Os quatro passos do Currículo Lattes

2.107 visualizações

Publicada em

Palestra proferida na Biblioteca da Unesp de Rio Claro, em 4/11/15, na XVI Semana Nacional do Livro e da Biblioteca.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.107
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os quatro passos do Currículo Lattes

  1. 1. Eduardo Graziosi Silva Bibliotecário da Escola de Engenharia de São Carlos (USP) Os quatro passos do Currículo Lattes
  2. 2. • Histórico da Plataforma Lattes • Passo 1: Criar • Passo 2: Preencher • Passo 3: Atualizar • Passo 4: Manter Agenda
  3. 3. • 1980: necessidade de criação de um formulário padrão para o registro dos currículos dos pesquisadores brasileiros. • 1990: lançamento do formulário. • 1999: lançamento do Currículo Lattes, desenvolvido pelo Stela (UFSC) e C.E.S.A.R. (UFPE). Histórico
  4. 4. Como acessar? http://lattes.cnpq.br/
  5. 5. Diretório de Instituições Apresenta informações de instituições e entidades que possuem relacionamento com o CNPq. (SOBRE..., 2014)
  6. 6. Diretório dos Grupos de Pesquisa Apresenta, dentre outras informações, os recursos humanos, linhas de pesquisa, setores envolvidos, especialidades do conhecimento, produção intelectual e padrões de interação com o setor produtivo. (SOBRE..., 2014)
  7. 7. Painel Lattes Apresenta estatísticas da base de currículos da Plataforma Lattes em forma de painéis. (PAINEL..., 2014)
  8. 8. CRIAR • Informação pessoal • Endereço e contato • Formação acadêmica • Atuação profissional • Área de atuação
  9. 9. PREENCHER • Dados gerais • Formação • Atuação • Projetos • Produções • Patentes e registros • Inovação • Educação e popularização de C&T • Eventos • Orientações • Bancas • Citações
  10. 10. Dados gerais
  11. 11. Dados gerais • Texto inicial do Currículo Lattes: o texto padrão pode ser alterado. • Outras informações relevantes: Neste local você pode cadastrar informações adicionais relativas ao seu currículo, não contempladas nos outros módulos. • Exemplos: resumo, descrição sobre seu perfil curricular, comentário sobre o conjunto da obra, projetos recentes, apoios financeiros recebidos, etc.
  12. 12. Formação
  13. 13. Formação • Formação complementar: campo utilizado para todo tipo de curso que não seja curso acadêmico formal. • Exemplos: programas de formação, aperfeiçoamento e atividade de extensão, cursos de línguas, oficinas, cursos de extensão, cursos de formação profissional, dentre outros.
  14. 14. Atuação
  15. 15. • Atuação profissional: vínculo (relação empregatícia) x atividade (ação realizada) • Linhas de pesquisa: Atuação > Atuação profissional > Incluir novo item > Instituição, vínculo, período e outras informações. Atuação
  16. 16. Projetos
  17. 17. • Quando o projeto for associado, vinculado ou realizado no âmbito de uma instituição, deve ser cadastrado em Atuação profissional > Instituição > Atividade > Projeto de pesquisa. • Aqueles que forem cadastrados em Atuação profissional serão cadastrados neste módulo. Projetos
  18. 18. Produções
  19. 19. • Subdivide-se em: • Produção bibliográfica (artigos, livros, etc.) • Produção técnica (softwares, maquetes, etc.) • Outra produção artística/cultural (arranjo musical, composição, etc.) Produções
  20. 20. Patentes e Registros
  21. 21. • Permite incluir informações dos seguintes tipos de documentos: • Patente • Programa de computador registrado • Cultivar protegida • Cultivar registrada • Desenho industrial registrado • Marca registrada • Topografia de circuito integrado registrada Patentes e Registros
  22. 22. Inovação
  23. 23. • Permite incluir informações de documentos que geraram inovações, tais como: • Patente • Marca registrada • Programa de computador sem registro, etc. Inovação
  24. 24. Educação e Popularização de C&T
  25. 25. • Possui campos para preencher informações de documentos existentes em outros campos, mas que foram publicados com o intuito de divulgação científica. • Também apresenta campos específicos, tais como “Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia” e “Redes sociais, websites e blogs”. Educação e Popularização de C&T
  26. 26. Eventos
  27. 27. • Permite cadastrar informações sobre eventos participados e organizados pelo proprietário do currículo. Eventos
  28. 28. Orientações
  29. 29. • Módulo utilizado para preencher as informações de orientações concluídas e em andamento. • Alguns campos disponíveis são: tipo de trabalho, título, país, idioma, autor, opção para bolsa de estudos, dentre outros. Orientações
  30. 30. Bancas
  31. 31. • Subdivide-se em: • Participação em bancas de trabalhos de conclusão • Participação em bancas de comissões julgadoras • Esta área permite o cadastro das seguintes informações: natureza, título, ano, país, idioma, home page do trabalho e instituição. Bancas
  32. 32. Citações
  33. 33. • Citações no ISI • Os dados podem ser recuperados pelo ResearcherID do pesquisador. • Citações no SciELO, Scopus e outra base bibliográfica • A inclusão dos dados (total de citações, total de trabalhos, data e forma do nome do autor citado) é manual. Em outra base bibliográfica também é possível inserir o nome da base. Citações
  34. 34. PERGUNTAS?
  35. 35. • Atuação > Atuação profissional. • "Tipo do vínculo" > "Bolsista". • Neste caso, não há vínculo empregatício e você pode incluir "Bolsista de Iniciação Científica“. Ainda é possível incluir carga horária e data, e no "Outras informações" você pode incluir os dados do projeto. Onde devo colocar a iniciação científica?
  36. 36. • Atuação Profissional: incluir estágios. • Outras informações: incluir as atividades realizadas. • Na medicina veterinária, por exemplo, costuma-se preenchê-los em Formação Complementar, e não em Atuação Profissional. • O importante é padronizar e incluir todas as informações academicamente relevantes. Estágios: Atuação Profissional ou Formação Complementar?
  37. 37. • Adotar a prática vista em outros currículos: cadastrar os eventos apenas no módulo Eventos. • Pergunta (Eventos): "É uma produção para educação e popularização de CeT?“  Sim ou Não. • Sugestão: cadastrar os eventos apenas no módulo Eventos para não repeti-los em Educação e Popularização de C&T. Eventos: cadastrar em Eventos ou Educação e Popularização de C&T?
  38. 38. Posso colocar um evento em que tive um artigo publicado e pôster exposto, mas não pude comparecer? • Sim, desde que você tenha o documento comprobatório em mãos, mesmo que tenha sido apresentado por outra pessoa. • Currículo documentado: comprovantes de participação.
  39. 39. • Sugestão: verificar se consta alguma indicação similar ao Lattes (curso de curta duração, MBA e/ou Extensão universitária) no documento comprobatório. • Média de carga horária: • cursos de curta duração: de 8h a 40h • cursos de média duração: de 40h a 70h • cursos de longa duração: de 70h a 120h Qual a carga horária para se definir um “curso de curta duração” ou “outros”?
  40. 40. Posso incluir o resumo apresentado e sua publicação nos anais? • Sim. Lembre-se de ter uma cópia dos documentos comprobatórios.
  41. 41. Onde incluir co-orientação de trabalhos acadêmicos? • Não existe opção disponível no módulo Orientações. • Inserir na área Outras informações, já que é destinada para informações relevantes que não tem como serem preenchidas em outras áreas.
  42. 42. Como cadastrar eventos com dois títulos? • Devem ser cadastrados separadamente, a não ser que sejam eventos conjuntos. • Observe o nome do evento no documento comprobatório e registre-o da mesma forma.
  43. 43. Autoria e co-autoria • Cadastrar todos os autores mencionados no trabalho em que você é co-autor(a). • Cuidado com a “síndrome do primeiro autor”: cadastrar os autores conforme a ordem em que são citados na publicação.
  44. 44. Existe um campo especifico para incluir um arquivo do Curriculum Vitae no Lattes?
  45. 45. Mostrar o desenvolvimento de sua vida acadêmica/profissional, projetos, publicações, dentre outros. ATUALIZAR
  46. 46. • Preencher todos os dados, pois isso facilita a recuperação das informações. • Artigos com dados incompletos podem ser versões pre-print, isto é, documentos que já estão disponíveis online mas não tem todos os dados de publicação (volume e número, por exemplo). • Preferencialmente usar fontes primárias (documentos comprobatórios, artigos publicados, dentre outros) para atualizar o currículo. Como?
  47. 47. • Sugestão: a cada 3 meses. • O ideal é que você defina seu próprio período ou método de atualização. Quando?
  48. 48. • possui o registro completo das informações; • mostra consideração em relação aos usuários; • facilita a pesquisa; • contribui para dar visibilidade da ciência nacional no Brasil e no mundo. Um currículo atualizado...
  49. 49. • Processo de revisão das informações: cada informação está no lugar correto? Está adequada e completa? • Exemplo: • Atividade de extensão no módulo Eventos • Correto: módulo Formação > Formação Complementar (cursos acadêmicos não formais) MANTER
  50. 50. Inclua as palavras-chave nos campos que têm essa opção: elas são mais uma forma de recuperação do seu currículo! Palavras-chave
  51. 51. Site do CNPq abriga currículos falsos (SCHAWARSMAN; CAPRIGLIONE, 2009) Fonte: Macêdo Jr (2010) Ética
  52. 52. • Vulnerabilidade da Plataforma Lattes. • Controle mais rígido, já que é utilizada para decidir sobre a destinação de verbas públicas. • Verificação das informações: CNPq? Usuário? Instituição? Ética
  53. 53. “3. Senha e segurança 3.1. Todo usuário que utilizar o serviço é responsável pela guarda segura e pela confidencialidade da sua senha, além de ser inteiramente responsável por toda e qualquer atividade, lançamento e registro de informações que ocorram sob o uso da mesma, inclusive para efeitos legais. [...] 3.3. O CNPq não será responsável por qualquer perda que possa ocorrer como conseqüência do uso não-autorizado por terceiros de sua senha, com ou sem seu conhecimento.” (CONSELHO..., 2015, grifo nosso) Termo de adesão e compromisso
  54. 54. “5. Conduta e Obrigações do Usuário Como condição para utilizar o serviço, o usuário concorda em: [...] i) não criar falsa identidade ou utilizar-se de subterfúgios com a finalidade de enganar outras pessoas ou de obter benefícios; Termo de adesão e compromisso
  55. 55. [...] 6. Conduta e Obrigações do CNPq 6.1. O CNPq reserva-se o direito de: b) sem aviso prévio, realizar auditorias periódicas acerca das informações cadastradas pelo usuário; c) cancelar o acesso do usuário ao serviço, bem como suprimir o registro das informações curriculares do usuário sempre que verificar a má-utilização por este do Sistema, ou a prática de abusos na sua utilização e no lançamento de informações cadastrais.” (CONSELHO, 2015, grifo nosso) Termo de adesão e compromisso
  56. 56. Entre em contato com o proprietário do currículo ou com o CNPq (atendimento@cnpq.br). Dúvidas?
  57. 57. • Não encontrei uma publicação, e agora? • Biblioteca! • Não encontrei uma maquete, blog ou outro documento mais específico... • Entre em contato com o proprietário do currículo. Dúvidas?
  58. 58. CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO. Termo de adesão e de condições de uso: sistema de currículos da Plataforma Lattes. 2015. Disponível em: <https://wwws.cnpq.br/cvlattesweb/pkg_publicar.mostrar_termo_comp>. Acesso em: 1 nov. 2015. MACÊDO JR. Currículo Lattes – coisa de nerd? 2010. Disponível em: <http://cienciaxeret.blogspot.com.br/2010/06/curriculo-lattes-coisa-de-nerd.html>. Acesso em: 27 out. 2014. SCHWARTSMAN, H.; CAPRIGLIONE, L. Site do CNPq abriga currículo falsos. Folha de S. Paulo, São Paulo, 8 jul. 2009. Folha Ciência. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe0807200901.htm>. Acesso em: 27 out. 2014. PAINEL Lattes. Disponível em: <http://estatico.cnpq.br/painelLattes/>. Acesso em: 13 ago. 2014. SOBRE a Plataforma Lattes. Disponível em: <http://www.cnpq.br/web/portal-lattes/sobre- a-plataforma;jsessionid=AB6B240CDC4668AE6A10E67592A5A543>. Acesso em: 13 ago. 2014. Referências
  59. 59. http://www.contentmind.com.br/cursos/lattes/ Sem certificação: grátis! Com certificação: R$ 200,00! Mais sobre o Currículo Lattes?
  60. 60. Eduardo Graziosi Silva Bibliotecário da Escola de Engenharia de São Carlos (USP) edu.gs@sc.usp.br (16) 3373-8860 (16) 3373-9207 Os quatro passos do Currículo Lattes Obrigado!

×