SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
O INÍCIO DE TUDO!

          Na Baixa Idade
          Média, a partir do
          século XIII, logo
          após as cruzadas, os
          senhores feudais
          começam a perder a
          sua força enquanto os
          reis ficam mais
          poderosos. Começam
          a surgir os países
          europeus.
• FORMAÇÃO DE PORTUGAL E DE ESPANHA
           O que é um país?
   É todo espaço físico com fronteiras
definidas, ocupado por um povo que fala
  um mesmo idioma, que tem uma lei
 única e um exército nacional que faça
              cumprir a lei.
  Nestes termos Portugal é o primeiro
            país do mundo!
O COMÉRCIO COM O ORIENTE
AS ESPECIARIAS
Palavra derivada do latim “especia”,
que significa “substância ativa e
valiosa”. Podiam ser utilizados em
remédios, perfumes, temperos
alimentares, etc. No século XV e XVI
as especiarias de condimentos eram
muito valorizadas, pois serviam de
tempero para conservar a carne e
melhorar seu sabor.
AS ESPECIARIAS


          CANELA




AÇAFRÃO            CRAVO
AS ESPECIARIAS

GENGIBRE           NOZ MOSCADA




                       PIMENTA

                    MALAGUETA
AS ESPECIARIAS

                          Marfim


                       Tecidos de seda
E mais os artigos de
luxo:                  Perfumes
Porcelanas
O MEDO DO DESCONHECIDO:
    O MAR TENEBROSO
              Lendas e mitos
              povoavam as mentes
              dos europeus. A
              superstição levava o
              povo a imaginar
              monstros e seres
              demoníacos vivendo
              nas águas do
              Atlântico...
O MEDO DO DESCONHECIDO:
      O MAR TENEBROSO
prontos para devorar
os incautos que se
aventuravam nesses
“mares nunca dantes
navegados...”
Causas
A sucessão de crises que marca o final da Idade
Média provoca uma mudança estrutural na
sociedade européia. A Europa passa a sentir a
necessidade de expandir sua economia para,
dentro de um sistema capitalista, encontrar as
soluções para seus problemas. Nesse sentido,
vários fatores colaboraram para a expansão
marítima:

1. A busca de um novo caminho para o
Oriente:
   – O comércio de especiarias e artigos de luxo.
   – A queda de Constantinopla em 1453.
Causas
2. A necessidade de novos mercados:
  – Falta de gêneros alimentícios e matéria-prima
  – Necessidade de marcados consumidores para
    os produtos manufaturados europeus
3. A falta de metais precisos:
  – Gastos com o Oriente levam a falta de moedas.
4. A formação dos Estados Nacionais
5. A propagação da fé cristã
6. A ambição material:
  – O TER MAIS como veículo para o SER MAIS.
7. O progresso tecnológico
O PIONEIRISMO PORTUGUÊS
1- A POSIÇÃO GEOGRÁFICA
2 – O PODER CENTRALIZADO E O
         REI BURGUÊS
3 – AUSÊNCIA DE GUERRAS
4 – OS ESTUDOS NÁUTICOS: A
      ESCOLA DE SAGRES!
                               No início do séc. XV, o
                               país tornou-se centro de
                               estudos de navegação,
                               com o estímulo do
                               infante dom Henrique,
o navegador. Estabelecido na pequena vila de Lagos,
próxima a ponta de Sagres, dom Henrique reuniu um
grupo de estudiosos, como astrônomos, cartógrafos e
pilotos, para desenvolver os estudos náuticos necessários
ao desenvolvimento das expedições marítimas.
ATENÇÃO!
Ao contrário do que em geral se divulga, a escola
de sagres nunca chegou a existir materialmente. A
denominação escola é uma alusão à reunião de
idéias formuladas por diversos estudiosos. Em
outras palavras, refere-se ao conjunto de
conhecimento produzido pelos estudiosos reunidos
por dom Henrique e não uma escola no sentido
atual, com professores e alunos.
O INÍCIO DAS VIAGENS: A
 CONQUISTA DE CEUTA
O PÉRIPLO AFICANO:
A BUSCA DAS ÍNDIAS
A VIAGEM DE
BARTOLOMEU DIAS
A ESPANHA ENTRA NO JOGO!
A VIAGEM DE CRISTÓVÃO
      COLOMBO
O ÊXITO PORTUGUÊS!



IDA




VOLTA
A ESPANHA INSISTE: A VIAGEM
   DE CIRCUNAVEGAÇÃO!
A DISPUTA PELO MUNDO:
O TRATADO DE TORDESILHAS!
O IMPÉRIO PORTUGUÊS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
 
Guerra dos cem anos
Guerra dos cem anosGuerra dos cem anos
Guerra dos cem anos
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegações
 
Independencia dos EUA
Independencia dos EUAIndependencia dos EUA
Independencia dos EUA
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
A queda do império romano
A queda do império romanoA queda do império romano
A queda do império romano
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
 
A Expansão Marítima Europeia nos séculos XV e XVII
A Expansão Marítima Europeia nos séculos XV e XVIIA Expansão Marítima Europeia nos séculos XV e XVII
A Expansão Marítima Europeia nos séculos XV e XVII
 
A Idade Média
A Idade MédiaA Idade Média
A Idade Média
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
26 - Renascimento
26 - Renascimento26 - Renascimento
26 - Renascimento
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Capitanias hereditárias
Capitanias hereditáriasCapitanias hereditárias
Capitanias hereditárias
 
1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo ITransicao do Feudalismo para o Capitalismo I
Transicao do Feudalismo para o Capitalismo I
 
Ciclo do ouro
Ciclo do ouroCiclo do ouro
Ciclo do ouro
 

Destaque

G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
G R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R GG R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R G
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R Gguest991a823b
 
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Resumo   mercantilismo e expansão marítimaResumo   mercantilismo e expansão marítima
Resumo mercantilismo e expansão marítimaClaudenilson da Silva
 
Expansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do territórioExpansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do territórioblognetotudo
 
Renascimento cultural e científico
Renascimento cultural e científico Renascimento cultural e científico
Renascimento cultural e científico Maida Marciano
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegaçõesRodrigo Luiz
 
Condições da prioridade portuguesa na expansão
Condições da prioridade portuguesa na expansãoCondições da prioridade portuguesa na expansão
Condições da prioridade portuguesa na expansãombrs4ever
 
Atividade prática sardinhas
Atividade prática sardinhasAtividade prática sardinhas
Atividade prática sardinhasalexandrafrade
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegaçõesAndrea Lemos
 
Grandes NavegaçõEs 2
Grandes NavegaçõEs 2Grandes NavegaçõEs 2
Grandes NavegaçõEs 2Lilian Larroca
 
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasilcristianoperinpissolato
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colôniaeiprofessor
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugeniaeiprofessor
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Apogeo Investimentos
 
Mercantilismo e Expansão Ultramarina
Mercantilismo e Expansão UltramarinaMercantilismo e Expansão Ultramarina
Mercantilismo e Expansão UltramarinaAuxiliadora
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasJunior Portare
 

Destaque (20)

G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
G R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R GG R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R G
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
 
Mapas das navegações
Mapas das navegaçõesMapas das navegações
Mapas das navegações
 
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Resumo   mercantilismo e expansão marítimaResumo   mercantilismo e expansão marítima
Resumo mercantilismo e expansão marítima
 
Expansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do territórioExpansão ultramarina e conquista do território
Expansão ultramarina e conquista do território
 
Renascimento cultural e científico
Renascimento cultural e científico Renascimento cultural e científico
Renascimento cultural e científico
 
Dom Pedro II 801
Dom Pedro II 801Dom Pedro II 801
Dom Pedro II 801
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Condições da prioridade portuguesa na expansão
Condições da prioridade portuguesa na expansãoCondições da prioridade portuguesa na expansão
Condições da prioridade portuguesa na expansão
 
Atividade prática sardinhas
Atividade prática sardinhasAtividade prática sardinhas
Atividade prática sardinhas
 
Brasil em mapas
Brasil em mapasBrasil em mapas
Brasil em mapas
 
Atividade penas
Atividade penasAtividade penas
Atividade penas
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegações
 
Grandes NavegaçõEs 2
Grandes NavegaçõEs 2Grandes NavegaçõEs 2
Grandes NavegaçõEs 2
 
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil
167 a expansão maritima portuguesa e descobrimento do brasil
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colônia
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
 
Mercantilismo e Expansão Ultramarina
Mercantilismo e Expansão UltramarinaMercantilismo e Expansão Ultramarina
Mercantilismo e Expansão Ultramarina
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
 

Semelhante a Expansão Maritima

QUINHENTISMO Português.pptx
QUINHENTISMO Português.pptxQUINHENTISMO Português.pptx
QUINHENTISMO Português.pptxGabriel113136
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoPortal do Vestibulando
 
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptx
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptxHist Ro aula 01 - Latitude 10.pptx
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptxLucianoFrana19
 
hh8_jogo_e1.pptx
hh8_jogo_e1.pptxhh8_jogo_e1.pptx
hh8_jogo_e1.pptxMenaDamil1
 
Colonização da América Espanhola
Colonização da América EspanholaColonização da América Espanhola
Colonização da América EspanholaEdenilson Morais
 
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptx
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptxAs Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptx
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptxJulianaAparecidaCami
 
1º ano expansão marítima européia e absolutismo
1º ano   expansão marítima européia e absolutismo1º ano   expansão marítima européia e absolutismo
1º ano expansão marítima européia e absolutismoDaniel Alves Bronstrup
 
Vida em Portugal e os Descobrimentos
Vida em Portugal e os DescobrimentosVida em Portugal e os Descobrimentos
Vida em Portugal e os DescobrimentosEBseis
 
Historia historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhadaHistoria historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhadaLina Rodrigues
 
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xviAs grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xviRoseli Aparecida Tavares
 
1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo
1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo
1º ano - Expansão Marítima Européia e AbsolutismoDaniel Alves Bronstrup
 

Semelhante a Expansão Maritima (20)

QUINHENTISMO Português.pptx
QUINHENTISMO Português.pptxQUINHENTISMO Português.pptx
QUINHENTISMO Português.pptx
 
2 navegacoes
2 navegacoes2 navegacoes
2 navegacoes
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegações
 
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdfAS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto históricoBrasil Pré-colonial - contexto histórico
Brasil Pré-colonial - contexto histórico
 
Historia total
Historia totalHistoria total
Historia total
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptx
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptxHist Ro aula 01 - Latitude 10.pptx
Hist Ro aula 01 - Latitude 10.pptx
 
hh8_jogo_e1.pptx
hh8_jogo_e1.pptxhh8_jogo_e1.pptx
hh8_jogo_e1.pptx
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
Colonização da América Espanhola
Colonização da América EspanholaColonização da América Espanhola
Colonização da América Espanhola
 
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptx
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptxAs Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptx
As Grandes Navegações_2022 (1)-1.pptx
 
1º ano expansão marítima européia e absolutismo
1º ano   expansão marítima européia e absolutismo1º ano   expansão marítima européia e absolutismo
1º ano expansão marítima européia e absolutismo
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Vida em Portugal e os Descobrimentos
Vida em Portugal e os DescobrimentosVida em Portugal e os Descobrimentos
Vida em Portugal e os Descobrimentos
 
Historia historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhadaHistoria historia.em.banda.desenhada
Historia historia.em.banda.desenhada
 
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xviAs grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
As grandes navegações marítimas séculos xv e xvi
 
1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo
1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo
1º ano - Expansão Marítima Européia e Absolutismo
 

Mais de eiprofessor

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinadoeiprofessor
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundialeiprofessor
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasileiprofessor
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russaeiprofessor
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundialeiprofessor
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesaeiprofessor
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistaseiprofessor
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiáticoeiprofessor
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)eiprofessor
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrialeiprofessor
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociaiseiprofessor
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônicaeiprofessor
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanholaeiprofessor
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesaeiprofessor
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrialeiprofessor
 

Mais de eiprofessor (20)

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 

Expansão Maritima

  • 1.
  • 2. O INÍCIO DE TUDO! Na Baixa Idade Média, a partir do século XIII, logo após as cruzadas, os senhores feudais começam a perder a sua força enquanto os reis ficam mais poderosos. Começam a surgir os países europeus.
  • 3. • FORMAÇÃO DE PORTUGAL E DE ESPANHA O que é um país? É todo espaço físico com fronteiras definidas, ocupado por um povo que fala um mesmo idioma, que tem uma lei única e um exército nacional que faça cumprir a lei. Nestes termos Portugal é o primeiro país do mundo!
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. O COMÉRCIO COM O ORIENTE
  • 8. AS ESPECIARIAS Palavra derivada do latim “especia”, que significa “substância ativa e valiosa”. Podiam ser utilizados em remédios, perfumes, temperos alimentares, etc. No século XV e XVI as especiarias de condimentos eram muito valorizadas, pois serviam de tempero para conservar a carne e melhorar seu sabor.
  • 9. AS ESPECIARIAS CANELA AÇAFRÃO CRAVO
  • 10. AS ESPECIARIAS GENGIBRE NOZ MOSCADA PIMENTA MALAGUETA
  • 11. AS ESPECIARIAS Marfim Tecidos de seda E mais os artigos de luxo: Perfumes Porcelanas
  • 12. O MEDO DO DESCONHECIDO: O MAR TENEBROSO Lendas e mitos povoavam as mentes dos europeus. A superstição levava o povo a imaginar monstros e seres demoníacos vivendo nas águas do Atlântico...
  • 13. O MEDO DO DESCONHECIDO: O MAR TENEBROSO prontos para devorar os incautos que se aventuravam nesses “mares nunca dantes navegados...”
  • 14. Causas A sucessão de crises que marca o final da Idade Média provoca uma mudança estrutural na sociedade européia. A Europa passa a sentir a necessidade de expandir sua economia para, dentro de um sistema capitalista, encontrar as soluções para seus problemas. Nesse sentido, vários fatores colaboraram para a expansão marítima: 1. A busca de um novo caminho para o Oriente: – O comércio de especiarias e artigos de luxo. – A queda de Constantinopla em 1453.
  • 15. Causas 2. A necessidade de novos mercados: – Falta de gêneros alimentícios e matéria-prima – Necessidade de marcados consumidores para os produtos manufaturados europeus 3. A falta de metais precisos: – Gastos com o Oriente levam a falta de moedas. 4. A formação dos Estados Nacionais 5. A propagação da fé cristã 6. A ambição material: – O TER MAIS como veículo para o SER MAIS. 7. O progresso tecnológico
  • 17. 1- A POSIÇÃO GEOGRÁFICA
  • 18. 2 – O PODER CENTRALIZADO E O REI BURGUÊS
  • 19. 3 – AUSÊNCIA DE GUERRAS
  • 20. 4 – OS ESTUDOS NÁUTICOS: A ESCOLA DE SAGRES! No início do séc. XV, o país tornou-se centro de estudos de navegação, com o estímulo do infante dom Henrique, o navegador. Estabelecido na pequena vila de Lagos, próxima a ponta de Sagres, dom Henrique reuniu um grupo de estudiosos, como astrônomos, cartógrafos e pilotos, para desenvolver os estudos náuticos necessários ao desenvolvimento das expedições marítimas.
  • 21. ATENÇÃO! Ao contrário do que em geral se divulga, a escola de sagres nunca chegou a existir materialmente. A denominação escola é uma alusão à reunião de idéias formuladas por diversos estudiosos. Em outras palavras, refere-se ao conjunto de conhecimento produzido pelos estudiosos reunidos por dom Henrique e não uma escola no sentido atual, com professores e alunos.
  • 22.
  • 23. O INÍCIO DAS VIAGENS: A CONQUISTA DE CEUTA
  • 24. O PÉRIPLO AFICANO: A BUSCA DAS ÍNDIAS
  • 26. A ESPANHA ENTRA NO JOGO!
  • 27. A VIAGEM DE CRISTÓVÃO COLOMBO
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32. A ESPANHA INSISTE: A VIAGEM DE CIRCUNAVEGAÇÃO!
  • 33. A DISPUTA PELO MUNDO: O TRATADO DE TORDESILHAS!
  • 34.