Palestra seminário open innovation porto alegre v. 1.0

1.563 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.563
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra seminário open innovation porto alegre v. 1.0

  1. 1. Possibilidades de Cooperação entre InstituiçõesEuropéias e BrasileirasContextualizaçãoSeminário Temático “Open Innovation”BITS 2011,Porto Alegre, BrasilTerça- feira, 10 de maio 2011 Eduardo Grizendi Parceiro Softex
  2. 2. Conceito de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Closed Innovation Open Innovation@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 2
  3. 3. Conceito de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Other Firm’s Licensing Market Technology Spin-offs New Internal Market Technology Base External Current Technology Market Base Technology Insourcing © 2007 Henry Chesbrough R D@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 3
  4. 4. Conceito de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Spin-off’s Receita ... Licenciamento Receita Receita Custo do Custo do Desenvolvimento Desenvolvimento Interno Interno Modelo Aberto Custos Modelo Fechado Adaptado de CHESBROUGH, Henry – “Open Business Models” – Harvard Business School Press - 2006@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 4
  5. 5. “Closed Innovation” X “Open Innovation Princípios da Inovação Fechada Princípios da Inovação Aberta As pessoas talentosas do setor trabalham Nem todas as pessoas talentosas do setor para nós. trabalham para nós. Necessitamos trabalhar com pessoas talentosas dentro e fora da empresa. Para lucrar com o P&D, nós devemos P&D externo pode criar valor significativo. pesquisar, e desenvolver nós mesmos.. P&D interno é necessário para garantir uma porção deste valor. Se nós mesmos realizarmos nossas Nós não temos que necessariamente pesquisas, conseguiremos chegar primeiro originar a pesquisa para obter lucro com ao mercado. ela. A empresa que levar primeiro a inovação Construir um melhor modelo de negócio é para o mercado, será a vencedora. melhor que levar primeiro para o mercado. Se criarmos as maiores e melhores idéias no Se nós fizermos o melhor uso de idéias nosso setor, seremos vencedores. internas e externas, seremos vencedores Devemos proteger nossa Propriedade Devemos nos beneficiar de outros usos de Intelectual (PI) de maneira que os nossos nossa Propriedade Intelectual (PI) e competidores não se beneficiem com nossas devemos adquirir PI sempre que for idéias.. vantajoso para nosso modelo de negócio.@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 5
  6. 6. Exemplo: Plataforma Fiat de “Open Innovation” Fiatmio@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 6
  7. 7. Exemplo: Plataforma P&G de “Open Innovation” connect + develop@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 7
  8. 8. Caminhos para inovação As Oportunidades do modelo de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Other firm´s market Licence, spin out, Our new market divest Internal technology base Our current market Internal/external venture handling External technology External technology insourcing/ spin-in Stolen with pride from Prof Henry Chesbrough UC Berkeley, Open Innovation: Renewing Growth from Industrial R&D, base 10th Annual Innovation Convergence, Minneapolis Sept 27, 2004@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 8
  9. 9. Aproveitamento do P&D interno Modelo de “Open Innovation” Comercializados (licenciados) para outras empresas e ICTsResultados do P&D interno privadas Comercializados (licenciados) para • Competências Empresas Nascentes da própria • Softwares Empresa ou ICT (“Spin-offs”) • Tecnologias não Incorporadas em produtos (bens e patenteáveis serviços) pela Empresa ou ICT • Patentes, etc... Privada e levadas ao mercado@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 9
  10. 10. O papel da ICT no Modelo Fechado de Inovação Empresa Modelo Atual Comercialização Foco em D Desenvolvimento Pesquisa Desenvolvimento ICT@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 10
  11. 11. O papel da ICT no Modelo Aberto de Inovação Empresa Scale up Modelo Proposto Foco em P&D&I Comercialização Desenvolvimento ICT Pesquisa Spin-off Desenvolvimento Comercialização Oportunidades Licenciamentos@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 11
  12. 12. Modelo Fechado X Modelo Aberto Modelo Proposto Modelo Atual Empresa Foco em P&D&I Foco em D Scale up Comercialização Comercialização Desenvolvimento Desenvolvimento Pesquisa Instituição Pesquisa Spin-off Desenvolvimento de C&T Desenvolvimento Comercialização Oportunidades Licenciamentos@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 12
  13. 13. Caminhos para inovação As Oportunidades do modelo de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Other firm´s market Licence, spin out, Our new market divest Internal technology base Our current market Internal/external venture handling External technology External technology insourcing/ spin-in Stolen with pride from Prof Henry Chesbrough UC Berkeley, Open Innovation: Renewing Growth from Industrial R&D, base 10th Annual Innovation Convergence, Minneapolis Sept 27, 2004@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 13
  14. 14. A Importância da Geração de Empresas Nascentes e os Processos de Inovação por “Spin-in” e “Spin-off”. Estratégia de “Spin-in’s” do Google@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 14
  15. 15. A Importância da Geração de Empresas Nascentes e os Processos de Inovação por “Spin-in” e “Spin-off”. Exemplo de Aquisição do Facebook@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 15
  16. 16. Caminhos para inovação As Oportunidades do modelo de Inovação Aberta (“Open Innovation”) Other firm´s market Licence, spin out, Our new market divest Internal technology base Our current market Internal/external venture handling External technology External technology insourcing/ spin-in Stolen with pride from Prof Henry Chesbrough UC Berkeley, Open Innovation: Renewing Growth from Industrial R&D, base 10th Annual Innovation Convergence, Minneapolis Sept 27, 2004@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 16
  17. 17. Possibilidades de Cooperação entre Instituições Européias e Brasileiras Empresa Comercialização Foco em P&D&I Desenvolvimento Instituição de C&T Pesquisa Pesquisa Instituição de C&T Pesquisa Européia Desenvolvimento Brasileira Desenvolvimento Comercialização Comercialização Oportunidades@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 17
  18. 18. Possibilidades de Cooperação entre Instituições Européias e Brasileiras Instituição de C&T Européia Foco em C&T Comercialização Desenvolvimento Instituição de C&T Pesquisa Spin-off Brasileira Desenvolvimento Comercialização Oportunidades Cooperações em C&T@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 18
  19. 19. Possibilidades de Cooperação entre Instituições Européias e Brasileiras Instituição de C&T Brasileira Foco em C&T Comercialização Desenvolvimento Instituição de C&T Pesquisa Spin-off Européia Desenvolvimento Comercialização Oportunidades Cooperações em C&T@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 19
  20. 20. @Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 20
  21. 21. @Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 21
  22. 22. Eduardo Grizendi egrizendi@gmail.com eduardo.grizendi@telecombiz.com.br Blog: www.eduardogrizendi.blogspot.com Repositório: www.slideshare.net/egrizendi/@Eduardo Grizendi 2011 Porto Alegre, 10 de Maio de 2011 22

×