Os bons Espíritos são unânimes em afirmar que quanto mais nos melhoramos em Espírito, menores serão sempre as nossas possi...
Aprender a amar a vida, de tal modo e constantemente, que jamais pensemos no mal, a não ser para auxiliá-lo a se tornar am...
Construir o edifício da justiça, forte e eterno, para nos orgulharmos da condição humana e ofertamos paz a quem nos visite.
Desejar desesperadamente que o amor, unido ao conhecimento, administre todos os atos, não permitindo sequer que um vento m...
Queremos a fascinação da caridade, a subjugação da fé raciocinada, a doutrinação suave e mansa de Jesus.
Queremos por obsessores que nos alerte, a  vigilância, a oração, a tolerância, sem, contudo, abdicarmos do nosso senso crí...
E quando estivermos severamente obsidiados, que não nos doutrinem, mas caso o façam, que aconselhem apenas perseverança.
Nesse dia, espero ter aprendido a voar. gostaria de olhar da nuvem mais alta O brilho feliz de cada olho humano.
Poema:  A obsessão que queremos
Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro
Música: My heart will go on F i m
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Obsessão Que Queremos

1.447 visualizações

Publicada em

A obsessão que queremos - Apresentação do autor Luiz Gonzaga Pinheiro - Editora EME

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Obsessão Que Queremos

  1. 1. Os bons Espíritos são unânimes em afirmar que quanto mais nos melhoramos em Espírito, menores serão sempre as nossas possibilidades de ligação com as forças desequilibradas das sombras (Chico Xavier)
  2. 2. Aprender a amar a vida, de tal modo e constantemente, que jamais pensemos no mal, a não ser para auxiliá-lo a se tornar amor.
  3. 3. Construir o edifício da justiça, forte e eterno, para nos orgulharmos da condição humana e ofertamos paz a quem nos visite.
  4. 4. Desejar desesperadamente que o amor, unido ao conhecimento, administre todos os atos, não permitindo sequer que um vento mais forte expulse do galho um ninho de pardais.
  5. 5. Queremos a fascinação da caridade, a subjugação da fé raciocinada, a doutrinação suave e mansa de Jesus.
  6. 6. Queremos por obsessores que nos alerte, a vigilância, a oração, a tolerância, sem, contudo, abdicarmos do nosso senso crítico.
  7. 7. E quando estivermos severamente obsidiados, que não nos doutrinem, mas caso o façam, que aconselhem apenas perseverança.
  8. 8. Nesse dia, espero ter aprendido a voar. gostaria de olhar da nuvem mais alta O brilho feliz de cada olho humano.
  9. 9. Poema: A obsessão que queremos
  10. 10. Autor: Luiz Gonzaga Pinheiro
  11. 11. Música: My heart will go on F i m

×