Ficha TécnicaO presente estudo foi realizado com o objectivo de aferir a intençãode férias da população de Portugal Contin...
Perfil sócio-demográfico da amostraRegião de residência                     Género
Perfil sócio-demográfico da amostraEstado Civil                   Habilitações literárias
Perfil sócio-demográfico da amostra                  Idade                                   Rendimento familiar mensal  C...
Férias de Natal ou Ano Novo fora da residência  Pretende fazer férias fora do local de   Quando       questionados    sobr...
Férias de Natal ou Ano Novo fora da residência                  Quanto pensa gastar           Categorias                Nº...
Férias de Natal ou Ano Novo fora da residênciaMotivos que o levam a não fazer férias fora do local de residência no Natal ...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residênciaFez férias fora do local de residência   Pretende fazer férias fo...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência    Quanto pensa gastar               Motivos para gastar menos  ...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência     Duração das férias de 2012                         Nº de per...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência                Consumo, nº noites e dimensão do grupo           ...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência             Local Alojamento das Férias de 2012
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência     Motivos que o levam a não fazer férias fora do local de resi...
Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residênciaInfluência das medidas de austeridade no rendimento disponível pa...
IPDT – Instituto de Turismo        www.ipdt.pt
ED Consulting -Ipdt  estudo impacto medidas austeridade nas ferias dos portugueses natal 2011 e ano 2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ED Consulting -Ipdt estudo impacto medidas austeridade nas ferias dos portugueses natal 2011 e ano 2012

303 visualizações

Publicada em

93% DOS PORTUGUESES CORTAM NAS FÉRIAS NATAL E REPROGRAMAM FÉRIAS PARA 2012

Um estudo realizado pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT) revela que 93% dos inquiridos não vai viajar em férias no final do ano. As medidas de austeridade, como o corte nos subsídios de Natal e o aumento da carga fiscal, são as razões mais apontada, correspondendo a 40% das respostas. Além disso, 77% dos inquiridos que têm intenção de fazer férias espera que estas tenham a mesma duração que em 2010 e um em cada três revela que vai gastar menos do que no ano passado.

Já a pensar nas férias de 2012, sete em cada 10 inquiridos não tenciona viajar durante no próximo Verão e, daqueles que o fazem, quase um terço pretende gastar menos do que durante este ano.

O IPDT traçou também o perfil daquele que será o turista português em 2012. Deverá viajar acompanhado, em média, em grupos de três pessoas, durante um período de 11 noites, consumindo um total de 316 euros por pessoa. Por noite, cada viajante deverá gastar, em média, 28 euros.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ED Consulting -Ipdt estudo impacto medidas austeridade nas ferias dos portugueses natal 2011 e ano 2012

  1. 1. Ficha TécnicaO presente estudo foi realizado com o objectivo de aferir a intençãode férias da população de Portugal Continental para o próximo Natal eAno Novo, bem como para as Férias do próximo ano. Os dados foramrecolhidos entre 15 e 30 de Novembro de 2011, compreendendo todosos dias úteis, entre as 17h00 e as 20h00, com aplicação de umquestionário realizado via telefone. A população é constituída por larescom telefone fixo, em Portugal Continental e por sujeitos com 18 oumais anos. A amostragem foi estratificada por região de residência,tendo-se obtido 422 entrevistas válidas. A esta amostra correspondeum erro amostral máximo de ±4,8%, para um nível de confiança de95%.
  2. 2. Perfil sócio-demográfico da amostraRegião de residência Género
  3. 3. Perfil sócio-demográfico da amostraEstado Civil Habilitações literárias
  4. 4. Perfil sócio-demográfico da amostra Idade Rendimento familiar mensal Categorias Nº casos % Categorias Nº casos % 18 a 30 anos 36 8,6% Até 500€ 71 24,7% 31 a 40 anos 57 13,6% De 501€ a 1000€ 87 30,2% 41 a 50 anos 66 15,7% De 1001€ a 2000€ 88 30,6% 51 a 60 anos 79 18,8% De 2001€ a 3000€ 31 10,8% 61 a 70 anos 94 22,4% De 3001€ a 4000€ 6 2,1%Mais de 70 anos 88 21,0% De 4001€ a 5000€ 4 1,4% Total 420 100,0% De 5001€ a 6000€ 1 0,3% Idade média 53,4 anos Total 288 75,3% Rendimento Médio 1.170 € Nota: Não responderam 134 inquiridos
  5. 5. Férias de Natal ou Ano Novo fora da residência Pretende fazer férias fora do local de Quando questionados sobre aresidência no Natal ou Ano Novo de 2011 expectativa de fazer férias fora do local de residência no Natal ou Ano Novo de 2011, 92,6% dos inquiridos responderam que não irão fazer férias e apenas 7,4% responderam afirmativamente. Embora sejam dados muito relevantes, a sua evolução relativamente a 2010 é muito reduzida já que no estudo realizado pelo IPDT no ano passado, 91% não pretendia fazer férias e apenas 9% manifestaram intenções de gozar férias no mesmo período de análise.
  6. 6. Férias de Natal ou Ano Novo fora da residência Quanto pensa gastar Categorias Nº casos % aaaa Os inquiridos que manifestaram Menos do que o ano passado 9 33,3% intenção de gastar menos que no aaaa Natal/Ano Novo do ano passado, dizem O mesmo que o ano passado 16 59,3% aaaa que as questões monetárias são o Mais do que o ano passado 2 7,4% motivo para este comportamento Total aaaa 27 100,0% a Duração das Férias Categorias Nº casos % Mais curtas do que as do ano passado 3 11,5%Com a mesma duração das do ano passado 20 76,9% Mais longas do que as do ano passado 3 11,5% Total 26 100,0%
  7. 7. Férias de Natal ou Ano Novo fora da residênciaMotivos que o levam a não fazer férias fora do local de residência no Natal ou Ano Novo de 2011 Respostas Motivos Nº % respostas Trabalho 81 19,2% Não tem Férias 56 13,3% Familiares 55 13,1% Idade 44 10,5% Doença 19 4,5% Crise 107 25,4% Cortes subsídio de Natal 29 6,9% Aumento da carga fiscal 2012 10 2,4% Ficou desempregado 9 2,1% Reforma Baixa 7 1,7% Não sabe se vai manter o emprego 4 1,0% Total 421 100,0%
  8. 8. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residênciaFez férias fora do local de residência Pretende fazer férias fora do local de em 2011 residência em 2012
  9. 9. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência Quanto pensa gastar Motivos para gastar menos Motivo % Categorias % Crise 87,5% Menos que em 2011 31,4% Familiares 3,1%O mesmo que em 2011 60,2% Financeiros 3,1% Mais do que em 2011 8,5% Marido desempregado 3,1% Total 100,0% Poupança 3,1% Total 100,0%
  10. 10. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência Duração das férias de 2012 Nº de períodos de férias em 2012 relativamente a 2011 Categorias % Categorias % Mais curtas do que as do ano passado 11,8% Vou fazer menos vezes férias em 2012 33,9%Com a mesma duração das do ano passado 83,2% Vou fazer férias o mesmo número de vezes em 2012 59,6% Mais longas do que as do ano passado 5,0% Vou fazer férias mais vezes em 2012 6,4% Total 100,0% Total 100,0%
  11. 11. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência Consumo, nº noites e dimensão do grupo Dimensão Média Consumo Consumo médio/ Consumo Médio Média Nº Noites Grupo médio/noite noite/pessoa 924 € 11,42 2,92 81 € 28 €
  12. 12. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência Local Alojamento das Férias de 2012
  13. 13. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residência Motivos que o levam a não fazer férias fora do local de residência em 2012 Respostas Motivos Nº % respostasTrabalho 42 12,5%Idade 52 15,5%Doença 18 5,4%Nunca fez férias 25 7,4%Familiares 9 2,7%Crise 113 33,6%Cortes subsídios de Férias e Natal 31 9,2%Aumento da carga fiscal 2012 20 6,0% Crise e medidas deEstá desempregado e não sabe se vai ter emprego 13 3,9% austeridade:Reforma Baixa 9 2,7% 56,5%Não sabe se vai manter o emprego 4 1,2% Total 336 100,0%
  14. 14. Intenções de Férias para o Ano de 2012 fora da residênciaInfluência das medidas de austeridade no rendimento disponível para fazer férias fora da residência em 2012 Influência austeridade Nº casos % (escala 0 a 10) 0 - Não afecta nada 29 6,9% Sem Influência: 6,9% 1 1 0,2% 2 5 1,2% Pouca Influência: 4,0% 3 6 1,4% 4 5 1,2% 5 43 10,3% 6 28 6,7% Alguma Influência: 28,7% 7 49 11,7% 8 78 18,6% 9 52 12,4% Muita Influência: 60,4% 10 - Afecta muito 123 29,4% Total 419 100,0% Média (escala 0 a 10) 7,39
  15. 15. IPDT – Instituto de Turismo www.ipdt.pt

×