Avaliação On-Line
Avaliação:

AV1-2012.1-EAD-ANÁLISE TEXTUAL-CEL0465

Disciplina:

CEL0465 - ANÁLISE TEXTUAL

Tipo de
Aval...
As variedades estilísticas.
As variedades regionais.
As variedades cultas.
As variações por idade.
As variações por sexo.
...
falam diversamente de se servirem de um mesmo instrumento de comunicação, de
manifestação e de emoção."
(Celso Cunha, em U...
O chamado falar literário.
O chamado falar rebuscado.
Questão: 8 (157662)
ANVERSO E REVERSO
Cada individuo tem sua configu...
Disponível em http://www.monica.com.br/comics/tirinhas/tira98.htm
Para entendermos a graça da tirinha e torná-la um texto ...
Na verdade, Aline não aprendeu a falar, mas somente a repetir sons, já que sua
capacidade de linguagem foi extinta por não...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise textual (2) - av1 - 2012.1

1.167 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Análise textual (2) - av1 - 2012.1

  1. 1. Avaliação On-Line Avaliação: AV1-2012.1-EAD-ANÁLISE TEXTUAL-CEL0465 Disciplina: CEL0465 - ANÁLISE TEXTUAL Tipo de Avaliação: AV1 Aluno: 201201302692 - LIVIA DE OLIVEIRA BASTOS Nota da Prova: 5.5 Nota do Trabalho: Nota da Participação: 2 Total: 7,5 Prova On-Line Questão: 1 (157615) “Negociata é um bom negócio para o qual não fomos chamados.” Nessa frase de autoria do Barão de Itararé(1969), percebemos que a palavra NEGOCIATA pode ser compreendida de várias maneiras. Qual das opções abaixo NÃO apresenta uma interpretação para a palavra negociata? Pontos da Questão: 1 risco comercial mamata de criminosos. roubo organizado associação criminosa. negócio fraudulento Questão: 2 (157649) De acordo com tudo o que estudamos, o que ocorre quando os usuários, apesar de falarem a mesma língua, em termos de estrutura, possuem sotaque especifico, vocabulário diferente, denominam algumas expressões diferentemente, mas com o mesmo sentido ? Pontos da Questão: 0,5 Variação social. Variação situacional. Variação sintática. Variação estrutural. Variação geográfica ou regional. Questão: 3 (157643) Sabe-se que uma das características mais evidentes das línguas é sua variedade, ou seja, as línguas não são faladas uniformemente por todos os falantes de uma sociedade. Com relação à Língua Portuguesa falada no Brasil, sabe-se, por exemplo, que há diferenças de vocabulário. Usamos "mandioca" ou "aipim", "lagartixa" ou "taruina", "mosquito" ou "pernilongo". Essa diferenciação na nomenclatura caracteriza: Pontos da Questão: 0,5
  2. 2. As variedades estilísticas. As variedades regionais. As variedades cultas. As variações por idade. As variações por sexo. Questão: 4 (157672) Coerência textual é uma relação harmônica que se estabelece entre as partes de um texto, em um contexto específico, e que é responsável pela percepção de uma unidade de sentido. Qual o tipo de coerência que se refere à relação entre significados dos elementos das frases? Pontos da Questão: 0,5 semântica pragmática sintática poética estilística Questão: 5 (157678) Na coesão textual deve haver unidade de forma e sentido nos textos, devemos cuidar do estabelecimento de um sistema de referências e do correto encadeamento da idéias. Esse encadeamento que permite que o texto avance, é chamado de: Pontos da Questão: 0,5 coesão livre coesão sequencial coesão gramatical coesão lexical coesão linear Questão: 6 (157277) Leia e responda. "Nenhuma língua permanece a mesma em todo o seu domínio e, ainda num só local, apresenta um sem-número de diferenciações.(...) Mas essas variedades de ordem geográfica, de ordem social e até individual, pois cada um procura utilizar o sistema idiomático da forma que melhor lhe exprime o gosto e o pensamento, não prejudicam a unidade superior da língua, nem a consciência que têm os que a
  3. 3. falam diversamente de se servirem de um mesmo instrumento de comunicação, de manifestação e de emoção." (Celso Cunha, em Uma política do idioma) De acordo com os estudos sobre tipologia textual, o fragmento acima classifica-se como: Pontos da Questão: 1 descrição narração dissertação combinação de descrição e narração injunção Questão: 7 (157318) Observe a tira a seguir. 2008. United Media/intercontinental Press. MEDDICK, Jim. Robô. É possível identificar na fala de Monty (o motorista do carro) traços marcantes de uma variedade linguística. Que variedade é essa? Pontos da Questão: 1 O chamado falar caipira. O chamado falar culto. O chamado falar acadêmico.
  4. 4. O chamado falar literário. O chamado falar rebuscado. Questão: 8 (157662) ANVERSO E REVERSO Cada individuo tem sua configuração espiritual, e ela não muda com os anos. É tão constante quanto nossos cromossomos ou as nossas impressões digitais. As circunstâncias é que variam, permitindo por vezes que certos tipos ofereçam de si uma imagem nova e até surpreendente, num desmentido a julgamentos anteriores. Só em determinadas circunstâncias é que se pode medir bem a tempera de um indivíduo, sua inteligência, sua loucura, sua poesia, sua capacidade de amar. Mas o indivíduo não muda. Mudam os ângulos e as luzes com que o vemos. (Adaptado de A Psicologia do Brasileiro, CARNEIRO, J. Fernando. São Paulo: Ed. Agir, 1971) Veja a frase: "É tão constante quanto nossos cromossomos ou as nossas impressões digitais". Essa frase, relacionada com a frase "Cada indivíduo tem sua configuração espiritual, e ela não muda com os anos" expressa: Pontos da Questão: 1 justificativa. adversidade. explicação contradição causa. Questão: 9 (157323) Observe, atentamente, a tirinha de Maurício de Sousa.
  5. 5. Disponível em http://www.monica.com.br/comics/tirinhas/tira98.htm Para entendermos a graça da tirinha e torná-la um texto coerente, é preciso: I- usar o nosso conhecimento de mundo e entender que o personagem Cascão não toma banho. II- relacionar o barulho do telefone (linguagem verbal) à fala das personagens da Turma da Mônica (linguagem não-verbal). III- considerar as informações que não foram ditas no texto, mas que devem fazer parte do nosso conhecimento de mundo. Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s): Pontos da Questão: 1 III, apenas. II e III. I, II e III. I e III. I e II. Questão: 10 (157624) Leia o relato a seguir: Jose e Maria formam um casal de surdos. Fruto de seu casamento, nasceu Aline. Como os pais não falavam, mas somente gesticulavam, Aline também não falava, já que ela não tinha acesso a língua portuguesa, apesar de não apresentar qualquer deficiência auditiva. Aos 6 anos de idade, Aline foi ao colégio, completamente “atrasada” em relação a seus colegas de turma, pois todos falavam e ela não. Em 6 meses de aula, Aline havia aprendido a falar a língua da comunidade, demonstrando competência na comunicação oral e bom desempenho da articulação dos sons da fala. O fenômeno ocorrido com o comportamento linguístico de Aline se explica porque: Pontos da Questão: 1 Aline representa uma exceção, já que filhos de pais surdos, mesmo que não o sejam, perdem a capacidade de linguagem. Nesse caso, Aline conseguia emitir sons, mas não sabia seus significados. Apesar de Aline não ter contato com a língua oral quando vivia com seus pais, sua capacidade de linguagem permaneceu; assim, quando teve acesso a língua falada, desenvolveu tal capacidade Aline acabou sofrendo uma mutação genética, que fez desenvolver a capacidade da linguagem, quando entrou na escola. Logo, a faculdade da linguagem só foi ativada no contato com a língua falada Como todos os filhos de pais surdos, Aline não aprendeu a se comunicar oralmente, independentemente de ter contato com falantes ou não.
  6. 6. Na verdade, Aline não aprendeu a falar, mas somente a repetir sons, já que sua capacidade de linguagem foi extinta por não ter contato com a língua falada durante sua infância (antes de entrar na escola)

×