Saúde masculina na terceira idade

1.233 visualizações

Publicada em

Nesta palestra abordamos como o homem, ao chegar aos sessenta anos, poderá ter saúde física e sexual para curtir esta etapa do caminho.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
88
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saúde masculina na terceira idade

  1. 1. Saúde Masculina na Terceira Idade Eduardo Vasco Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia Serviço de Urologia do Hospital Federal do Andaraí Centro de Investigação Urológica RCRJ Maracanã
  2. 2. Introdução• Homem atual: maior longevidade e melhor qualidade de vida.• Com a idade: alterações fisiológicas do envelhecimento. – Síndrome metabólica. – Deficiência androgênica. – Disfunção sexual. – Doenças da próstata • Câncer da próstata • Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP)
  3. 3. SÍNDROME METABÓLICA
  4. 4. OBESIDADE / INATIVIDADE GENÉTICA DIETA EXERCÍCIOS, LEPTINA, BAIXASADIPONECTINA Malonil CoA alterada / AMPK CALORIAS SÍNDROMEHIPERTENSÃO Disfunção METABÓLIC ARTERIAL Erétil Vascular A Doenças Arteriosclerose e Musculares Doenças Cardio Vasculares DIABETES RESISTÊNCIA Aumento MELLITUS INSULINA colesterol e TG
  5. 5. Homens: 102 cmMulheres : 88cm
  6. 6. Frutas Castanha Castanha Pará Caju Amêndoas GrãosLegumes Nozes Amendoim
  7. 7. Carnes Brancas ÀguaAzeite de OlivaExtra-Virgem
  8. 8. DEFICIÊNCIA ANDROGÊNICA
  9. 9. Diminuição da Testosterona no sangueTaxa mínimadetestosteronade acordocom a idadedo homem
  10. 10. Efeito da Testosterona nos tecidos CÉREBRO . Agressividade . Desejo SexualPELE. Crescimento pêlos. Calvície MEDULA ÓSSEA . Produção hemáciasÓRGÃO SEXUAL. Espermatogênese. Aumento próstata OSSOS. Ereção peniana . Formação dos ossos (densidade óssea)MÚSCULOS. Aumento massa muscular e força física
  11. 11. DEPRESSÃO / ALTERAÇÕESDO HUMOR
  12. 12. IRRITABILIDADE FÁCIL
  13. 13. INSÔNIA SONOLÊNCIA
  14. 14. CANSAÇO
  15. 15. DISFUNÇÃO SEXUAL
  16. 16. DOENÇAS DA PRÓSTATA
  17. 17. CÂNCER DA PRÓSTATA
  18. 18. CÂNCER DAPRÓSTATAEXAMEDIGITALRETAL
  19. 19. PróstataNormalCâncer daPróstata
  20. 20. PROSTATECTOMIA RADICALANTES DEPOIS
  21. 21. Radioterapia
  22. 22. Braquiterapia
  23. 23. Bloqueio hormonal
  24. 24. Quimioterapia
  25. 25. HIPERPLASIA BENIGNA DA PRÓSTATA
  26. 26. Hiperplasia Benigna da Próstata• Aumento benigno da próstata.• Não tem relação com cancer da próstata.• Próstata: aumenta com a idade (> 50 anos).• Doença urológica mais comum no idoso.• Sintomas de dificuldade miccional.• Complicações clínicas pela obstrução.
  27. 27. H.B.P – Aumento benigno do volume da próstata, que surge com a idade e na presença de testosterona.
  28. 28. Sintomas urinários Melhora PioraNoctúriaHesitaçãoEsforço excessivoUrgênciaGotejamentoIntermitênciaEsvaziamento incompletoJato fracoFrequênciaDisúria SymptomIrritabilidade BotherRoupas úmidas 30 20 10 0 10 20 30 40 homens (%) Lee, et al. 1996
  29. 29. Incidência de R.U.A por idade 16 14No de eventos por RUA 12 1,000 pessoas-anos 10 8 6 4 2 0 45–49 50–59 60–69 70–79 80–83 Idade (anos) Meigs, et al. 1999
  30. 30. Tratamento Medicamentoso da HBP 5ARIs α-bloqueadoresFinasterida Dutasterida 5AR2 5AR2 5AR1 Volume Relaxamento Prostático da musculatura reduzido lisa Terapia combinada oferece início rápido e duradouro do alívio dos sintomas e redução da progressão da doença a longo-prazo
  31. 31. Tratamento Medicamentoso da HBP 0alfa-bloqueadores Relaxa o muscultura da próstata e da bexiga, aliviando os sintomas Rápido alívio dos sintomas miccionais. Não altera o volume da próstata (VP) Não altera o risco de retenção urinária aguda (RUA) e necessidade de cirurgia Clifford GM, Farmer RDT. Eur Urol 2000;38:2–19 Ekman P. Scand J Urol Nephrol Suppl 1999;203:15–20 Bartsch G et al. World J Urol 2002;19:413–25
  32. 32. Tratamento Medicamentoso da HBPInibidores da 5-alfa-redutase (5ARIs) Inibição da conversão da testosterona em dihidrotestosterona (DHT) Alívio dos sintomas miccionais após vários meses de tratamento Redução do volume da próstata Redução do risco de R.U.A. e necessidade de cirurgia Clifford GM, Farmer RDT. Eur Urol 2000;38:2–19 Ekman P. Scand J Urol Nephrol Suppl 1999;203:15–20 Bartsch G et al. World J Urol 2002;19:413–25
  33. 33. Tratamento cirúrgico da HBP• Cirurgia endoscópica• Cirurgia aberta• LASER Greenlight
  34. 34. Tecido vaporizado
  35. 35. Conclusão O envelhecimento físico no homem é inevitável. Prevenir é mais eficaz do que tratar as doenças. Medidas simples podem ajudar:  Alimentação saudável  Exercícios físicos  Evite fumar e bebidas alcoólicas  Bom humor  Moderação  Visite o seu urologista regularmente

×