SlideShare uma empresa Scribd logo

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais

O aluno João Vitor da Silva encerrou a Oficina Mídias Sociais do Projeto EducaJovem produzindo um trabalho sobre informações e a opinião nos seguintes temas: Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira"; Projeto EducaJovem; Oficina Mídias Sociais; Comunicação; Blog; Postagens de seu blog passadas para o trabalho. O Projeto EducaJovem é uma atividade da Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira" de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Mais informações: www.educandariorp.com.br

1 de 35
Baixar para ler offline
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
MISSÃO
Promover educação, cultura, esporte e iniciação profissional a crianças e adolescentes visando o pleno exercício da cidadania.
VISÃO
Ser referência regional no atendimento a crianças e adolescentes em termos de articulação e fomento de políticas públicas e sustentabilidade aos projetos sociais.
VALORES
1. Garantir os direitos à educação, cultura, esporte, lazer e iniciação profissional.
2. Fortalecer os vínculos comunitários e familiares.
3. Prevenir as vulnerabilidades sociais através das ações socioeducativas.
Origem e História
favor da infância
Criado em 13 de maio de 1938, o Abrigo de Menores de Ribeirão Preto – Educandário Cel. Quito Junqueira – surgia com
o objetivo de acolher crianças e adolescentes de famílias de baixa renda daquela comunidade, que não apresentavam
condições de custear o desenvolvimento integral de seus filhos como saúde, educação, alimentação e moradia.
Embora seu estatuto tenha sido registrado em 1940, apenas três anos mais tarde, em 19 de novembro de 1943, o abrigo
recebeu o seu primeiro educando. Em 8 de setembro de 1944, a entidade foi transformada em fundação, e passou a
denominar-se Fundação Educandário Cel. Quito Junqueira.
Até 1997, os educandos – crianças provindas de famílias de baixa renda do sexo masculino – eram admitidos com faixa
etária entre 6 e 9 anos de idade e podiam permanecer na instituição em regime de internato até atingirem sua maioridade.
Todos os educandos cursavam da 1ª a 4ª séries na própria instituição e, a partir daí, frequentavam as escolas públicas
estaduais.
A partir de 1998, com o advento do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90), iniciaram-se mudanças
importantes na Fundação. Além do encerramento do regime de internato, o Educandário, como tornara-se conhecido,
passou a atender crianças de ambos os sexos em regime aberto. Na época, o Colégio Camillo de Mattos, que era
estadual, passou a ser mantido e administrado pela Fundação Educandário e não mais pelo Governo do Estado,
atendendo da Pré-Escola à 4ª série.
Em 2007, os serviços oferecidos foram reorganizados em três programas de atendimento: Programa de Educação Básica,
Programa de Atividades Complementares e Programa de Iniciação Profissional. Neste mesmo ano foi inaugurada, dentro
do complexo, a Biblioteca Dr. Waldemar Barnsley Pessoa.
Abertura para a comunidade
Ao longo de sua história, a Fundação Educandário estabeleceu boas parcerias, como
é o caso do SENAI, que desde 1988 é parceiro nos cursos de Iniciação Profissional.
Os cursos são ministrados pelos próprios instrutores do Educandário, que são
capacitados para aplicarem a metodologia do SENAI, que por sua vez certifica os
cursos.
Entre 2006 e 2009, em parceria com o Instituto C&A, foi realizada uma série
de treinamentos de fomento a práticas de leitura, dinamizando o trabalho na
biblioteca. Nessa mesma linha, em 2008, a Fundação Educandário recebeu o projeto
História da Gente, realizado pela Fundação Palavra Mágica.
Outra parceria estabelecida, em 2006, foi com a Escola de Idiomas CNA (Unidade de
Ribeirão Preto) que passou a oferecer curso de inglês. Desde então, as aulas são
ministradas por professores do CNA, apoiados por materiais didáticos exclusivos,
revistas, jogos, dentre outros materiais pedagógicos, seguindo a metodologia
aplicada nas unidades daquela escola.
A partir de 2008, e existente até os dias de hoje, institui-se, no mês de novembro,
concomitantemente à comemoração do Dia do Educando, o Dia da Família, com o
objetivo de promover a integração entre os usuários dos programas, seus familiares,
funcionários do Educandário e a comunidade.
A Fundação Educandário estabelece parcerias com universidades com o objetivo de
aprimoramento técnico, desenvolvimento de pesquisas e aproximação da instituição
ao mundo acadêmico.
Quem Somos
A Fundação Educandário Cel. Quito
Junqueira é uma entidade filantrópica
fundada em 13 de maio de 1938 pelo
Coronel Francisco Maximiano
Junqueira, o Coronel Quito, e por sua
esposa, Theolina Zemillade Andrade
Junqueira, a Dona Sinhá.
Ela está estabelecida em Ribeirão
Preto (SP), ocupa hoje uma área de
468.500 m², e oferece serviços de
proteção social básica através de
programas de ensino regular e ações
socioeducativas para crianças e
adolescentes provindos de famílias
de baixa renda.
Educação Básica
Educação Básica, o educando em período integral
Neste programa são oferecidos os cursos de ensino regular nas áreas de Educação Infantil
e Ensino Fundamental, direcionados para crianças e adolescentes de 4 a 15 anos. As
atividades regulares da formação acadêmica são oferecidas no período da manhã com uma
grade curricular que segue as diretrizes dos Referenciais Nacionais da Educação Infantil e
os Parâmetros Curriculares Nacionais.
Para a execução do programa, a Fundação Educandário mantém o Colégio Camillo de
Mattos, que é uma escola particular com atendimento gratuito, e que oferece material
escolar e didático, alimentação, atendimento odontológico e acompanhamento psicossocial,
dentro do próprio complexo.
Como o Programa é de período integral, no turno da tarde, são oferecidas as atividades que
complementam e ou aprofundam os conhecimentos do currículo regular, oferecendo aos
educandos outras oportunidades de construção de seu próprio conhecimento, com
atividades voltadas para as áreas esportivas, culturais, tecnológicas e artísticas.
Em síntese, o Programa de Educação Básica tem como objetivo atender o estudante em
período integral com atividades que estimulem seu crescimento físico, psíquico, cognitivo e
social, além de garantir seu direito de realizar atividades lúdicas e esportivas.
Nesse contexto, a participação da família é de extrema importância, sendo convidada e
estimulada a estar presente em todas as ações organizadas pela Fundação Educandário,
por meio do oferecimento e troca de informações, através de palestras, discussões de
temas atualizados e o papel de cada um na educação dessas crianças e adolescentes.
Anúncio

Recomendados

Histórico da instituição
Histórico da instituiçãoHistórico da instituição
Histórico da instituiçãoSilvana Dias
 
Historico da instituicao
Historico da instituicaoHistorico da instituicao
Historico da instituicaoAliançados Vg
 
ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA. ESCOLA DESTAQUE MARÇO/ABRIL DE 2014.
ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA. ESCOLA DESTAQUE MARÇO/ABRIL DE 2014.ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA. ESCOLA DESTAQUE MARÇO/ABRIL DE 2014.
ESCOLA CORNÉLIA FERREIRA LADEIRA. ESCOLA DESTAQUE MARÇO/ABRIL DE 2014.Antônio Fernandes
 
Newsletter apeel edição 3 janeiro2015
Newsletter apeel edição 3 janeiro2015Newsletter apeel edição 3 janeiro2015
Newsletter apeel edição 3 janeiro2015Margarida Santos
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Texto afinal do que é educação contextualizada (2)
Texto afinal do que é educação contextualizada (2)Texto afinal do que é educação contextualizada (2)
Texto afinal do que é educação contextualizada (2)Maria Vieira
 
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...Quilombo Pimentel
 
Relatório cme 2009
Relatório cme 2009Relatório cme 2009
Relatório cme 2009cmepbi
 
História da Educação de Bom Jardim – Maranhão
História da Educação de Bom Jardim – MaranhãoHistória da Educação de Bom Jardim – Maranhão
História da Educação de Bom Jardim – MaranhãoAdilson P Motta Motta
 
Juventude e Educação do Campo - por Marcos Marques
Juventude e Educação do Campo - por Marcos MarquesJuventude e Educação do Campo - por Marcos Marques
Juventude e Educação do Campo - por Marcos MarquesRede Jovem Rural
 
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIAL
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIALTEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIAL
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIALAdriana Gomes
 
Apostila do professor municipio de foz do iguaçu - 2012
Apostila do professor   municipio de foz do iguaçu - 2012Apostila do professor   municipio de foz do iguaçu - 2012
Apostila do professor municipio de foz do iguaçu - 2012Raquel Becker
 
Cartilha mpt na-escola
Cartilha mpt na-escolaCartilha mpt na-escola
Cartilha mpt na-escolaCIRIA LIMA
 

Mais procurados (17)

Texto afinal do que é educação contextualizada (2)
Texto afinal do que é educação contextualizada (2)Texto afinal do que é educação contextualizada (2)
Texto afinal do que é educação contextualizada (2)
 
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...
Carta compromisso políticas públicas de prom. iguald. racial - eleições munic...
 
Relatório cme 2009
Relatório cme 2009Relatório cme 2009
Relatório cme 2009
 
Projeto Político Pedagógico 2018
Projeto Político Pedagógico 2018Projeto Político Pedagógico 2018
Projeto Político Pedagógico 2018
 
Jaqueline moll
Jaqueline mollJaqueline moll
Jaqueline moll
 
História da Educação de Bom Jardim – Maranhão
História da Educação de Bom Jardim – MaranhãoHistória da Educação de Bom Jardim – Maranhão
História da Educação de Bom Jardim – Maranhão
 
Ppp 2014 cee
Ppp 2014 ceePpp 2014 cee
Ppp 2014 cee
 
Dora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educaçãoDora landolfi programa mais educação
Dora landolfi programa mais educação
 
Apresentação ii sifedoc
Apresentação ii sifedocApresentação ii sifedoc
Apresentação ii sifedoc
 
Edição março 2015
Edição março 2015Edição março 2015
Edição março 2015
 
Juventude e Educação do Campo - por Marcos Marques
Juventude e Educação do Campo - por Marcos MarquesJuventude e Educação do Campo - por Marcos Marques
Juventude e Educação do Campo - por Marcos Marques
 
Jornal Saletinho 2015
Jornal Saletinho 2015Jornal Saletinho 2015
Jornal Saletinho 2015
 
Projeto de intervenção
Projeto de intervenção Projeto de intervenção
Projeto de intervenção
 
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIAL
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIALTEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIAL
TEATRO POLÍTICO, FORMAÇÃO E ORGANIZAÇÃO SOCIAL
 
Apostila do professor municipio de foz do iguaçu - 2012
Apostila do professor   municipio de foz do iguaçu - 2012Apostila do professor   municipio de foz do iguaçu - 2012
Apostila do professor municipio de foz do iguaçu - 2012
 
Fernanda may uffs
Fernanda may  uffsFernanda may  uffs
Fernanda may uffs
 
Cartilha mpt na-escola
Cartilha mpt na-escolaCartilha mpt na-escola
Cartilha mpt na-escola
 

Destaque

Aula SPS Campinas Radio e TV 160923
Aula SPS Campinas Radio e TV 160923Aula SPS Campinas Radio e TV 160923
Aula SPS Campinas Radio e TV 160923artur mendes
 
Quadro validação hipóteses equipa27 v6
Quadro validação hipóteses equipa27 v6Quadro validação hipóteses equipa27 v6
Quadro validação hipóteses equipa27 v6myspakos
 
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealand
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealandAuckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealand
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealandBaydepdulich
 
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)mielesortizangela18
 
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemT
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemTDeclarative Multilingual Information Extraction with SystemT
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemTLaura Chiticariu
 
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as TeachersPatrice D'Eramo
 
Ciencia ficica
Ciencia ficica Ciencia ficica
Ciencia ficica cabral78
 
Решения в области запорной арматуры
Решения в области запорной арматурыРешения в области запорной арматуры
Решения в области запорной арматурыBALTIC CLEANTECH ALLIANCE
 
Media Studies - Evaluation Question 3
Media Studies - Evaluation Question 3Media Studies - Evaluation Question 3
Media Studies - Evaluation Question 3Aidan Emberton
 
Peb i hipotese leitura texto
Peb i hipotese leitura   textoPeb i hipotese leitura   texto
Peb i hipotese leitura textomarcaocampos
 
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)Laura Chiticariu
 

Destaque (19)

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Aula SPS Campinas Radio e TV 160923
Aula SPS Campinas Radio e TV 160923Aula SPS Campinas Radio e TV 160923
Aula SPS Campinas Radio e TV 160923
 
Fotonovela
FotonovelaFotonovela
Fotonovela
 
Podcast nas Línguas
Podcast nas LínguasPodcast nas Línguas
Podcast nas Línguas
 
Quadro validação hipóteses equipa27 v6
Quadro validação hipóteses equipa27 v6Quadro validação hipóteses equipa27 v6
Quadro validação hipóteses equipa27 v6
 
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealand
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealandAuckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealand
Auckland grammar school – trường phổ thông nam sinh hàng đầu new zealand
 
Danhsach key
Danhsach keyDanhsach key
Danhsach key
 
Uso de Teamviewer
Uso de TeamviewerUso de Teamviewer
Uso de Teamviewer
 
Assam Tribune Epaper
Assam Tribune EpaperAssam Tribune Epaper
Assam Tribune Epaper
 
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)
Unidad 1. elementos de la comunicacion. (anita)
 
Alaa c.v (2)
Alaa c.v (2)Alaa c.v (2)
Alaa c.v (2)
 
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemT
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemTDeclarative Multilingual Information Extraction with SystemT
Declarative Multilingual Information Extraction with SystemT
 
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers
10.09.16 Patrice D'Eramo - Leaders as Teachers
 
Ciencia ficica
Ciencia ficica Ciencia ficica
Ciencia ficica
 
Norton internet security clave
Norton internet security claveNorton internet security clave
Norton internet security clave
 
Решения в области запорной арматуры
Решения в области запорной арматурыРешения в области запорной арматуры
Решения в области запорной арматуры
 
Media Studies - Evaluation Question 3
Media Studies - Evaluation Question 3Media Studies - Evaluation Question 3
Media Studies - Evaluation Question 3
 
Peb i hipotese leitura texto
Peb i hipotese leitura   textoPeb i hipotese leitura   texto
Peb i hipotese leitura texto
 
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)
SystemT: Declarative Information Extraction (invited talk at MIT CSAIL)
 

Semelhante a Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais

EEB Francisco Mazzola
EEB Francisco MazzolaEEB Francisco Mazzola
EEB Francisco MazzolaEdio Mazera
 
Resenha Espírita on line nº 32
Resenha Espírita on line nº  32Resenha Espírita on line nº  32
Resenha Espírita on line nº 32MRS
 
Associação beneficente parque do cocó
Associação beneficente parque do cocóAssociação beneficente parque do cocó
Associação beneficente parque do cocóLucas Cardoso
 
Resposta Social - ATL
Resposta Social - ATLResposta Social - ATL
Resposta Social - ATLJoanaMartins7
 
Balanço das Ações 2009 2010
Balanço das Ações 2009 2010Balanço das Ações 2009 2010
Balanço das Ações 2009 2010Jamildo Melo
 

Semelhante a Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais (20)

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Pe 2014 2015 jardim
Pe 2014 2015 jardimPe 2014 2015 jardim
Pe 2014 2015 jardim
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
EEB Francisco Mazzola
EEB Francisco MazzolaEEB Francisco Mazzola
EEB Francisco Mazzola
 
Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche Pe 2014 2015 creche
Pe 2014 2015 creche
 
DECL. II CONFERENCIA EDUC. DO CAMPO
DECL. II CONFERENCIA EDUC. DO CAMPODECL. II CONFERENCIA EDUC. DO CAMPO
DECL. II CONFERENCIA EDUC. DO CAMPO
 
Pe 2014 2015 jardim1
Pe 2014 2015 jardim1Pe 2014 2015 jardim1
Pe 2014 2015 jardim1
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Resenha Espírita on line nº 32
Resenha Espírita on line nº  32Resenha Espírita on line nº  32
Resenha Espírita on line nº 32
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Associação beneficente parque do cocó
Associação beneficente parque do cocóAssociação beneficente parque do cocó
Associação beneficente parque do cocó
 
Resposta Social - ATL
Resposta Social - ATLResposta Social - ATL
Resposta Social - ATL
 
cidadao do futuro
 cidadao do futuro cidadao do futuro
cidadao do futuro
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Balanço das Ações 2009 2010
Balanço das Ações 2009 2010Balanço das Ações 2009 2010
Balanço das Ações 2009 2010
 
Ppp 2015
Ppp 2015Ppp 2015
Ppp 2015
 

Mais de Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira"

Mais de Fundação Educandário "Cel. Quito Junqueira" (20)

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 

Último

5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdfJanielleCristina1
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 

Último (20)

5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdfPlanejamento do 1º semestre  de Ciências 2024 9º ano.pdf
Planejamento do 1º semestre de Ciências 2024 9º ano.pdf
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais

  • 2. MISSÃO Promover educação, cultura, esporte e iniciação profissional a crianças e adolescentes visando o pleno exercício da cidadania. VISÃO Ser referência regional no atendimento a crianças e adolescentes em termos de articulação e fomento de políticas públicas e sustentabilidade aos projetos sociais. VALORES 1. Garantir os direitos à educação, cultura, esporte, lazer e iniciação profissional. 2. Fortalecer os vínculos comunitários e familiares. 3. Prevenir as vulnerabilidades sociais através das ações socioeducativas.
  • 3. Origem e História favor da infância Criado em 13 de maio de 1938, o Abrigo de Menores de Ribeirão Preto – Educandário Cel. Quito Junqueira – surgia com o objetivo de acolher crianças e adolescentes de famílias de baixa renda daquela comunidade, que não apresentavam condições de custear o desenvolvimento integral de seus filhos como saúde, educação, alimentação e moradia. Embora seu estatuto tenha sido registrado em 1940, apenas três anos mais tarde, em 19 de novembro de 1943, o abrigo recebeu o seu primeiro educando. Em 8 de setembro de 1944, a entidade foi transformada em fundação, e passou a denominar-se Fundação Educandário Cel. Quito Junqueira. Até 1997, os educandos – crianças provindas de famílias de baixa renda do sexo masculino – eram admitidos com faixa etária entre 6 e 9 anos de idade e podiam permanecer na instituição em regime de internato até atingirem sua maioridade. Todos os educandos cursavam da 1ª a 4ª séries na própria instituição e, a partir daí, frequentavam as escolas públicas estaduais. A partir de 1998, com o advento do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90), iniciaram-se mudanças importantes na Fundação. Além do encerramento do regime de internato, o Educandário, como tornara-se conhecido, passou a atender crianças de ambos os sexos em regime aberto. Na época, o Colégio Camillo de Mattos, que era estadual, passou a ser mantido e administrado pela Fundação Educandário e não mais pelo Governo do Estado, atendendo da Pré-Escola à 4ª série. Em 2007, os serviços oferecidos foram reorganizados em três programas de atendimento: Programa de Educação Básica, Programa de Atividades Complementares e Programa de Iniciação Profissional. Neste mesmo ano foi inaugurada, dentro do complexo, a Biblioteca Dr. Waldemar Barnsley Pessoa.
  • 4. Abertura para a comunidade Ao longo de sua história, a Fundação Educandário estabeleceu boas parcerias, como é o caso do SENAI, que desde 1988 é parceiro nos cursos de Iniciação Profissional. Os cursos são ministrados pelos próprios instrutores do Educandário, que são capacitados para aplicarem a metodologia do SENAI, que por sua vez certifica os cursos. Entre 2006 e 2009, em parceria com o Instituto C&A, foi realizada uma série de treinamentos de fomento a práticas de leitura, dinamizando o trabalho na biblioteca. Nessa mesma linha, em 2008, a Fundação Educandário recebeu o projeto História da Gente, realizado pela Fundação Palavra Mágica. Outra parceria estabelecida, em 2006, foi com a Escola de Idiomas CNA (Unidade de Ribeirão Preto) que passou a oferecer curso de inglês. Desde então, as aulas são ministradas por professores do CNA, apoiados por materiais didáticos exclusivos, revistas, jogos, dentre outros materiais pedagógicos, seguindo a metodologia aplicada nas unidades daquela escola. A partir de 2008, e existente até os dias de hoje, institui-se, no mês de novembro, concomitantemente à comemoração do Dia do Educando, o Dia da Família, com o objetivo de promover a integração entre os usuários dos programas, seus familiares, funcionários do Educandário e a comunidade. A Fundação Educandário estabelece parcerias com universidades com o objetivo de aprimoramento técnico, desenvolvimento de pesquisas e aproximação da instituição ao mundo acadêmico.
  • 5. Quem Somos A Fundação Educandário Cel. Quito Junqueira é uma entidade filantrópica fundada em 13 de maio de 1938 pelo Coronel Francisco Maximiano Junqueira, o Coronel Quito, e por sua esposa, Theolina Zemillade Andrade Junqueira, a Dona Sinhá. Ela está estabelecida em Ribeirão Preto (SP), ocupa hoje uma área de 468.500 m², e oferece serviços de proteção social básica através de programas de ensino regular e ações socioeducativas para crianças e adolescentes provindos de famílias de baixa renda.
  • 6. Educação Básica Educação Básica, o educando em período integral Neste programa são oferecidos os cursos de ensino regular nas áreas de Educação Infantil e Ensino Fundamental, direcionados para crianças e adolescentes de 4 a 15 anos. As atividades regulares da formação acadêmica são oferecidas no período da manhã com uma grade curricular que segue as diretrizes dos Referenciais Nacionais da Educação Infantil e os Parâmetros Curriculares Nacionais. Para a execução do programa, a Fundação Educandário mantém o Colégio Camillo de Mattos, que é uma escola particular com atendimento gratuito, e que oferece material escolar e didático, alimentação, atendimento odontológico e acompanhamento psicossocial, dentro do próprio complexo. Como o Programa é de período integral, no turno da tarde, são oferecidas as atividades que complementam e ou aprofundam os conhecimentos do currículo regular, oferecendo aos educandos outras oportunidades de construção de seu próprio conhecimento, com atividades voltadas para as áreas esportivas, culturais, tecnológicas e artísticas. Em síntese, o Programa de Educação Básica tem como objetivo atender o estudante em período integral com atividades que estimulem seu crescimento físico, psíquico, cognitivo e social, além de garantir seu direito de realizar atividades lúdicas e esportivas. Nesse contexto, a participação da família é de extrema importância, sendo convidada e estimulada a estar presente em todas as ações organizadas pela Fundação Educandário, por meio do oferecimento e troca de informações, através de palestras, discussões de temas atualizados e o papel de cada um na educação dessas crianças e adolescentes.
  • 7. História dos Fundadores A trajetória de vida de Francisco Maximiano Junqueira, conhecido como Coronel Quito, e de sua esposa, Theolina Zemilla de Andrade Junqueira, conhecida como Dona Sinhá, tem início no século XVIII, com a então descoberta de minas de ouro na região central do Brasil. Tal descoberta atraiu imigrantes de vários países sendo a maioria proveniente de Portugal. Foi nesse período, que chegou ao país o pioneiro da família, o português João Francisco Junqueira, oriundo da região campesina do Minho, no Arcebispado de Braga. O jovem português estabeleceu-se na Capitania de Minas Gerais, mais precisamente na Comarca do Rio das Mortes, na vila de São João Del Rei, que era a maior produtora de grãos, hortaliças e frutos nacionais, servindo tanto à Corte no Rio de Janeiro, quanto às regiões de extração de minério. Em 1758, casou-se com Helena Maria do Espírito Santo, com quem teve 12 filhos. A terceira filha, Maria Francisca da Encarnação casou-se com o português Gabriel de Souza Diniz, e dessa união nasceram 10 filhos. Alguns filhos desse casal migraram para São Paulo e um deles, Francisco Antônio Diniz Junqueira, que se estabeleceu na região de Franca, vem a ser o avô da mãe de Quito e do pai de Sinhá.
  • 8. Francisco Maximiano Junqueira, o Cel. Quito, recebeu, ainda menino, após a morte do pai uma considerável herança, constituída por terras situadas na fazenda do Lajeado, no município de Ribeirão Preto, gados e uma quantia em dinheiro. Nesse período, segunda metade do século XIX, houve uma mudança no cenário agrícola nacional com a introdução do café. A região de Ribeirão Preto tornar-se-ia conhecida como o “Eldorado do Café”, sendo a maior produtora do grão no mundo, e responsável por um terço de todo o café consumido. Cel. Quito iniciou-se, então, na atividade de produção do grão, enriquecendo- se graças ao patrimônio que herdara e também a sua capacidade de gerir os negócios. Casou-se no ano de 1891, com sua prima Theolina Zemilla de Andrade, na cidade de Franca. O casal fixou residência em Ribeirão Preto na Fazenda da Serra, onde levava uma vida modesta, com muito trabalho e economia. Dona Sinhá, por exemplo, dedicava-se pessoalmente às tarefas caseiras, cozinhando até para a turma de camaradas que na fazenda trabalhava. Cel. Quito faleceu em Ribeirão Preto, em 19 de novembro de 1938, aos 71 anos, vítima de broncopneumonia e hipertrofia do coração. Sua morte foi comentada pela imprensa interiorana e da Capital, onde também possuíam residência. Theolina, Dona Sinhá, esposa e companheira do Cel. Quito durante quarenta e sete anos, dedicou toda sua vida a campanhas sociais, lutando sempre em prol dos desprotegidos e necessitados. Efetuando doações e legados a asilos, creches, hospitais, igrejas, dentre outras entidades filantrópicas. Dona Sinhá faleceu em Ribeirão Preto, aos 80 anos de idade, em novembro de 1954.
  • 9. Iniciação Profissional por meio de um conhecimento prático O Programa de Iniciação Profissional é voltado para jovens que já tenham concluído o Ensino Fundamental. Os cursos são oferecidos com o objetivo de ampliar as possibilidades de conhecimento do educando e promover a sua inserção no mercado de trabalho, oferecendo-lhe formação técnica, com conhecimentos teóricos e vivências práticas. A esses alunos também são oferecidos gratuitamente alimentação, acompanhamento social e atendimento odontológico em casos de emergência. A família participa de todo o processo, acompanhando o aprendizado de seus filhos na instituição e o encaminhamento para o mercado do trabalho. A certificação dos cursos é realizada pelo SENAI. Curso de Aprendizagem Industrial:
  • 10. Almoxarife Promove a formação inicial dos adolescentes visando à qualificação para atuarem em almoxarifados de empresas industriais, no controle e armazenagem de materiais, além de desenvolver habilidades, atitudes e valores próprios do profissional. Em função do processo utilizado na produção industrial, os participantes desenvolvem atividades individuais e em equipe, utilizando-se de recursos da informática, comunicação, matemática, logística, práticas administrativas, entre outros assuntos que colaboram na formação do perfil profissional do almoxarife. Como participar: O processo de inscrição para o Programa de Iniciação Profissional obedece as seguintes etapas: 1 - Os pais e/ou responsáveis agendam inscrição com o setor técnico, por telefone, no período estabelecido por Edital publicado pelo site da Fundação. 1.1 - Após a inscrição, o candidato e seu responsável, deverão comparecer à Fundação Educandário, no dia e hora marcada pelo setor técnico. 2- Seleção: Levando-se em consideração o número de vagas oferecidas, os usuários cadastrados são selecionados após entrevista socioeconômica realizada pelo serviço social da instituição, de acordo com os seguintes critérios: 2.1. Idade compatível com o Programa; 2.2. Renda familiar e per capita; 2.3. Domicílio/área geográfica; 2.4. Avaliação diagnóstica elaborada pelo serviço social. 3- Matrícula: Os alunos selecionados são convocados para a realização da matrícula.
  • 12. Cidadania e participação crítica na sociedade O Projeto EducaJovem é oferecido para adolescentes de 11 a 17 anos matriculados em escolas públicas da região, o programa tem como objetivo proporcionar o aumento do repertório sociocultural de adolescentes com atividades que estimulem a autonomia, a iniciativa, a comunicação e a sociabilidade visando o pleno desenvolvimento pessoal e social, além de estimular o fortalecimento da convivência familiar e comunitária, o retorno ou a permanência na escola. São realizadas oficinas que estimulam a convivência social, a participação cidadã e uma formação geral para o mundo do trabalho. As atividades são realizadas em dois períodos, manhã e tarde, para atender jovens de toda a comunidade. Como participar O processo de admissão ao Projeto EducaJovem obedece as seguintes etapas: 1- Cadastro: Os jovens acompanhados pelos pais e/ou responsáveis fazem a inscrição durante o ano todo, de acordo com as atividades oferecidas e a disponibilidade de vagas. 2- Critérios: 2.1. Idade compatível com o Programa; 2.2. Estar matriculado em escola pública Obs: Levando-se em consideração o número de vagas oferecidas, os adolescentes cadastrados são convidados a efetuarem a matrícula. 3- Matrículas: 3.1. As matrículas serão feitas somente na Fundação Educandário “Cel Quito Junqueira” – Av. Cavalheiro Paschoal Innecchi, 500, Jardim Independência, de segunda a sexta-feira das 08:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:00. 3.2. Levar cópia dos documentos de identidade do responsável e do aluno, cópia de um comprovante de residência e declaração escolar.3.3. É indispensável a presença do responsável para realização da matrícula. Obs: Os alunos que não tiverem RG poderão levar a cópia da certidão de nascimento. Oficinas
  • 13. EducaJovem - Contraturno Na TRILHA: Oficina que busca, de maneira interativa, formar o adolescente de maneira integral, tratando de temas como: identidade, desenvolvimento pessoal e profissional, cidadania, drogas, sexualidade, habilidades para o mercado de trabalho e projeto de vida. Mídias Sociais: Busca oferecer aos adolescentes uma ampliação ao acesso à cultura e à informação de maneira crítica e autônoma através do acesso às mídias sociais (facebook, twitter, blogs, etc.). Danças Urbanas e Criativas: Trabalhará de maneira lúdica a expressão corporal, através de exercícios com base nas danças urbanas e criativas. Leitura e Escrita: Busca oferecer ao adolescente o desenvolvimento de suas habilidades de leitura e escrita através da compreensão de textos e da expressão escrita e oral, afim de estimular o raciocínio e a reflexão crítica e, assim, prepará-lo para o vestibular e para o mercado de trabalho. Jogos Criativos: Busca oferecer ao adolescente o desenvolvimento de habilidades como criatividade, raciocínio lógico, liderança, espontaneidade e trabalho em equipe, através do uso de jogos de tabuleiro, atividades lúdicas e de raciocínio e jogos teatrais. Inglês: Reforçar o aprendizado de um dos idiomas mais falado no mundo. Uma maneira de estreitar fronteiras culturais. Artes e Grafite: Estimula a criatividade com a elaboração de desenhos, técnicas e história do grafite. Conscientização do reaproveitamento de móveis e objetos.
  • 14. Iniciação Musical: Oficinas teóricas e práticas de Violão, Percussão Popular e Clássica, Flauta e Coral, com aulas de Teoria e Invenção Musical. Culinária Trivial: Adquirir experiência com a prática de culinária que traz o reaproveitamento de alimentos e preparo de refeições consumidas no dia a dia. Teatro: Interpretação, expressão corporal, jogos teatrais, improvisações e leitura. Integração coletiva que estimula a aproximação com a arte. Educação Ambiental: Plantio de mudas, horta coletiva, jardins verticais. Conscientizar e praticar a separação do lixo, o reaproveitamento da água e de materiais. Serigrafia/Silk-Screen: Desenvolvimento da técnica de impressão de desenhos, elaborados pelos adolescentes, em tecidos, metal, papel. Clube de Leitura: Atividade mensal que reúne grupos de leitores para compartilhar e discutir as leituras que despertaram reflexão. Iniciação Esportiva: Disciplina e condicionamento físico com as aulas de natação, vôlei e basquete. Moda: Oficina prática com customização e reaproveitamento de roupas. Dança Contemporânea: Modalidade que mistura diversos ritmos que permite uma coreografia livre, reforçando o adolescente trabalhar a expressão corporal. Ballet: Dança clássica que desenvolve várias habilidades, entre elas a flexibilidade e a coordenação motora. E mais: Escola de pais: Bate papo sobre educação de adolescentes, economia doméstica, dicas de alimentação e empreendedorismo. Passeios a circuitos culturais. Visitas a exposições, teatros, feiras culturais, cinemas, parques e pontos históricos
  • 30. Minhas postagens do Blog familia-crush.webnode.com
  • 32. minha opinião é: acho o jogo muito legal e as vezes chato, acho que sair na rua procurando Pokémon é muito divertido, acho que a diferença do jogo é que todo mundo sai para rua caçando Pokémon e isso é muito divertido
  • 33. acabaram minhas poke bolas oque eu faço? Não se preocupe. Você tem duas opções! Comprar mais pelo lojinha virtual do jogo (isso exige dinheiro de verdade para comprar as PokéCoins a ser usadas para comprar os itens da loja) ou simplesmente andar até um PokéStop perto da sua casa ou trabalho e clicar nela. Você gira o círculo que tem a fotinho e se der sorte ganha muitas Poké Bolas e até outros itens! (Não se preocupe é bem alta a chance de vir Pokébolas! eu ganhei 25 numa só!) Além disso ao subir de nível você ganha Poké Bolas como prêmio também. A cada 5 minutos a PokéStop volta ao normal e já dá para coletar mais Poké Bolas
  • 34. como evoluir seu Pokémon Para evoluir seu Pokémon você deve entrar no menu onde aparecem seus Pokémon selecionar o Pokémon desejado e ter a quantidade exata de Candy daquele Pokémon. (Exemplo: 25 doce de Charmander) e ai clicar no botão de evoluir! Não testamos ainda se precisa chegar a um certo tanto de CP para evoluir ou se basta ter a quantidade de Candys do seu Pokémon. Uma dica legal é que capturar tudo o que ver pela frente, guardar consigo apenas os Pokémon com maior CP e então usar o comando Transfer nas réplicas.(Exemplo: você tem 5 Rattatas, pegue o de maior CP e use o Transfer nos demais! Você irá perder o Pokémon duplicado em que deu Transfer, mas em troca você ganha um Candy daquele Pokémon!