Retábulo do Santíssimo Sacramento

428 visualizações

Publicada em

Pequena apresentação sobre o Retábulo do Santíssimo Sacramento, que se encontra na Capela do Espírito Santo de Eiras(Coimbra).

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Retábulo do Santíssimo Sacramento

  1. 1. Retábulo do Santíssimo Sacramento Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  2. 2. Retábulo do Santíssimo SacramentoDesignação:Retábulo da Santíssima TrindadeTipologia:Património Artístico, Móvel e Material.Datação:A referência mais antiga documentada do retábulo é do ano de 1734, onde Fabião Soares de Paredes descreve ointerior da igreja. ([...]Cappella mor, que he taobem de Abobeda antiga com Retabolo e Sacrario de pedradourada em que estão no alto o Padre Eterno, e dos lados S. João Envagelista, e a Senhora das angustias, epello meyo alguns Anjos todos levantados em busto na mesma pedra.)Apesar desta referência podemos recuar até ao segundo quartel do Século XVI. Chegamos a esta conclusãodevido á composição formal e estética do retábulo, que está dentro da estética do 2º Renascimento (Maneirismo).Do mesmo modo, o material utilizado, a pedra calcária de Ança que é um material de eleição dos artistas desseperíodo. Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  3. 3. Retábulo do Santíssimo Sacramento Local Original: Altar da Capela do Espírito Santo de Eiras (Coimbra). Local Actual: Altar da Capela do Espírito Santo de Eiras (Coimbra).Capela do Espírito Santo de Eiras Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  4. 4. Retábulo do Santíssimo SacramentoDescrição:Retábulo com Sacrário em pedra calcária tendo como tema a Sagrada Trindade.O retábulo é uma micro-arquitectura ladeada por pilastras decoradas com motivos vegetalistas e figurasgrotescas, possuindo dois níveis diferentes: No primeiro nível encontramos ao centro o Sacrário destacadodevido à sua forma trapezoidal, tendo duas figuras antropomórficas em posse de oração (devotos?) nas suasfaces e na sua base dois anjos. Este é ladeado por dois nichos em forma de concha suportados por duaspilastras. Dentro do nicho da direita encontramos a figura da Virgem, por sua vez, no da esquerda encontramos afigura de S. João Baptista; No nível superior encontramos ao centro a figura de Cristo destacado. Este é ladeadopor dois anjos músicos dentro de nichos suportados por colunas esguias.Na base do retábulo encontramos por baixo das figuras da Virgem e de S. João Baptista, duas figurasantropomórficas (soldados?): A figura da direita encontra-se agachada com um objecto na mão (espada?) e a daesquerda de joelhos segurando uma vara (lança?).No remate encontramos arabescos, que se transformam em figuras antropomórficas, que por sua vez, formamespirais que acabam numa cabeça equestre.No topo do remate encontramos a figura do Padre-Eterno sentado num torno, majestoso, possuindo vestespontifícias e com uma coroa na cabeça. Entre os seus joelhos encontramos a figura de Cristo crucificado demenores proporções, suportado pela sua mão. Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  5. 5. Retábulo do Santíssimo Sacramento Virgem Sacrário S. João Anjos Virgem Baptista Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  6. 6. Retábulo do Santíssimo Sacramento Anjo Cristo Anjo Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  7. 7. Retábulo do Santíssimo Sacramento Friso Soldado (?) Soldado (?) Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  8. 8. Retábulo do Santíssimo SacramentoAutor:Mestre Anónimo.Esteve atribuído a João de Ruão. Apesar de seguir um esquema ruanesco, e uma linguagem bem maneirista, asua qualidade técnica é bastante fraca, o que não permite fazer uma ligação com um artista que dominava bem aarte da escultura.Actualmente encontra-se atribuído à sua escola.No meu entender um possível autor é Francisco Fonseca Imaginário da zona de Aveiro, que durante os anosnoventa do século XVI trabalhou nas zonas de Coimbra, sendo a Capela do Santíssimo Sacramento de Souselase o seu Retábulo as suas únicas obras conhecidas.O que me leva a tirar esta elação é o facto do imaginário andar pela zona de Coimbra durante o período deconstrução da capela, pelo menos parte dela. Outro facto, é do dito artista já ter efectuado uma obra queesteticamente é muito idêntica, tanto a nível formal como técnico, do retábulo de Eiras.Mas como só existe uma obra conhecida do dito autor, não é o suficiente para fazer uma análise comparativa., 2005, p.206 Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  9. 9. Retábulo do Santíssimo SacramentoDeposição de Cristo S. Marcos da Igreja de S. Salvador de Coimbra Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  10. 10. Retábulo do Santíssimo Sacramento Retábulo do Santíssimo Sacramento de Souselas Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  11. 11. Retábulo do Santíssimo SacramentoImportância Patrimonial:Este objecto é um bom exemplo que o movimento renascentista que se desenvolveu em Coimbra não se limitouà cidade, mas também chegou a zonas mais periféricas. Do mesmo modo, é um exemplar de um artista maismodesto dando assim a conhecer uma “segunda linha” de obras de arte, que são ofuscadas pelos grandesmestres.Por fim, mostra uma relativa prosperidade que a antiga vila de Eiras viveu, que começou com a preparação doseu foral no século XVI, e que se prolonga até ao século XVIII com a criação da nova Igreja Matriz de S. Tiago. Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012
  12. 12. Retábulo do Santíssimo SacramentoBibliografia:•BORGES, Nelson Correia, “João de Ruão”, escultor da Renascença coimbrã, IHA, Coimbra, Faculdade deLetras da universidade de Coimbra, 1980;•GONÇALVES, Carla Alexandra, “Os escultores e a escultura em Coimbra uma viagem além do Renascimento”,Coimbra, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2005;•PINHO, João , “Freguesia de Eiras : A sua História (Do Século Décimo ao Século XXI)”,Coimbra, Junta deFreguesia de Eiras, 2008. Eduardo Albuquerque 29 de Outubro de 2012

×