Professora: Edilene Otoni Pina                   Junho 2012
 SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃODurkheim conceituou a sociologia como  sendo “a ciência das instituições, da sua  gênese e do seu f...
Assim a sociedade é uma ciência quenão se reduz a estudar os fenômenossociais, mas também procura entenderos processos e e...
Dentro das ciências sociais, existe a sociologia    SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO     geral e as sociologias especiais. A primeir...
Weber preocupou-se em estudar a conduta social dos indivíduos  quando se relacionam. Se objeto de estudo foi a ação social...
○Racional com relação a fins: quando há intencionalidade por parte doagente. Considera-se as causas/meios e o efeitos/fins...
Paulo Freire é considerado um dos maiores educadores da   atualidade e mundialmente respeitado pela sua práxis   educativa...
PONTOS IMPORTANTESPARA PAULO FREIRE
Já parou para pensar se você tem cultura? Quem tem   cultura? Existem algumas pessoas que tem mais cultura   que as outras...
   Embora no mundo existam escolas, os professores são    diferentes e os métodos de ensino também! Alguns    professores...
SENSO COMUM - CULTURA
CONCEITO ANTROPOLÓGICO: Cultura é tudo aquilo queo homem faz, ou pensa, ou sente enquanto membro de umgrupo, isto é, enqua...
 Etnocentrismo: é uma visão onde o  nosso próprio grupo é tomado como  centro de tudo e todos os outros são  pensados e s...
   Relativismo      Cultural:    ao    contrário   do    etnocentrismo, o relativismo emerge como forma de    combater a ...
→
□□□□□
CULTURA E PROCESSO EDUCATIVOVocê pode estar se perguntando em que medida os estudos culturais podemcontribuir para o apren...
● uma parte do saber do grupo é transmitido oralmente seja pelafamília ou vizinhos, etc.● os novos membros são retirados d...
Bem, você quer saber em que medida esse conhecimento sobre “cultura”pode ajudar na sua escola? Para discutir esse assunto ...
1) A partir dos nossos estudos elabore um texto resumido de 1 páginasobre o papel da sociologia na formação do educador, c...
Abordagens sociopolíticas da educação
Abordagens sociopolíticas da educação
Abordagens sociopolíticas da educação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abordagens sociopolíticas da educação

1.434 visualizações

Publicada em

Aula Programada para Turmas de EAD da Uniube - MG

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Abordagens sociopolíticas da educação

  1. 1. Professora: Edilene Otoni Pina Junho 2012
  2. 2.  SOCIOLOGIA E EDUCAÇÃODurkheim conceituou a sociologia como sendo “a ciência das instituições, da sua gênese e do seu funcionamento, ou seja, toda crença, todo comportamento instituído pela coletividade”. Weber por sua vez, disse que a sociologia é “uma ciência que se propõe compreender por interpretação a atividade social e com isso explicar causalmente seu desenvolvimento e seus efeitos”.
  3. 3. Assim a sociedade é uma ciência quenão se reduz a estudar os fenômenossociais, mas também procura entenderos processos e estrutura quecontribuem par o funcionamento ounão dos sistemas sociais.A sociologia é um tipo de interpretaçãoe de conhecimento de tudo que serelaciona com o homem e com a vidahumana em sociedades, um método deinvestigação que busca identificar,descrever, interpretar, relacionar, eexplicar regularidades da vida social.
  4. 4. Dentro das ciências sociais, existe a sociologia SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO geral e as sociologias especiais. A primeira trata de assuntos sociais de modo geral A Sociologia da Educação estuda: enquanto que a segunda especializa-se em a educação como processo social global um tema específico. Por exemplo, existe a que ocorre em toda a sociedade, sociologia do conhecimento, sociologia da porque viver sem se relacionar é educação, sociologia das organizações, impossível. sociologia da religião, enfim, muitas os sistemas escolares,ou seja, o conjunto sociologias que se dedicam a entender a de uma rede de escolas e sua dinâmica de milhares de seres humanos estrutura de sustentação, como que vivem em relações nesse mundo que habitamos. Portanto, pelo grau de partes do sistema social mais global. complexidade que reside no ser humano, a a escola como unidade sociológica . ciência social foi obrigada a se e a sala de aula como subgrupo de especializar e subdividir-se um pouco. ensino – lembre-se que no final do curso você estará enfrentando uma sala de aula cheia de alunos. o papel do professor,ou melhor, o papel que você irá exercer como profissão daqui alguns anos.
  5. 5. Weber preocupou-se em estudar a conduta social dos indivíduos quando se relacionam. Se objeto de estudo foi a ação social, sendo que a razão era a característica máxima de seu estudo, Weber caracterizou a ação social em 4 tipos: racional com relação a fins; racional com relação a valores; afetiva; tradicional.
  6. 6. ○Racional com relação a fins: quando há intencionalidade por parte doagente. Considera-se as causas/meios e o efeitos/fins.○Racional com relação a valores: quando há interesses particulares por partedo agente para a obtenção de algo. Baseia-se nos seus conceitos.○Afetiva: quando o agente age de forma que os seus sentimentos predominam.É movido pela impulsividade gerada por sentimentos de paixão, ódio, amor,vingança, etc.○Tradicional: quando as ações são baseadas nos costumes e crenças doagente.
  7. 7. Paulo Freire é considerado um dos maiores educadores da atualidade e mundialmente respeitado pela sua práxis educativa através de numerosas homenagens. É autor de inúmeras obras, traduzidas em diversos idiomas, entre elas: Educação como prática da liberdade (1967);Pedagogia do Oprimido (1968); Cartas à Guiné- Bissau (1975); Pedagogia da Esperança (1992); A sombra desta mangueira (1995).
  8. 8. PONTOS IMPORTANTESPARA PAULO FREIRE
  9. 9. Já parou para pensar se você tem cultura? Quem tem cultura? Existem algumas pessoas que tem mais cultura que as outras? A preocupação com a cultura é um fato permanente da humanidade. Todos querem entender os caminhos que levaram as civilizações a se constituírem, bem como, entender as perspectivas futuras de relacionamento entre elas. Porque existe um elemento social chamado diversidade cultural, ou seja, as culturas das sociedades humanas são diferentes. Cada sociedade possui uma identidade.
  10. 10.  Embora no mundo existam escolas, os professores são diferentes e os métodos de ensino também! Alguns professores são mais autoritários, outros mais compreensivos, outros ainda carismáticos, enfim existe uma infinidade de diferenças entre eles. Mas uma coisa com certeza eles possuem em comum: uma identidade. Qual seria a sua? Já parou para pensar?
  11. 11. SENSO COMUM - CULTURA
  12. 12. CONCEITO ANTROPOLÓGICO: Cultura é tudo aquilo queo homem faz, ou pensa, ou sente enquanto membro de umgrupo, isto é, enquanto participa de qualquer forma deexistência coletiva.
  13. 13.  Etnocentrismo: é uma visão onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é a existência. Como vemos a cultura do outro?O etnocentrismo ao extremo se transforma num problema social muito grave. Como exemplo temos: Hitler.
  14. 14.  Relativismo Cultural: ao contrário do etnocentrismo, o relativismo emerge como forma de combater a visão etnocêntrica favorecendo a compreensão da cultura do outro sob a ótica da sua respectiva cultura. Ou seja, temos que enxergar a cultura do outro com base na cultura dele. Assim percebemos que não existe o outro como “estranho”, mas simplesmente diferente. A compreensão da diversidade: quando entendemos as diferenças entre os grupos como questões culturais passamos a compreendê-los de forma ampla e menos preconceituosa o que enriquece as relações humanas.
  15. 15.
  16. 16. □□□□□
  17. 17. CULTURA E PROCESSO EDUCATIVOVocê pode estar se perguntando em que medida os estudos culturais podemcontribuir para o aprendizado da área da educação. Assim, com a finalidadede resolver estes questionamentos nós iremos discutir, nesta aula, acontribuição da antropologia para a análise do processo educativo.NAS SOCIEDADES TRADICIONAIS:● o processo educativo é, muitas vezes, feito através de uma cultura oral;● é a hierarquia social que determina quem vai ser o responsável pelatransmissão dos conhecimentos na sociedade.● existem grupos de iniciação separados da família, onde os jovens sãotreinados em várias atividades, aprendendo – cada um – uma parte datotalidade do saber do grupo.● nesse tempo histórico o processo educativo é mais rápido.
  18. 18. ● uma parte do saber do grupo é transmitido oralmente seja pelafamília ou vizinhos, etc.● os novos membros são retirados do lar para serem ensinados naescrita, na leitura e no cálculo para obterem habilitações naquilo quecada um conseguir.● a criança é muito cedo afastada dos pais para ficar ligada ao ensino,longe da vida cotidiana.● o professor é o responsável pela passagem do conhecimento eruditoà próxima geração.● nesse momento histórico o processo educativo é menos prático.
  19. 19. Bem, você quer saber em que medida esse conhecimento sobre “cultura”pode ajudar na sua escola? Para discutir esse assunto convido- o paraanalisarmos uma autora chamada Sônia, que afirma: “que a escola para serbem-sucedida, (deve) colocar-se aberta à cultura de seus alunos”.Por quê?Vejamos como a postura de um antropólogo pode contribuir para a formaçãode um educador. EDUCADOR Deve assumir a ANTROPÓLOGO responsabilidade de Afirma que as construir o categorias do conhecimento que pensamento não transmite aos seus devem ser impostas. alunos. Tem que Não procura manter aprender a ouvir as suas opiniões e opiniões dos alunos e, categorias de na dose certa, experiência sobre os direcionar seus fenômenos que pensamentos para fins estuda. inteligentes.
  20. 20. 1) A partir dos nossos estudos elabore um texto resumido de 1 páginasobre o papel da sociologia na formação do educador, com base nosautores pesquisados.2) Mafalda é uma garota cativante. Ela e sua turminha “vivemconversando” “sobre as coisas do mundo”. As injustiças sociais,desigualdade, poder, educação, corrupção, meio ambiente, democraciaentre outros temas. Vamos ler a tirinha que segue e, com pensar“reflexivo”, fazer a nossa interpretação. O que têm a ver com osestudos realizados até aqui? Justifique.

×