Poema: Reconstrução Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro Música: Amour violino
Após pesados dias sombrios, chegastes.
Trazias nas mãos ferramentas e sementes e iniciastes a remover escombros.
Em uma tarde de poente dourado encontrastes uma fagulha reluzente.
Redobrastes os esforços. Acumulastes  muito ouro e temi por ti.
Hoje ainda revolves destroços.
Mas jamais usastes as fagulhas que te  pertencem.
E foi observando tua generosidade no trato com as pedras...
...que entendi que apenas querias remover  escombros.
Do livro “Pérolas da infância”
Homenagem àqueles que têm coragem para reconstruir  seus destinos após um pouso forçado.
Formatação: o caçador de imagens
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reconstrução

594 visualizações

Publicada em

Reconstrução - Apresentação do autor Luiz Gonzaga Pinheiro - Editora EME

Publicada em: Espiritual, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Reconstrução

  1. 1. Poema: Reconstrução Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro Música: Amour violino
  2. 2. Após pesados dias sombrios, chegastes.
  3. 3. Trazias nas mãos ferramentas e sementes e iniciastes a remover escombros.
  4. 4. Em uma tarde de poente dourado encontrastes uma fagulha reluzente.
  5. 5. Redobrastes os esforços. Acumulastes muito ouro e temi por ti.
  6. 6. Hoje ainda revolves destroços.
  7. 7. Mas jamais usastes as fagulhas que te pertencem.
  8. 8. E foi observando tua generosidade no trato com as pedras...
  9. 9. ...que entendi que apenas querias remover escombros.
  10. 10. Do livro “Pérolas da infância”
  11. 11. Homenagem àqueles que têm coragem para reconstruir seus destinos após um pouso forçado.
  12. 12. Formatação: o caçador de imagens

×