Texto : As  partes e o todo Autor: Luiz gonzaga Pinheiro Música: Luzes da ribalta
Nunca tive sonhos megalomaníacos. Contento-me com a grandiosidade  de tudo quanto Deus fez ao meu redor.
Mesmo diante de uma grande  montanha procuro  por pedras pequeninas, pois vejo nelas uma parte  da montanha.
  Aprendi que tudo está em tudo. Que a  diversidade é formada por partes que ora se  unem e ora se separam.
Deus, em sua oficina  de luzes, junta as pequenas  coisas e faz as grandes. Quebra as grandes e faz  as pequenas.
Foi pensando assim que descobri na gota de água  a filha do oceano, e tive a certeza de que o oceano  está em mim, como um...
Que o  grão de areia é o coração do deserto.
Que os átomos do meu corpo já habitaram outros corpos, outros mundos, outras dimensões.
Por isso não há além, nem aquém, nem finito  nem infinito. Não há mistério, sobrenatural ou  paranormal.
As coisas apenas mudam de vibração.
Há diferentes vibrações que separam corpos e  eventos.
Mesmo assim o amor com sua elevada vibração faz  ilhas entre a energia coagulada. Faz isso não para  quebrar regras, mas p...
. Demonstração? Deus está em todos os lugares.
Por isso não tenho desejos de ir até Saturno para  conhecer seus anéis. Eles são formados de cristais  de gelo como os da ...
Se soubermos multiplicar veremos nas mãos de  benfeitores amorosos o trabalho de Deus.
Os que buscam fantasmas, milagres, panacéias,  longe de casa ainda não entenderam os milagres  de cada dia dentro de si pr...
Onde habita, o homem pode aprender e ser feliz, ter esperança e entender a vontade divina.
Mas é preciso que seus olhos vejam, sobretudo  os detalhes mais pequeninos, pois neles Deus  mostra a Sua gradiosidade e s...
Que possamos ler os sinais de Deus nas cinzas,  no lodo, nos vermes. Só assim entenderemos as  estrelas, o infinito, a ime...
Formatação: o caçador de imagens
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As Partes e O Todo

412 visualizações

Publicada em

As Partes e o Todo - Apresentação do autor Luiz Gonzaga Pinheiro - Editora EME

Publicada em: Espiritual, Diversão e humor
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

As Partes e O Todo

  1. 1. Texto : As partes e o todo Autor: Luiz gonzaga Pinheiro Música: Luzes da ribalta
  2. 2. Nunca tive sonhos megalomaníacos. Contento-me com a grandiosidade de tudo quanto Deus fez ao meu redor.
  3. 3. Mesmo diante de uma grande montanha procuro por pedras pequeninas, pois vejo nelas uma parte da montanha.
  4. 4.   Aprendi que tudo está em tudo. Que a diversidade é formada por partes que ora se unem e ora se separam.
  5. 5. Deus, em sua oficina de luzes, junta as pequenas coisas e faz as grandes. Quebra as grandes e faz as pequenas.
  6. 6. Foi pensando assim que descobri na gota de água a filha do oceano, e tive a certeza de que o oceano está em mim, como uma parte da lua ou de Marte.
  7. 7. Que o grão de areia é o coração do deserto.
  8. 8. Que os átomos do meu corpo já habitaram outros corpos, outros mundos, outras dimensões.
  9. 9. Por isso não há além, nem aquém, nem finito nem infinito. Não há mistério, sobrenatural ou paranormal.
  10. 10. As coisas apenas mudam de vibração.
  11. 11. Há diferentes vibrações que separam corpos e eventos.
  12. 12. Mesmo assim o amor com sua elevada vibração faz ilhas entre a energia coagulada. Faz isso não para quebrar regras, mas porque é a regra.
  13. 13. . Demonstração? Deus está em todos os lugares.
  14. 14. Por isso não tenho desejos de ir até Saturno para conhecer seus anéis. Eles são formados de cristais de gelo como os da minha geladeira.
  15. 15. Se soubermos multiplicar veremos nas mãos de benfeitores amorosos o trabalho de Deus.
  16. 16. Os que buscam fantasmas, milagres, panacéias, longe de casa ainda não entenderam os milagres de cada dia dentro de si próprios. Procuram distante o ensinamento que está a sua frente.
  17. 17. Onde habita, o homem pode aprender e ser feliz, ter esperança e entender a vontade divina.
  18. 18. Mas é preciso que seus olhos vejam, sobretudo os detalhes mais pequeninos, pois neles Deus mostra a Sua gradiosidade e sabedoria.
  19. 19. Que possamos ler os sinais de Deus nas cinzas, no lodo, nos vermes. Só assim entenderemos as estrelas, o infinito, a imensa e luminosa vastidão do Espírito.
  20. 20. Formatação: o caçador de imagens

×