O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
@eduagni

Emancipação

pelo Aprendizado
do Design
Edu Agni Designer
user experience specialist
Como a curiosidade no aprendizado do
design pode favorecer processos
emancipatórios a partir da aquisição de
conhecimentos...
Uma ciência
do artificial
“O produto não é um fim em si, mas
a porta de entrada para uma
infinidade de experiências.” 



The Nokia Design Manifesto
Um mundo
complexo
“O simples bater de asas de uma
borboleta no Brasil pode ocasionar
um tornado no Texas.”



Edward Lorenz, 1969
Metáfora para o
comportamento de
sistemas caóticos
Princípio da incerteza

define que não podemos medir a posição (x) e o
momentum (p) de uma partícula com total precisão.

...
A principal função de alguém que é
designer não é desenhar telas, e sim
aprender sobre como resolver o
problema das pessoa...
Aprender a
aprender
Paulo Freire
“Ninguém educa ninguém, como
tampouco ninguém educa a si mesmo: 

as pessoas se educam em comunhão,
mediatiza...
Emancipação

Temos que reconhecer a participação corpórea,
incorpórea, visível, não visível, e toda a relação
subjetiva da...
Responsabilidade
pelo próprio
aprendizado.
Alimente sua cognição

Aprenda em um formato que contemple todos os
canais de captação de estímulos do seu processo
cognit...
Consciência crítica

Refere-se ao tempo e espaço em que se vive, sendo
por essência histórica, e modo por meio do qual a
c...
Hugo Cristo
“A proposta da educação em comunhão, media-
tizada pelo mundo, parece fazer mais sentido
quando os envolvidos ...
Indivíduos e
interações mais
que processos e
ferramentas
Obrigado :)
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Emancipação pelo Aprendizado do Design
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Emancipação pelo Aprendizado do Design

Palestra ministrada dia 27/02 no World IA Day 2021, edição São Paulo (https://www.worldiaday.org/events/sao-paulo/2021).

"Como a curiosidade no aprendizado do design pode favorecer processos emancipatórios a partir da aquisição de conhecimentos que possibilitem compreender e intervir na realidade social."

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Emancipação pelo Aprendizado do Design

  1. 1. @eduagni
 Emancipação
 pelo Aprendizado do Design
  2. 2. Edu Agni Designer user experience specialist
  3. 3. Como a curiosidade no aprendizado do design pode favorecer processos emancipatórios a partir da aquisição de conhecimentos que possibilitem compreender e intervir na realidade social.
  4. 4. Uma ciência do artificial
  5. 5. “O produto não é um fim em si, mas a porta de entrada para uma infinidade de experiências.” 
 The Nokia Design Manifesto
  6. 6. Um mundo complexo
  7. 7. “O simples bater de asas de uma borboleta no Brasil pode ocasionar um tornado no Texas.” 
 Edward Lorenz, 1969
  8. 8. Metáfora para o comportamento de sistemas caóticos
  9. 9. Princípio da incerteza
 define que não podemos medir a posição (x) e o momentum (p) de uma partícula com total precisão. O máximo que podemos fazer é calcular
 as probabilidades de como elas vão se comportar
 e onde elas estão.
  10. 10. A principal função de alguém que é designer não é desenhar telas, e sim aprender sobre como resolver o problema das pessoas.
  11. 11. Aprender a aprender
  12. 12. Paulo Freire “Ninguém educa ninguém, como tampouco ninguém educa a si mesmo: 
 as pessoas se educam em comunhão, mediatizadas pelo mundo.” 
 (Pedagogia do Oprimido, 1968)
  13. 13. Emancipação
 Temos que reconhecer a participação corpórea, incorpórea, visível, não visível, e toda a relação subjetiva da pessoa no contexto que está. Isso significa entender o ontem, o hoje e o amanhã como sendo parte de si, ou seja, temporalizar-se, 
 em um processo de emancipação de si e do mundo.
  14. 14. Responsabilidade pelo próprio aprendizado.
  15. 15. Alimente sua cognição
 Aprenda em um formato que contemple todos os canais de captação de estímulos do seu processo cognitivo: lendo, vendo, ouvindo, discutindo, praticando e vivenciando a realidade.
  16. 16. Consciência crítica
 Refere-se ao tempo e espaço em que se vive, sendo por essência histórica, e modo por meio do qual a concepção crítica da educação procede.
  17. 17. Hugo Cristo “A proposta da educação em comunhão, media- tizada pelo mundo, parece fazer mais sentido quando os envolvidos realmente compreenderam suas situações-limite e se engajam em ações-limite para transformar a realidade.” 
 (Paulo Freire e o Design de Interação, 2017)
  18. 18. Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
  19. 19. Obrigado :)

×