Educação<br />Educação engloba ensinar e aprender...<br />
Sobre educação :<br />Educação engloba ensinar e aprender. E também algo menos tangível mas mais profundo: passar o conhec...
Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />Educação a distância (EAD) é a modalidade de ensino que permite qu...
Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />A Educação a Distância (EAD) é considerada, segundo o decreto Decr...
Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />A sociedade vigente caracterizada pela seletividade e dualismo pod...
Ambientes Virtuais de Aprendizagem<br />O ambiente virtual de aprendizagem ou LMS(Learning Management System) é um softwar...
Ensino público x Ensino privado <br />No Brasil, o ensino público para escolas de ensino fundamental é conhecido por geral...
Ensino público x Ensino privado <br />Embora o desempenho dos alunos tanto da rede privada quanto da pública tenha piorado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apredentação sobre educação

408 visualizações

Publicada em

educação

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
408
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apredentação sobre educação

  1. 1. Educação<br />Educação engloba ensinar e aprender...<br />
  2. 2. Sobre educação :<br />Educação engloba ensinar e aprender. E também algo menos tangível mas mais profundo: passar o conhecimento, bom julgamento e sabedoria. A educação tem nos seus objetivos fundamentais a passagem da cultura de geração para geração.<br />Veja na apresentação a seguir alguns assuntos e curiosidades sobre educação:<br />
  3. 3. Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />Educação a distância (EAD) é a modalidade de ensino que permite que o aprendiz não esteja fisicamente presente em um ambiente formal de ensino-aprendizagem, assim como, permite também que faça seu auto estudo em tempo distinto. Diz respeito também à separação temporal ou espacial entre o professor e o aprendiz.<br />A interligação (conexão) entre professor e aluno se dá por meio de tecnologias, principalmente as telemáticas, como a Internet, em especial as hipermídias, mas também podem ser utilizados o correio, o rádio, a televisão, o vídeo, o CD-ROM, o telefone, o fax, o celular, entre outras tecnologias semelhantes.<br />
  4. 4. Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />A Educação a Distância (EAD) é considerada, segundo o decreto Decreto-Lei n° 2.494, de 10/2/1998 como, “uma forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados (...)”. A legislação em EAD, atual, mostra avanços significativos, mas não temos a intenção de acompanhar o crescimento histórico da presente modalidade de ensino, e sim, perceber através, de práticas uma superação de valores, atitudes dando significado ao fazer Educação a Distância. O cenário atual da EAD vem passando por transformações a partir de um contexto de mudanças de valores, em que a diversidade cultural é presente, tendo um significado maior em sua contextualização, de saberes e conhecimentos, assumindo um papel importante na sociedade vigente, na qual a globalização gera uma necessidade de comunicação e informação sem fronteiras. <br />
  5. 5. Uma área nova da educação: a Educação a Distância.<br />A sociedade vigente caracterizada pela seletividade e dualismo pode restringir a EAD em vários pontos, que por uma legislação específica, podemos entendê-la como meio para inclusão, na qual visa a partir de um espaço interativo, troca de saberes em que deve ser potencializada competências que possam garantir a formação de um cidadão atuante na presente sociedade. Portanto devemos construir parcerias a partir de uma discussão, que norteiem um fazer EAD comprometido com suas reais necessidades, as quais venham legitimar sua prática. Em âmbito geral, levando em consideração as mudanças que vêem acontecendo em nossa sociedade, podemos entender a EAD como uma modalidade de ensino que tem suas peculiaridades, na qual sua proposta pedagógica deverá ser rediscutida no que se refere à modalidade à distância, em que seu referencial de fazer educação não seja, parcialmente, anulado. <br />
  6. 6. Ambientes Virtuais de Aprendizagem<br />O ambiente virtual de aprendizagem ou LMS(Learning Management System) é um software baseado na Internet que facilita a gestão de cursos no ambiente virtual. Existem diversos programas disponíveis no mercado de forma gratuíta ou não. O Blackboard é um exemplo de AVA pago e o Moodle é um sistema gratuíto. Todo o conteudo, interação entre os alunos e professores são realizado dentro deste ambiente. De acordo com Clark e Mayer(2007), os ambientes virtuais são elementos fundamentais na tarefa de ensino, porém carecem de suporte pedagógico adequado em relação ao processo de aprendizagem. <br />
  7. 7. Ensino público x Ensino privado <br />No Brasil, o ensino público para escolas de ensino fundamental é conhecido por geralmente ter uma qualidade inferior em relação ao ensino privado, embora colégios militares constituem exceções, pois normalmente estão entre os melhores do país. Para o ensino médio, contudo, o ensino público consegue obter escolas de melhor qualidade, como, por exemplo, os Institutos Federais (IF), as Escolas Técnicas Estaduais (ETCs) e os Colégios de Aplicação das universidades públicas. Além da questão de qualidade, escolas públicas brasileiras também apresentam como entraves a violência e as greves.<br />O ensino público para o ensino superior costuma ter melhores professores e vestibulares mais concorridos que no ensino particular, porém é comum possuir menos equipamentos.<br />
  8. 8. Ensino público x Ensino privado <br />Embora o desempenho dos alunos tanto da rede privada quanto da pública tenha piorado nos últimos dez anos, dados das últimas avaliações feitas pelo governo federal apontam que aumentou ainda mais a distância da qualidade de ensino entre os dois sistemas. Tabulação feita pela Folha mostra que a queda entre 1995 e 2005 nas médias no Saeb (exame aplicado pelo Ministério da Educação) foram maiores na rede pública, o que aumentou a vantagem dos colégios particulares. O caso mais grave ocorreu no 3º ano do ensino médio (antigo colegial), em que a diferença entre os dois sistemas cresceu 182,95% em português. Em 1995, as particulares tinham médias 8,27% maiores do que as públicas, número que subiu para 23,4% em 2005. O mesmo movimento aconteceu em matemática e também na 4ª e na 8ª séries do fundamental (antigo primário). <br />

×