SlideShare uma empresa Scribd logo

Bacia do são francisco

Trabalho de Geografia

1 de 8
Baixar para ler offline
Bacia do são francisco
BACIA DE SÃO FRANCISCO
• A Bacia Hidrográfica de São Francisco é a bacia mais importante do Brasil,
porque ela se encontra totalmente dentro do território brasileiro.
• Sua área é de 631.133 km² (mais de 7% do território brasileiro).
• Ela se estende pelos estados de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco,
Alagoas e Sergipe, e também por Distrito Federal.
• O rio São Francisco tem 2.700 km de extensão e nasce na Serra da
Canastra em Minas Gerais, escoando no sentido sul-norte pela Bahia e
Pernambuco, quando altera seu curso para este, chegando ao Oceano
Atlântico através da divisa entre Alagoas e Sergipe.
BACIA E AS HIDRELÉTRICAS
• Sendo um rio típico de planalto, o São Francisco possui barragens e
cachoeiras bem aproveitadas na produção de eletricidade.
• Suas principais hidrelétricas são: as usinas de Paulo Afonso e Sobradinho,
na Bahia, a de Três Marias, em Minas Gerais, a de Xingó, na divisa de
Alagoas e Sergipe, a de Itaparica, em Pernambuco, e a de Moxotó, em
Alagoas.
POLUIÇÃO DA BACIA
• A indústria, a mineração e a agricultura são as principais emissoras de
poluentes tóxicos nas águas. Entre as substâncias poluidoras estão minerais;
derivados de petróleo, mercúrio, chumbo (descarregados pelas indústrias e
atividades de mineração), fertilizantes, pesticidas e herbicidas (utilizados pela
agricultura).
• Já existem leis, no Brasil, que obrigam as empresas a fazer relatórios de
impacto ambiental, apresentando planos de recuperação de áreas
degradadas.
BACIA E BIOMAS
• Com grande diversidade ambiental, a Bacia do São Francisco contempla
fragmentos de diferentes biomas: floresta atlântica, cerrado, caatinga,
costeiros e insulares.
• O trimestre mais chuvoso é de novembro a janeiro, contribuindo com 55 a
60% da precipitação anual, enquanto o mais seco é de junho a agosto.
A evapotranspiração média é de 896 mm/ano, apresentando valores
elevados entre 1.400 mm (sul) a 840 mm (norte), em função das elevadas
temperaturas, da localização geográfica intertropical e da reduzida
nebulosidade na maior parte do ano.
BACIA E A ECONOMIA
• As demandas urbanas e industrial, mais expressivas no Alto São Francisco,
se relacionam sobretudo com a siderurgia, mineração, química, têxtil, papel e
equipamentos industriais.
• Na esfera econômica, entre as regiões há aquelas mais fortemente
contempladas com a presença de indústrias e agroindústrias, como acontece
no Alto, Médio e SubMédio, notadamente nas zonas industriais extrativas de
Minas e nos polos agroindustriais de grãos e fruticultura localizados no Norte
e Oeste da Bahia e no Sul de Pernambuco. No Baixo, a socioeconomia
ribeirinha ainda se vincula significativamente à agropecuária e à pesca
tradicionais, porém com crescimento expressivo da aquicultura, turismo e
lazer.

Recomendados

Bacia Hidrográfica do São Francisco
Bacia Hidrográfica do São FranciscoBacia Hidrográfica do São Francisco
Bacia Hidrográfica do São FranciscoNaira Delazari
 
Bacia do Rio São francisco
Bacia do Rio São francisco Bacia do Rio São francisco
Bacia do Rio São francisco Kaique Dadalto
 
Transposição Do Rio São Francisco (2014)
Transposição Do Rio São Francisco (2014)Transposição Do Rio São Francisco (2014)
Transposição Do Rio São Francisco (2014)Luis Hamilton Arruda
 
Bacia do são francisco
Bacia do são franciscoBacia do são francisco
Bacia do são franciscoMarcos Paulo
 
Transposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São Francisco   Transposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São Francisco Laisa Cabral Caetano
 
Bacia do rio são francisco
Bacia do rio são franciscoBacia do rio são francisco
Bacia do rio são franciscoMarkelly Marques
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rio são francisco obras de transposição
Rio são francisco obras de transposiçãoRio são francisco obras de transposição
Rio são francisco obras de transposiçãoFelipe Dias Guimarães
 
Transposição do são francisco
Transposição do são franciscoTransposição do são francisco
Transposição do são franciscomeripb
 
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOTRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASConceição Fontolan
 
Transposição do rio são francisco
Transposição do rio são franciscoTransposição do rio são francisco
Transposição do rio são franciscoprofleofonseca
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCOBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCOConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIABACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIAConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAIBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAIConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁ
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁ
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁConceição Fontolan
 
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOTRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASConceição Fontolan
 
Transposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São FranciscoTransposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São FranciscoBruno Labanca Lopes
 
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano BBACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano BConceição Fontolan
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAIBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAIConceição Fontolan
 
Bacias hidrográficas2
Bacias hidrográficas2Bacias hidrográficas2
Bacias hidrográficas2edsonluz
 

Mais procurados (20)

Rio são francisco obras de transposição
Rio são francisco obras de transposiçãoRio são francisco obras de transposição
Rio são francisco obras de transposição
 
Transposição do são francisco
Transposição do são franciscoTransposição do são francisco
Transposição do são francisco
 
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOTRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
 
Bacia do Rio Uruguai
Bacia do Rio UruguaiBacia do Rio Uruguai
Bacia do Rio Uruguai
 
Transposição do rio são francisco
Transposição do rio são franciscoTransposição do rio são francisco
Transposição do rio são francisco
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCOBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SÃO FRANCISCO
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIABACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO TOCANTINS ARAGUAIA
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAIBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO URUGUAI
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁ
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁ
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARANÁ
 
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCOTRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇUBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAJAÍ - AÇU
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONASBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO AMAZONAS
 
RIOS VOADORES
RIOS VOADORESRIOS VOADORES
RIOS VOADORES
 
Transposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São FranciscoTransposição do Rio São Francisco
Transposição do Rio São Francisco
 
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano BBACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA  2° Ano B
BACIA HIDROGRÁFICA TOCANTINS - ARAGUAIA 2° Ano B
 
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAIBACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAI
BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAGUAI
 
Bacias hidrográficas2
Bacias hidrográficas2Bacias hidrográficas2
Bacias hidrográficas2
 

Destaque

Bacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - AraguaiaBacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - AraguaiaNaira Delazari
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografiaIgor Brito
 
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São FranciscoEvolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São FranciscoFred Miranda
 
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam CBH Rio das Velhas
 
Geo araguaia
Geo araguaiaGeo araguaia
Geo araguaiaedsonluz
 
Região Hidrográfica do Paraguai
 Região Hidrográfica do Paraguai  Região Hidrográfica do Paraguai
Região Hidrográfica do Paraguai Luiz Carlos
 
Bacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantinsBacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantinsEdmar Souza
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doceMiguel Monteiro
 
Poluição dos rios
Poluição dos riosPoluição dos rios
Poluição dos riosDiogoChico8c
 
Poluição dos rios
Poluição dos riosPoluição dos rios
Poluição dos riosEMEFEzequiel
 

Destaque (20)

Bacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - AraguaiaBacia Tocantins - Araguaia
Bacia Tocantins - Araguaia
 
POLUIÇÃO DA ÁGUA
POLUIÇÃO DA ÁGUAPOLUIÇÃO DA ÁGUA
POLUIÇÃO DA ÁGUA
 
Rio São Francisco
Rio São FranciscoRio São Francisco
Rio São Francisco
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São FranciscoEvolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco
Evolução Tectono-Sedimentar da Bacia do São Francisco
 
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam
 
Velho Chico
Velho ChicoVelho Chico
Velho Chico
 
Bacia tocantins araguaia trabalho de geografia
Bacia tocantins araguaia trabalho de geografiaBacia tocantins araguaia trabalho de geografia
Bacia tocantins araguaia trabalho de geografia
 
Geo araguaia
Geo araguaiaGeo araguaia
Geo araguaia
 
Região Hidrográfica do Paraguai
 Região Hidrográfica do Paraguai  Região Hidrográfica do Paraguai
Região Hidrográfica do Paraguai
 
Bacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantinsBacia hidrográfica do tocantins
Bacia hidrográfica do tocantins
 
Os guerrilheiros
Os guerrilheirosOs guerrilheiros
Os guerrilheiros
 
Poluição térmica
Poluição térmicaPoluição térmica
Poluição térmica
 
Bacia do Paraguai
Bacia do ParaguaiBacia do Paraguai
Bacia do Paraguai
 
Poluição térmica
Poluição térmicaPoluição térmica
Poluição térmica
 
Bacia sedimentar
Bacia sedimentarBacia sedimentar
Bacia sedimentar
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doce
 
Madeira-Mamoré
Madeira-MamoréMadeira-Mamoré
Madeira-Mamoré
 
Poluição dos rios
Poluição dos riosPoluição dos rios
Poluição dos rios
 
Poluição dos rios
Poluição dos riosPoluição dos rios
Poluição dos rios
 

Semelhante a Bacia do são francisco

Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"
Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"
Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"Luiz Avelar
 
Rio são francisco
Rio são francisco Rio são francisco
Rio são francisco Rogerio Melo
 
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano unidade 6 - Nordeste do BrasilChristie Freitas
 
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]Marco Aurélio Gondim
 
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3Antonio Pessoa
 
Bacias hidrograficas- brasileiras
Bacias hidrograficas- brasileirasBacias hidrograficas- brasileiras
Bacias hidrograficas- brasileiraseunamahcado
 
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdfMillyy2
 
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e Jequitinhonha
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e JequitinhonhaConjuntura das bacias hidrográficas do Leste e Jequitinhonha
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e JequitinhonhaCBH Rio das Velhas
 
Sub regiões e suas especificidades
Sub regiões e suas especificidadesSub regiões e suas especificidades
Sub regiões e suas especificidadesPedro Neves
 
Bacia do atlântico leste
Bacia do atlântico lesteBacia do atlântico leste
Bacia do atlântico lesteGaabi0
 
Perimetros publicos do_ceara_sb
Perimetros publicos do_ceara_sbPerimetros publicos do_ceara_sb
Perimetros publicos do_ceara_sbADIEL SOUSA SILVA
 

Semelhante a Bacia do são francisco (20)

Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"
Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"
Plano diretor de Sete Lagoas "TUDO SOBRE SETE LAGOAS"
 
Bacia do São Francisco
Bacia do São FranciscoBacia do São Francisco
Bacia do São Francisco
 
A Bacia Amazônica
 A Bacia Amazônica A Bacia Amazônica
A Bacia Amazônica
 
Rio são francisco
Rio são francisco Rio são francisco
Rio são francisco
 
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil7º ano   unidade 6 - Nordeste do Brasil
7º ano unidade 6 - Nordeste do Brasil
 
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]
Geografia do Brasil - Hidrografia - [www.gondim.net]
 
REGIÃO NORDESTE DO BRASIL.pptx
REGIÃO NORDESTE DO BRASIL.pptxREGIÃO NORDESTE DO BRASIL.pptx
REGIÃO NORDESTE DO BRASIL.pptx
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Hidrografia
 
Hidrografia do brasil
Hidrografia do brasilHidrografia do brasil
Hidrografia do brasil
 
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
Aula dominios morfoclimaticos_do_brasil_16-05-2012_parte3
 
Cap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordesteCap. 9 - O nordeste
Cap. 9 - O nordeste
 
Bacias hidrograficas- brasileiras
Bacias hidrograficas- brasileirasBacias hidrograficas- brasileiras
Bacias hidrograficas- brasileiras
 
Velho Chico
Velho ChicoVelho Chico
Velho Chico
 
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf
1cCaatinga-bacia_do_rio_Sao_Francisco..pdf
 
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e Jequitinhonha
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e JequitinhonhaConjuntura das bacias hidrográficas do Leste e Jequitinhonha
Conjuntura das bacias hidrográficas do Leste e Jequitinhonha
 
Região sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptxRegião sudeste do Brasil.pptx
Região sudeste do Brasil.pptx
 
Sub regiões e suas especificidades
Sub regiões e suas especificidadesSub regiões e suas especificidades
Sub regiões e suas especificidades
 
Bacia do atlântico leste
Bacia do atlântico lesteBacia do atlântico leste
Bacia do atlântico leste
 
Perimetros publicos do_ceara_sb
Perimetros publicos do_ceara_sbPerimetros publicos do_ceara_sb
Perimetros publicos do_ceara_sb
 
Seca e corrupção
Seca e corrupçãoSeca e corrupção
Seca e corrupção
 

Mais de Edmar Souza (20)

EUA
EUAEUA
EUA
 
Bioma Costeiro
Bioma CosteiroBioma Costeiro
Bioma Costeiro
 
Pampas
PampasPampas
Pampas
 
Amazônia
AmazôniaAmazônia
Amazônia
 
Mata atlântica
Mata atlânticaMata atlântica
Mata atlântica
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Mata Atlântica
Mata AtlânticaMata Atlântica
Mata Atlântica
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Pampa
PampaPampa
Pampa
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Amazônia
AmazôniaAmazônia
Amazônia
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Pantanal
PantanalPantanal
Pantanal
 
Santa catarina
Santa catarinaSanta catarina
Santa catarina
 
Rio grande do sul
Rio grande do sulRio grande do sul
Rio grande do sul
 
Rio de janeiro
Rio de janeiroRio de janeiro
Rio de janeiro
 
São Paulo
São PauloSão Paulo
São Paulo
 
Santa catarina
Santa catarinaSanta catarina
Santa catarina
 
Rio de janeiro
Rio de janeiroRio de janeiro
Rio de janeiro
 

Último

Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...leitev350
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeIsabelPereira2010
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 

Bacia do são francisco

  • 2. BACIA DE SÃO FRANCISCO • A Bacia Hidrográfica de São Francisco é a bacia mais importante do Brasil, porque ela se encontra totalmente dentro do território brasileiro. • Sua área é de 631.133 km² (mais de 7% do território brasileiro). • Ela se estende pelos estados de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, e também por Distrito Federal. • O rio São Francisco tem 2.700 km de extensão e nasce na Serra da Canastra em Minas Gerais, escoando no sentido sul-norte pela Bahia e Pernambuco, quando altera seu curso para este, chegando ao Oceano Atlântico através da divisa entre Alagoas e Sergipe.
  • 3. BACIA E AS HIDRELÉTRICAS • Sendo um rio típico de planalto, o São Francisco possui barragens e cachoeiras bem aproveitadas na produção de eletricidade. • Suas principais hidrelétricas são: as usinas de Paulo Afonso e Sobradinho, na Bahia, a de Três Marias, em Minas Gerais, a de Xingó, na divisa de Alagoas e Sergipe, a de Itaparica, em Pernambuco, e a de Moxotó, em Alagoas.
  • 4. POLUIÇÃO DA BACIA • A indústria, a mineração e a agricultura são as principais emissoras de poluentes tóxicos nas águas. Entre as substâncias poluidoras estão minerais; derivados de petróleo, mercúrio, chumbo (descarregados pelas indústrias e atividades de mineração), fertilizantes, pesticidas e herbicidas (utilizados pela agricultura). • Já existem leis, no Brasil, que obrigam as empresas a fazer relatórios de impacto ambiental, apresentando planos de recuperação de áreas degradadas.
  • 5. BACIA E BIOMAS • Com grande diversidade ambiental, a Bacia do São Francisco contempla fragmentos de diferentes biomas: floresta atlântica, cerrado, caatinga, costeiros e insulares. • O trimestre mais chuvoso é de novembro a janeiro, contribuindo com 55 a 60% da precipitação anual, enquanto o mais seco é de junho a agosto. A evapotranspiração média é de 896 mm/ano, apresentando valores elevados entre 1.400 mm (sul) a 840 mm (norte), em função das elevadas temperaturas, da localização geográfica intertropical e da reduzida nebulosidade na maior parte do ano.
  • 6. BACIA E A ECONOMIA • As demandas urbanas e industrial, mais expressivas no Alto São Francisco, se relacionam sobretudo com a siderurgia, mineração, química, têxtil, papel e equipamentos industriais. • Na esfera econômica, entre as regiões há aquelas mais fortemente contempladas com a presença de indústrias e agroindústrias, como acontece no Alto, Médio e SubMédio, notadamente nas zonas industriais extrativas de Minas e nos polos agroindustriais de grãos e fruticultura localizados no Norte e Oeste da Bahia e no Sul de Pernambuco. No Baixo, a socioeconomia ribeirinha ainda se vincula significativamente à agropecuária e à pesca tradicionais, porém com crescimento expressivo da aquicultura, turismo e lazer.
  • 7. AFLUENTES DA BACIA • Rio Abaeté • Rio das Velhas • Rio Jequitaí • Rio Paracatu • Rio Urucuia • Rio Grande
  • 8. TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO • O projeto de transposição do São Francisco surgiu com o argumento sanar essa deficiência hídrica na região do Semiárido através da transferência de água do rio para abastecimento de açudes e rios menores na região nordeste, diminuindo a seca no período de estiagem. • Esse projeto prevê a retirada de 26,4m³/s de água (1,4% da vazão da barragem de Sobradinho) que será destinada ao consumo da população urbana de 390 municípios do Nordeste. • O nordeste é a região mais açudada do mundo com 70 mil açudes nos quais são armazenados 37 bilhões de m³ de água. Portanto, o problema da seca poderia ser resolvido apenas com a conclusão das obras de distribuição que estão paradas nos municípios, contemplados pela obra de transposição a um custo muito mais barato e viável do que a transposição do maior rio inteiramente nacional.