Planejamento Didático:uma ferramenta indispensável para
uma ação docente responsável
Profa Elizabeth Fantauzzi
“Se você não sabe aonde quer ir, qualquer caminho serve...
Você não vai chegar mesmo!”
Luis Carlos Martins, autor do livro...
Há muito tempo…
 Não é de hoje que o ato
de planejar está presente
no nosso cotidiano.
 Imaginar
 Pensar
 Idealizar
 Sonhar
... Planejar
Planejamos o tempo todo
 Cotidiano = atividades
mecanizadas = hábitos
 Atividades ≠ do
cotidiano =
procedimentos mais
sistematizados para
alcanç...
 Informações/afazeres
 Organização do tempo
nas atividades profissionais
e pessoais
 Programas de computador
e aplicati...
É portanto, notório a importância e a necessidade de planejar nos
dias atuais em qualquer área do conhecimento e atividade...
Mas... O que é planejamento?
 O ato de planejar
implica em analisar uma
realidade - refletindo
sobre as condições
existentes, e prever as
ações possív...
 É portanto, um processo
mental que envolve
várias habilidades
como: análise, reflexão
e previsão, por isso,
pode-se afir...
 O que pretendemos
realizar?
 O que vamos fazer?
 Como vamos fazer?
 O que e como devemos
analisar a situação, a fim
d...
Na educação não poderia ser
diferente...
 Planejamento = uma ferramenta indispensável no trabalho do
professor
 Educação é uma ação intencional e, para tanto, de...
Tipos de Planejamento
1. planejamento geral das atividades
escolares em uma instituição,
2. planejamento de currículo,
3. ...
Fases do planejamento
 A fase de preparação corresponde à elaboração de um roteiro a
ser seguido ao longo do período do curso, denominado Plano...
 A partir das respostas da preparação, o professor (ou a
equipe) irá orientar suas decisões através dos componentes do
pl...
 quais mudanças e/ou transformações pretende realizar
em/com seus alunos, ao longo do curso,
Por que ensinar?
 Ao respon...
Tipos de objetivos
 Com o perfil dos alunos em mãos e os objetivos de ensino já
organizados, é hora de resolver:
O que ensinar?
 Os conteúd...
 Depois do desenho do perfil dos alunos, a clareza dos objetivos
e a determinação dos conteúdos NÃO garante a efetivação ...
 A utilização dos diferentes procedimentos de ensino depende
da utilização de recursos de ensino, que correspondem a todo...
 Recursos visuais simples, como esquemas, desenhos, tabelas,
gráficos, imagens, fotografias, diapositivos (slides), ou ma...
E como ter certeza de que as decisões
tomadas foram as melhores?
 São os procedimentos de avaliação que permitem verificar a
efetividade do processo ensino- aprendizagem, identificando
f...
Funções da avaliação
 O planejamento didático é, portanto, para o professor, uma
ferramenta indispensável e eficaz na sua práxis
pedagógica, p...
 GIL, A. C. Didática do Ensino Superior. São Paulo: Atlas, 2006.
 HAIDT, R. Curso de Didática Geral. Série Educação. São...
contato
Obrigada!
Profa Elizabeth Fantauzzi*
profa.elizabeth.fantauzzi@gmail.com
http://e-professor.blogspot.com
www.eprof...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi

1.027 visualizações

Publicada em

Como fazer um planejamento de ensino? profa Elizabeth Fantauzzi

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Como fazer um Planejamento de Ensino - Elizabeth Fantauzzi

  1. 1. Planejamento Didático:uma ferramenta indispensável para uma ação docente responsável Profa Elizabeth Fantauzzi
  2. 2. “Se você não sabe aonde quer ir, qualquer caminho serve... Você não vai chegar mesmo!” Luis Carlos Martins, autor do livro O mapa da mina – Técnicas para estimular a criatividade em grupo.
  3. 3. Há muito tempo…  Não é de hoje que o ato de planejar está presente no nosso cotidiano.
  4. 4.  Imaginar  Pensar  Idealizar  Sonhar ... Planejar Planejamos o tempo todo
  5. 5.  Cotidiano = atividades mecanizadas = hábitos  Atividades ≠ do cotidiano = procedimentos mais sistematizados para alcançar nossos objetivos – agenda, celular, listas... planejar é preciso…
  6. 6.  Informações/afazeres  Organização do tempo nas atividades profissionais e pessoais  Programas de computador e aplicativos online tornam- se ferramentas imprescindíveis na vida das pessoas Cenário atual
  7. 7. É portanto, notório a importância e a necessidade de planejar nos dias atuais em qualquer área do conhecimento e atividade humana.
  8. 8. Mas... O que é planejamento?
  9. 9.  O ato de planejar implica em analisar uma realidade - refletindo sobre as condições existentes, e prever as ações possíveis para superar dificuldades ou alcançar objetivos esperados. planejamento
  10. 10.  É portanto, um processo mental que envolve várias habilidades como: análise, reflexão e previsão, por isso, pode-se afirmar que é uma atividade tipicamente humana, presente na vida de todos os indivíduos, nos mais variados momentos. planejamento
  11. 11.  O que pretendemos realizar?  O que vamos fazer?  Como vamos fazer?  O que e como devemos analisar a situação, a fim de verificar se o que pretendemos foi alcançado? Planejar = ações
  12. 12. Na educação não poderia ser diferente...
  13. 13.  Planejamento = uma ferramenta indispensável no trabalho do professor  Educação é uma ação intencional e, para tanto, deve ser organizada de modo a atingir os objetivos pretendidos.  Essa organização responde pelo nome de Planejamento Didático, um processo contínuo de tomada de decisões, que pode ser dividido em algumas fases... Planejamento e educação
  14. 14. Tipos de Planejamento 1. planejamento geral das atividades escolares em uma instituição, 2. planejamento de currículo, 3. planejamento didático ou de ensino: a. curso, b. unidade didática (ou de ensino) c. aula.
  15. 15. Fases do planejamento
  16. 16.  A fase de preparação corresponde à elaboração de um roteiro a ser seguido ao longo do período do curso, denominado Plano de Ensino (ou didático). Perguntas orientadoras:  Quem são os prováveis alunos do curso?(professores universitários? alunos de ensino superior? ensino médio? profissionalizante?)  Como são os prováveis alunos do curso?(níveis de conhecimento diferentes? turmas heterogêneas? homogêneas? pertencem ao mesmo estado?)  Em que ambiente ele será realizado? (escola? universidade? Presencial? A distância? laboratórios públicos? em casa?)  Quais recursos estão disponíveis?(vídeo, áudio, conferência, material impresso, computadores, mobiles, CDs, TV?) preparação
  17. 17.  A partir das respostas da preparação, o professor (ou a equipe) irá orientar suas decisões através dos componentes do plano de ensino, que são: Componentes do plano
  18. 18.  quais mudanças e/ou transformações pretende realizar em/com seus alunos, ao longo do curso, Por que ensinar?  Ao responder esta pergunta, ele mostra onde pretende chegar com seus alunos e assim, descreve seus objetivos de ensino Objetivos = por que?
  19. 19. Tipos de objetivos
  20. 20.  Com o perfil dos alunos em mãos e os objetivos de ensino já organizados, é hora de resolver: O que ensinar?  Os conteúdos de ensino são unidades de conhecimento que os professores julgam necessárias a seus alunos. São extraídas do processo histórico de construção de conhecimento, empreendido pela humanidade, e selecionadas a partir das demandas da realidade.  Em função da área de atuação, os professores selecionam conteúdos de ensino necessários à formação profissional e correspondentes às demandas contemporâneas. Conteúdos = o que?
  21. 21.  Depois do desenho do perfil dos alunos, a clareza dos objetivos e a determinação dos conteúdos NÃO garante a efetivação do processo ensino-aprendizagem. É fundamental escolher adequadamente os procedimentos e recursos de ensino que serão utilizados no decorrer do curso, ou seja: Como ensinar?  Os procedimentos de ensino correspondem ao conjunto de ações desencadeadas no ambiente de ensino-aprendizagem, de modo a proporcionar o trabalho do professor e dos alunos, com os conteúdos, em direção à concretização dos objetivos. Procedimentos = como?
  22. 22.  A utilização dos diferentes procedimentos de ensino depende da utilização de recursos de ensino, que correspondem a todo tipo de material que constitua subsídio para a elaboração do curso.  Os recursos de ensino correspondem ao material de apoio e são organizados de acordo com as necessidades dos procedimentos de ensino. Recursos = com o que ensinar?
  23. 23.  Recursos visuais simples, como esquemas, desenhos, tabelas, gráficos, imagens, fotografias, diapositivos (slides), ou mais elaborados, como animações, vídeos digitalizados, CDRom.  Recursos sonoros, como gravações de músicas, entrevistas, narrações, palestras, depoimentos, entre outros.  Recursos bibliográficos, como textos, livros, periódicos, apostilas, páginas na web, como temos utilizado neste curso. Tipos de recursos
  24. 24. E como ter certeza de que as decisões tomadas foram as melhores?
  25. 25.  São os procedimentos de avaliação que permitem verificar a efetividade do processo ensino- aprendizagem, identificando facilidades e eventuais dificuldades, e promover as alterações necessárias ao longo do curso. Os dados coletados a partir dos procedimentos de avaliação permitem ao professor tomar decisões sobre o andamento do programa.  A avaliação pode ser diagnóstica, formativa e somativa. avaliação
  26. 26. Funções da avaliação
  27. 27.  O planejamento didático é, portanto, para o professor, uma ferramenta indispensável e eficaz na sua práxis pedagógica, permitindo orientá-lo a propor intervenções no processo de ensino-aprendizagem.  É por meio desta poderosa ferramenta que se desenha e articula conteúdos, objetivos, procedimentos, recursos e formas de avaliar.  Neste sentido, o planejamento de ensino é um compromisso com ações de qualidade e garantia do alcance das expectativas e objetivos desejados. Considerações finais
  28. 28.  GIL, A. C. Didática do Ensino Superior. São Paulo: Atlas, 2006.  HAIDT, R. Curso de Didática Geral. Série Educação. São Paulo: Editora Ática, 2009.  MASETTO, M. Competências pedagógicas do professor universitário. São Paulo: SUMMUS, 2010.  MASETTO, M. Docência na Universidade. São Paulo: PAPIRUS, 2010.  MASETTO, M. O professor na hora da verdade. São Paulo: AVERCAMP, 2010.  PERRENOUD, P. 10 Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: ARTMED, 2000.  PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L.. Docência no Ensino Superior. São Paulo: CORTEZ, 2010.  SCARPATO, M (org). Os procedimentos de ensino fazem a aula acontecer. São Paulo: AVERCAMP, 2014. referências
  29. 29. contato Obrigada! Profa Elizabeth Fantauzzi* profa.elizabeth.fantauzzi@gmail.com http://e-professor.blogspot.com www.eprofessor.com.br *Elizabeth Fantauzzi é mestre em TV Digital e Mídias Interativas, pós graduada em Design de Multimídia e Gestão em EaD e graduada em Comunicação Visual, Artes Plásticas e Pedagogia. Professora universitária e de Ensino Médio é também Idealizadora do projeto e-professor (www.eprofessor.com.br)

×