Desenhando o futuro: pensar o (novo)       Programa de E-learningpara a (nova) Universidade de LisboaJoão Filipe Matos, In...
BASES PARA A NOVA   UNIVERSIDADE DE LISBOAinvestigação científica de alto nível e valorização das áreasde convergênciainve...
formação de grande qualidade e      empregabilidadecriação de um espaço aberto que favoreça a mobilidadedos estudantes e n...
bases para pensar o Programa  de E-learning na nova UL
espaços de prática                 desenhados                                                responsabilidade             ...
pensar a fusão como a articulação de dois          sistemas de atividade
pensar a fusão como trabalho num          sistema de atividadedocente       ideias/conceitos        novas                 ...
pensar a fusão como trabalho num           sistema de atividade    tecnologias, propostas de ação, elementos documentais, ...
pensar a fusão como trabalho num                        sistema de atividade                 tecnologias, propostas de açã...
pensar a fusão como trabalho num                        sistema de atividade                 tecnologias, propostas de açã...
pensar a fusão como trabalho num                        sistema de atividade                 tecnologias, propostas de açã...
multivocidadeincluir múltiplos pontos de vista,tradições e interessesenvolver múltiplas dimensões e admitirdiferentes traj...
Historicidadeentender os problemas e aspotencialidades num quadro históricoconsiderar a história dos objetos deação das pe...
participação e pertença     identidade UL
Colaboração e participação sustentadaIdentificação das possibilidades econstrangimentosA noção clara da audiênciaReconheci...
E-learning na nova UL             eixos de articulaçãoSistemas                        Serviços de apoioAcadémico          ...
3 elementos chaveautonomiasubsidiariedadecomplementaridade
Desenhando o futuro: pensar o (novo) Programa de E-learning para a (nova) Universidade de Lisboa
Desenhando o futuro: pensar o (novo) Programa de E-learning para a (nova) Universidade de Lisboa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desenhando o futuro: pensar o (novo) Programa de E-learning para a (nova) Universidade de Lisboa

304 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
304
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
56
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desenhando o futuro: pensar o (novo) Programa de E-learning para a (nova) Universidade de Lisboa

  1. 1. Desenhando o futuro: pensar o (novo) Programa de E-learningpara a (nova) Universidade de LisboaJoão Filipe Matos, Instituto de Educação-UL, e-Learning Lab-UL
  2. 2. BASES PARA A NOVA UNIVERSIDADE DE LISBOAinvestigação científica de alto nível e valorização das áreasde convergênciainvestigação e desenvolvimentoformação de grande qualidade e empregabilidaderesponsabilidade pública na cidade e na sociedadelíngua portuguesa e internacionalizaçãoFUSÃO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA E DA UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA (Abril 2012)
  3. 3. formação de grande qualidade e empregabilidadecriação de um espaço aberto que favoreça a mobilidadedos estudantes e novas práticas de formação universitáriamodelos que promovam a aprendizagem autónoma a individualiza-ção dos percursos a valorização do estudo a ligação do formal e do informal uma lógica modular o recurso às redes de comunicação e a novos espaçosde aprendizageminternacionalização, em particular em língua portuguesa
  4. 4. bases para pensar o Programa de E-learning na nova UL
  5. 5. espaços de prática desenhados responsabilidade emergentes visibilidadelocal global domínios comunidades acesso negociação recursos significados práticas rotinas propósitos
  6. 6. pensar a fusão como a articulação de dois sistemas de atividade
  7. 7. pensar a fusão como trabalho num sistema de atividadedocente ideias/conceitos novas ideias/novos conceitos
  8. 8. pensar a fusão como trabalho num sistema de atividade tecnologias, propostas de ação, elementos documentais, artefactos, ...docente ideias/conceitos novas ideias/novos conceitos elementos de mediação
  9. 9. pensar a fusão como trabalho num sistema de atividade tecnologias, propostas de ação, elementos documentais, artefactos, ... docente ideias/conceitos novas ideias/novos conceitos Formas de Grupos de trabalho, participação, comunidadecompromissos com académica,... a instituição,... elementos de mediação
  10. 10. pensar a fusão como trabalho num sistema de atividade tecnologias, propostas de ação, elementos documentais, artefactos, ... docente ideias/conceitos novas ideias/novos conceitos Formas de Grupos de trabalho, comunidade Distribuição implícita / explícitas participação, de responsabilidades,compromissos com académica,... cooperação,... a instituição,... elementos de mediação
  11. 11. pensar a fusão como trabalho num sistema de atividade tecnologias, propostas de ação, elementos documentais, artefactos, ... docente ideias/conceitos novas ideias/novos conceitos Formas de Grupos de trabalho, comunidade Distribuição implícita / explícitas participação, de responsabilidades,compromissos com académica,... cooperação,... a instituição,... elementos de mediação
  12. 12. multivocidadeincluir múltiplos pontos de vista,tradições e interessesenvolver múltiplas dimensões e admitirdiferentes trajetórias de participaçãocriar oportunidades para diferentesformas de participação
  13. 13. Historicidadeentender os problemas e aspotencialidades num quadro históricoconsiderar a história dos objetos deação das pessoas e dos artefactos
  14. 14. participação e pertença identidade UL
  15. 15. Colaboração e participação sustentadaIdentificação das possibilidades econstrangimentosA noção clara da audiênciaReconhecimento dos motivos presentes naatividade
  16. 16. E-learning na nova UL eixos de articulaçãoSistemas Serviços de apoioAcadémico . qualificação de equipas Oferta formativaLMS (Moodle, Fénix,…) técnicas . internacionalização . novos públicos Balcão Único . formação dos docentes . oferta interinstitucional . inovação / novos . recursos de apoio produtos
  17. 17. 3 elementos chaveautonomiasubsidiariedadecomplementaridade

×