SlideShare uma empresa Scribd logo
REDES DE APRENDIZAGENS 
NTN – VÁRZEA GRANDE – MT 
TUTORA: Elena Roque 
CURSISTA: Cilene Cassia da Silva; 
Deize Benevides; 
Elísia Almeida Amorim de Paiva; 
Maria Auxiliadora Coelho Silva; 
Maria Edvirges Dias de Paula; 
Maria Auxiliadora da Silva Coelho; 
Vanildes Barbosa da Silva
ESTADO DO MATO GROSSO 
PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE 
ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA “MANOEL 
JOÃO DE ARRUDA”. 
PROJETO 
“RESGATANDO A CULTURA POPULAR 
MATOGROSSENSE”.
PROFESSORAS ENVOLVIDAS: 
 Cilene Cassia da Silva; 
 Deize Benevides; 
 Elísia Almeida Amorim de Paiva; 
 Maria Auxiliadora Coelho Silva; 
 Maria Edvirges Dias de Paula; 
 Maria Auxiliadora da Silva Coelho; 
 Vanildes Barbosa da Silva 
COORDENADORAS: 
 Maria Auxiliadora Coelho Silva; 
 Maria Nilza de Oliveira Santos. 
DIRETORA: 
 Profª Marizeti Andrelina de Almeida Borges
APRESENTAÇÃO 
Este Projeto Pedagógico cujo Tema “Resgatando a Cultura Popular Mato-grossense” 
será desenvolvido no 2º semestre nas turmas de: 
Educação Infantil, 1º ao 5º Anos da Escola Municipal de Educação Básica 
Manoel João de Arruda. 
Dentro da proposta, o projeto que se segue, buscou resgatar e explorar 
de a cultura popular mato-grossense, no que se refere ao ensino e à 
aprendizagem de costumes e crenças dentro da diversidade cultural. 
O folclore é o conhecimento das tradições de um povo e de tudo que 
caracteriza uma região, suas implicações no tempo e no espaço, refletimos 
através da nossa prática, o quanto é complexo, mas, sobretudo 
fundamental, estar resgatando as várias formas de diversidade cultural.
Percebe-se que a tendência das pessoas é a de supervalorizar tudo que 
vem de fora, que não é nosso. Acreditamos que é nas tradições de um 
povo que está à força de sua nacionalidade. 
No entanto, a sociedade em geral passou a valorizar as culturas 
dentro daquilo que conhece das formas de viver, de pensar, de agir e de 
suas relações ligadas ao contexto histórico e cultural. 
OBJETIVO GERAL 
Mobilizar diversos saberes para conhecer a cultura popular 
mato-grossense, sua formação histórica, política, social, 
econômica e a cidadania do seu povo.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS 
 Contribuir para a construção da qualidade da aprendizagem dos 
alunos, mediando os saberes em todas as áreas do conhecimento; 
 Levar o aluno a tomar contato com algumas manifestações de cultura 
popular mato-grossense; 
 Estimular e desenvolver a imaginação e criação; 
 Desenvolver o hábito de pesquisa; 
 Incentivar o gosto pela leitura, arte, música e dança; 
 Valorizar a cultura popular. 
 Valorizar danças, músicas, brincadeiras, lendas, culinárias e cultura 
folclórica das regiões brasileira.
JUSTIFICATIVA 
Conduzir o aluno a vivenciar as tradições mato-grossense, tendo em vista 
a necessidade de se resgatar a cultura popular de forma concreta e 
significativa, incentivando-o assim, a descobrir e identificar que o folclore 
está presente no seu cotidiano. 
CONTEÚDOS 
LINGUAGEM E CÓDIGOS: 
 Leitura deleite; 
 Leitura e interpretação de textos de diversos gêneros; 
 Gêneros textuais: lendas da nossa região, provérbios, trava-língua, 
adivinhas. 
 Produção de textos de gêneros trabalhados;
 Ortografia; 
 Gramática; 
 Atividades de língua espanhola; 
 La família; 
 Las profesiónes; 
 La casa(dependências e mobílias; 
 Dobraduras; 
 Confecção de cartazes, 
 Dramatizações; 
 Pintura; 
 Colagem; 
 Gravura; 
 Jogos: tabuadas, damas, dominó, banco imobiliário e outros;
 Jogos pré-desportivos queimada, pique-bandeira, guerra das bolas, gol a 
gol, chute em gol, bobinho, dois toques; 
 Atividades recreativas. 
CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS: 
 Elementos biofísicos e naturais que compõem as paisagens: (clima, 
relevo, vegetação, recursos hídricos...) 
 Trabalho e produção no Espaço rural e urbano; 
 Conflitos sociais nos espaços urbanos e rurais 
 Estado de MT em diferentes momentos históricos; 
 Origens de cidades do Estado de MT; 
 Cultura mato-grossense; 
 Programas de combate ao trabalho infantil . 
 Manifestações religiosas e culturais.
 Valores familiares. 
 Divisão política e administrativa do Brasil: municípios, estados e Regiões. 
 Diversidades de caracteres entre as nações indígenas 
 Decreto 488620112003 (Política Nacional de Promoção de Igualdade 
Racial  PNPIR). 
 Lei 10.6392003 – ( valorização da etnia afro e indígena). 
 Dia Nacional Consciência Negra 
 Políticas de Cotas nas Universidades. 
 Relações de trabalho na exploração da mão de obra escrava africana. 
 Formas de resistência dos africanos escravizados. 
 Quilombos/ quilombolas na realidade local. 
 Os africanos na formação social e cultural do Brasil. 
 Contexto mundial de deslocamento de imigrantes europeus e asiáticos ao 
Brasil no séc. XIX e XX.
CIÊNCIAS DA NATUREZA E MATEMÁTICA: 
Números e operações: Resolução de problemas com ideias das quatro 
operações com números naturais, representação e equivalência de 
frações, resolução de situações problemas envolvendo frações, operações 
de frações com denominadores iguais; expressões numéricas. 
Espaço e forma: Ponto, reta e segmento de reta, figuras geométricas 
planas (polígonos, triângulos, quadriláteros), medidas dos lados, perímetro 
e áreas de quadriláteros; Ampliações de polígonos. Classificação de 
polígonos. 
Lateralidade
Grandezas e medidas: 
Medidas: massa, comprimento, capacidade, tempo e temperatura. 
Situação-problema: cálculo de perímetro e área de figura geométrica. 
Tratamento da informação: tabelas e gráficos 
, Elaborar e resolver situação-problema a partir de gráficos e tabelas 
Construção de gráficos a partir de dados e de uma informação coletada. 
Água: 
 Ciclo, Estado Físico e suas mudanças; influência no planeta. 
 Captação, tratamento, armazenamento e distribuição de água. 
 Água e produção de energia. 
 Saneamento; 
 Doenças transmitidas pela água;
 Destino das águas servidas/reutilizadas. 
 Doenças tropicais. 
 Alimentação adequada. 
 Corpo saudável ( vacinas) 
 Higiene pessoal e ambiental. 
 Tipos de doenças; (vermes e microrganismo). 
METODOLOGIA 
Será dinâmica e diversificada: 
 Aula expositiva e dialogada; 
 Músicas e danças; 
 Pesquisa; 
 Entrevista; 
 Roda de conversas;
 Uso de vídeos educativos; 
 Trabalhos em grupo; 
 Exposição de objetos e fotos do patrimônio material e cultural local/ 
regional. 
RECURSOS 
HUMANOS: Professoras, alunos(as), técnico de desenvolvimento 
educacional especializado, coordenadoras e diretora. 
MATERIAL: Papel flip sharp, lápis de cor, pincel atômico, sulfite, tesoura, 
etc. 
TECNOLÓGICO: TV/VÍDEO/CD, câmera fotográfica, Datashow, internet, 
impressora, Computador, microfone, caixa de som, celular e outros.
AVALIAÇÃO 
A avaliação será processual, contínua e somativa, com caráter diagnóstico 
e formativo, utilizaremos diversos instrumentos como observação, 
participação, atividades desenvolvidas no caderno, participação nas 
apresentações artísticas e o interesse dos alunos durante todo o processo 
ensino-aprendizagem. 
BIBLIOGRAFIA 
Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Etnico- 
Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. 
MEC, Brasília - 2005. BENJAMIN, Roberto Emerson Câmara. Plano Anual 
da EMEB. Manoel João de Arruda.
CONSIDERAÇÕES FINAIS: 
O curso Redes de Aprendizagens ofereceu subsídios a nós 
professores quanto a importância do uso das tecnologias em 
sala de aula. Tivemos a oportunidades de desenvolver com 
nossos alunos atividades sugeridas no decorrer do curso; 
bem como utilizar as orientações do curso para melhor 
executar o projeto didático da nossa escola. No decorrer das 
aulas, utilizamos diversos recursos tecnológicos como uso do 
laboratório de informática para pesquisa tanto pelos 
professores quanto pelos alunos sobre assuntos relacionados 
ao tema e subtemas do Projeto da escola.
Os alunos dos 5º anos, além das pesquisas sobre 
vários temas abordados, aprenderam a criar slides para 
apresentação em data show sobre o assunto em estudo. 
Os professores dos anos iniciais, utilizaram–se do data 
show em sala de aula para realizar leitura deleite com a 
história da “Maria vai com as outras” “Menina bonita do laço 
de fita”, vídeo Ursinho Pooh, já sei contar 1,2,3, dentre outras. 
Os alunos dos 2º anos também pesquisaram na 
internet a Biografia de Chico Buarque - autor da música 
Ciranda da Bailarina; depois com auxilio do microfone leram e 
cantaram a música.
Os alunos da Educação Infantil de 4 anos assistiram 
em data show o vídeo “Ciranda da Bailarina” ficando 
encantados com o tamanho da imagem e se concentraram 
por muito tempo. As educadoras relataram que utilizaram da 
referida música para refletir sobre as “endemias” nela 
abordadas. Todas as atividades realizadas foram registradas 
com fotos e algumas em vídeos. 
Enfim, o Curso Redes de Aprendizagem veio encorajar 
e incentivar os educadores principalmente aqueles que não 
tinham o hábito de utilizar–se dos recursos
tecnológicos dos mais arrojados aos mais simples em suas 
aulas. No laboratório de Informática, os jogos do programa 
GCOMPRIS – também foi utilizados com os alunos de 4 
anos com sucesso pois estes já se mostram muito hábeis. 
O recurso do celular watsapp já de uso frequente dos 
nossos alunos, era ignorado por alguns dos professores que 
a partir do incentivo do curso RA, passaram a se interessar 
por ele ao descobrirem a sua praticidade na comunicação e 
entender como operá–lo. Nossa tutora ELENA ROQUE 
utilizou-se do referido recurso para estreitar a relação com os 
cursistas através de mensagens diárias de auto estima
e ainda para comunicar-se conosco sobre o andamento do 
curso. Enfim atualmente até a professora Edvirges do 5º ano 
já propôs atividades que denominou “Debate Silencioso” 
entre os alunos através do uso watsapp. 
FOTOS DAS ATIVIDADES REALIZADAS: 
Os alunos do 5º ano fazendo pesquisas da biografia de Chico 
Buarque
Os alunos do 5º ano fazendo pesquisas sobre 
a cultura popular MT 
Os alunos lendo poemas feito por eles 
sobre a cultura popular MT 
Profª Cilene trabalhando com data 
show 
Os alunos lendo poemas feito por eles 
sobre a cultura popular MT
Os alunos do 5º ano B no debate silencioso.
O USO DO WATSAPP PARA DEBATE
A profª Elisia tomando 
leitura dos alunos 
os alunos assistindo filme 
pesquisando a Biografia de Chico Buarque 
os alunos jogando
OS ALUNOS DA PROFª ELISIA DANÇANDO 
CIRANDA DA BAILARINA 
PROFª ELISIA FAZENDO LEITURA DELEITE COM 
O USO DA DATA SHOW 
PROFª VANILDES FAZENDO LEITURA DELEITE 
COM O USO DA DATA SHOW
PROFª VANILDES APRESENTANDO TEATRO COM SEUS ALUNOS 
“ MENINA BONITA DE LAÇO DE FITA” 
PROFª VANILDES TOMANDO LEITURA 
COM O USO DO MICROFONE. 
PROFª VANILDES TOMANDO L COM SEUS 
ALUNOS FAZENDO SALADA DE FRUTAS.
PROFª Mª AUXILIADORA e DEIZE COM SEUS ALUNOS 
DA ED. INFANTIL (4 ANOS) APRESENTANDO CIRANDA 
DA BAILARINA”
PROFª Mª AUXILIADORA e DEIZE COM SEUS ALUNOS DA ED. INFANTIL (4 ANOS) NO 
LABORATÓRIO JOGANDO / DESENHANDO COM GCOMPRIS .
Projeto ra alunas
Projeto ra alunas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto semana farroupilha
Projeto semana farroupilhaProjeto semana farroupilha
Projeto semana farroupilha
anairdasaur
 
Projeto Minha Cidade
Projeto Minha CidadeProjeto Minha Cidade
Projeto Minha Cidade
Paula Pereira
 
Minha cidade soleidi
Minha cidade   soleidiMinha cidade   soleidi
Minha cidade soleidi
Queila Stein
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Fernando
 
Projeto folclore ativ7 2-alcides
Projeto folclore   ativ7 2-alcidesProjeto folclore   ativ7 2-alcides
Projeto folclore ativ7 2-alcides
alcidesstejuti
 
Projeto Preservação do bem Material e Imaterial
Projeto Preservação do bem Material e ImaterialProjeto Preservação do bem Material e Imaterial
Projeto Preservação do bem Material e Imaterial
wansineydtavares
 
Projeto eja cultural sre carangola
Projeto eja cultural   sre carangolaProjeto eja cultural   sre carangola
Projeto eja cultural sre carangola
Fabiola Oliveira
 
Diversidade
DiversidadeDiversidade
Diversidade
elzi1
 
PPT - Conselho Geral.pptx
PPT - Conselho Geral.pptxPPT - Conselho Geral.pptx
PPT - Conselho Geral.pptx
Marilia Ceia
 
Projeto Mem Ria Do Bairro
Projeto  Mem Ria Do  BairroProjeto  Mem Ria Do  Bairro
Projeto Mem Ria Do Bairro
mofeubr
 

Mais procurados (20)

Projeto folclore
Projeto folcloreProjeto folclore
Projeto folclore
 
Projeto semana farroupilha
Projeto semana farroupilhaProjeto semana farroupilha
Projeto semana farroupilha
 
Projeto Minha Cidade
Projeto Minha CidadeProjeto Minha Cidade
Projeto Minha Cidade
 
PROJETO CULTURA POPULAR: "AS LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO E LENDAS CAXIENSES".
PROJETO CULTURA POPULAR: "AS LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO E LENDAS CAXIENSES".PROJETO CULTURA POPULAR: "AS LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO E LENDAS CAXIENSES".
PROJETO CULTURA POPULAR: "AS LENDAS DO FOLCLORE BRASILEIRO E LENDAS CAXIENSES".
 
Projeto Cultural e Solidário, Ressaltando as Tradições do Povo Farroup...
Projeto  Cultural  e  Solidário, Ressaltando  as  Tradições  do  Povo Farroup...Projeto  Cultural  e  Solidário, Ressaltando  as  Tradições  do  Povo Farroup...
Projeto Cultural e Solidário, Ressaltando as Tradições do Povo Farroup...
 
Minha cidade soleidi
Minha cidade   soleidiMinha cidade   soleidi
Minha cidade soleidi
 
Projeto de artes
Projeto de artesProjeto de artes
Projeto de artes
 
Projeto independência
Projeto independênciaProjeto independência
Projeto independência
 
Projeto de leitura de imagens
Projeto de leitura de imagensProjeto de leitura de imagens
Projeto de leitura de imagens
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
 
Projeto folclore ativ7 2-alcides
Projeto folclore   ativ7 2-alcidesProjeto folclore   ativ7 2-alcides
Projeto folclore ativ7 2-alcides
 
Projeto Recreio Nota 10!
Projeto Recreio Nota 10!Projeto Recreio Nota 10!
Projeto Recreio Nota 10!
 
Projeto Patrimônio
Projeto PatrimônioProjeto Patrimônio
Projeto Patrimônio
 
Projeto Preservação do bem Material e Imaterial
Projeto Preservação do bem Material e ImaterialProjeto Preservação do bem Material e Imaterial
Projeto Preservação do bem Material e Imaterial
 
Projeto eja cultural sre carangola
Projeto eja cultural   sre carangolaProjeto eja cultural   sre carangola
Projeto eja cultural sre carangola
 
Diversidade
DiversidadeDiversidade
Diversidade
 
Projetos Escolares (Adilson Motta)
Projetos Escolares (Adilson Motta)Projetos Escolares (Adilson Motta)
Projetos Escolares (Adilson Motta)
 
Sexta cultural intervalo
Sexta cultural   intervaloSexta cultural   intervalo
Sexta cultural intervalo
 
PPT - Conselho Geral.pptx
PPT - Conselho Geral.pptxPPT - Conselho Geral.pptx
PPT - Conselho Geral.pptx
 
Projeto Mem Ria Do Bairro
Projeto  Mem Ria Do  BairroProjeto  Mem Ria Do  Bairro
Projeto Mem Ria Do Bairro
 

Semelhante a Projeto ra alunas

Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimentoEixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
EducacaoIntegralPTC
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
semecti
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Edgar De Lima Barbosa
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Edgar De Lima Barbosa
 
Projeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiaridoProjeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiarido
lidiane Silva
 

Semelhante a Projeto ra alunas (20)

Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalPlanejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
 
Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimentoEixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
Eixos formativos e possibilidades de desenvolvimento
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
 
Portfólio vespertino 2013- Poeta das Moreninhas
Portfólio vespertino 2013- Poeta das MoreninhasPortfólio vespertino 2013- Poeta das Moreninhas
Portfólio vespertino 2013- Poeta das Moreninhas
 
unid36anoarteef114545454545454545062021.pdf
unid36anoarteef114545454545454545062021.pdfunid36anoarteef114545454545454545062021.pdf
unid36anoarteef114545454545454545062021.pdf
 
Sobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
Sobre o Projeto SoS Córrego da LagoaSobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
Sobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
 
Ambiental 3
Ambiental 3Ambiental 3
Ambiental 3
 
Sobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
Sobre o Projeto SoS Córrego da LagoaSobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
Sobre o Projeto SoS Córrego da Lagoa
 
Sobre o projeto SoS Córrego da LAgoa
Sobre o projeto SoS Córrego da LAgoaSobre o projeto SoS Córrego da LAgoa
Sobre o projeto SoS Córrego da LAgoa
 
Retrospectiva 2.009
Retrospectiva 2.009Retrospectiva 2.009
Retrospectiva 2.009
 
Portfólio - Escola da Família 2017
Portfólio - Escola da Família 2017Portfólio - Escola da Família 2017
Portfólio - Escola da Família 2017
 
Fabiane
FabianeFabiane
Fabiane
 
Projeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiaridoProjeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiarido
 
Projeto Convivencia Com O Semiarido
Projeto Convivencia Com O SemiaridoProjeto Convivencia Com O Semiarido
Projeto Convivencia Com O Semiarido
 
Projeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiaridoProjeto convivencia com o semiarido
Projeto convivencia com o semiarido
 
De gotinha em gotinha descobrindo como economizar água e preservar o meio amb...
De gotinha em gotinha descobrindo como economizar água e preservar o meio amb...De gotinha em gotinha descobrindo como economizar água e preservar o meio amb...
De gotinha em gotinha descobrindo como economizar água e preservar o meio amb...
 
PROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICOPROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICO
 
Minha identidade e cultura brincante! - Claudinéia da Silva Barbosa
Minha identidade e cultura brincante! - Claudinéia da Silva BarbosaMinha identidade e cultura brincante! - Claudinéia da Silva Barbosa
Minha identidade e cultura brincante! - Claudinéia da Silva Barbosa
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
EduardaMedeiros18
 

Último (20)

Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 

Projeto ra alunas

  • 1. REDES DE APRENDIZAGENS NTN – VÁRZEA GRANDE – MT TUTORA: Elena Roque CURSISTA: Cilene Cassia da Silva; Deize Benevides; Elísia Almeida Amorim de Paiva; Maria Auxiliadora Coelho Silva; Maria Edvirges Dias de Paula; Maria Auxiliadora da Silva Coelho; Vanildes Barbosa da Silva
  • 2. ESTADO DO MATO GROSSO PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA “MANOEL JOÃO DE ARRUDA”. PROJETO “RESGATANDO A CULTURA POPULAR MATOGROSSENSE”.
  • 3. PROFESSORAS ENVOLVIDAS:  Cilene Cassia da Silva;  Deize Benevides;  Elísia Almeida Amorim de Paiva;  Maria Auxiliadora Coelho Silva;  Maria Edvirges Dias de Paula;  Maria Auxiliadora da Silva Coelho;  Vanildes Barbosa da Silva COORDENADORAS:  Maria Auxiliadora Coelho Silva;  Maria Nilza de Oliveira Santos. DIRETORA:  Profª Marizeti Andrelina de Almeida Borges
  • 4. APRESENTAÇÃO Este Projeto Pedagógico cujo Tema “Resgatando a Cultura Popular Mato-grossense” será desenvolvido no 2º semestre nas turmas de: Educação Infantil, 1º ao 5º Anos da Escola Municipal de Educação Básica Manoel João de Arruda. Dentro da proposta, o projeto que se segue, buscou resgatar e explorar de a cultura popular mato-grossense, no que se refere ao ensino e à aprendizagem de costumes e crenças dentro da diversidade cultural. O folclore é o conhecimento das tradições de um povo e de tudo que caracteriza uma região, suas implicações no tempo e no espaço, refletimos através da nossa prática, o quanto é complexo, mas, sobretudo fundamental, estar resgatando as várias formas de diversidade cultural.
  • 5. Percebe-se que a tendência das pessoas é a de supervalorizar tudo que vem de fora, que não é nosso. Acreditamos que é nas tradições de um povo que está à força de sua nacionalidade. No entanto, a sociedade em geral passou a valorizar as culturas dentro daquilo que conhece das formas de viver, de pensar, de agir e de suas relações ligadas ao contexto histórico e cultural. OBJETIVO GERAL Mobilizar diversos saberes para conhecer a cultura popular mato-grossense, sua formação histórica, política, social, econômica e a cidadania do seu povo.
  • 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Contribuir para a construção da qualidade da aprendizagem dos alunos, mediando os saberes em todas as áreas do conhecimento;  Levar o aluno a tomar contato com algumas manifestações de cultura popular mato-grossense;  Estimular e desenvolver a imaginação e criação;  Desenvolver o hábito de pesquisa;  Incentivar o gosto pela leitura, arte, música e dança;  Valorizar a cultura popular.  Valorizar danças, músicas, brincadeiras, lendas, culinárias e cultura folclórica das regiões brasileira.
  • 7. JUSTIFICATIVA Conduzir o aluno a vivenciar as tradições mato-grossense, tendo em vista a necessidade de se resgatar a cultura popular de forma concreta e significativa, incentivando-o assim, a descobrir e identificar que o folclore está presente no seu cotidiano. CONTEÚDOS LINGUAGEM E CÓDIGOS:  Leitura deleite;  Leitura e interpretação de textos de diversos gêneros;  Gêneros textuais: lendas da nossa região, provérbios, trava-língua, adivinhas.  Produção de textos de gêneros trabalhados;
  • 8.  Ortografia;  Gramática;  Atividades de língua espanhola;  La família;  Las profesiónes;  La casa(dependências e mobílias;  Dobraduras;  Confecção de cartazes,  Dramatizações;  Pintura;  Colagem;  Gravura;  Jogos: tabuadas, damas, dominó, banco imobiliário e outros;
  • 9.  Jogos pré-desportivos queimada, pique-bandeira, guerra das bolas, gol a gol, chute em gol, bobinho, dois toques;  Atividades recreativas. CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS:  Elementos biofísicos e naturais que compõem as paisagens: (clima, relevo, vegetação, recursos hídricos...)  Trabalho e produção no Espaço rural e urbano;  Conflitos sociais nos espaços urbanos e rurais  Estado de MT em diferentes momentos históricos;  Origens de cidades do Estado de MT;  Cultura mato-grossense;  Programas de combate ao trabalho infantil .  Manifestações religiosas e culturais.
  • 10.  Valores familiares.  Divisão política e administrativa do Brasil: municípios, estados e Regiões.  Diversidades de caracteres entre as nações indígenas  Decreto 488620112003 (Política Nacional de Promoção de Igualdade Racial PNPIR).  Lei 10.6392003 – ( valorização da etnia afro e indígena).  Dia Nacional Consciência Negra  Políticas de Cotas nas Universidades.  Relações de trabalho na exploração da mão de obra escrava africana.  Formas de resistência dos africanos escravizados.  Quilombos/ quilombolas na realidade local.  Os africanos na formação social e cultural do Brasil.  Contexto mundial de deslocamento de imigrantes europeus e asiáticos ao Brasil no séc. XIX e XX.
  • 11. CIÊNCIAS DA NATUREZA E MATEMÁTICA: Números e operações: Resolução de problemas com ideias das quatro operações com números naturais, representação e equivalência de frações, resolução de situações problemas envolvendo frações, operações de frações com denominadores iguais; expressões numéricas. Espaço e forma: Ponto, reta e segmento de reta, figuras geométricas planas (polígonos, triângulos, quadriláteros), medidas dos lados, perímetro e áreas de quadriláteros; Ampliações de polígonos. Classificação de polígonos. Lateralidade
  • 12. Grandezas e medidas: Medidas: massa, comprimento, capacidade, tempo e temperatura. Situação-problema: cálculo de perímetro e área de figura geométrica. Tratamento da informação: tabelas e gráficos , Elaborar e resolver situação-problema a partir de gráficos e tabelas Construção de gráficos a partir de dados e de uma informação coletada. Água:  Ciclo, Estado Físico e suas mudanças; influência no planeta.  Captação, tratamento, armazenamento e distribuição de água.  Água e produção de energia.  Saneamento;  Doenças transmitidas pela água;
  • 13.  Destino das águas servidas/reutilizadas.  Doenças tropicais.  Alimentação adequada.  Corpo saudável ( vacinas)  Higiene pessoal e ambiental.  Tipos de doenças; (vermes e microrganismo). METODOLOGIA Será dinâmica e diversificada:  Aula expositiva e dialogada;  Músicas e danças;  Pesquisa;  Entrevista;  Roda de conversas;
  • 14.  Uso de vídeos educativos;  Trabalhos em grupo;  Exposição de objetos e fotos do patrimônio material e cultural local/ regional. RECURSOS HUMANOS: Professoras, alunos(as), técnico de desenvolvimento educacional especializado, coordenadoras e diretora. MATERIAL: Papel flip sharp, lápis de cor, pincel atômico, sulfite, tesoura, etc. TECNOLÓGICO: TV/VÍDEO/CD, câmera fotográfica, Datashow, internet, impressora, Computador, microfone, caixa de som, celular e outros.
  • 15. AVALIAÇÃO A avaliação será processual, contínua e somativa, com caráter diagnóstico e formativo, utilizaremos diversos instrumentos como observação, participação, atividades desenvolvidas no caderno, participação nas apresentações artísticas e o interesse dos alunos durante todo o processo ensino-aprendizagem. BIBLIOGRAFIA Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Etnico- Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. MEC, Brasília - 2005. BENJAMIN, Roberto Emerson Câmara. Plano Anual da EMEB. Manoel João de Arruda.
  • 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O curso Redes de Aprendizagens ofereceu subsídios a nós professores quanto a importância do uso das tecnologias em sala de aula. Tivemos a oportunidades de desenvolver com nossos alunos atividades sugeridas no decorrer do curso; bem como utilizar as orientações do curso para melhor executar o projeto didático da nossa escola. No decorrer das aulas, utilizamos diversos recursos tecnológicos como uso do laboratório de informática para pesquisa tanto pelos professores quanto pelos alunos sobre assuntos relacionados ao tema e subtemas do Projeto da escola.
  • 17. Os alunos dos 5º anos, além das pesquisas sobre vários temas abordados, aprenderam a criar slides para apresentação em data show sobre o assunto em estudo. Os professores dos anos iniciais, utilizaram–se do data show em sala de aula para realizar leitura deleite com a história da “Maria vai com as outras” “Menina bonita do laço de fita”, vídeo Ursinho Pooh, já sei contar 1,2,3, dentre outras. Os alunos dos 2º anos também pesquisaram na internet a Biografia de Chico Buarque - autor da música Ciranda da Bailarina; depois com auxilio do microfone leram e cantaram a música.
  • 18. Os alunos da Educação Infantil de 4 anos assistiram em data show o vídeo “Ciranda da Bailarina” ficando encantados com o tamanho da imagem e se concentraram por muito tempo. As educadoras relataram que utilizaram da referida música para refletir sobre as “endemias” nela abordadas. Todas as atividades realizadas foram registradas com fotos e algumas em vídeos. Enfim, o Curso Redes de Aprendizagem veio encorajar e incentivar os educadores principalmente aqueles que não tinham o hábito de utilizar–se dos recursos
  • 19. tecnológicos dos mais arrojados aos mais simples em suas aulas. No laboratório de Informática, os jogos do programa GCOMPRIS – também foi utilizados com os alunos de 4 anos com sucesso pois estes já se mostram muito hábeis. O recurso do celular watsapp já de uso frequente dos nossos alunos, era ignorado por alguns dos professores que a partir do incentivo do curso RA, passaram a se interessar por ele ao descobrirem a sua praticidade na comunicação e entender como operá–lo. Nossa tutora ELENA ROQUE utilizou-se do referido recurso para estreitar a relação com os cursistas através de mensagens diárias de auto estima
  • 20. e ainda para comunicar-se conosco sobre o andamento do curso. Enfim atualmente até a professora Edvirges do 5º ano já propôs atividades que denominou “Debate Silencioso” entre os alunos através do uso watsapp. FOTOS DAS ATIVIDADES REALIZADAS: Os alunos do 5º ano fazendo pesquisas da biografia de Chico Buarque
  • 21. Os alunos do 5º ano fazendo pesquisas sobre a cultura popular MT Os alunos lendo poemas feito por eles sobre a cultura popular MT Profª Cilene trabalhando com data show Os alunos lendo poemas feito por eles sobre a cultura popular MT
  • 22. Os alunos do 5º ano B no debate silencioso.
  • 23. O USO DO WATSAPP PARA DEBATE
  • 24. A profª Elisia tomando leitura dos alunos os alunos assistindo filme pesquisando a Biografia de Chico Buarque os alunos jogando
  • 25. OS ALUNOS DA PROFª ELISIA DANÇANDO CIRANDA DA BAILARINA PROFª ELISIA FAZENDO LEITURA DELEITE COM O USO DA DATA SHOW PROFª VANILDES FAZENDO LEITURA DELEITE COM O USO DA DATA SHOW
  • 26. PROFª VANILDES APRESENTANDO TEATRO COM SEUS ALUNOS “ MENINA BONITA DE LAÇO DE FITA” PROFª VANILDES TOMANDO LEITURA COM O USO DO MICROFONE. PROFª VANILDES TOMANDO L COM SEUS ALUNOS FAZENDO SALADA DE FRUTAS.
  • 27. PROFª Mª AUXILIADORA e DEIZE COM SEUS ALUNOS DA ED. INFANTIL (4 ANOS) APRESENTANDO CIRANDA DA BAILARINA”
  • 28. PROFª Mª AUXILIADORA e DEIZE COM SEUS ALUNOS DA ED. INFANTIL (4 ANOS) NO LABORATÓRIO JOGANDO / DESENHANDO COM GCOMPRIS .