SlideShare uma empresa Scribd logo
Maria Manuela Lopes Oliveira
Mestranda da Universidade do Minho
manuelaoli@gmail.com


Ana Amélia Amorim Carvalho
Professora Catedrática da Universidade de
Coimbra
anaameliac@fpce.uc.pt
Problema

    A integração do podcast e dos dispositivos móveis nas atividades
de aprendizagem responde aos anseios dos alunos de contactarem com
as novas tecnologias em sala de aula e, simultaneamente, possibilita a
aplicação de um paradigma de ensino centrado na produção pelo aluno
do conhecimento em contextos significativos?
O podcast proporciona orientação para a realização de uma visita
 de estudo?
 O podcast apoia de forma eficaz o estudo autónomo?
 Os dispositivos móveis possibilitam uma aprendizagem ubíqua e
 autêntica?



Objetivos
 Averiguar a orientação que o podcast pode proporcionar numa visita
  de estudo a um museu.
 Aferir o impacto do podcast no apoio ao estudo autónomo.
 Identificar as vantagens da utilização de dispositivos móveis na
  aprendizagem.
   38 alunos de 2 turmas do 6º ano de escolaridade, da Escola Básica
    dos 2º e 3º ciclos de Moure, Vila Verde, Braga.
   Idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos.
   A escolaridade dos pais (pai e mãe) situa-se a nível do ensino básico.
   76% dos alunos possui computador.
   57% tem acesso à Internet em casa.
   92% possui telemóvel.
   91% ouve música no telemóvel.
   71% costuma descarregar ficheiros para o telemóvel.
   80% fá-lo através de bluetooth
   47% possui leitor de MP3/MP4.
1ª fase
Tarefas:                                                                        Podcasts
Distribuição   de 2 podcasts produzidos pela docente                   Assunto        Duração

(tabela 1).                                                         O açúcar do            3'47''

                                                                    Brasil
Passagem     dos ficheiros para os telemóveis dos alunos.          O    ouro     do       2'48''

                                                                    Brasil
                                                                 Tabela 1 - Podcasts produzidos pela
                                                             docente
Reações:
Os   alunos procuraram de imediato ouvir os podcasts.
Amaioria ouviu mais do que uma vez cada um dos
podcasts.
Gostaram     de reconhecer a voz da professora.
Apreciaram     muito a música de fundo.
Divertiram-se   com o efeito de eco na locução do título
do 2º podcast.
Preparação da visita de estudo:
Proposta de realização de uma visita de estudo ao museu dos Biscainhos, em

Braga, relacionada com a subunidade curricular “A sociedade no tempo de D.
João V”.
Sensibilização dos encarregados de educação para a visita.

Formação de grupos de trabalho e atribuição a cada grupo de duas

dependências do museu para estudo (figura1).
Elaboração de textos sobre o acervo do museu.




                Figura 1 - Ordem da visita às instalações do museu
   Gravação dos podcasts, pelos alunos
    (figura 2).
   Edição, para eliminação dos tempos
    mortos e ruídos, nivelamento do som e
    inclusão da música de fundo.
                                                       Figura 2 - Gravação dos podcasts

                                                               Turmas             6ºA         6º B
                                                   Espaços do museu
                                                                                Duração do podcast
   Produção de 24 podcasts, agrupados              Átrio                        0’59’’      0’53’’
    numa única sequência por turma (tabela          Sala de entrada
                                                    Salão nobre
                                                                                 0’39’’
                                                                                 0’22’’
                                                                                             0’22’’
                                                                                             0’40’’
    2).                                             Sala do oratório             0’52’’      0’48’’
                                                    Sala do estrado              1’18’’      1’00’’
   Transferência do podcast para os                Sala de música e             1’13’’      1’15’’
                                                    jogos
    telemóveis e leitores de MP3, por               Gabinete                     0’50’’        0’45’’
    bluetooth.                                      Sala de jantar
                                                    Aposentos
                                                                                 1’58’’
                                                                                 0’51’’
                                                                                               1’41’’
                                                                                               0’31’’
                                                    Cavalariça                   0’39’’        0’28’’
                                                    Cozinha                      1’04’’        1’35’’
                                                    Jardim                       0’35’’        0’57’’
                                                              Versão final      11’33’’        11’32’’
                                       Tabela 2 - Podcasts produzidos para orientar a visita de estudo ao
                                                                 museu
•   Articulação com a
Constrangimentos:
Grande dispêndio de tempo        disciplina de Português,
                                  para elaboração dos
com a elaboração dos textos
                                  textos.
e a gravação.
                              •   Gravações fora do horário
                                  das aulas.




                                     Para além do Audacity, convém
                                     instalar o ficheiro LAME MP3
                                     encoder, que permite ao Audacity
                                     exportar arquivos em formato MP3.
Visita ao museu dos alunos acompanhados pelos seus familiares e recolha de imagens.




Constrangimentos:                                   • Os alunos ligaram o altifalante
Os encarregados de educação não                      do seu telemóvel.
tinham o podcast.                                   • O vigilante do museu emprestou
Alguns alunos esqueceram-se do                       o seu telemóvel que tinha o
telemóvel.                                            podcast.
   Elaboração de um enhanced podcast (associação de imagem ao
    áudio) sobre o museu.
   Recurso ao programa Movie Maker.




    Constrangimentos:
    Grande dispêndio de          • Articulação com Estudo
                                    Acompanhado para
    tempo.
    Perda de dados de uma          elaboração dos
                                    enhanced podcasts.
    aula para outra.
Elaborar o podcast                             Gráfico              f   %
                  incentivou a visitar o museu
                  Sim                                                               34    89%
Maior motivação   Não                                                                 4   11%

para a visita     "Ao fazer os textos o museu parecia giro e
                  era realmente giro"


68% dos alunos    R ealização da                      Gráfico              f    %
                  visita ao museu
visitou           Sim                                                      26   68%

o museu           Não                                                      12   32%




                   Acompanhantes do aluno        f          %
37 adultos e 16    na visita ao museu
                   Pai                           14         23
crianças           Mãe                           20         33

acompanharam-      Irmãos
                   Colegas de escola
                                                 13
                                                 8
                                                            21
                                                            13
nos                Outros                        6          10
O dispositivo
                         Equipamento          Gráfico      f    %
móvel mais               utilizado no museu
utilizado foi o          Telemóvel                         24   92%
                         MP3 ou MP4                        2    8%
telemóvel



            Vantagens do uso do telemóvel


      Acessível         Fácil de usar             Lúdico
“Se não fosse o podcast
               Tornou a visita   ia ser complicado para
               mais agradável    tentar saber o que eram
                                 as coisas"

                                 "Ele [vigilante] não
                                 explicava nada e ao ver
                                 pelo papel não se
O podcast
                                 percebia muito bem".
na visita de
  estudo
                                 "Ajudou a perceber o
                                 que estava a ver."


                                 "Em coisas que eu não
                                 estava a reparar e no
                                 podcast dizia e era
                                 quando eu reparava
                                 nelas."
Encarregados de Educação
O podcast foi
                                            Ouvir o podcast ajudou     Gráfico         f     %
fundamental para                            na visita ao museu

compreender o que                           Sim
                                            Não
                                                                                       13
                                                                                       2
                                                                                            87%
                                                                                            13%
era observado


Alguns testemunhos:

"Sim [ajudou], sem dúvida alguma, foi ótimo, porque passamos a conhecer melhor o museu";

"Ajudou e muito, pois entendi melhor o que via e o seu significado";

"Ajudou bastante, se não fosse isso ia ser complicado para tentar saber o que eram as coisas" .
A visita de estudo permitiu
A visita de estudo       compreender melhor os conteúdos a   f    %
                         estudar
permitiu uma melhor      Concordo totalmente                 14   54

compreensão dos          Concordo                            12   46
                         Sem opinião                         0    0
conteúdos curriculares   Discordo                            0    0
                         Discordo totalmente                 0    0
Obrigada pela atenção.




©Manuela Oliveira, 2012
https://sites.google.com/site/manuelaoliveira37/home/Podcasts
manuelaoli@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais de ejml

Aprender para jogar ou jogar para aprender?
Aprender para jogar ou jogar para aprender?Aprender para jogar ou jogar para aprender?
Aprender para jogar ou jogar para aprender?
ejml
 
Ars musicalis _plataforma_amb_android
Ars musicalis _plataforma_amb_androidArs musicalis _plataforma_amb_android
Ars musicalis _plataforma_amb_android
ejml
 
Bad Quavers from Space_plataformas_em_android
Bad Quavers from Space_plataformas_em_androidBad Quavers from Space_plataformas_em_android
Bad Quavers from Space_plataformas_em_android
ejml
 
Aplicação de um jogo educativo digital
Aplicação de um jogo educativo digitalAplicação de um jogo educativo digital
Aplicação de um jogo educativo digital
ejml
 
Kimera
KimeraKimera
Kimera
ejml
 
Jogo da Glória: 7 para 7
 Jogo da Glória: 7 para 7 Jogo da Glória: 7 para 7
Jogo da Glória: 7 para 7
ejml
 
Os Jogos na aula de Inglês
Os Jogos na aula de InglêsOs Jogos na aula de Inglês
Os Jogos na aula de Inglês
ejml
 
Descobrir Belém georeferrenciando-a...
Descobrir Belém georeferrenciando-a...Descobrir Belém georeferrenciando-a...
Descobrir Belém georeferrenciando-a...
ejml
 
Labdap
Labdap Labdap
Labdap
ejml
 
Jogos digitais espaço_inaia
Jogos digitais espaço_inaiaJogos digitais espaço_inaia
Jogos digitais espaço_inaia
ejml
 
Geo go
Geo goGeo go
Geo go
ejml
 
Qr code e as bibliotecas escolares
Qr code e as bibliotecas escolaresQr code e as bibliotecas escolares
Qr code e as bibliotecas escolares
ejml
 
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
ejml
 
Educação e era digital
Educação e era digital Educação e era digital
Educação e era digital
ejml
 
Workshop kodu
Workshop kodu Workshop kodu
Workshop kodu
ejml
 
Tocar organizar e criar
Tocar organizar e criar Tocar organizar e criar
Tocar organizar e criar
ejml
 
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
ejml
 
Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
 Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu... Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
ejml
 
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do EspaçoJogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
ejml
 
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
ejml
 

Mais de ejml (20)

Aprender para jogar ou jogar para aprender?
Aprender para jogar ou jogar para aprender?Aprender para jogar ou jogar para aprender?
Aprender para jogar ou jogar para aprender?
 
Ars musicalis _plataforma_amb_android
Ars musicalis _plataforma_amb_androidArs musicalis _plataforma_amb_android
Ars musicalis _plataforma_amb_android
 
Bad Quavers from Space_plataformas_em_android
Bad Quavers from Space_plataformas_em_androidBad Quavers from Space_plataformas_em_android
Bad Quavers from Space_plataformas_em_android
 
Aplicação de um jogo educativo digital
Aplicação de um jogo educativo digitalAplicação de um jogo educativo digital
Aplicação de um jogo educativo digital
 
Kimera
KimeraKimera
Kimera
 
Jogo da Glória: 7 para 7
 Jogo da Glória: 7 para 7 Jogo da Glória: 7 para 7
Jogo da Glória: 7 para 7
 
Os Jogos na aula de Inglês
Os Jogos na aula de InglêsOs Jogos na aula de Inglês
Os Jogos na aula de Inglês
 
Descobrir Belém georeferrenciando-a...
Descobrir Belém georeferrenciando-a...Descobrir Belém georeferrenciando-a...
Descobrir Belém georeferrenciando-a...
 
Labdap
Labdap Labdap
Labdap
 
Jogos digitais espaço_inaia
Jogos digitais espaço_inaiaJogos digitais espaço_inaia
Jogos digitais espaço_inaia
 
Geo go
Geo goGeo go
Geo go
 
Qr code e as bibliotecas escolares
Qr code e as bibliotecas escolaresQr code e as bibliotecas escolares
Qr code e as bibliotecas escolares
 
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
Implementação de podcasts, suportados por dispositivos móveis, na disciplina ...
 
Educação e era digital
Educação e era digital Educação e era digital
Educação e era digital
 
Workshop kodu
Workshop kodu Workshop kodu
Workshop kodu
 
Tocar organizar e criar
Tocar organizar e criar Tocar organizar e criar
Tocar organizar e criar
 
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
Atividades de Programação de Jogos com o software Scratch no 1º Ciclo do Ensi...
 
Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
 Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu... Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
Ludus maximus: aprendendo conteúdos históricos em ambientes informais na Edu...
 
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do EspaçoJogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
Jogos Digitais e Educação: Cenários possíveis para a aprendizagem do Espaço
 
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
“PING – A Pobreza não é um jogo” – jogos digitais no currículo
 

Último

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Podcast para uma aprendizagem móvel na visita ao museu

  • 1. Maria Manuela Lopes Oliveira Mestranda da Universidade do Minho manuelaoli@gmail.com Ana Amélia Amorim Carvalho Professora Catedrática da Universidade de Coimbra anaameliac@fpce.uc.pt
  • 2. Problema A integração do podcast e dos dispositivos móveis nas atividades de aprendizagem responde aos anseios dos alunos de contactarem com as novas tecnologias em sala de aula e, simultaneamente, possibilita a aplicação de um paradigma de ensino centrado na produção pelo aluno do conhecimento em contextos significativos?
  • 3. O podcast proporciona orientação para a realização de uma visita de estudo? O podcast apoia de forma eficaz o estudo autónomo? Os dispositivos móveis possibilitam uma aprendizagem ubíqua e autêntica? Objetivos  Averiguar a orientação que o podcast pode proporcionar numa visita de estudo a um museu.  Aferir o impacto do podcast no apoio ao estudo autónomo.  Identificar as vantagens da utilização de dispositivos móveis na aprendizagem.
  • 4. 38 alunos de 2 turmas do 6º ano de escolaridade, da Escola Básica dos 2º e 3º ciclos de Moure, Vila Verde, Braga.  Idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos.  A escolaridade dos pais (pai e mãe) situa-se a nível do ensino básico.  76% dos alunos possui computador.  57% tem acesso à Internet em casa.  92% possui telemóvel.  91% ouve música no telemóvel.  71% costuma descarregar ficheiros para o telemóvel.  80% fá-lo através de bluetooth  47% possui leitor de MP3/MP4.
  • 5. 1ª fase Tarefas: Podcasts Distribuição de 2 podcasts produzidos pela docente Assunto Duração (tabela 1). O açúcar do 3'47'' Brasil Passagem dos ficheiros para os telemóveis dos alunos. O ouro do 2'48'' Brasil Tabela 1 - Podcasts produzidos pela docente Reações: Os alunos procuraram de imediato ouvir os podcasts. Amaioria ouviu mais do que uma vez cada um dos podcasts. Gostaram de reconhecer a voz da professora. Apreciaram muito a música de fundo. Divertiram-se com o efeito de eco na locução do título do 2º podcast.
  • 6. Preparação da visita de estudo: Proposta de realização de uma visita de estudo ao museu dos Biscainhos, em Braga, relacionada com a subunidade curricular “A sociedade no tempo de D. João V”. Sensibilização dos encarregados de educação para a visita. Formação de grupos de trabalho e atribuição a cada grupo de duas dependências do museu para estudo (figura1). Elaboração de textos sobre o acervo do museu. Figura 1 - Ordem da visita às instalações do museu
  • 7. Gravação dos podcasts, pelos alunos (figura 2).  Edição, para eliminação dos tempos mortos e ruídos, nivelamento do som e inclusão da música de fundo. Figura 2 - Gravação dos podcasts Turmas 6ºA 6º B Espaços do museu Duração do podcast  Produção de 24 podcasts, agrupados Átrio 0’59’’ 0’53’’ numa única sequência por turma (tabela Sala de entrada Salão nobre 0’39’’ 0’22’’ 0’22’’ 0’40’’ 2). Sala do oratório 0’52’’ 0’48’’ Sala do estrado 1’18’’ 1’00’’  Transferência do podcast para os Sala de música e 1’13’’ 1’15’’ jogos telemóveis e leitores de MP3, por Gabinete 0’50’’ 0’45’’ bluetooth. Sala de jantar Aposentos 1’58’’ 0’51’’ 1’41’’ 0’31’’ Cavalariça 0’39’’ 0’28’’ Cozinha 1’04’’ 1’35’’ Jardim 0’35’’ 0’57’’ Versão final 11’33’’ 11’32’’ Tabela 2 - Podcasts produzidos para orientar a visita de estudo ao museu
  • 8. Articulação com a Constrangimentos: Grande dispêndio de tempo disciplina de Português, para elaboração dos com a elaboração dos textos textos. e a gravação. • Gravações fora do horário das aulas. Para além do Audacity, convém instalar o ficheiro LAME MP3 encoder, que permite ao Audacity exportar arquivos em formato MP3.
  • 9. Visita ao museu dos alunos acompanhados pelos seus familiares e recolha de imagens. Constrangimentos: • Os alunos ligaram o altifalante Os encarregados de educação não do seu telemóvel. tinham o podcast. • O vigilante do museu emprestou Alguns alunos esqueceram-se do o seu telemóvel que tinha o telemóvel. podcast.
  • 10. Elaboração de um enhanced podcast (associação de imagem ao áudio) sobre o museu.  Recurso ao programa Movie Maker. Constrangimentos: Grande dispêndio de • Articulação com Estudo Acompanhado para tempo. Perda de dados de uma elaboração dos enhanced podcasts. aula para outra.
  • 11. Elaborar o podcast Gráfico f % incentivou a visitar o museu Sim 34 89% Maior motivação Não 4 11% para a visita "Ao fazer os textos o museu parecia giro e era realmente giro" 68% dos alunos R ealização da Gráfico f % visita ao museu visitou Sim 26 68% o museu Não 12 32% Acompanhantes do aluno f % 37 adultos e 16 na visita ao museu Pai 14 23 crianças Mãe 20 33 acompanharam- Irmãos Colegas de escola 13 8 21 13 nos Outros 6 10
  • 12. O dispositivo Equipamento Gráfico f % móvel mais utilizado no museu utilizado foi o Telemóvel 24 92% MP3 ou MP4 2 8% telemóvel Vantagens do uso do telemóvel Acessível Fácil de usar Lúdico
  • 13. “Se não fosse o podcast Tornou a visita ia ser complicado para mais agradável tentar saber o que eram as coisas" "Ele [vigilante] não explicava nada e ao ver pelo papel não se O podcast percebia muito bem". na visita de estudo "Ajudou a perceber o que estava a ver." "Em coisas que eu não estava a reparar e no podcast dizia e era quando eu reparava nelas."
  • 14. Encarregados de Educação O podcast foi Ouvir o podcast ajudou Gráfico f % fundamental para na visita ao museu compreender o que Sim Não 13 2 87% 13% era observado Alguns testemunhos: "Sim [ajudou], sem dúvida alguma, foi ótimo, porque passamos a conhecer melhor o museu"; "Ajudou e muito, pois entendi melhor o que via e o seu significado"; "Ajudou bastante, se não fosse isso ia ser complicado para tentar saber o que eram as coisas" .
  • 15. A visita de estudo permitiu A visita de estudo compreender melhor os conteúdos a f % estudar permitiu uma melhor Concordo totalmente 14 54 compreensão dos Concordo 12 46 Sem opinião 0 0 conteúdos curriculares Discordo 0 0 Discordo totalmente 0 0
  • 16. Obrigada pela atenção. ©Manuela Oliveira, 2012 https://sites.google.com/site/manuelaoliveira37/home/Podcasts manuelaoli@gmail.com