Sindrome de
ImuneReconstituição por HIV
associada a TB
Edy Nacarapa, MD
06 Feb 2015
Hospital Carmelo de Chokwe
Programa de...
Definição de Caso para locais com
recursos limitados
DEFINIÇÕES DE CASOS DE S.R.I
USADAS AO LONGO DA ERA HIV
1ª French et al, 2004
2ª Shelburne et al, 2006
3ª Colebunders et a...
1. French et al, 2004
Diagnostico: 2 criterios maiores, ou 1 maior + 2 menores
Major criteria
a) Manifestação atipica duma...
2. Shelburne et al, 2006
Os Criterios de diagnsotico Incluiem:
• Paciente HIV-Positivo
• Em TARV efectivo evidenciado pela...
3. Colebunders et al, 2006
Pacientes em TAT e TARV
a) Definição de Caso Suspeito de SRI
associado a TB
b) Definição de Cas...
3. Colebunders et al, 2006
Pacientes em TAT e TARV
a) Definição de Caso Suspeito de SRI associado
a TB
Deve ter pelo menos...
3. Colebunders et al, 2006
Pacientes em TAT e TARV
b) Definição de Caso Confirmado de SRI
associado a TB
Deve ter pelo men...
Categorias de SRI associada a TB
• SRI Paradoxal associada a TB
• SRI associada a TB Mascarada
SRI Paradoxal associada a TB
• Existem três componentes para definição caso
a) Antecedentes
b) Os critérios clínicos (1 ma...
SRI Paradoxal associada a TB
a) Antecedentes
• Ambos os dois seguintes requisitos devem ser
considerados
– o diagnóstico d...
SRI Paradoxal associada a TB
b) Criterio Clinico (1M/2m)
• O início das manifestações SRI associada à
tuberculose deve sur...
SRI Paradoxal associada a TB
b.1 Criterios Clinicos Maiores
• • gânglios linfáticos novos ou aumentados ,
abcessos frios ,...
SRI Paradoxal associada a TB
b.2 Criterios Clinicos menores
• Novos ou agravamento dos sintomas B
(constitucionais): febre...
SRI Paradoxal associada a TB
c) Excluir qualquer causa Subjacente
• • Falencia a Categoria I por ser TB MDR
• • A má adesã...
SRI Paradoxal associada a TB
SRI associada a TB Mascarada
Criterios
• O paciente não está recebendo TAT quando a
TARV é iniciado e , em seguida, aprese...
SRI associada a TB Mascarad
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sindrome de imune reconstituicao e Tuberculosis. edy

409 visualizações

Publicada em

Sindrome de ImuneReconstituição no contexto de Tuberculosis

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sindrome de imune reconstituicao e Tuberculosis. edy

  1. 1. Sindrome de ImuneReconstituição por HIV associada a TB Edy Nacarapa, MD 06 Feb 2015 Hospital Carmelo de Chokwe Programa de Educação Clinica Continua
  2. 2. Definição de Caso para locais com recursos limitados
  3. 3. DEFINIÇÕES DE CASOS DE S.R.I USADAS AO LONGO DA ERA HIV 1ª French et al, 2004 2ª Shelburne et al, 2006 3ª Colebunders et al, 2006 4ª Actual desde 2008
  4. 4. 1. French et al, 2004 Diagnostico: 2 criterios maiores, ou 1 maior + 2 menores Major criteria a) Manifestação atipica duma infecçao oportunistica em pacientes que responde ao TARV • Doença localizada; • Reacçao Inflamatoria exagerada • Resposta Inflamatoria atípica num tecido afectado • Disfunção progressiva dum orgao, ou exarcebação duma lesão que previamente estava revelando melhorias ao longo da medicação especifica pre-TARV, na exclusao de farmacotoxicidade e diagnosticos alternativos. b) Redução do Carga Viral em menos de 1 log10 copias per mL Minor criteria • Aumento de TCD4 cell apos Inicio TARV • Aumento na imuneresposta contra patógenos relevantes, Hipersensibilidaded tipo tardia, • Resoluçao expontanea da doença sem antibioterapia especificas, ou Quimioterapia para Tumor
  5. 5. 2. Shelburne et al, 2006 Os Criterios de diagnsotico Incluiem: • Paciente HIV-Positivo • Em TARV efectivo evidenciado pela queda da Carga Viral e Aumento do CD4 comparativamente aos niveis basais • Achados clínicos Consistentes com um proceso Inflamatorio • Evolução clínica inconsistente com curso esperado da infecçao oportunistica ou farmacotoxidade previamente diagnosticada
  6. 6. 3. Colebunders et al, 2006 Pacientes em TAT e TARV a) Definição de Caso Suspeito de SRI associado a TB b) Definição de Caso Confirmado de SRI associado a TB
  7. 7. 3. Colebunders et al, 2006 Pacientes em TAT e TARV a) Definição de Caso Suspeito de SRI associado a TB Deve ter pelo menos 3 criterios: • Um começo de resposta clínica ao TAT, baseado na combinação de alguns achados: cessação de febre, alivio de síntomas pulmonares, regressão das adenopatías, remissão do menigismo previo. • Nova Febre Persistente de origem nao identificavel, e/ou outros achados: piora ou dispneia emergente, estridor, aumento da adenopatía, neo-abscessos, neo- abdominalgias com evidencia ecográfica de adenopatías paraorticas, síntomas de SNC inexplicaveis • Aderencia adequada tanto ao TARV bem como ao TAT
  8. 8. 3. Colebunders et al, 2006 Pacientes em TAT e TARV b) Definição de Caso Confirmado de SRI associado a TB Deve ter pelo menos 3 criterios: • Control radiologico mostrando empioramento da adenopatia hilar, infiltrado pulmonar, derrame pleural, adenopatia abdominal, hepatosplenomegalia • Boa Resposta Virologica e aumento CD4, e/ou seroconversao teste Cutaneo de negativo a positividade. e/ou aderencia adequada Tanto a TARV bem como a TAT • Exclusão clara de existencia doutra condiçao clínica, tal como: Falencia TAT, infecção concomitante, tumor ou alergia.
  9. 9. Categorias de SRI associada a TB • SRI Paradoxal associada a TB • SRI associada a TB Mascarada
  10. 10. SRI Paradoxal associada a TB • Existem três componentes para definição caso a) Antecedentes b) Os critérios clínicos (1 maior, e/ou 2 menores) c) Explicações alternativas para a deterioração clínica devem estar excluída se possível
  11. 11. SRI Paradoxal associada a TB a) Antecedentes • Ambos os dois seguintes requisitos devem ser considerados – o diagnóstico de tuberculose(Pulmonar BK+, BK-, ou Disseminada) feita antes de iniciar TARV, – A resposta inicial ao TAT: Resposta Clinica ao TAT Melhorada, Clinica FESTA↘↘. ( NB:Nao aplicavel aos pts q iniciam TARV na 2ª semana de TAT, pois tempo insuficiente para avaliar)
  12. 12. SRI Paradoxal associada a TB b) Criterio Clinico (1M/2m) • O início das manifestações SRI associada à tuberculose deve surgir dentro de 3 meses do início TARV, reinício , ou troca de esquema por causa de falha no tratamento TARV. • Dentre as seguintes , pelo menos, um critério maior ou dois critérios clínicos menores são necessários:
  13. 13. SRI Paradoxal associada a TB b.1 Criterios Clinicos Maiores • • gânglios linfáticos novos ou aumentados , abcessos frios , ou outro envolvimento do tecido focal , artrite tuberculosa • • Novo ou agravamento de achados radiológicos de TB ( no RX Torax, Eco-ABD, TAC, ou MRI) • • Novo ou agravamento TB no SNC ( meningite,focalidade por tuberculoma ) • • Novo ou empioramento de serositis ( derrame pleural, pericardico e peritoneal)
  14. 14. SRI Paradoxal associada a TB b.2 Criterios Clinicos menores • Novos ou agravamento dos sintomas B (constitucionais): febre , suores noturnos , ou perda de peso • • Novo ou agravamento dos sintomas respiratórios como tosse , dispneia, ou stridor • • Novo ou o agravamento da dor abdominal acompanhada de peritonite , hepatomegalia, esplenomegalia, ou adenopatia abdominal
  15. 15. SRI Paradoxal associada a TB c) Excluir qualquer causa Subjacente • • Falencia a Categoria I por ser TB MDR • • A má adesão ao TAT • • Outra infecção oportunista ou neoplasia ( que é particularmente importante para excluir um diagnóstico alternativo em pacientes com TB Pulmonar BK(-) e tuberculose extrapulmonar , onde o diagnóstico inicial de tuberculose não foi microbiologicamente confirmado ) • • toxicidade da droga ou reacção
  16. 16. SRI Paradoxal associada a TB
  17. 17. SRI associada a TB Mascarada Criterios • O paciente não está recebendo TAT quando a TARV é iniciado e , em seguida, apresenta-se com TB ativa no prazo de 3 meses de Inicio TARV – Evidencia TB – Clinica de FESTA com correlacao RadioHistologica evidente,
  18. 18. SRI associada a TB Mascarad

×