Texto: Vasto mundo Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro Música:Luzes da ribalta
Eu nunca me interessei por bolsa de valores. Para guardar o quê?
Jamais vi um morto levar sequer uma flor das coroas que lhe ofertaram.
O que me prende a este mundo são algumas  pessoas as quais amo. Deixo-as livre. Se  voltarem para mim é sinal que as conqu...
Guardo com carinho alguns livros que eu li  ou fiz. Isso é o que eu digo a mim mesmo.
Mas intimamente hesito. Não o deixo devido  aos meus defeitos enormes, cujo peso não me  permite voar, ou aos amores que n...
Como todo demônio tem seu lado santo, amo deste mundo algumas verdades que já vislumbrei e que me ensinaram a ser apenas q...
Adoro suas árvores, seus pássaros, suas borboletas, sua poesia calada e alguns conceitos sobre Deus e a misericórdia.
Na verdade as pessoas deste mundo sempre me assustaram com suas exigências. Sempre esperando demais e oferecendo de menos;...
Isso matou metade da minha alegria, um terço do meu bom humor e aumentou em muito a minha admiração pelos tuaregues.
Para mim, o espinho que mais fere neste  mundo é a indiferença ao sofrimento; a ganância, a hipocrisia.
É o desapreço à criança, a fome, mãos  estendidas sob os olhares do deboche.
Mas na maioria das vezes julgo  que se abrissem suas portas e me oferecessem liberdade, não o deixaria.
Há um imã que me prende a ele que é uma  amálgama feito com sua alegria, sua música, seus palhaços, sua fé...
...seus pés descalços nas procissões, suas lágrimas  diante das imagens piedosas.
É por isso que acordo a cada dia dizendo a  mim mesmo que o amo.
E não adormeço  a cada noite sem pedir por ele.
[email_address] Formatação: o caçador de imagens
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vasto Mundo

883 visualizações

Publicada em

Vasto Mundo - Apresentação do autor Luiz Gonzaga Pinheiro - Editora EME

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vasto Mundo

  1. 1. Texto: Vasto mundo Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro Música:Luzes da ribalta
  2. 2. Eu nunca me interessei por bolsa de valores. Para guardar o quê?
  3. 3. Jamais vi um morto levar sequer uma flor das coroas que lhe ofertaram.
  4. 4. O que me prende a este mundo são algumas pessoas as quais amo. Deixo-as livre. Se voltarem para mim é sinal que as conquistei. Caso se afastem é porque nunca as tive.
  5. 5. Guardo com carinho alguns livros que eu li ou fiz. Isso é o que eu digo a mim mesmo.
  6. 6. Mas intimamente hesito. Não o deixo devido aos meus defeitos enormes, cujo peso não me permite voar, ou aos amores que não quero deixar?
  7. 7. Como todo demônio tem seu lado santo, amo deste mundo algumas verdades que já vislumbrei e que me ensinaram a ser apenas quem sou.
  8. 8. Adoro suas árvores, seus pássaros, suas borboletas, sua poesia calada e alguns conceitos sobre Deus e a misericórdia.
  9. 9. Na verdade as pessoas deste mundo sempre me assustaram com suas exigências. Sempre esperando demais e oferecendo de menos; com suas lentes curvadas e voltadas para si mesmas.
  10. 10. Isso matou metade da minha alegria, um terço do meu bom humor e aumentou em muito a minha admiração pelos tuaregues.
  11. 11. Para mim, o espinho que mais fere neste mundo é a indiferença ao sofrimento; a ganância, a hipocrisia.
  12. 12. É o desapreço à criança, a fome, mãos estendidas sob os olhares do deboche.
  13. 13. Mas na maioria das vezes julgo que se abrissem suas portas e me oferecessem liberdade, não o deixaria.
  14. 14. Há um imã que me prende a ele que é uma amálgama feito com sua alegria, sua música, seus palhaços, sua fé...
  15. 15. ...seus pés descalços nas procissões, suas lágrimas diante das imagens piedosas.
  16. 16. É por isso que acordo a cada dia dizendo a mim mesmo que o amo.
  17. 17. E não adormeço a cada noite sem pedir por ele.
  18. 18. [email_address] Formatação: o caçador de imagens

×