O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Usabilidade, User Experience e Design Emocional no E-commerce

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 57 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a Usabilidade, User Experience e Design Emocional no E-commerce (20)

Usabilidade, User Experience e Design Emocional no E-commerce

  1. 1. Usabilidade, User Experience e Design Emocional no E-commerce //UX.BLOG
  2. 2. Edu Agni / UX Designer no iMasters Trabalha há nove anos com projetos nas áreas de usabilidade, interface, interação, criação e web standards. É curador da área de Design da Campus Party Brasil. www.uxdesign.blog.br www.twitter.com/eduagni www.linkedin.com/in/eduagni //UX.BLOG
  3. 3. “O produto não é um fim em si, mas a porta de entrada para uma infinidade de experiências.” (The Nokia Design Manifesto) //UX.BLOG
  4. 4. UX Designer = O cara da Usabilidade ?!? //UX.BLOG
  5. 5. //UX.BLOG Product ExperienceUser Experience x Sobre amar um produto: os princípios fundamentais
  6. 6. //UX.BLOG Experiências afetivas envolvidas na interação humano-produto, seja instrumental, não- instrumental ou não-física. Interação Humano- Computador, mais focada nas questões cognitivas do usuário Product ExperienceUser Experience x Sobre amar um produto: os princípios fundamentais
  7. 7. Avaliação rápida de UX » Eu consigo usá-lo? » Eu devo usá-lo? » Eu quero usá-lo? //UX.BLOG
  8. 8. Projetar para pessoas Compartilhar boas histórias Estimular os sentidos
  9. 9. Tríade da Experiência Digital Projetar para pessoas Compartilhar boas histórias Estimular os sentidos Eu consigo usá-lo? Eu quero usá-lo? Eu devo usá-lo?
  10. 10. A primeira regra de design para e-commerce: se o cliente não encontrar o produto, o cliente não pode comprar o produto.
  11. 11. Quando usuários não encontram algo que querem em um site de e-commerce, na maioria das vezes eles acreditam que o site não tem o produto desejado.
  12. 12. Heurísticas para AI do Rosenfeld Página principal (Ex: suporta múltiplas maneiras de alcançar o conteúdo?) Interface de busca (Ex: é fácil encontrá-la e está posicionada consistentemente?) Resultados da busca (Ex: os resultados mais relevantes estão no topo da lista?) Navegação global (Ex: é possível se mover através do site com poucos cliques?) Navegação contextual (Ex: está claro onde estou tanto em termos de qual site como também em que lugar dentro do site estou?)
  13. 13. Convenções de interface O e-commerce não possui grandes mistérios, não é mais tão difícil de usar.
  14. 14. Convenções de interface Usam padrões de interface estabelecidos, conhecidos e amplamente usados.
  15. 15. Heurísticas de Usabilidade do Nielsen Diálogos simples e naturais Falar a linguagem do usuário Minimizar a sobrecarga de memória do usuário Consistência Feedback Saídas claramente marcadas Atalhos Boas mensagens de erro Prevenir erros Ajuda e documentação
  16. 16. UX.BLOG "Se a facilidade de uso fosse o único requisito, estaríamos todos andando em triciclos" (Douglas Engelbart, inventor do mouse)
  17. 17. Mundo do Consumidor Desejos subconscientes Aspirações emocionais Estímulos de design Instinto viceral Explorações sensoriais //UX.BLOG Mundo dos Negócios Análise de tendências Avaliação de mercado Pesquisas científicas Avaliação e validação da marca Estratégia da marca
  18. 18. O design para e-commerce diz respeito a psicologia e como lidar com emoções
  19. 19. Como podemos persuadir os usuários a comprar um produto?
  20. 20. Como podemos projetar uma experiência afetiva? Sobre amar um produto: os princípios fundamentais
  21. 21. Interação Fluida
  22. 22. Lembrança de memória afetiva
  23. 23. Significado simbólico (social)
  24. 24. Compartilhamento de valores morais
  25. 25. Interação física prazerosa
  26. 26. A psicologia dos compradores podem ser divididas em três categorias (Níveis de Design Emocional definidos por Donald Norman)
  27. 27. Viceral Subconsciente; Primeira reação; Instinto de sobrevivência. Maximiza a confiança, diminui a sensação de desordem e passa a ideia de um melhor custo-benefício.
  28. 28. Cores escuras tem relação com afetos negativos; Muitas opções tornam mais difícil a decisão; Design extremamente confuso gera ansiedade, desconfiança, e dá a ideia de ambiente inseguro.
  29. 29. Viceral Design limpo, aberto e brilhante passa a sensação de ambiente seguro; Imagens realistas remetem a memória afetiva e criam reações positivas.
  30. 30. Comportamental Semi-consciente; Prazer em fazer uso; Ligada a Usabilidade. Ações obvias e visíveis; Reconhecimento ao invés de lembrança; Afordabilidade; Incentivar a ação.
  31. 31. Comportamental Elementos visíveis, segregados e óbvios (call to action, carrinho de compras, etc). Botões que se parecem botões (afordabilidade).
  32. 32. Reflexivo Consciente; Duradoura; Ligada a memórias, experiências e auto-imagem. Indicadores de confiança; Validação social; Imagética.
  33. 33. Reflexivo Política de privacidade, referências e depoimentos de outros compradores, e a garantia de que as transações são seguras.
  34. 34. Conclusões
  35. 35. O e-commerce se beneficia de uma perspectiva de longo prazo sobre o ciclo de vendas completo e experiência total do usuário.
  36. 36. A estratégia do projeto transmídia deve ir além do site principal para abranger um site móvel, uma estratégia de newsletter, e bom atendimento ao cliente (incluindo boas mensagens de confirmação).
  37. 37. Estamos vendendo para pessoas, que tomam decisões movidas por emoções. Dessa forma, devemos humanizar nossos processos, paradigmas e perspectivas.
  38. 38. Refêrencias E-Commerce Usability, por Nielsen Norman Group Emotional Design: Why We Love (or Hate) Everyday Things, por Donald Norman Designing For E-commerce, por Ross Johnson Sobre amar um produto: os princípios fundamentais, por Beatriz Russo e Paul Hekkert UX.BLOG, por Edu Agni //UX.BLOG
  39. 39. Obrigado ;) Edu Agni / UX Designer no iMasters www.uxdesign.blog.br www.twitter.com/eduagni www.linkedin.com/in/eduagni //UX.BLOG

×