Projeto upe

581 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto upe

  1. 1. UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SALGUEIRO CAMPUS SALGUEIRO A IMPLANTAÇÃO DO CAMPUS DA UPE EM ARARIPINA COM CURSO DE ARQUITETURA Alunos: Diego Monteiro Conserva de Souza Tâmara Maelly Rodrigues Patrícia da Silva Lemos Salgueiro - PE 2014
  2. 2. A IMPLANTAÇÃO DO CAMPUS DA UPE EM ARARIPINA COM CURSO DE ARQUITETURA Projeto de Pesquisa que tem por objetivo a implantação de um campus da UPE em Araripina com o curso de Bacharelado em Arquitetura, melhorando a interiorização da Universidade e favorecendo a região do Sertão do Araripe com uma faculdade pública. Orientadora: Prof.ª Msc.: Giovanna de Araújo Leite Alunos: Diego Monteiro Conserva de Souza Tâmara Maelly Rodrigues Patrícia da Silva Lemos Salgueiro - PE 2014
  3. 3. “O processo de pesquisa deve ser iniciado com o planejamento e o primeiro passo a ser dado é a formulação do problema.” (GIL, 2007, p. 19).
  4. 4. Sumário 1. Introdução __________________________________________________5 1.1Problemática ________________________________________________5 1.2 Justificativa ________________________________________________6 1.3 Objetivos __________________________________________________8 1.3.1Objetivo Geral_____________________________________________8 1.3.2 Objetivos Específicos_______________________________________8 2. Curso de bacharelado em Arquitetutra__________________________9 2.1 Sobre o curso _______________________________________________9 2.2 Perfil do curso ______________________________________________9 2.3 Perfil profissional do curso _____________________________________8 2.4 Necessidades mínimas do curso________________________________10 2.5 Estrutura de funcionamento do campus __________________________10 2.6 Grade Curricular de Arquitetura ________________________________11 3. Metodologia_________________________________________________13 3.1 Técnica de Pesquisa _________________________________________13 3.2 Instrumento e Coleta de Dados_________________________________13 3.3 Ambiente de Pesquisa________________________________________18 4. Referências Bibliográficas_____________________________________19
  5. 5. 1. Introdução 1.1 Problemática A cidade de Araripina é a mais importante da região do Sertão do Araripe, mas apesar de ser bem desenvolvida, possui apenas faculdades particulares como: Faciagra - Faculdade de Ciências Agrárias de Araripina (Engenharia Agronômica) Fafopa - Faculdade de Formação de Professores de Araripina (Pedagogia, Biologia, Geografia, História, Letras, Química, Física e Matemática) Facisa - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina (Ciências Contábeis e Direito) A cidade ainda não possui uma faculdade pública e com mais cursos disponíveis para atender a população. A maioria dos estudantes reclama por essa carência e luta por melhorias no ensino superior. Uma implantação da Universidade de Pernambuco na cidade de Araripina será o início do sucesso para a região do Sertão do Araripe tanto pelo fato de ter mais cursos quanto pelo fato de estudantes que não podem pagar uma faculdade particular terem a oportunidade de estudar sem pagar uma mensalidade. A vinda do curso de Arquitetura melhorará a situação dos estudantes que almejam por esse curso e não têm chances de cursá-lo por serem longe ou serem particulares nas mais próximas. O curso de Arquitetura é de muita procura e necessidade nos dias atuais, a busca pela beleza de estruturas, ambientes, urbanizações e design está em crescimento no mercado e isso favorece para uma criação do curso dentro da Universidade de Pernambuco. Diante das necessidades de melhoria do ensino superior da região do Sertão do Araripe, uma proposta é feita neste projeto para fortalecer a ideia da implantação da Universidade Pernambuco em Araripina. Muitos estudantes não podem pagar mensalidades por serem caras e o curso pode não ser de seu desejo.
  6. 6. 5 1.2 Justificativa Como já citado anteriormente, Araripina possui apenas faculdades particulares e não há uma faculdade pública na cidade. Muitos estudantes não podem pagar mensalidades por serem caras e o curso pode não ser de seu desejo. Com uma implantação da Universidade de Pernambuco, na cidade, o ensino superior tornar-se-á mais qualificado e com melhores condições de formação acadêmica. Com a implantação da Universidade de Pernambuco Campus Araripina a Universidade terá sua interiorização mais ampliada e um novo curso a ser oferecido, pois este projeto requer o curso de Arquitetura como inicial na Unidade. O surgimento e manutenção da Universidade de Pernambuco Campus Araripina, com o curso inicial de Arquitetura, contará com o apoio dos poderes políticos (Estado e Município) para auxiliar na implantação. Observa-se que há uma possibilidade de conhecer a importância que a região do Sertão do Araripe dispõe para que seja conhecido com solidez e dinamismo do trabalho e que poderá se desenvolver com a UPE Araripina de forma eficaz. Os órgãos competentes através dos poderes públicos (Estado e Município) e demais pessoas envolvidas participem com intensidade na implantação da Unidade e sua solidificação. A Universidade de Pernambuco é mais almejada dentro do estado por parte dos estudantes. A maioria das regiões do estado possui campus da UPE: Recife (Região Metropolitana) Nazaré da Mata (Mata Norte) Palmares (Mata Sul) Caruaru (Agreste Central) Garanhuns (Agreste Meridional) Arcoverde (Sertão do Moxotó) Serra Talhada (Sertão do Pajeú) Salgueiro (Sertão Central) Petrolina (Sertão do São Francisco) Exceto: Araripina (Sertão do Araripe)
  7. 7. 6 Os estudantes do Sertão do Araripe enfrentam muitas dificuldades por não ter uma faculdade pública na região e apenas ter faculdades particulares. Muitos têm que se deslocarem para outras cidades que possuem UPE como Petrolina, Salgueiro e Serra Talhada. O curso de Arquitetura é muito desejado na região, sobretudo, pelo fato de Araripina ser a cidade que mais produz gesso na região, cerca de 95 % do produzido no país e exportado. Na região, o gesso é utilizado em diferentes áreas da construção civil e facilita o uso de estudos, manuseios e tecnologias na área do curso. A escolha do curso dá-se pela questão dos alunos almejarem o curso de Arquitetura e não conterem na região e no Sertão de Pernambuco. Cursos de saúde como Fisioterapia, Medicina, Enfermagem e Odontologia não foram questionados e solicitados pela cidade e região não possuírem hospitais que atendam aos cursos. Os cursos de Direito e Ciências Contábeis já existem na cidade mesmo sendo particular, mas se colocado seria desnecessário. O curso de Engenharia Civil e Administração alguns fazem em Juazeiro do Norte, no Ceará e não é fundamental para serem colocados de início no campus. A UPE Araripina irá trazer vantagens para todo Sertão do Araripe, além de beneficiar os estudantes do Sertão Central, Sertão do São Francisco e Sertão do Pajeú. Melhorará a vida dos estudantes do Piauí e Ceará que dependem de Araripina para estudarem no ensino superior. 7
  8. 8. 1.3 Objetivos 1.3.1 Objetivo Geral Implantar a Universidade de Pernambuco Campus Araripina e com a vinda do curso de bacharelado em Arquitetura. 1.3.2 Objetivos Específicos Favorecer o Sertão do Araripe com a implantação da Universidade de Pernambuco Campus Araripina. Melhorar o ensino superior de Araripina e Sertão do Araripe. Proporcionar um avanço na Universidade de Pernambuco com o curso de bacharelado em Arquitetura. 8
  9. 9. 2. Curso de Bacharelado em Arquitetura 2.1 Sobre o curso: O Curso de Bacharelado em Arquitetura é oferecido na modalidade presencial. Tem duração de cinco anos, ou seja, 10 semestres, com carga horária total mínima de 3.660h. 2.2 Perfil do curso: Formar profissionais que apresentem responsabilidade social, atuando de forma generalista com capacitação técnico – científica, humanística e ética, capacitando na elaboração de projetos arquitetônicos; intervenção em conjuntos arquitetônicos e monumentos; elaboração de projetos de paisagismo, de urbanismo e de interiores; de conservação do patrimônio construído; planejamento urbano e regional e programação visual, para atender à demanda do mercado. 2.3 Perfil profissional: Escritórios de projetos de edificação, de planejamento urbano, de paisagismo, restauração de prédios históricos, de design de interiores e de móveis; Na indústria da construção civil; Empresas construtoras; Em assessorias técnicas; Órgãos que atuam em vistoria e perícia de obras, fiscalização urbana e no patrimônio edificado. Arquitetura 9
  10. 10. 2.4 Necessidades mínimas do curso Professores com mestrado nas áreas de Arquitetura, Engenharia Civil, Matemática, Filosofia/Sociologia e Direito; Sala de multimídia; Laboratório de Maquete; Laboratório de Desenho Técnico; Laboratório de Informática; Biblioteca. 2.5 Estrutura de Funcionamento do Campus Araripina possui a Faculdade de Formação de Professores de Araripina – FAFOPA, sendo uma autarquia municipal e que pode servir de forma provisória para o campus da UPE Araripina, tendo o turno diurno disponível. Há a Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão, de caráter estadual, que serve como provisório também para o campus da UPE Araripina, tendo o turno noturno disponível, além de laboratórios e biblioteca. Sobre os professores, há o curso de Engenharia Civil na Universidade Federal do Ceará – UFC, há o curso de Arquitetura na Faculdade de Juazeiro do Norte – FJN, ambas em Juazeiro do Norte – CE que poderão servir para o Campus da UPE Araripina. Há o curso de Direito na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina que também servirá para o Campus da UPE Araripina. 10
  11. 11. 2.6 Grade Curricular de Bacharelado em Arquitetura Período 1º Disciplina Introdução à Arquitetura 75 Filosofia 45 Sociologia 45 Trigonometria 45 História da Arquitetura 45 Metodologia da Pesquisa Científica 60 Período 2º Carga Horária Disciplina Arquitetura Digital Eletromagnetismo Álgebra Linear Mecânica Administração de Obras Cálculo Diferencial e Integral I Carga Horária Disciplina Teoria da Arquitetura Direito Ambiental Direito Autoral Geometria Plana Cálculo Diferencial e Integral II Geometria Descritiva Disciplina Materiais de Construção Teoria das Estruturas Geometria Espacial Planejamento Urbano Geometria Analítica Resistência dos Materiais Disciplina Desenho Arquitetônico I Desenho Artístico I Maquete I Topografia I Sistemas Estruturais I Conforto Ambiental I 60 45 45 45 45 60 Período: 3º Carga Horária 45 45 45 45 60 45 Período: 4º Carga Horária 45 60 45 60 45 60 Período: 5º Carga Horária 75 75 75 60 75 75 11
  12. 12. Período: 6º Disciplina Desenho Arquitetônico II Desenho Artístico II Maquete II Topografia II Sistemas Estruturais II Conforto Ambiental ll Carga Horária 75 75 75 60 75 75 Período: 7º Disciplina Carga Horária 60 60 75 75 75 60 Período: 8º Hidráulica I Materiais de Revestimento Urbanismo Paisagismo I Instalações Prediais I Geologia Disciplina Carga Horária 60 75 45 45 75 75 Período: 9º Hidráulica II Arquitetura de Interiores Ecologia Urbana Teoria do Urbanismo Paisagismo II Instalações Prediais II Disciplina Estágio supervisionado I Trabalho de conclusão de curso I 45 Período: 10º Disciplina Estágio supervisionado II Trabalho de conclusão de curso II Total: 3.660h 45 Carga Horária 435 Carga Horária Disciplinas Eletivas Concreto Pontes Estradas Tecnologia do Ambiente Construído História da Arte Carga Horária 435 45 45 45 45 45 12
  13. 13. 3. Metodologia 3.1 Técnica de pesquisa Quanto aos fins, a pesquisa é descritiva, pois segundo Vergara (2007, p.47), “expõe características de determinada população ou de determinado fenômeno”. De acordo com Gil (1999) as pesquisas descritivas têm como objetivo principal a descrição das características populacionais. Neste sentido, será feita uma descrição de Implantação da Universidade de Pernambuco Campus Araripina. Quanto aos meios, o projeto se insere na proposta de Pesquisa de Campo, pois nas palavras de Vergara (2007, p. 47) “é uma investigação empírica realizada no local onde ocorre ou ocorreu um fenômeno ou que dispõe de elementos para explicá-lo”. 3.2 Instrumento e Coleta de dados Realizamos a pesquisa com a distribuição de questionários, sendo que cada um foi voltado a um setor específico: docente, discente e a comunidade. Todos os questionários solicitaram aos entrevistados os Dados de Identificação (nome completo, sexo, idade, naturalidade, escolaridade, ocupação) para o corpo discente e comunidade; (nome completo, sexo, idade, naturalidade, tempo que leciona no curso e se leciona em outras instituições), para o corpo docente; e, por fim, as Informações e Opiniões relativas à importância da UPE para a cidade de Araripina. No Item Informações e Opiniões, fizemos 8 (oito) perguntas distintas para o corpo docente. As perguntas foram as seguintes: 1) Na sua opinião, qual a relevância da criação do curso de Arquitetura e instalação da Universidade de Pernambuco na cidade de Araripina, localizada no Sertão do Araripe de Pernambuco? 2) Que Contribuições a Universidade de Pernambuco – UPE pode trazer para esta área do Sertão do Araripe? 13
  14. 14. 3) Como você percebe a criação do curso de Arquitetura pela Universidade de Pernambuco – UPE no contexto do Sertão do Araripe? 4) Que sugestões, como docente de uma escola da cidade, você apresentaria para que o curso possa ser implantado na área do Sertão do Araripe? 5) Como você pode argumentar como docente de uma escola de referência em ensino médio de Araripina para que a cidade tenha uma faculdade pública? 6) Como você imagina a UPE através do curso de Arquitetura na cidade de Araripina? Que contribuições você acha que a Universidade de Pernambuco trará para a cidade? 7) O que o curso de Arquitetura poderia fazer para melhorar o mercado de arquitetos tão carente na região? 8) Qual a imagem que o Sertão do Araripe tem no momento sem faculdade pública? Para o corpo discente, fizemos 10 (dez) perguntas aprofundando os questionamentos: 1) Você mora na cidade de Araripina? 2) Se não mora em Araripina onde reside e qual a atividade que realiza na sua cidade? 3) Para você, qual a importância da criação do curso de Arquitetura da Universidade de Pernambuco - UPE para o Sertão do Araripe? 4) Na sua opinião, a criação do curso de Arquitetura da UPE em Araripina vem contribuir em que aspecto? 5) Como você considera a sugestão de implantação da UPE com o curso de Arquitetura para a região do Sertão do Araripe? Por quê? 6) Que contribuições o curso de Arquitetura pode apresentar para a cidade de Araripina e Sertão do Araripe? 7) Quais fatores podem ser cabíveis para a implantação da Universidade de Pernambuco em Araripina? 8) Como aluno/aluna de ensino médio, quais os problemas que a população enfrenta por ter apenas faculdades particulares e poucos cursos, sendo que a maioria é para licenciatura? 14
  15. 15. 9) Você como aluno/aluna de ensino médio numa área do Sertão do Araripe, o que sugere para o ensino superior melhorar na cidade? 10) Dê sugestões sobre aspectos que você gostaria que fossem elaborados para o curso de Arquitetura da UPE - Araripina. Para a comunidade, fizemos 7 (sete) perguntas conforme segue abaixo: 1) Você mora na cidade de Araripina? 2) Se não mora em Araripina onde reside e qual a atividade que realiza na sua cidade? 3) Para você, qual a importância da criação do curso de Arquitetura da Universidade de Pernambuco - UPE para o Sertão do Araripe? 4) Na sua opinião, a criação do curso de Arquitetura da UPE em Araripina vem contribuir em que aspecto? 5) Como você considera a sugestão de implantação da UPE com o curso de Arquitetura para a região do Sertão do Araripe? Por quê? 6) Que contribuições o curso de Arquitetura pode apresentar para a cidade de Araripina e Sertão do Araripe? 7) Quais fatores podem ser cabíveis para a implantação da Universidade de Pernambuco em Araripina? Como se pode perceber, algumas perguntas se repetem nos três questionários outras surgem de forma específica para cada setor pesquisado. Fizemos isto para aprofundar a temática e realizamos esta estratégia para provocar os entrevistados a responderem da forma mais completa cada pergunta, e, a partir daí, deixar registrado marcas discursivas que intensificam uma implantação da Universidade de Pernambuco em Araripina. A distribuição dos questionários foi feita da seguinte maneira. Nos meses de janeiro e fevereiro de 2013, procuramos pelas pessoas envolvidas para realizar a distribuição dos questionários. Em janeiro, procuramos boa parte da população e em fevereiro fomos aos docentes e discentes das escolas de ensino médio, sobretudo as de referência. No final de fevereiro, já tínhamos todo material coletado com as respostas, daí, partimos para a análise discursiva da implantação da Universidade de Pernambuco Campus Araripina. 15
  16. 16. Nos gráficos, temos o resultado da entrevista com a população de Araripina tratando-se do apoio à Implantação da Universidade de Pernambuco Campus Araripina com o curso de Arquitetura. Idade 3% 5% 15 a 20 anos 25 a 30 anos 30% 35 a 45 anos 62% 50 anos acima Sexo 50% Masculino Feminino 50% 16
  17. 17. Escolaridade Ensino Fundamental Incompleto 15 % 22 % 17 % Ensino Fundamental Completo Ensino Médio Incompleto 34 % Ensino Médio Completo 34 % Ensino Superior Incompleto Ensino Superior Completo 39 % Renda 3% 9% 31 % Menos de 1 salário mínimo 1 a 2 salários mínimos 3 a 4 salários mínimos 57 % Mais de 4 salários mínimos 17
  18. 18. 3.3 Ambiente pesquisa Escolas de Referência em Ensino Médio no Sertão do Araripe Escolas estaduais de Ensino Regular do Sertão do Araripe Araripina Trindade Ipubi Ouricuri Bodocó Granito Exu Moreilândia Santa Cruz Santa Filomena 18
  19. 19. 4. Referências Bibliográficas GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991. GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, 1999. MEC: Perfil Curricular do Curso de Bacharelado em Arquitetura e Exigências de Funcionamento. Escolas de Referência em Ensino Médio no Sertão do Araripe Escolas estaduais de Ensino Regular do Sertão do Araripe 19

×