Plantas

372 visualizações

Publicada em

Plantas tóxicas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
372
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
79
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plantas

  1. 1. Nome de várias plantas da família das aráceas, todas ornamentais e muito cultivadas em interiores pela beleza das brácteas. Oriundo da Guatemala, o antúrio é encontrado nas regiões tropicais da América do Sul e Central. Cresce em locais sombrios, úmidos e de solo com musgos.
  2. 2. Contêm um suco que pode irritar gravemente as mucosas
  3. 3. Originária da América Central, mais especificadamente no México.
  4. 4. A seiva leitosa causa lesão na pele e nas mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor, queimação e coceira. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificulta a visão. A ingestão pode causar náuseas, vômito e diarreia.
  5. 5. Essa planta é encontrada na América Central, pode chegar até 1,5 metros de altura. Suas folhas são grandes, lustrosas e duradouras na cor verde, em várias tonalidades, com manchas rajadas de branco e amarelo. São bastante decorativas.
  6. 6. Essa planta é popular no jardim e é responsável por diversos casos de intoxicação. Ao levar pedaços da planta a boca, observa-se um aumento na quantidade de saliva, além de dor na região de boca e língua. Após um tempo, percebe-se inchaço local, além de náusea e vômito. Mortes já foram relatadas após a ingestão desse vegetal, em virtude da obstrução do sistema respiratório causado pelo inchaço.
  7. 7. Essa planta com flores é nativa do leste e norte da América do Norte, têm veneno no seu fruto, que mede um centímetro de diâmetro e lembra o formato de um olho. A toxina que está nos frutos é responsável pela morte de várias crianças, por causa de seu gosto doce.
  8. 8. Doses excessivas podem causar tonturas, náusea, vômito, diarreia, dor abdominal, alterações visuais, dor de cabeça, tremores, transtornos nervosos e problemas gástricos.
  9. 9. O copo de leite é uma flor originária do continente africano e encontrada em algumas regiões da Oceania.
  10. 10. Todas as partes da planta apresentam toxidade e podem causar pela ingestão ou contato, sensação de queimação, inchaço de lábios, náuseas, vômitos e diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia e contato om os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea
  11. 11. É uma planta tropical nativa da América do Sul.
  12. 12. É classificada como tóxica e narcótica, sendo que todas as partes da planta são perigosas. Os efeitos de ingestão de qualquer parte da planta podem causar paralisia dos músculos lisos, confusão, taquicardia, alucinações auditivas e visuais, midríase e morte.
  13. 13. É um arbusto espinhoso originário de Madagascar, muito difundido no Brasil, onde é utilizado como planta ornamental e como proteção de cercas vivas.
  14. 14. A seiva leitosa causa lesão na pele e mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor, queimação e coceira, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão, a ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarreia.
  15. 15. A mamona é originária do sudeste do continente asiático, mais precisamente da Índia. Durante a colonização britânica naquela região, os ingleses lavaram a cultura para suas colônias no continente africano e com o tráfico escravo alcançou o litoral brasileiro.
  16. 16. Ao mastigar os grãos da mamona, a ricina é liberada no corpo, causando vários sintomas graves. Em 36 horas, dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia estão presentes. Os sintomas menos comuns incluem um desequilíbrio eletrolítico grave, desidratação e sangue na urina. Após o período de 36 horas, os sintomas com risco de morte se desenvolvem, incluindo danos ao fígado e rins, provocando a falência dos órgãos e, finalmente, a morte.
  17. 17. Espécie de origem americana que cresce em terrenos ermos, em baixa altitude.
  18. 18. Parte Tóxica: Folhas e Frutos. Distúrbios digestivos. Os glicosídeos presentes na casca da semente agem deprimindo a respiração e o sistema cardiovascular e estimulando a musculatura gastrointestinal. É útil para o tratamento de feridas, mordida de animais peçonhentos, obstruções das vias abdominais e gripes fortes. A planta é ainda utilizada para cólicas estomacais, nefríticas e hepáticas e para úlceras gastrintestinais.
  19. 19. As cores encontradas são: branca, rosa, azul e lilás. São encontradas em cidades do Sul do país. A cultivação é feita nas beiras de estradas, para ornamentação de lugares públicos. É encontrada também em jardins. Ela veio da China e do Japão
  20. 20. Dor de barriga, vômitos, fraqueza muscular e pode causar coma.

×