SlideShare uma empresa Scribd logo
 
Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
O que é usabilidade  para você? ???
Experimentos com portas de acesso da predicta  Play
Extensão na qual um produto pode ser usado por usuários específicos para alcançar objetivos específicos com  efetividade, eficiência  e  satisfação  em um contexto de uso específico.  (ISO 9241-11) Definição de USABILIDADE :
Acessibilidade Pscicologia Usabilidade Design de interação Arquitetura de informação Desenho industrial Semiótica Linguistica Usabilidade é parte de uma  disciplina maior Ergonomia >> IHC =
Morville and Rosenfeld Context Content User O que considerar no desenvolvimento de uma interface?
Esquecer o usuário = prejuízo
O mercado ainda considera  Usabilidade algo supérfluo que gera custo ao projeto e que deve ser cortado do escopo... Escopo Mercado hoje Usabilidade
Resultado de pesquisas que apontam que a implementação de usabilidade pode gerar até 20% de economia no projeto. Relato sobre a implementação de uma melhoria de usabilidade que representou a economia anual de 33.600 dólares para uma empresa. O investimento em usabilidade é viável! O que os especialistas dizem:
design  satisfação fidelidade audiência C O N V E R S Ã o credibilidade Learn ability memorability Quais as vantagens
TODOS GANHAM! // Cliente  + Conversões;  +Usuários;  +Lucro  // Usuário  + tempo; - stress; + satisfeito; // Desenvolvimento  + motivação;
Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
O dia mundial da usabilidade é um evento promovido pela UPA (Usability Professional’s Association) e organizado por voluntários no mundo inteiro pela promoção de eventos, palestras, oficinas, etc.  Embora a UPA sugira a cada edição um novo tema, o objetivo principal é de  fomentar a preocupação e a visibilidade da engenharia da usabilidade e do design centrado no usuário. http://www.worldusabilityday.org/ WUD 2008
Fomentar discussões sobre a usabilidade na interação das pessoas com os meios de transporte. Propostas do WUD 2008 Levantar soluções de usabilidade que contribuam para minimizar  a degradação ambiental causada pelos vários meios de transporte.
Exemplos de usabilidade e transporte Usabilidade Meios de transporte
Elevador Hightech do seu condôminio Detalhes Painel de elevador comum, com botões e número do andar grande, botões super sensíveis ao toque, e iluminação total do botão para você não ter o esforço de se perguntar: Será que escolhi o andar? Não considerou usuários!   Um cego não consegue ler Braille sem tocar nos botões. Exemplos de interação com  meios de transporte: Não considerou contexto!   É comum e possível que um usuário esbarre nos botões. Conteúdo ok!
VARIG 254 Boeing 737-200 da Varig Caiu na floresta amazônica por falta de combustivel após um erro de configuração do plano de Vôo. O Plano de vôo, um documento impresso, tinha grafado o rumo  0270,  que significa 027,° Graus. O Comandante programou para 270°. Exemplos de interação com  meios de transporte: Parte do painel do Boeing 737-200 Fuselagem do Boeing 737-200 Projeto do painel não considerou, principalmente, o  Contexto de uso
Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
Quem e como se trabalha com usabilidade na Predicta? Usabilidade na Predicta
Produto Desenvolve protótipos de telas, quando necessário navegáveis, e os válida junto aos usuários para implementar necessidades do usuário final, considerar o contexto de uso e checar conteúdos. Usabilidade na Predicta wireframes html
Usabilidade na Predicta BI Laboratório de usabilidade Trata dados e os transforma em informações que muitas vezes evidenciam problemas de usabilidade de uma página, site ou banner. Oferece a clientes análises de usabilidade feita por meio de duas metodologias provisoriamente batizados de UPP e UB. Além da execução de outras metodologias já conhecidas no mercado.
Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
Análise Heurística Técnicas de avaliação de usabilidade Experimentos  de usabilidade Existem N técnicas, vamos  falar de 2 importantes:
Sobre análise Heurística A análise heurística é uma lista de requisitos que um especialista e/ou usuário utiliza para analisar uma interface.  Dentre os métodos, a análise heurística é o método com  melhor custo beneficio. Pode ser aplicada por especialistas e usuários comuns Envolve sempre de 3 a 5 avaliadores. Análise heurística
As 10 heurísticas de Nielsen: Visibilidade do estado do sistema Compatibilidade do sistema com o mundo real Controle e liberdade do usuário Consistência e padrões Prevenção de erros Reconhecimento ao invés de lembrança Flexibilidade e eficiência de uso Estética e design minimalista Ajudar os usuários a reconhecer, diagnosticar e corrigir erros Ajudas (Help) e documentação. Análise heurística
Sobre experimentos de usabilidade O experimento de  usabilidade  é uma simulação de uso de uma interface em um ambiente controlado. Embora feito em laboratório o experimento deve ser aproximar ao máximo de uma situação real. Além da navegação é avaliado também o comportamento do usuário. Os experimentos validam resultados heurísticos e são essenciais na definição da gravidade de um problema. Experimentos de usabilidade
Exemplo de um experimento  Play https://cadastro.ig.com.br/cadastro/aceitaContrato.do;jsessionid=JbnB01UUUXkMCnngRYfznoKL73D09iIGZh7h9irov08prWsuVVFQ!-237624867!-924678855!8080!7002
Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos de problemas de usabilidade Agenda
Pra onde vou!?
Será que eu apertei?
Feche a porta!  oO
   Piii  ……    Plakkk
Ou lama ou nada!
Vai uma ducha ae?
Ligada ou desligada?
Sobe ou desce???
As cores são suficientes?
Qual é de qual? Onde mudo o canal?  Pra que serve os botões coloridas da net?
Onde liga?
Se todo mundo usa o 10min.  Pra que o resto?
Quem já apertou quando era pra rodar e rodou quando era pra apertar?
Sem comentários pra este lixo!
Valew! =)

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a WUD PREDICTA 2008

Seminario Lep Ibge Slideshare
Seminario Lep Ibge SlideshareSeminario Lep Ibge Slideshare
Seminario Lep Ibge Slideshare
guest5ccda
 
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGE
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGEUsabilidade: Palestra no auditório do IBGE
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGE
Luiz Agner
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
Bernardo Mattos
 
Usabilidade com Paper Prototype
Usabilidade com Paper PrototypeUsabilidade com Paper Prototype
Usabilidade com Paper Prototype
eudisnet
 
Usabilidade e Negocios
Usabilidade e NegociosUsabilidade e Negocios
Usabilidade e Negocios
Areta do Bem
 
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao HeuristicaIhc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Fabiano Damiati
 
Prototipagem em Papel - Oficina
Prototipagem em Papel - OficinaPrototipagem em Papel - Oficina
Prototipagem em Papel - Oficina
Ltia Unesp
 
Usabilidade - Uma introdução
Usabilidade - Uma introduçãoUsabilidade - Uma introdução
Usabilidade - Uma introdução
Erico Fileno
 
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User ExperienceOtimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Tuia
 
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de InformaçãoPalestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
Luiz Agner
 
Intelig estudo heurístico_usabilidade
Intelig estudo heurístico_usabilidadeIntelig estudo heurístico_usabilidade
Intelig estudo heurístico_usabilidade
Sergio Luis dos Santos Lima
 
Ergonomia & Usabilidade
Ergonomia & UsabilidadeErgonomia & Usabilidade
Ergonomia & Usabilidade
Luiz China
 
USABILIDADE DA WEB MÓVEL
USABILIDADE DA WEB MÓVELUSABILIDADE DA WEB MÓVEL
USABILIDADE DA WEB MÓVEL
Sandra Margarida
 
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - SynergiaMATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
Karine Drumond
 
D c u vivi zorzo
D c u vivi zorzoD c u vivi zorzo
D c u vivi zorzo
VivianiZorzo
 
Psico pedagogia 2013
Psico pedagogia 2013Psico pedagogia 2013
Psico pedagogia 2013
Celestino Magalhães
 
Design de Interfaces
Design de InterfacesDesign de Interfaces
Design de Interfaces
Ana Migowski
 
Design Centrado no Usuário
Design Centrado no UsuárioDesign Centrado no Usuário
Design Centrado no Usuário
Davi Busanello
 
Design Centrado no Usuário para Interface Digital
Design Centrado no Usuário para Interface DigitalDesign Centrado no Usuário para Interface Digital
Design Centrado no Usuário para Interface Digital
Marconi Pacheco
 
Design para a Internet: projetando a experiência perfeita
Design para a Internet: projetando a experiência perfeitaDesign para a Internet: projetando a experiência perfeita
Design para a Internet: projetando a experiência perfeita
fmemoria
 

Semelhante a WUD PREDICTA 2008 (20)

Seminario Lep Ibge Slideshare
Seminario Lep Ibge SlideshareSeminario Lep Ibge Slideshare
Seminario Lep Ibge Slideshare
 
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGE
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGEUsabilidade: Palestra no auditório do IBGE
Usabilidade: Palestra no auditório do IBGE
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
 
Usabilidade com Paper Prototype
Usabilidade com Paper PrototypeUsabilidade com Paper Prototype
Usabilidade com Paper Prototype
 
Usabilidade e Negocios
Usabilidade e NegociosUsabilidade e Negocios
Usabilidade e Negocios
 
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao HeuristicaIhc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
 
Prototipagem em Papel - Oficina
Prototipagem em Papel - OficinaPrototipagem em Papel - Oficina
Prototipagem em Papel - Oficina
 
Usabilidade - Uma introdução
Usabilidade - Uma introduçãoUsabilidade - Uma introdução
Usabilidade - Uma introdução
 
Otimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User ExperienceOtimizando os projetos de TI com User Experience
Otimizando os projetos de TI com User Experience
 
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de InformaçãoPalestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
Palestra no auditório do IBGE - Arquitetura de Informação
 
Intelig estudo heurístico_usabilidade
Intelig estudo heurístico_usabilidadeIntelig estudo heurístico_usabilidade
Intelig estudo heurístico_usabilidade
 
Ergonomia & Usabilidade
Ergonomia & UsabilidadeErgonomia & Usabilidade
Ergonomia & Usabilidade
 
USABILIDADE DA WEB MÓVEL
USABILIDADE DA WEB MÓVELUSABILIDADE DA WEB MÓVEL
USABILIDADE DA WEB MÓVEL
 
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - SynergiaMATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
 
D c u vivi zorzo
D c u vivi zorzoD c u vivi zorzo
D c u vivi zorzo
 
Psico pedagogia 2013
Psico pedagogia 2013Psico pedagogia 2013
Psico pedagogia 2013
 
Design de Interfaces
Design de InterfacesDesign de Interfaces
Design de Interfaces
 
Design Centrado no Usuário
Design Centrado no UsuárioDesign Centrado no Usuário
Design Centrado no Usuário
 
Design Centrado no Usuário para Interface Digital
Design Centrado no Usuário para Interface DigitalDesign Centrado no Usuário para Interface Digital
Design Centrado no Usuário para Interface Digital
 
Design para a Internet: projetando a experiência perfeita
Design para a Internet: projetando a experiência perfeitaDesign para a Internet: projetando a experiência perfeita
Design para a Internet: projetando a experiência perfeita
 

WUD PREDICTA 2008

  • 1.  
  • 2. Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
  • 3. O que é usabilidade para você? ???
  • 4. Experimentos com portas de acesso da predicta  Play
  • 5. Extensão na qual um produto pode ser usado por usuários específicos para alcançar objetivos específicos com efetividade, eficiência e satisfação em um contexto de uso específico. (ISO 9241-11) Definição de USABILIDADE :
  • 6. Acessibilidade Pscicologia Usabilidade Design de interação Arquitetura de informação Desenho industrial Semiótica Linguistica Usabilidade é parte de uma disciplina maior Ergonomia >> IHC =
  • 7. Morville and Rosenfeld Context Content User O que considerar no desenvolvimento de uma interface?
  • 8. Esquecer o usuário = prejuízo
  • 9. O mercado ainda considera Usabilidade algo supérfluo que gera custo ao projeto e que deve ser cortado do escopo... Escopo Mercado hoje Usabilidade
  • 10. Resultado de pesquisas que apontam que a implementação de usabilidade pode gerar até 20% de economia no projeto. Relato sobre a implementação de uma melhoria de usabilidade que representou a economia anual de 33.600 dólares para uma empresa. O investimento em usabilidade é viável! O que os especialistas dizem:
  • 11. design satisfação fidelidade audiência C O N V E R S Ã o credibilidade Learn ability memorability Quais as vantagens
  • 12. TODOS GANHAM! // Cliente + Conversões; +Usuários; +Lucro // Usuário + tempo; - stress; + satisfeito; // Desenvolvimento + motivação;
  • 13. Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
  • 14. O dia mundial da usabilidade é um evento promovido pela UPA (Usability Professional’s Association) e organizado por voluntários no mundo inteiro pela promoção de eventos, palestras, oficinas, etc. Embora a UPA sugira a cada edição um novo tema, o objetivo principal é de fomentar a preocupação e a visibilidade da engenharia da usabilidade e do design centrado no usuário. http://www.worldusabilityday.org/ WUD 2008
  • 15. Fomentar discussões sobre a usabilidade na interação das pessoas com os meios de transporte. Propostas do WUD 2008 Levantar soluções de usabilidade que contribuam para minimizar a degradação ambiental causada pelos vários meios de transporte.
  • 16. Exemplos de usabilidade e transporte Usabilidade Meios de transporte
  • 17. Elevador Hightech do seu condôminio Detalhes Painel de elevador comum, com botões e número do andar grande, botões super sensíveis ao toque, e iluminação total do botão para você não ter o esforço de se perguntar: Será que escolhi o andar? Não considerou usuários! Um cego não consegue ler Braille sem tocar nos botões. Exemplos de interação com meios de transporte: Não considerou contexto! É comum e possível que um usuário esbarre nos botões. Conteúdo ok!
  • 18. VARIG 254 Boeing 737-200 da Varig Caiu na floresta amazônica por falta de combustivel após um erro de configuração do plano de Vôo. O Plano de vôo, um documento impresso, tinha grafado o rumo 0270, que significa 027,° Graus. O Comandante programou para 270°. Exemplos de interação com meios de transporte: Parte do painel do Boeing 737-200 Fuselagem do Boeing 737-200 Projeto do painel não considerou, principalmente, o Contexto de uso
  • 19. Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
  • 20. Quem e como se trabalha com usabilidade na Predicta? Usabilidade na Predicta
  • 21. Produto Desenvolve protótipos de telas, quando necessário navegáveis, e os válida junto aos usuários para implementar necessidades do usuário final, considerar o contexto de uso e checar conteúdos. Usabilidade na Predicta wireframes html
  • 22. Usabilidade na Predicta BI Laboratório de usabilidade Trata dados e os transforma em informações que muitas vezes evidenciam problemas de usabilidade de uma página, site ou banner. Oferece a clientes análises de usabilidade feita por meio de duas metodologias provisoriamente batizados de UPP e UB. Além da execução de outras metodologias já conhecidas no mercado.
  • 23. Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos Agenda
  • 24. Análise Heurística Técnicas de avaliação de usabilidade Experimentos de usabilidade Existem N técnicas, vamos falar de 2 importantes:
  • 25. Sobre análise Heurística A análise heurística é uma lista de requisitos que um especialista e/ou usuário utiliza para analisar uma interface. Dentre os métodos, a análise heurística é o método com melhor custo beneficio. Pode ser aplicada por especialistas e usuários comuns Envolve sempre de 3 a 5 avaliadores. Análise heurística
  • 26. As 10 heurísticas de Nielsen: Visibilidade do estado do sistema Compatibilidade do sistema com o mundo real Controle e liberdade do usuário Consistência e padrões Prevenção de erros Reconhecimento ao invés de lembrança Flexibilidade e eficiência de uso Estética e design minimalista Ajudar os usuários a reconhecer, diagnosticar e corrigir erros Ajudas (Help) e documentação. Análise heurística
  • 27. Sobre experimentos de usabilidade O experimento de usabilidade é uma simulação de uso de uma interface em um ambiente controlado. Embora feito em laboratório o experimento deve ser aproximar ao máximo de uma situação real. Além da navegação é avaliado também o comportamento do usuário. Os experimentos validam resultados heurísticos e são essenciais na definição da gravidade de um problema. Experimentos de usabilidade
  • 28. Exemplo de um experimento  Play https://cadastro.ig.com.br/cadastro/aceitaContrato.do;jsessionid=JbnB01UUUXkMCnngRYfznoKL73D09iIGZh7h9irov08prWsuVVFQ!-237624867!-924678855!8080!7002
  • 29. Conceitos WUD 2008 Usabilidade na Predicta Técnicas de avaliação Exemplos de problemas de usabilidade Agenda
  • 31. Será que eu apertei?
  • 33. Piii ……  Plakkk
  • 34. Ou lama ou nada!
  • 38. As cores são suficientes?
  • 39. Qual é de qual? Onde mudo o canal? Pra que serve os botões coloridas da net?
  • 41. Se todo mundo usa o 10min. Pra que o resto?
  • 42. Quem já apertou quando era pra rodar e rodou quando era pra apertar?
  • 43. Sem comentários pra este lixo!