O Brasil na era docapitalismo industrial                 Prof. Eduardo Miranda
No oeste paulista, uma nova economia.                   Fim do tráfico de escravos                     Primeiras campanhas...
Com o tempo e para melhorar a produção e oslucros dos exportadores, empresas estrangeirascomeçaram a investir no Brasil.• ...
Embarque do café no porto de Santos, SP, 1902.
A força do trabalho livre e assalariado.A permanência de uma sociedade escravistafoi perdendo força diante:• das pressões ...
Em nome do progresso, o preconceito.O darwinismo social era uma teoria quedefendia a ideia de seleção natural entre ossere...
O quadro “A Redençãode Cam”, de ModestoBrocas     y Gómez,retrata a ideia debranqueamento       danação brasileira. Épossí...
A onda de imigração.• 1870 – implementação do regime docolonato;       Os imigrantes eram contratos       mas a viagem e a...
A maior parte dos imigrantes, inicialmente, iamtrabalhar nas lavouras de café. Depois, iam paraas cidades onde exerciam di...
Do tráfico de escravos à industrialização O desenvolvimento industrial do Brasil foi facilitado: • pelo fim dos privilégio...
Setor industrial na cidade de São Paulo em princípios do século passado.
Tecelagem paulistana, início do século XX.
Urbanização• A industrialização no Brasil marcava um outromomento da sua história: a da predominância davida urbana;• Com ...
Av. Paulista, início do século                              XX.Centro de São Paulo.Destaque para o automóvel eas roupas à ...
Barão de Mauá foi um grandeempreendedor que, mesmosem apoio efetivo do governo,construiu indústrias, crioucompanhias      ...
REFERÊNCIAS:Sites:www.cafehistoria.ning.brwww.nossahistoria.com.brObras:SCHIMIDT, Nova História Crítica do Brasil. São Pau...
PARA PENSAR E RESPONDER:1. O processo de industrialização do Brasil, no início doséculo XX, esteve relacionado aos seguint...
PARA PENSAR E RESPONDER:2. Sobre a formação da nação brasileira no período imperial écorreto afirmar:a) Foi um processo em...
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
O Brasil na Era do Capitalismo Industrial
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Brasil na Era do Capitalismo Industrial

4.188 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
87
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Brasil na Era do Capitalismo Industrial

  1. 1. O Brasil na era docapitalismo industrial Prof. Eduardo Miranda
  2. 2. No oeste paulista, uma nova economia. Fim do tráfico de escravos Primeiras campanhas abolicionistas Organização Solo fértil (terra roxa) empresarial do café Extensas áreas de plantio Introdução de máquinas Valorização internacional
  3. 3. Com o tempo e para melhorar a produção e oslucros dos exportadores, empresas estrangeirascomeçaram a investir no Brasil.• Construção das primeiras ferrovias;• Instalação de bancos;• Casas comerciais;• Grandes armazéns;• Portos. Estação da Luz, São Paulo, no início do século XX.
  4. 4. Embarque do café no porto de Santos, SP, 1902.
  5. 5. A força do trabalho livre e assalariado.A permanência de uma sociedade escravistafoi perdendo força diante:• das pressões internacionais;• dos movimentos abolicionistas;• da repressão ao tráfico;• do aumento do preço dos escravos;• da ideia de branquear a nação brasileira.
  6. 6. Em nome do progresso, o preconceito.O darwinismo social era uma teoria quedefendia a ideia de seleção natural entre osseres humanos, isto é, de que somente os maisaptos poderiam sobreviver. A partir disso, índiose negros foram inferiorizados na formação dopovo brasileiro e, o branco, imigrante, vistocomo símbolo da perfeição.
  7. 7. O quadro “A Redençãode Cam”, de ModestoBrocas y Gómez,retrata a ideia debranqueamento danação brasileira. Épossível perceber ageração do negro, domiscigenado e,finalmente, do branco,que passaria a serdominante.
  8. 8. A onda de imigração.• 1870 – implementação do regime docolonato; Os imigrantes eram contratos mas a viagem e a hospedagem eram custeadas pelo governo paulista.• o trabalhador recebia um salário fixo;• havia divisão dos lucros obtidos com a vendado café.
  9. 9. A maior parte dos imigrantes, inicialmente, iamtrabalhar nas lavouras de café. Depois, iam paraas cidades onde exerciam diversas funções. Dados da imigração de 1884- 1939
  10. 10. Do tráfico de escravos à industrialização O desenvolvimento industrial do Brasil foi facilitado: • pelo fim dos privilégios aos produtos ingleses no Brasil; • pela criação da Tarifa Alves Branco, que encarecia os produtos importados; • pelo estímulo à produção interna e ao consumo de produtos nacionais.
  11. 11. Setor industrial na cidade de São Paulo em princípios do século passado.
  12. 12. Tecelagem paulistana, início do século XX.
  13. 13. Urbanização• A industrialização no Brasil marcava um outromomento da sua história: a da predominância davida urbana;• Com a instalação de indústrias e a imigraçãoem massa, as cidades rapidamente sedesenvolveram;• No entanto, o espaço agrícola ainda era muitoforte e recebia total apoio do governo.
  14. 14. Av. Paulista, início do século XX.Centro de São Paulo.Destaque para o automóvel eas roupas à moda europeia.
  15. 15. Barão de Mauá foi um grandeempreendedor que, mesmosem apoio efetivo do governo,construiu indústrias, crioucompanhias de gás deiluminação, ligou a capital dopaís à Petrópolis por umaferrovia e ainda desenvolveu anavegação a vapor no sul e naAmazônia.Seus empreendimentos nasáreas da indústria e daurbanização ajudaram acolocar o Brasil na era docapitalismo industrial.
  16. 16. REFERÊNCIAS:Sites:www.cafehistoria.ning.brwww.nossahistoria.com.brObras:SCHIMIDT, Nova História Crítica do Brasil. São Paulo: Nova Geração,2001.SENISE, Elaine e Maria Helena. História Fundamental 9. São Paulo:Atual, 2011.
  17. 17. PARA PENSAR E RESPONDER:1. O processo de industrialização do Brasil, no início doséculo XX, esteve relacionado aos seguintes fatores,EXCETO com:a) a substituição da mão de obra escrava pela livre e assalariada, composta por imigrantes europeus.b) os investimentos feitos no setor industrial tanto por empresários brasileiros quanto por estrangeiros.c) o capital vindo da economia cafeeira e do fim do tráfico de escravos.d) o crescente estímulo do governo às importações de produtos europeus.e) o estímulo à produção interna e ao consumo de produtos nacionais.
  18. 18. PARA PENSAR E RESPONDER:2. Sobre a formação da nação brasileira no período imperial écorreto afirmar:a) Foi um processo eminentemente popular, com destaque para a participação da comunidade negra.b) Mesmo sendo liderado pela elite, não pode ser encarado como um processo preconceituoso.c) Baseou-se na teoria etnocêntrica da superioridade da raça branca sobre indígenas e negros.d) Surgiu da necessidade de unificar o território sob um único governo.e) Promoveu a convivência pacífica entre brancos, negros e índios defendendo a miscigenação no Brasil.

×