto de ruptura BROADBAND – banda larga BROWSE GALLERY – galeria de pesquisa, navegação BROWSE OBJECTS – objetos de pesquisa BROWSE SYMBOL – símbolo de pesquisa BROWSER – navegador ou paginador; utilitário de software que permite a um usuário acessar
  7. 7. e pesquisar facilmente um texto ou banco de dados BRUSH – pincel (em programa de pintura) BUDGET – orçamento BUFFER – Amortecedor, pára-choque. 1 – Memória temporária onde ficam armazenados os dados de entrada ou de saída. Liberando assim a memória principal, o que “amortece” o tempo de espera. 2 – Dispositivo eletrônico que compatibiliza dois sinais deferentes, adaptando, por exemplo, a voltagem ou a intensidade da corrente elétrica. BUG – erro, falha em programa de computador BUILD – construir (verbo); versão específica de um programa (substantivo) BULLET – sinal de tópico, símbolo na frente de uma linha de texto para usado para destacar itens específicos de uma lista BUTTON – botão BYPASs – desvio, rota alternativa em torno de um componente, de modo que ele não seja usado BYTE – (sem tradução) byte, grupo de bits ou dígitos binários (geralmente oito) que o computador opera como uma unidade simples C CACHE MEMORY – memória cache: seção de memória de alta velocidade que armazena dados que o computador pode acessar rapidamente CALL – chamar, chamada telefônica; transferir o controle do programa principal para um programa ou rotina separada CANCEL – cancelar, parar um processo ou instrução antes de ser executado CANVAS – lona, tela, quadro CAPACITY – capacidade; o número de palavras ou caracteres que podem ser registrados num aparelho de armazenamento de dados CAPS LOCK – (trava das maiúsculas) tecla que permite que todos os caracteres sejam digitados em maiúsculas CAPTION – legenda, título, cabeçalho CASCADE – em cascata, cascata CASE SENSITIVE – sensível ao formato do caractere digitado CD-ROM > Compact Disc-Read Only Memory – disco compacto com memória somente para leitura CELL – célula, função ou número único em um programa de planilha eletrônica Center > centre – centrar, centralizar, centro, alinhar corretamente a cabeça de leitura/gravação em um disco CENTRAL CONTROL UNIT – unidade de controle central CENTRALIZED DATA PROCESSING – processamento de dados centralizado CENTRAL PROCESSORS – processadores centrais, ou seja, o sistema nervoso de qualquer sistema computadorizado digital CHAIN – cadeia, sequencia CHAPTER – capítulo, segmento, seção de programa CHARACTER – caractere, cada um dos símbolos num sistema de processamento de dados CHART – gráfico, diagrama que mostra informação como uma série de linhas ou blocos CHAT - Em inglês, significa bater papo. CHECK – verificar, verificação, ação de certificar-se de que algo está correto CHIP – pastilha, circuito integrado CHOOSE – escolher, selecionar
  8. 8. CHOOSE INSTALL FOLDER – escolher / escolha pasta para instalar CIPHEr – cifra, codificação CIS (Contact Image Sensor) – sensor de imagem de contato; scanner no qual os detectores tocam o original sem nenhuma lente que possa distorcer a imagem CLASS path – caminho para classes CLEAR – limpar, limpo, claro CLIPBOARD – prancheta, área de armazenamento temporário para dados CLOSE – fechar, impedir o acesso a um arquivo ou unidade de disco CLOSE UP – próximo, fotografia tirada de perto COBOL > COmmon Business Oriented Language – abreviação para Linguagem Comum Orientada para Negócios; é uma linguagem de programação aceita internacionalmente CODE – código, transformar em código COLUMNS – colunas COMBO – combinação COMMAND – comando, pulso ou sinal elétrico que inicia ou interrompe um processo COMMENT(S) – comentário(s) COMMON – comum, que acontece muito frequentemente COMMUNITY – comunidade COMPANY – empresa, companhia COMPILE – compilar, converter um programa de linguagem de alto nível em um programa em código de máquina que pode ser executado diretamente COMPUTE – computar, calcular, fazer cálculos COMPUTER NAME – nome do computador CONFIGURE – configurar, selecionar hardware e software e interconexões para construir um sistema especial CONFIGURATION – configuração CONTAIN – conter, reter alguma coisa dentro CONTROL – controlar, controlel, parte de um computador ou dispositivo que executa instruções e processa sinais COOKIE = em inglês, significa biscoito.Pequeno arquivo de texto gravado em seu micro quando você visita um site. Ele registra dados sobre sua navegação, como o dia e a hora que você acessou a página. COPYRIGHT – declarar os direitos autorais de um trabalho, protegido por direitos autorais CORE – núcleo, cerne, caroço, semente COUNT – contar COUNTER – contador, dispositivo que conta; contra, oposição COUNTRY – país COURIER (fonte) tipo gráfico de espaço fixo que é similar ao tipo produzido por uma máquina de datilografia CRACKER = quebra - Para os infomaníacos, o cracker é diferente do hacker porque ele invade os computadores por diversão. O termo também pode designar programas que desbloqueiam senhas e outras travas de softwares pagos (forma de pirataria). CREATE – criar, produzir CROSS – cruzar, cruzado, que ocorre de um lado para outro CURRENT PATH – caminho atual CUSTOMER – cliente, comprador CUT – cortar, corte, remover trecho de texto CYCLE – ciclo; sequencia de operações executada de maneira repetitiva na mesma ordem
  9. 9. D DATA – dados; valores e dados descritivos operados por um programa de computador DATA ADMINISTRATOR – administrador de dados; a pessoa responsável pelo controle de dados em uma organização DATA BANK – banco de dados, um arquivo de dados abrangente DATA BASE – base de dados DATA COLLECTION > data gathering – coleta de dados; processo de captura de dados para uso dentro de um sistema computacional DATA DISPLAY UNIT – unidade de visualização de dados DATA FIELD – campo de dados, parte de uma instrução de computador que contém a posição do dado DATA LOGGING – o registro de dados e de movimentos de dados em um sistema DATA PROCESSING – processamento de dados DATA PROCESSOR – processador de dados DATA PROTECTION – proteção de dados DATA RECORD – registro de dados DATA SET – conjunto de dados DATA SOURCE – fonte de dados DATE – data DCR (Dynamic Component Resource) – Recurso de Componente Dinâmico DCU (Delphi Compiled Unit) – Unidade Compilada de Delphi DDE (Dynamic Data Exchange) – Troca de Dados Dinâmica DDE (Direct Data Entry) – Entrada Direta de Dados DEBUG(GER) – depurar, depurador, testar um programa, localizar e corrigir quaisquer falhas ou erros DECODE – decodificar, traduzir dados codificados para sua forma original DEFAULT – valor básico, ou predefinido ou implícito ou padrão DEFINE – definir, atribuir um valor a uma variável DELETE – apagar, eliminar, remover, deletar DEMONSTRATION OR DEMO – demosntração ou demo, mostrar como algo funciona DENIAL – negação DENY ACCESS – negar acesso DESCENDING – o índice será de Z a A e de 9 a 0 DESCRIPTION – descrição DESKTOP – de mesa, que fica sobre um escrivaninha DESTROY – destruir DEVELOPEr – desenvolvedor, que promove desenvolvimento DEVICE - dispositivo DIAL – discar um número telefônico DIAL-UP = Acesso Discado DIALOG EXPERT – perito em diálogo DIRECTORY – diretório ou lista; método de organização de arquivos armazenados em disco DISABLE CONTROLS – desativar controles DISK SIZE – tamanho do disco (em bytes) DISPLAY – exibir, mostrar informação, monitor, vídeo DITHER – pontilhar, criar uma linha ou curva que parece mais suave adicionando-se pixels sombreados ao lado dos pixels que compõem a imagem DOS (Disk Operating System) – Sistema Operacional em Disco DOUBLE – duplo, duas vezes
  10. 10. DOWN – inativo, sem funcionar, para baixo DOWNLOAD – carregar (“baixar”) um programa ou seção de dados por linha telefônica (para o computador pessoal) - Transferir arquivos de um computador para outro. DRAG – arrastar, puxar, “dragar”, mover com uma tecla de controle pressionada uma imagem na tela DRAW GRID – grade de desenho DRIVE – unidade, parte de um computador que opera um disco DROP – cair, deixar cair, soltar, queda para um posição mais baixa DUAL RECORDING – registro, gravação dupla DVD (Digital Video Disc) – videodisco digital DVE (Digital Video Effects) – efeitos de vídeo digital E EDGE – borda, margem, orla EDIT – editar, corrigir ou alterar texto ou programa EDITOR – editor; programa de computador que é utilizado para auxiliar na preparação de texto ou dados para colocar num sistema de computador EDP (Eletronic Data Processing) – processamento eletrônico de dados EFFECTIVE ADDRESS – endereço efetivo; o endereço que é realmente utilizado pelo computador para executar uma instrução EFFECTIVE INSTRUCTION – instrução efetiva, instrução real EFFECTIVE TIME – tempo efetivo de trabalho útil de um computador ELAPSED TIME – tempo decorrido entre o início aparente de um processo e seu aparente final (isto pode ser diferente do tempo real) ELLIPSIS – reticências (três pontinhos) ELSE RULE – regra else, caso contrário ou senão (or else: senão) E-MAIL - Abreviatura de ELECTRONIC MAIL, ou "correio eletrônico". E-MAIL VERIFICATION – verificação de (email) correspondência eletrônica EMPLOYEE – empregado EMPTY – vazio ENABLE – habilitar, ativar ENCODE / ENCODING – codificar; representar dados em forma de código; alfabeto que se deseja utilizar como fonte para um programa END – terminar, término, fim END BLOCK – final / fim de bloco END OF FILE (EOF) – Fim de arquivo END OF RUN (EOR) – fim de execução ENTER – introduzir, inserir, entrar, digitar informação em um teclado ENTRY – verbete, unidade de informação, item numa lista ou tabela; o endereço da primeira instrução a ser obedecida em um programa ERASE – apagar ERROR – erro ESC – código do caractere de escape (escapar) ou tecla em um teclado EVALUATE – avaliar, calcular um valor ou quantidade EXCEPT – excetuar, exceto EXCEPTION – exceção EXIT – sair, abandonar EXPERTS – peritos, especialistas EXPLORE – explorar
  11. 11. EXPORT – exportar, salvar dados em um formato de aruqivo diferente do original EXTENDED – estendido EXTRACT FILE – extrair arquivo EYEDROPPER – conta-gotas F FADE OUT – imagem que desaparece gradualmente FAIL SAFE – à prova de falhas; indica um sistema que é capaz de se encerrar de maneira controlada caso aconteça uma falha grave FAILURE – falha, avaria, pane; qualquer problema grave causado por defeito no hardware ou software FAILURE RATE – taxa de falhas; medida do número de falhas durante um certo período FALSE ERROR – erro falso; acontece quando há uma sinalização de erro que de fato não aconteceu FAN – ventilador, leque FAQ - Abreviatura de Frequently Asked Questions, ou "perguntas mais freqüentes". Arquivos de informação que são mantidos por muitos sites, com respostas às dúvidas mais comuns dos usuários. FAR – distante, longe FASt – rápido FAULT – falha FEED – alimentar; introduzir dados num computador para processamento FEEDBACK – retroalimentação; uso de informações por um sistema para se monitorar;retorno FIELD – campo FILE – arquivar, arquivo FILE NAME – nome de arquivo; conjunto de caracteres alfanuméricos utilizados para identificar um arquivo FILE SET – conjunto de arquivos FILL – preencher FILL COLOR – cor do preenchimento FILTER – filtrar, filtro FINALIZATION – finalização FIND – encontrar, achar FINISH – acabar, terminar FIRST – primeiro FLOOD(ING) – inundar, inundação de dados FLOPPY – flexível FLOW – mover-se suavemene, fluxo FLOWCHART – fluxograma FOCUS – focar, focalizar, foco FOG – névoa FONT OR FOUNT – fonte, conjunto de caracteres, todos do mesmo tamanho, estilo e face FOREGROUND – de frente; primeiro plano; janela para aplicativo ativo FORM – formulário FORMAT – formatar, formato FORWARD – remeter para um outro ponto, para diante, à frente, avançado, dianteiro (Fw) FRAME – Quadro, estrutura, célula FREE – libertar, livre FROM – preposição: de
  12. 12. FROM (Fusible Read Only Memory) – Memória fusível somente de leitura Functions – funções FTP (FILE TRANSFER PROTOCOL) – Protocolo de Transferência de Arquivo G GAMES – jogos GAP – lacuna, intervalo, espaço entre dados gravados GENERAL – geral GENERATE – gerar GET – pegar, conseguir, instrução para a obtenção de de um registro de um arquivo ou banco de dados GIF - Abreviatura de Graphics Interchange Format, ou "formato para troca de imagens GLITCH – qualquer coisa que cause a falha repentina de um computador GO – ir, vá GRID – grade GROUP – grupo GUID (Globally-Unique Identifier) Identificador único global GUIDE – guiar, guia H HACK – sem tradução concreta; experimentar e explorar software e hardware de computador; forçar a entrada em um sistema de computação com objetivos criminosos HACKER = sem tradução concreta; Pessoa que gosta de explorar e aprender os detalhes de funcionamento de programas, computadores e redes como forma de remover limitações ou criar possibilidades de uso não previstas originalmente. HARDWARE = equipamento, ferragem ; parte sólida do computador, peças. HTTP - Abreviatura de Hyper Text Transfer Protocol, ou "protocolo de transferência de hipertexto". É o conjunto de regras de comunicação entre computadores que faz funcionar a World Wide Web. HTML - Abreviatura de HyperText Mark-up Language, ou "linguagem de marcação de hipertexto". O código usado para criar documentos de hipertexto na World Wide Web. HANDHELD – portátil HANDLE – alça, maçaneta, lidar HARD – duro, rígido, sólido HARDWARE – unidades físicas, componentes, circuitos integrados e discos e mecanismos que compõem um computador ou seus periféricos HAZARD – risco, falha HEADER – cabeçalho ou registro inicial HEIGHT – altura HELP – ajudar, ajuda HIDE EDGES – esconder, ocultar bordas HIGH – alto HINT – referência, pista, dica HIT – pressionar uma tecla, acerto, sucesso HOME DIRECTORY – diretório residente HOME PAGE - A “página de abertura” de um site na internet. (home=lar) HOST – em português, significa hospedeiro; O servidor que hospeda um site na World Wide Web. HOT-SPOT – ponto de ativação; ponto quente, região de alta luminosidade em um filme
  13. 13. ou tela de monitor HYPERLINKS – hiperligações, comandos que levam a outras páginas I IDE (INTEGRATED DEVELOPMENT ENVIRONMENT) – ambiente de desenvolvimento integrado ou ambiente integrado de desenvolvimento IDLE – ocioso, que não está sendo usado IMPORt – importar IN-LINE – linear, em linha INCLUDE – incluir INCOMPATIBLE TYPES – tipos incompatíveis INCREASE – aumentar, aumento INCREMENT – incrementar, incremento INDEX – índice INHERITED – herdado INITIALIZATION – inicialização INK – tinta (de caneta, impressora, etc) INK BOTTLE – tinteiro IN-PLACE – no lugar, na posição correta ou normal IN-PROCESS – em processo INPUT BOX – caixa de entrada (para digitação de informações; retorna valor string) INPUT QUERY – parecida com Inputbox, só que retorna um valor boleano INSERT – inserir INSIDE-OUT – revertida INSTALL – instalar INSTANCE SIZE – tamanho da cópia de um aplicativo INTERACTIVE – interativo Interface – interface (sem tradução) Internet – (net=rede) Rede que liga computadores no mundo inteiro; rede remota internacional de computadores IP - Abreviatura de Internet Protocol, ou "protocolo da internet". As regras que permitem que a internet funcione e que os computadores se comuniquem. INTERVAL – intervalo, pequena pausa entre duas ações INVALIDATE – invalidar IT (INFORMATION TECHNOLOGY) – Ti – Tecnologia Da Informação J JACK – tomada JAM – congestionar, interferir, congestionamento JITTER – tremulação, instabilidade JOB – uma unidade de trabalho para um computador; trabalho, serviço JPEG (Joint Photographic Experts Group) – Grupo de Trabalho de Especialistas em Fotografia; trata-se de um formato de compressão, com perda de dados, aplicado em imagens fotográficas. JUMBO CHIP – chip gigante JUMP – saltar, pular, salto, pulo JUNK – livrar-se de um arquivo; lixo, refuxo, porcaria JUSTIFY – marginar, alterar o espaçamento entre palavras ou caracteres em um documento de modo que as margens esquerda e direita fiquem em linha reta
  14. 14. K KERNEL – núcleo, rotinas de intrução básicas, essenciais para quaisquer operações em um sistema de computador KEY – chave, tecla KEYBOARD – teclado KEY FRAME – quadro chave KEY TO DISK – teclado para disco, sistema onde o dado é armazenado diretamente em disco sem qualquer processamento KIND – tipo, espécie (subst.); KNOB – botão KNOWLEDGE – conhecimento L LABEL – rotular, etiquetar, rótulo, etiqueta LANDSCAPE – paisagem, orientação de uma página onde a borda mais longa é a horizontal LAP – colo LAP (Link Access Protocol) – Protocolo de Acesso ao Link LASER (LIGHT AMPLIFICATION BY STIMULATED EMISSION OF RADIATION) – amplificação de luz por emissão estimulada de radiação LASSO – laço LATCH – estabelecer um estado de saída; fecho, engate LAUNCH – lançar, lançamento LAYER – camada LAYOUT – esboço mostrando a distribuição física e tamanhos de elementos como texto e gráficos num determinado espaço LAYOUT MANAGER – gerenciador de esboços / desenhos / leiaute LEAK – vazar, escoar, vazamento LED (Light Emitting Diode) – Diodo Emissor de Luz LEFT – esquerdo, esquerda LENGTH – comprimento LEVEL – nível LIBRARY – biblioteca LICENSE AGREEMENT – aceite de licença LICENCE KEY – chave de licença LINE – linha LINE UP – alinhar LINK – Ligar, Conectar, Unir, Ligação, Conexão LIST – listar, lista LOAD – carregar, carga LOCK – bloquear, travar, trancar, trava, tranca LOCKED – travado, trancado LOG IN/ON – entrada no sistema ; (sem tradução concreta); Entrar numa rede de computadores. Também pode se referir ao nome do usuário em determinado sistema. LOGIN NAME – nome de acesso / entrada no sistema LOG OFF/OUT – saída de sistema LOGGER – registrador (de transações), dispositivo que registra chamadas telefônicas LOOK FOR – procurar LOOP – procedimento em um programa de computador executado repetidamente até que uma condição seja satisfeita
  15. 15. LOSE – perder LOSS – perda LOW – baixo LOWER CASE – letras minúsculas M MACHINE – máquina MACRO – muito grande; série de comandos identificado por uma única palavra ou símbolo MAGNIFY – aumentar MAIL – remeter ou enviar por correio, correio MAIN – principal, mais importante MAINFRAME (computer) – computador de grande porte MASK – mascarar, máscara MASTER PASSWORD – senha Master (mestra) MAXIMIZE – maximizar, expandir para seu tamanho original MEDIA – mídia, meios de comunicação de informação para o público MENU – menu; lista de opções ou programas disponíveis para o usuário MESSAGE – mensagem MESS – bagunçar, bagunça METHOD – método MINIMIZE – minimizar MODE – modo MODIFY – modificar MODEL – modelar, modelo MOTION GUIDE – guia de movimento MOVE (DOWN/TO/UP) – mover para baixo/ para / para cima MOVIE – filme MP3 - Abreviação de MPEG; (Moving Pictures Expert Group) N NAK (Negative Acknowledgement) – aviso de recebimento negativo NARROW BAND – banda ou faixa estreita NEEDLE – agulha NEST – aninhar, embutir, incluir uma sub-rotina em um programa ou em outra rotina NETWORK – configurar rede, rede NEW – novo NEW USER – novo usuário NEWS – notícia NEWSLETTER – relatório informativo, circular NOISE – ruído, barulho NOISY – barulhento (a) NULL – nulo NUMBER – numerar, número NUM LOCK KEY – tecla que converte a função de um bloco de teclas numéricas para uma entrada numérica O ODD – número ímpar OFF - desligar
  16. 16. OFF-LINE – desconectado da rede ou computador central OK – ok, pronto ON – ligado, ativado; prep. sobre ON CLICK – em click ONLINE – conectado, em rede, ligado a um computador central OOD (Object-Oriented Development) – desenvolvimento orientado para objetos OPEN – abrir, aberto OPTIONS – opções OPTIMIZE – otimizar ORDER – ordenar, instruir, direcionar, ordem, pedido OS (OPERATING SYSTEM) – sistema operacional OUTLINES – contornos, perfis OVERFLOW – estouro, resultado matemático maior que os limites do sistema de memória numérica do computador OVERLAP – sobrepor, sobreposição OVERRIDE – passar por cima, atropelar, suprimir, ignorar, anular OWNER – dono, proprietário P PACKAGE – pacote PAGE – página PAGE Setup – configuração de página PAGE UP/DOWN – página acima, página abaixo PAGE VIEW - Página vista, em inglês. É uma medida usada para acompanhar a visitação de um site. PAINT – pintar, tinta PANEl – painel PARADOX – paradoxo PARAMETERS – parâmetros PERMALINK - Endereço Web de cada um dos posts de um blog. O termo vem de permanent link ("link permanente"). PASSWORD = palavra chave, palavra passe, senha; Palavra secreta que serve como confirmação da identidade de determinado usuário. PASSWORD SECURITY – segurança de senha PASTE – colar, inserir texto ou gráfico que foram copiados para dentro de um arquivo PATH – caminho, possível rota PAUSE – pausar, pausa, parada PC (Personal Computer) – Computador Pessoal PEAK – atingir o ponto mais alto, pico, ponto mais alto PEN – caneta PERFORMANCE – desempenho PICTURE – desenho, imagem PIXELS PER INCH – pixels por polegada PLAY – tocar, brincar, jogar PNP (PLUG AND PLAY) - ligar e usar POP-UP WINDOW – janela instantânea, janela que pode ser exibida a qualquer momento POSITION – posicionar, posição POWER – poder, potência PREVIEw – pré-visualizar, visualização
  17. 17. PREVIOUS – anterior PRINT – imprimir PRINTER – impressora PRINTHEAD – cabeça de impressão PRIVATE – privado, particular PROCEDURE – procedimento PROCESS – processar, processo PROGRESS – progredir, progresso PROHIBIT – proibir, indica ser proibido quaisquer alterações na tabela pai que tenha relação na tabela filha PROJECT – projetar, projeto PROPERTY (IES) – propriedade, propriedades PROTECTED – protegido PUBLISHED – publicado PUSH – empurrar, apertar, pressionar Q QUERY BUILDER – construtor de consulta QUEUE – enfileirar, fila QUICk – rápido, ligeiro QUIT – sair, abandonar QUOTATION – citação R RAM (RANDOM ACCESS MEMORY) – Memória de Acesso Aleatório RAISE – levantar, elevar RANDOM – ao acaso RANDOMIZE – tornar aleatório RANGE – variar, alinhar, faixa, variação READ – ler, leia READ-ONLY – leitura somente, apenas ROM (READ ONLY MEMORY) – Memória Somente para Leitura RECTANGLE – retângulo RE-ENTER – digitar / digite de novo RELEASE CAPTURE – Liberar Capturar REFRESH – regenerar, restaurar, renovar REGISTRATION – registro, matrícula RELAY – retrasmitir, retransmissão RELOAD – recarregar REMOVE – remover, excluir RENAME FILE – renomear arquivo REPAINT – repintar REPLACE – substituir REPORT – relatar, relatório REQUESt – pedir, solicitar, pedido, solicitação RESET – restaurar, reinicializar RESTORE – restaurar RETRIEVE – recuperar RETURN – retornar, retorno
  18. 18. REVERT – reverter, retornar ao estado normal REWRITE – reescrever RICH TEXT FORMAT – formato de arquivo texto que inclui comandos de texto que descrevem a página, tipo, fonte e formatação ROAM – perambular, movimentar-se livremente e ainda manter contato ROTATE – girar, rodar ROUND – arredondar, redondo ROUTE – caminho, rota ROUTEr – roteador ROUTINE – rotina ROW SIZE – tamanho da linha, fileira RULER – régua RUN – executar, fazer um dispositivo funcionar (v. correr) RUNTIME – tempo de execução S SAMPLE(S) – amostra(s), exemplo(s) SAVE – salvar, armazenar dados em dispositivo de memória SAVE AS – salvar como SAVE CHANGES – salvar mudanças SAVE PROJECT – salvar projeto SAVE TO FILE – salvar para arquivo SCALE MODE – Modo de Escala SCAN – varrer, esquadrinhar, varredura, esquadrinhamento SCENE – cena SCREEN – proteger alguma coisa com uma tela; tela SCROLL – rolar a tela SCROLL BARS – (permite apresentar as) barras de rolagem (quando o volume do texto for superior ao volume do componente) SEARCH – buscar, busca, pesquisa SEEK – buscar, procurar SELECT – selecionar SELF – si mesmo, referente a si próprio SEND – enviar SERVER – servidor SET – estabelecer, atribuir; conjunto SET DIRECTION – estabelecer direção SET UP (verbo) – preparar equipamento para operação SHAPE – dar forma; forma SHAREWARE – produto compartilhado; Software que está disponível para download gratuito na internet, a fim de que as pessoas possam testá-lo SHARED LIBRARY – biblioteca compartilhada SHEET – folha de papel SHIFT – mudar, deslocar, mudança SHORT CUT – atalho SHORT STRING – cadeia curta SHOW – mostrar, mostra SINGLE – único, somente um SITE - Página ou coleção de páginas na World Wide Web.; sítio.
  19. 19. SIZE – tamanho SMALL – pequeno SMOOTH – suavizar, suave, macio SOFTEN FILL EDGES – suavizar bordas preenchidas SOUND – soar, som SOFTWARE – não possui uma tradução concreta: soft=suave; ware=produto; programa de computador; qualquer programa que instrui o hardware sobre a maneira como ele deve executar uma tarefa SPAM - Envio em massa de e-mails (geralmente de propaganda) não-solicitados. A palavra vem do nome de uma presuntada em lata vendida nos Estados Unidos. SORT – ordenar, classificar SOURCE – fonte SPEED BAR – barra de velocidade SPEED BUTTON – botão de velocidade SPEED MENU – menu rápido SPIN – rodar, girar rápido SPY – espiar, espião SQL (Structured Query Language) – Linguagem de Consulta Estruturada STANDARD – padrão START – começar, iniciar, começo, início, partida STATUS – estado, importância ou posição STATUS BAR – barra de estado (que dá informação sobre a tarefa executada no momento STAY ON TOP – ficar, permanecer no topo STEP – dar um passo para frente ou para trás; passo ou etapa STORE – armazenar, salvar dados que poderão ser usados mais tarde STRAIGHTEN – acertar, endireitar, consertar STRING – cadeia ou sequência, série de caracteres alfanuméricos STRING GRID – grade de cadeia de caracteres STROKE COLOR – cor do traço STYLE – estilo SUBJECT – assunto; sujeito SUBMIT – submeter (a apreciação, avaliação) SUBSELECt – ferramenta para subselecionar SUPPLY – fornecer, suprir, fornecimento SUPPLIEr – fornecedor SUPPORT – apoiar, auxiliar, sustentar; apoio, suporte SWAP – trocar, permutar, troca SYMBOl – símbolo SYNTAX CHECK – Verificar Sintaxe SYSTEM – sistema T TAB – tabular, organizar texto em colunas TAB CONTROL – controle de tabulação TAB ORDER – indica um índice para a ordem de tabulação de um componente TAB STOP – determina se o componente receberá ou não foco através do teclado TABLE – tabela TABLE NAME – nome da tabela (que será utilizada) TAG – identificador
  20. 20. TCP/IP - Abreviatura de Transmission Control Protocol/Internet Protocol. Conjunto de protocolos de comunicação que regulam o funcionamento básico da internet. É a "língua" que todos os computadores que estão ligados à internet usam para se comunicar. TEXT – texto THREAD – em cadeia TILE – ladrilhar, ladrilho; organizar grupo de janelas lado a lado, sem sobreposição TILE MODE – Modo de Ladrilho TIME – tempo TIME SPENT ON-LINE - "Tempo de permanência" on-line. Medida da média de tempo que cada usuário gasta num site. TIMER – marcador de tempo, temporizador, cronômetro, marcador de tempo TIP – dica, conselho TITLe – título; pronome de tratamento: senhor, senhora, etc. TOGGLe – chavear; chavear entre dois estados TOOL – ferramenta TOP – topo, parte superior, de cima TRANSFEr – transferir TREE VIEW – visão da árvore TRIM (LEFT/RIGHT) – eliminar (caracteres que estejam nos extremos esquerdo ou direito de uma string-série de caracteres) TURN ON/OFF – ligar, desligar TRY – experimentar, tentar TYPE – digitar; tipo U UI (User‟s Interface) – interface do usuário UNASSOCIATE ATTRIBUTES – atributos não associados UNDERLINE/ UNDERLINED – sublinhar, sublinhado UNDO – desfazer UNIQUE VISITOR - "Visitante único", em inglês. Medida que identifica quantas pessoas diferentes passam por um site. UPDATE – atualizar, atualizado, atualização UPGRADE – modernizar, tornar um sistema mais poderoso UPLOAD - Enviar arquivo a outro computador ou site (ver download). UPPER CASE – letras maiúsculas URL - Abreviatura de Uniform Resource Locator, ou "localizador uniforme de recursos". Endereço que permite localizar um site na World Wide Web. USB (UNIVERSAL SERIAL BUS) – “circuito paralelo universal em série”; é um tipo de conexão para “ligar e usar” (Plug and Play) que permite a conexão de periféricos sem a necessidade de desligar o computador USER – usuário V VALIDATE – validar VALUE – valor VERIFY MASTER PASSWORD – caixa para verificar a senha master digitada VIEW – exibir, examinar, vista VGA (Video Graphics Array) – Arranjo Gráfico de Vídeo
  21. 21. VISUAL BASIC – linguagem de programação visual para criação de aplicações no ambiente Windows VQB (Visual Query Builder) – Construtor de Consulta Visual VMT (Virtual Method Table) – Tabela de Método Virtual W WAIT FOR – aguardar, aguarde, espere WAP - Wireless Application Protocol, ou "protocolo de aplicações sem fio". Protocolo usado em telefones celulares para permitir a navegação em sites que possuem versões simplificadas de suas páginas, mais adequadas às telas dos telefones. WARRANTY – garantia WEB – teia, entrelaçamento WAVE – onda WIDE – largo, amplo WIDTH – largura WI-FI - Vem de Wireless Fidelity. Tecnologia de rede que permite o acesso sem fio a internet e a comunicação entre computadores. É bastante usada em redes caseiras. WINDOW – janela WIRE – fio, condutor WIRELESS – sem fio WIZARD - mágico WORD – palavra WORK – trabalhar, trabalho WORLD – mundo WORLD WIDE WEB – (world=mundo; wide=amplo, grande; web=rede) - Sistema de distribuição de informação em hipertexto pela internet. WRITE – escrever, escreva X Xerox – xerox; xerocar; fazer cópia X-ray – raio x Y Yoke – cabeçote Z ZERO – zerar, zero ZIP CODE / POSTAL CODE – código de endereçamento postal / CEP ZIP DRIVE – unidade de disco Zip ZOOM – abrir, mudar o comprimento focal de uma lente para ampliar o objeto no visor x-x-x-x-x-x-x TESTS ON INDEPENDENT DATA Standard statistical tests of significance are not strictly applicable to meteorological prediction because the data are usually correlated in both space and time, and the weather regime of one period may be entirely different from that of another. These difficulties were
  22. 22. compounded in the present study because the predictors were not chosen at random, and the regression equations were derived from observed heights but applied to numerical prognostic heights. Hence no tests of significance giving exact confidence intervals or probability levels were applied. Instead all prediction equations were tested on independent data samples. Unfortunately, however, these samples were rather limited in size because of paucity of data, particularly in the form of numerical prognoses, so that the results of the prediction experiments to be described here may not be duplicated on future samples. These results should therefore be interpreted only as tentative and approximate indications, not as conclusive or quantitative findings. ASSEMBLY LANGUAGES Assembly language is a programming language that talks fairly directly to the computer. Unlike machine language, which is what the computer understands, assembly language is mnemonic, so that it can be understood and remembered more easily by a human being; in fact, assembly language is really just machine language in mnemonic form. Assembly languages are specific to a given CPU chip and are named after it (e.g., 8080 assembly language, 6809 assembly language etc.). They are harder to program than a highlevel language, but they produce programs that are more efficient and run faster. VOCABULARY Fairly = quase Unlike = ao contrário de, diferente de Just = apenas, justamente CPU = Central Processing Unit = Unidade Central de Processamento Are named = recebem o nome After it = de acordo com ele (chip) Harder = mais trabalhosas Run faster = rodam mais rápido INPUTTING / OUTPUTTING INFORMATION Magnetic tape – it is one of the principal input/output recording media used with computers and is mainly used for storing intermediate results of computations and for compact storing of large amounts of data, in an ordered sequence. It is much cheaper to store information on tape than in the computer main memory or on a disk memory device, but it takes longer to locate a paritucular data item if it is stored on tape: data must be stored and accessed sequentially. Magnetic disk – it consists of a series of concentric paths or tracks each capable of storing data in magnetically coded form. It looks like a phonograph record and a series of disks is mounted on a vertical shaft. One or more access arms move into the disk to read or write the data stored on it. Disks may be hard (made out of aluminum) or floppy (made out of plastic). Disks may be permanently attached to the drive unit or they may be made up as removable disk packs. Disks may be made even more efficient by using laser beam to read and write data. VOCABULARY
  23. 23. Media = pl. of medium (Latin word) = meios Large amounts = great quantities = grandes quantidades Cheaper = more inexpensive = mais barato It takes longer = leva mais tempo Accessed = reached = alcançados, acessados Paths or tracks = trilhas It looks like = parece com, é semelhante a Shaft = eixo Drive unit = dispositivo impulsor Packs = packages = vários discos presos por um eixo Laser beam = raio laser MAINFRAMES, MINICOMPUTERS AND MICROCOMPUTERS A mainframe computer is a large computer system comprised of a large central processing unit, separate memory banks, multiple data-storage devices and peripherals. It is found in computer installations which process immense amounts of data. This powerful machine has a larger repertoire of more complex instructions which can be executed more quickly. A minicomputer is much smaller than the mainframe computer. It was developed to perform limited functions in scientific environments with less computing capacity. It became possible to reduce the size of the computer with the replacement of vacuum tubes by transistors and the development of multicircuit “chips”. A microcomputer is the smallest of the three sizes of computers. The central processor of a micro, called the microprocessor, is built as a single semiconductor device, that is, all the elements necessary to perform all the logical and arithmetic functions are manufactured as a single chip. The microprocessor literally contains a computer on a chip that can pass through the eye of a needle. VOCABULARY Comprised of = including = incluindo, compreendendo, composto de Multiple = tendo muitas partes; múltiplo Repertoire = repertório, conjunto Enveironments = surroundings = ambientes THE CONCEPT OF A DATABASE In general we might say that all the files that make up the data processing system of a company form their database. However, the term database is now used in a much broader and more comprehensive sense. To appreciate this let us contrast a conventional data processing system and a database system. A conventional data processing system consists of one or more separate files for each application; in a database system a single large collection of data serves all applications. If we were to survey the software market today, we would find a large number of database systems available.
  24. 24. VOCABULARY Database = databank = banco de dados Files = arquivos Make up = formam Broader = larger, wider = mais amplo Sense = sentido, significado To survey = to examine = examiner, pesquisar Software market = Mercado de software, isto é, de programas WHAT HAPPENS INSIDE A COMPUTER? When we sit down at a computer, we type on a keyboard which is one of the means of inputting data. And when we type on this keyboard, each letter or number is converted into a series of 0s and 1s. This binary language is what the computer understands. After being converted into 0s and 1s, the data are then changed into electrical impulses which travel over a cable to the computer, where they are stored in memory. Each computer word, called a byte, is assigned a place in a memory cell to await processing. The data, now in the memory cells, are acted upon and processed according to the program being used. The output, or final result, is then achieved and converted back into numbers and letters, which is displayed on TV screen or printed on paper by a printer. VOCABULARY Keyboard = teclado Binary language = linguagem que o computador entende, composta de zeros e uns; linguagem binária. Travel = passam de um ponto para outro Byte = oito dígitos binários; oito “bis” Assigned = given = indicado, especificado Achieved = accomplished = alcançado Printer = máquina que imprime; impressora ARTIFICIAL INTELLIGENCE Artificial intelligence is the branch of computer science that deals with using computers to simulate human thinking. It s concerned with building computer programs that can solve problems creatively, rather than simply working through the steps of a solution designed by the programmer. One of the main problems of artificial intelligence (AI) is how to represent knowledge in the computer in a form such that it can be used rather than merely reproduced. A computer that tells you the call number of a library book is not displaying artificial intelligence; it is merely echoing back what was put into it. Artificial intelligence would come into play if the computer used its knowledge base to make generalizations about the library‟s holdings or construct bibliographies on selected subjects. VOCABULARY Deals with = trata de…
  25. 25. Rather than = em vez de Echoing back = devolvendo Would come into play = entraria em ação Library‟s holdings = arquivos da biblioteca DIFFERENT KINDS OF MEMORY Read only memory (ROM) – In most computers it is useful to have some of the instructions or whole programs permanently stored inside the computer. There are particular kinds of chips which enable us to do this so that the memory is not lost even when the machine is switched off. These are called ROM chips. ROM stands for “read-only memory”. The word “non-volatile” is often used to describe this kind of memory – meaning that it is not destroyed when the power is switched off. Random-access memory (RAM) – The other kind of memory found inside computers is called RAM. Another name for it is “read/write memory”. RAM chips are the kind which lose their contents when the power is lost – so this kind of memory is sometimes also described as “volatile”. In the computer, RAM is the working memory. Back-up memory – The last kind of memory which concerns us is “back-up” memory. This is memory outside the main body of the computer in which programs can be kept for future use or in which data can be kept until the computer is ready to use it. It could be a cassette tape or a magnetic disk. VOCABULARY Chip = dispositivo que contém muitos transistores e outros componentes montados sobre uma peça de silício Enable us = capacita-nos Random Access memory = tipo de memória da qual a informação pode ser instantaneamente copiada, não importando onde ela esteja localizada; memória de acesso randômico ou aleatório Concern us = diz respeito a nós, concerne a nós PROGRAMMING LANGUAGES Just as there are many human languages, so there are many computer languages. In the early days, people programmed using the computer‟s binary code, or what we call “machine language”. When this became difficult, mnemonics were used to make life easier. This is called “assembly language” programming. Finnally, there are the “high-level” languages like BASIC, FORTRAN and ALGOL. These are much more similar to everyday language, and are translated directly or indirectly into the computer‟s machine code using the computer‟s firmware. BASIC is the language most often used to introduce programming. VOCABULARY In the early days = no princípio, no início Mnemonics = arte de desenvolver a memória mediante processos auxiliares como a associação; mnemônica To make easier = tornar mais fácil
  26. 26. High-level = alto nível BASIC = Beginners All-puspose Symbolic Instruction Code FORTRAN = FORmula TRANslation ALGOL = ALGOrithmic Language Firmware = “software” armazenado em ROM em vez de disco WHAT IS AN ALGORITHM? An algorithm is a sequence of instructions that tells how to solve a particular problem. Once the problem has been identified, the next step is to select the best method for solving it. If the problem is a familiar one, standardized algorithms may be available from program libraries. But if standard algorithms are not available or suitable, a new algorithm must be written and then added to the program library. An algorithm must be specified exactly, so there can be no doubt about what to do next, and it must have a finite number of steps. A computer program is an algorithm that is written in a language that a computer can understand, but the same algorithm could be wirtten in several different languages. VOCABULARY Once = uma vez Standardized = padronizados Added = acrescentado, incorporado There can be no doubt = não pode haver dúvida Steps = passos, etapas AS 500 PALAVRAS MAIS USADAS EM INGLÊS 1. the 2. of 3. to 4. and 5. a 6. in 7. is 8. it 9. you 10.that 11.he 12.was 13.for 14.on 15.are 16.with 17.as 18.I 19.his 20.they 21.be 22.at 23.one 24.have 25.this 26.from 27.or 28.had 29.by 30.hot 31.but 32.some 33.what 34.there 35.we 36.can 37.out 38.other 39.were 40.all 41.your 42.when 43.up 44.use 45.word 46.how 47.said 48.an 49.each 50.she 51.which 52.do 53.their 54.time 55.if 56.will 57.way
  27. 27. 58.about 59.many 60.then 61.them 62.would 63.write 64.like 65.so 66.these 67.her 68.long 69.make 70.thing 71.see 72.him 73.two 74.has 75.look 76.more 77.day 78.could 79.go 80.come 81.did 82.my 83.sound 84.no 85.most 86.number 87.who 88.over 89.know 90.water 91.than 92.call 93.first 94.people 95.may 96.down 97.side 98.been 99.now 100. find 101. take 102. get 103. place 104. made 105. live 106. where 107. after 108. 109. 110. 111. 112. 113. 114. 115. 116. 117. 118. 119. 120. 121. 122. 123. 124. 125. 126. 127. 128. 129. 130. 131. 132. 133. 134. 135. 136. 137. 138. 139. 140. 141. 142. 143. 144. 145. 146. 147. 148. 149. 150. 151. 152. 153. 154. 155. 156. 157. back little only work man year came show every good me give our new name very through just form much great think say help low line before turn cause same mean differ move right boy old too does tell sentence set three want air well also play small end put 158. 159. 160. 161. 162. 163. 164. 165. 166. 167. 168. 169. 170. 171. 172. 173. 174. 175. 176. 177. 178. 179. 180. 181. 182. 183. 184. 185. 186. 187. 188. 189. 190. 191. 192. 193. 194. 195. 196. 197. 198. 199. 200. 201. 202. 203. 204. 205. 206. 207. home read hand port large spell add even land here must big high such follow act why ask men change went light kind off need house picture try us again animal point mother world near build self earth father head stand own page should country found answer school grow study
  28. 28. 208. 209. 210. 211. 212. 213. 214. 215. 216. 217. 218. 219. 220. 221. 222. 223. 224. 225. 226. 227. 228. 229. 230. 231. 232. 233. 234. 235. 236. 237. 238. 239. 240. 241. 242. 243. 244. 245. 246. 247. 248. 249. 250. 251. 252. 253. 254. 255. 256. 257. still learn plant cover food sun four thought let keep eye never last door between city tree cross since hard start might story saw far sea draw left late run don't while press close night real life few stop open seem together next white children begin got walk example ease 258. 259. 260. 261. 262. 263. 264. 265. 266. 267. 268. 269. 270. 271. 272. 273. 274. 275. 276. 277. 278. 279. 280. 281. 282. 283. 284. 285. 286. 287. 288. 289. 290. 291. 292. 293. 294. 295. 296. 297. 298. 299. 300. 301. 302. 303. 304. 305. 306. 307. paper often always music those both mark book letter until mile river car feet care second group carry took rain eat room friend began idea fish mountain north once base hear horse cut sure watch color face wood main enough plain girl usual young ready above ever red list though 308. 309. 310. 311. 312. 313. 314. 315. 316. 317. 318. 319. 320. 321. 322. 323. 324. 325. 326. 327. 328. 329. 330. 331. 332. 333. 334. 335. 336. 337. 338. 339. 340. 341. 342. 343. 344. 345. 346. 347. 348. 349. 350. 351. 352. 353. 354. 355. 356. 357. feel talk bird soon body dog family direct pose leave song measure state product black short numeral class wind question happen complete ship area half rock order fire south problem piece told knew pass farm top whole king size heard best hour better TRUE during hundred am remember step early
  29. 29. 358. 359. 360. 361. 362. 363. 364. 365. 366. 367. 368. 369. 370. 371. 372. 373. 374. 375. 376. 377. 378. 379. 380. 381. 382. 383. 384. 385. 386. 387. 388. 389. 390. 391. 392. 393. 394. 395. 396. 397. 398. 399. 400. 401. 402. 403. 404. 405. hold west ground interest reach fast five sing listen six table travel less morning ten simple several vowel toward war lay against pattern slow center love person money serve appear road map science rule govern pull cold notice voice fall power town fine certain fly unit lead cry 406. 407. 408. 409. 410. 411. 412. 413. 414. 415. 416. 417. 418. 419. 420. 421. 422. 423. 424. 425. 426. 427. 428. 429. 430. 431. 432. 433. 434. 435. 436. 437. 438. 439. 440. 441. 442. 443. 444. 445. 446. 447. 448. 449. 450. 451. 452. 453. dark machine note wait plan figure star box noun field rest correct able pound done beauty drive stood contain front teach week final gave green oh quick develop sleep warm free minute strong special mind behind clear tail produce fact street inch lot nothing course stay wheel full 454. 455. 456. 457. 458. 459. 460. 461. 462. 463. 464. 465. 466. 467. 468. 469. 470. 471. 472. 473. 474. 475. 476. 477. 478. 479. 480. 481. 482. 483. 484. 485. 486. 487. 488. 489. 490. 491. 492. 493. 494. 495. 496. 497. 498. 499. 500. force blue object decide surface deep moon island foot yet busy test record boat common gold possible plane age dry wonder laugh thousand ago ran check game shape yes hot miss brought heat snow bed bring sit perhaps fill east weight language among part any under round
  30. 30. LISTA DE VERBOS IRREGULARES Present tense Simple past Past Participle Awoke; awaked Tradução awake awoke -be was Been ser; estar; existir -beat beat beaten bater; espancar; superar; vibrar; palpitar -become became become tornar-se; transformar-se; ser digno de; assentar -begin began begun Começar bid bade bidden oferecer; convidar; ordenar; desejar; leiloar -bite bit Bit ;bitten morder; engolir a isca -blow blew blown soprar, encher; ventar; assobiar; estourar; fazer soar -break broke broken quebrar; romper; violar; interromper; cancelar; falir -bring brought brought trazer; servir; causar; executar; induzir -build built built construir, edificar; fabricar -burn burnt burnt queimar; incendiar; carbonizar burst burst burst arrebentar; explodir; brotar; exclamar -buy bought bougth Comprar -catch caught caught pegar; capturar; adquirir (uma doença); surpreender; complicar-se -choose chose chosen escolher, selecionar, preferir -come came come vir; chegar; consentir; suceder; -cost cost cost custar; importar em -cut cut cut cortar; partir; reduzir; recortar; castrar -do did done fazer; funcionar; cuidar de ; parar; mostrar; jogar; enganar -draw drew drawn desenhar ;puxar; tirar; extrair;descrever; traçar; adiantar-se; atrair -dream dreamt dreamt Sonhar -drink drank -drive drove driven dirigir; viajar; levar; conduzir; guiar; compelir; excitar -eat ate eaten comer; destruir; devorar; mastigar -fall fell fallen cair; descer; abaixar-se; diminuir; ceder; abandonar feed fed fed alimentar; nutrir; abastecer; satisfazer; manter -feel felt felt sentir; perceber; experimentar; apalpar -fight fought fought lutar, disputar; batalhar, combater, guerrear -find found found achar; encontrar; descobrir; julgar; fornecer, abastecer; perceber, -fly flew flown voar; viajar (aérea); fazer voar; fugir; pilotar; flutuar; saltar; lançar-se -forbid forbade forbidden proibir; impedir; evitar; vetar -forget forgot forgotten Esquecer -forgive forgave forgiven perdoar; desculpar, absolver; abrir mão -freeze froze frozen congelar; refrigerar; gelar -get got got receber; conseguir; obter; adquirir; pegar (doença); entender; chegar; -give gave given dar; entregar, conceder; render-se; premiar; pagar; enfraquecer-se -go went gone ir; viajar; chegar; partir; caminhar; marchar; mover-se -grow grew grown crescer; vegetar; cultivar; brotar; desenvolver-se; progredir; tornar-se -hang hung hung enforcar; ser enforcado; (informática) travar, parar de funcionar -have had had ter; possuir; receber; pegar; necessitar; causar -hear heard heard escutar, ouvir -hide hid Hidden; hid Esconder; ocultar -hit hit Hit bater, ferir; atingir, alcançar -hold held Held segurar; alimentar; guardar; pensar; acreditar; organizar; preparar -hurt hurt Hurt ferir; machucar; doer; magoar; estragar; danificar -keep kept Kept guardar; cumprir; sustentar; deixar; continuar; dirigir; criar; possuir -know knew Known saber; conhecer; entender; perceber; ter conhecimento -lay laid Laid deitar; descansar; estar deitado; encostar-se; repousar; estar situado -lead led Led conduzir, guiar, comandar, pilotar, levar, dirigir; governar; dominar-se -learn learnt Learnt aprender; estudar; descobrir; informar-se; decorar Drunk;drunken acordar; despertar-se Beber
  31. 31. -leave left Left deixar; partir; sair; separar-se; abandonar;cessar;desistir de;renunciar a -lend lent Lent emprestar, conceder, dar, proporcionar, outorgar; doar; combinar com; -let let Let deixar; permitir; dar; alugar; fretar; conceder; descobrir -lie lay Lain mentir; enganar -light lit Lit clarear; acender; descer (do carro, etc); cair (escolha); pousar; acontecer -lose lost Lost perder; desperdiçar; arruinar; gastar; escapar de-; não entender -make made Made fazer; criar; causar; tornar -mean meant Meant significar; pensar; ter em vista; tencionar; pretender; querer dizer -meet met Met encontrar; encontrar-se; reunir-se; receber; conhecer; abastecer -pay paid Paid pagar; saldar; satisfazer -put put Put colocar; pôr; enfiar; sinalizar; situar; propor; oferecer -read read Read ler; aprender; aconselhar; avisar; estudar; interpretar -ride rode Ridden cavalgar; montar; passear; andar de -ring rang Rung tocar (sino, campainha); telefonar; envolver rise rose Risen levantar; subir; elevar-se; erguer-se -run ran Run correr;executar(programa de informática);ativar;fazer;calcular;continuar; -say said Said dizer; contar; recitar; pensar; alegar; afirmar -see saw Seen ver; entender; preocupar-se; verificar; encontrar-se; observar -seek sought Sought procurar, pedir; liberar; exigir; perseguir atrás; tentar -sell sold Sold vender; comerciar; negociar; liquidar; trapacear (gíria); trair (gíria) -send sent Sent enviar; mandar; remeter; despachar; produzir; emitir;espalhar; -set set Set pôr, colocar; ajustar; preparar; usar; arrumar; causar; marcar; servir; -shake shook Shaken sacudir; agitar; tremer; chocar; apertar (mãos) -shine shone Shone brilhar, luzir, cintilar, resplandecer; lustrar (sapato); distinguir -show showed Shown mostrar; exibir ;descobrir; provar; apresentar; mostrar-se; aparecer; -shut shut Shut fechar; cerrar; tampar; trancar; tapar; fechar-se; trancar-se -sing sang Sung cantar; murmurar; rugir; zumbir; uivar; avisar; sink sank Sunk afundar; mergulhar; afogar; regar; descer, cair, descer; falecer; -sit sat Sat sentar -sleep slept slept dormir; descansar; deitar (com alguém) -smell smelt smelt cheirar; feder; perfurmar; sentir cheiro; farejar; perceber; suspeitar -speak spoke spoken falar; dizer; contar; expressar; discursar; lembrar a-; afirmar speed sped sped apressar-se; mover c/ velocidade; dirigir muito rápido; ser bem sucedido; -spell spelt spelt soletrar; escrever de forma certa; ser algo que significa -spend spent spent gastar, tirar; perceber; divertir-se, passar (tempo) -stand stood stood pôr de pé; levantar-se; suster; sustentar; colocar; aguentar; honrar; -steal stole stolen roubar; furtar; infiltrar-se -strike struck swear swore Sworn jurar; prestar juramento; xingar -swim swam Swum nadar; flutuar; boiar swing swung Swung Balançar -take took Taken pegar; tomar; segurar; agarrar; capturar; aceitar; fotografar; tirar; -teach taught Taught ensinar; educar tear tore Torn chorar, lacrimejar; rasgar, rachar -tell told Told Contar (dizer); saber; perceber; descobrir; ordenar -think thought Thought pensar; acreditar -understand understood understood Entender, compreender, -wake woke Waked acordar; despertar; acordar-se -wear wore Worn Usar;vestir;experimentar (roupas,etc);colocar (óculos); exibir; mostrar; -win won Won vencer;ganhar; conseguir; obter;alugar; convencer; ganhar o coração de- -write wrote Written escrever; anotar; compor; inscrever Struck; stricken golpear; ferir; bater; surpreender; descobrir

×