www.rnp.br1
IV Seminário de Inovação em Governo Eletrônico
Painel -"Infraestrutura para expandir os serviços públicos ao
c...
Dimensões da Rede Ipê
I. “Backbone”
– Infraestrutura de comunicação, interligando os 27 Pontos de Presença –
PoPs da RNP.
...
Backbone
Circuitos internacionais
Acessos às instituições usuárias
• Através de circuitos de dados aprovisionados por parceiros &
contratados de operadoras ...
Iniciativa Veredas Novas
• Objetivo:
– Interligar, até 2014, todas as instituições usuárias da RNP no interior,
• Campi,em...
RS
• Acordo de cooperação RNP- PROCERGS
– Construção conjunta dos anéis metropolitanos em Bagé, Pelotas e Santa Maria
– Tr...
1
Rede Óptica Metropolitana de Pelotas-RS
• Em implantação,
• Previsão de ativação
1 S 2014
1
Rede Óptica Metropolitana de Santa Maria
• Em negociação,
• Previsão de ativação
em 2 S 2014
10
Hidrelétrica
Itaúba
Canel
a
Osório
Quinta
PelotasTerm. P.
Médici
Bagé
Livramento
Alegrete
Maçambar
á
São Borja Santo
Ân...
Rota Porto Alegre – Argentina (RNP)
• Conexão com Argentina
– Rota Porto Alegre – Buenos
Aires
– Parceria com a Level 3
– ...
12
Hidrelétrica
Itaúba
Canel
a
Osório
Quinta
PelotasTerm. P.
Médici
Bagé
Livramento
Alegrete
Maçambar
á
São Borja Santo
Ân...
1
Parceria RNP - PROCERGS
• Contribui também para a integração Transfronteiriço com
Mercosul
– Chegada a Uruguaiana
• Pote...
14
Fronteira com o Uruguai
Conclusões
• Parceria RNP – PROCERGS
– Boa para as instituições usuárias da RNP no RS
– Boa para a RNP
– Boa para a PROCER...
Eduardo Grizendi – DEO/RNP
eduardo.grizendi@rnp.br
OBRIGADO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação seminário procergs agosto 2013 eduardo grizenid v 1.0

365 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação seminário procergs agosto 2013 eduardo grizenid v 1.0

  1. 1. www.rnp.br1 IV Seminário de Inovação em Governo Eletrônico Painel -"Infraestrutura para expandir os serviços públicos ao cidadão – Infovias Estaduais". Porto Alegre, 07 de Agosto de 2013 Eduardo Grizendi - DEO/RNP1
  2. 2. Dimensões da Rede Ipê I. “Backbone” – Infraestrutura de comunicação, interligando os 27 Pontos de Presença – PoPs da RNP. II. Circuitos internacionais – Interconectam a rede Ipê a outras redes de pesquisa avançadas nas América do Sul, América do Norte e Europa, – Faz troca de tráfego com Internet comercial mundial. III. Pontos de Troca de Tráfego (PTTs) com a Internet comercial brasileira e Serviço de Conteúdo – Em especial, aqueles do Programa PTT-Metro do NIC.br, – Internalização de conteúdo dentro da própria rede Ipê,(Akamai e Google) IV. Acessos de instituições usuárias – Malha de ramificação regional a partir dos PoPs interligando as instituições usuárias
  3. 3. Backbone
  4. 4. Circuitos internacionais
  5. 5. Acessos às instituições usuárias • Através de circuitos de dados aprovisionados por parceiros & contratados de operadoras de serviços de telecomunicações. – ~ 500 circuitos contratados de operadoras & provedores de Internet – Iniciativa Veredas Novas • Através de Redes Comunitárias de Ensino e Pesquisa (Redecomeps) da RNP. – 27 em operação plena (25 capitais, Campina Grande, Ouro Preto, Diamantina e São Carlos) – 2 em Início de operação (Rio de Janeiro e Maceió) – 8 em construção (Campinas, Petrolina e Juazeiro, Niterói, João Pessoa, Altamira, Castanhal, Marabá e Santarém) – 5 planejadas (Itajubá, Uberaba, Uberlândia, Petrópolis e Porto Velho) – 3 em expansão na região metropolitana • Brasília • Salvador • Vitória • [Natal]
  6. 6. Iniciativa Veredas Novas • Objetivo: – Interligar, até 2014, todas as instituições usuárias da RNP no interior, • Campi,em 100 Mb/s. e • Sedes, em 1 Gb/s. • Parceiros atuais – Minicom – Cidades Digitais – TELEBRAS - Telecomunicações Brasileiras S.A. – Vivo/Telefonica / ANATEL – Empresa de Tecnologia da Informação do Estado do Ceará (ETICE) – Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (PRODEST) – Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (PRODEPA) – Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (PRODAP) – Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul PROCERGS) – ... Sertão é onde o pensamento da gente se forma mais forte do que o poder do lugar Grande Sertão: Veredas, João Guimarães Rosa
  7. 7. RS • Acordo de cooperação RNP- PROCERGS – Construção conjunta dos anéis metropolitanos em Bagé, Pelotas e Santa Maria – Transporte de Porto Alegre a Pelotas e Bagé: PROCERGS – Transporte de Porto Alegre a Santa Maria: RNP – Construção da rota Bagé - Livramento • Complementação à Telebrás & Parceria RNP PROCERGS – Licitação com preço máximo fixado (já licitado) – Participação especialmente dos potenciais parceiros provedores,
  8. 8. 1 Rede Óptica Metropolitana de Pelotas-RS • Em implantação, • Previsão de ativação 1 S 2014
  9. 9. 1 Rede Óptica Metropolitana de Santa Maria • Em negociação, • Previsão de ativação em 2 S 2014
  10. 10. 10 Hidrelétrica Itaúba Canel a Osório Quinta PelotasTerm. P. Médici Bagé Livramento Alegrete Maçambar á São Borja Santo Ângelo Santa Rosa Cruz Alta Hidrelétrica Passo Real Santa MariaSão Vicen te Passo Fundo Erechi m V Aires Sta cruz Candiot a Atlântid a Gravat aí Frederico Westphalen Rio Grande Camaq uã Rota Porto Alegre – Pelotas – Bagé (PROCERGS)
  11. 11. Rota Porto Alegre – Argentina (RNP) • Conexão com Argentina – Rota Porto Alegre – Buenos Aires – Parceria com a Level 3 – 10 G + 10 G (8 x 1 G)
  12. 12. 12 Hidrelétrica Itaúba Canel a Osório Quinta PelotasTerm. P. Médici Bagé Livramento Alegrete Maçambar á São Borja Santo Ângelo Santa Rosa Cruz Alta Hidrelétrica Passo Real Santa MariaSão Vicen te Passo Fundo Erechi m V Aires Sta cruz Candiot a Atlântid a Gravat aí Frederico Westphalen Rio Grande Camaq uã Fibra Existente Fibra Futura Rota Bagé - Livramento
  13. 13. 1 Parceria RNP - PROCERGS • Contribui também para a integração Transfronteiriço com Mercosul – Chegada a Uruguaiana • Potencial para construção de outras Redes Ópticas Metropolitanas – Rio Grande – Alegrete – Uruguaiana
  14. 14. 14 Fronteira com o Uruguai
  15. 15. Conclusões • Parceria RNP – PROCERGS – Boa para as instituições usuárias da RNP no RS – Boa para a RNP – Boa para a PROCERGS – Boa para o RS
  16. 16. Eduardo Grizendi – DEO/RNP eduardo.grizendi@rnp.br OBRIGADO

×