SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE
EDUCAÇÃO
ESC0LA ESTADUAL
PROFª IZAURA HIGA
SIMULADO 2ª BIMESTRE
TURMA
7º ANO____
Professor
aplicador:
Disciplina:
Língua Portuguesa e
Matemática
Turno: Vespertino
Aluno (A): Nº
D6-Identificar o tema de um texto
QUESTÃO 01 –––––––––––
Leia o texto para responder a questão abaixo:
ASA BRANCA
Quando olhei a terra ardendo
Qual fogueira de São João
Eu perguntei a Deus do céu
Por que tamanha judiação.
Que brasileiro, que fornalha
Nem um pé de plantação
Por falta d’água, perdi meu gado
Morreu de sede meu alazão.
Inté mesmo a asa branca
Bateu asas do sertão
Entonce eu disse: adeus, Rosinha
Guarda contigo meu coração.
Hoje longe, muitas léguas
Numa triste solidão
Espero a chuva cair de novo
Pra mim voltar, ah! Pro meu sertão.
Quando o verde dos teus olhos
Se espalhar na plantação
Eu te asseguro, não chove não, viu
Que eu voltarei, viu, meu coração.
Luis Gonzaga e Humberto Teixeira. Luiz Gonzaga.
Vinil/CD, BMG. Brasil, 2001
Qual é o tema do texto?
(A) A solidão dos sertanejos
(B) a fauna sertaneja
(C) A seca do sertão.
(D) A vegetação do sertão.
D7-Identificar a tese de um texto –––––––––––
QUESTÃO 02 –––––––––––
Leia o texto abaixo e responda a questão:
O HOMEM DO OLHO TORTO
No sertão nordestino, vivia um velho
chamado Alexandre. Meio caçador, meio vaqueiro,
era cheio de conversas — falava cuspindo,
espumando como um sapo-cururu. O que mais
chamava a atenção era o seu olho torto, que
ganhou quando foi caçar a égua pampa, a pedido
do pai. Alexandre rodou o sertão, mas não achou
a tal égua. Pegou no sono no meio do mato e,
quando acordou, montou num animal que pensou
ser a égua. Era uma onça. No corre-corre,
machucou-se com galhos de árvores e ficou sem
um olho. Alexandre até que tentou colocar seu
olho de volta no buraco, mas fez errado. Ficou
com um olho torto.
RAMOS, Graciliano. Histórias de Alexandre. Editora Record.
In revista Educação, ano 11, p. 14
O que deu origem aos fatos narrados nesse texto?
(A) O fato de Alexandre falar muito.
(B) O hábito de Alexandre de falar cuspindo.
(C) A caçada de Alexandre à égua pampa.
(D) A caçada de Alexandre a uma onça.
D13-Identificar as marcas linguísticas que
evidenciam o locutor e o interlocutor de um
texto ––––––––– QUESTÃO 03 –––––––––
Leia o texto abaixo.
Três de Julho – 1957
Agradeço a Deus a alegria de estar à frente do
governo de Montes Claros na passagem do primeiro
centenário da criação desta cidade. Nestes dias de
festas, o meu pensamento se volta para aqueles que
plantaram nos chapadões sertanejos a semente da
cidade querida — que é, hoje, motivo de orgulho para
todos nós. Saudemos com emoção os pioneiros do
progresso de Montes Claros. A sombra tutelar daqueles
que vieram antes de nós — que lutaram e sofreram sob
os nossos céus lavados e límpidos — Montes Claros
cresce. É através da lição dos batalhadores de ontem,
que recolhemos o exemplo e o estimulo que nos dão
coragem e fé para o prosseguimento da jornada. Na
comemoração do centenário da cidade, queremos
abraçar todos os filhos desta terra. O nosso abraço é
também para aqueles que vieram de longe e vivem
entre nós, amando e servindo a cidade generosa e
hospitaleira, que os acolheu com carinho. Aos
visitantes ora entre nós e que prestigiam, com a sua
presença, a celebração de centenário de Montes Claros
o nosso agradecimento e a nossa saudação afetuosa.
Cem anos. Rejuvenescida, palpitante de seiva e de
vigor, cheia de vida, atinge a cidade de Montes Claros
o seu primeiro centenário.
Nesta oportunidade, renovemos o compromisso
de bem servi-la.
Geraldo Athayde – Prefeito Municipal de Montes Claros.
Observando a linguagem do texto, podemos dizer
que:
A) é a mais adequada para ser usada por todos
os brasileiros.
B) a língua sofre variações nos grupos sociais,
no tempo e no espaço.
C) é muito usada no cotidiano dos professores
das escolas brasileiras.
D) normalmente é empregada por jornalistas em
jornais impressos.
D12-Identifica a finalidade de textos de
diferentes gêneros –– QUESTÃO 04 –––
Leia o texto abaixo.
MAR MORTO
Para quem não sabe nadar, entrar na água
do mar ou na piscina é sempre complicado.
Precisa de colo de alguém ou de bóia de plástico.
Mas existe um mar em que nada afunda, de tanto
sal que existe em sua água. Esse mar fica entre
dois países do Oriente, Israel e a Jordânia, e se
chama Mar Morto. Na verdade, não é um mar: é
um grande lago, onde deságua o rio Jordão. Ele
está 392 metros abaixo do nível do mar, e é o
ponto mais baixo de toda a superfície do planeta.
De tão grande, parece mesmo um mar: tem 85
quilômetros de comprimento e 17 quilômetros de
largura. É tanto sal em suas águas que não tem
peixe, alga ou camarão que consiga viver ali
dentro.
Por isso o nome de Mar Morto.
A lama que existe no fundo faz muito bem
para a pele e tem propriedades medicinais. As
pessoas vão ao Mar Morto também para fazer
tratamento de beleza com lama! Não é preciso
mergulhar no sal para ir atrás dessa poção mágica
de beleza. Perto dali, existem lojinhas que vendem
sabonete feito com a lama do fundo do lago. O
Mar Morto é realmente um lugar diferente!
Só vendo para acreditar.
Disponível em: <www.recreioonline.com.br> Fragmento. *Adaptado:
Reforma Ortográfica.
No trecho “... que consiga viver ali dentro.”, a
palavra destacada indica
A) tempo.
B) modo.
C) lugar.
D) intensidade.
D8-Estabelecer relação entre tese e os
argumentos oferecidos para sustentá-la ––––––––
––– QUESTÃO 05 –––––––––––
Leia o texto abaixo e responda.
Nos últimos 120 anos, a temperatura média
da superfície da Terra subiu cerca de 1 grau
Celsius. Os efeitos disso sobre a natureza são
muito graves e afetam bichos, plantas e o próprio
ser humano. Esse aquecimento provoca, por
exemplo, o derretimento de geleiras nos pólos.
Por causa disso, o nível da água dos oceanos
aumentou em 25 centímetros e o mar avançou até
100 metros sobre o continente nas regiões mais
baixas. Furacões que geralmente se formam em
mares de água quente estão cada vez mais fortes.
Os ciclos das estações do ano e das chuvas estão
alterados também.
A poluição do ar é uma das principais causas
do aquecimento. A superfície terrestre reflete uma
parte dos raios solares, mandando-os de volta
para o espaço. Uma camada de gases se
concentra ao redor do planeta, formando a
atmosfera, e alguns deles ajudam a reter o calor e
a manter a temperatura adequada para garantir a
vida por aqui.
Nas últimas décadas, muitos gases
poluentes vêm se acumulando na atmosfera e
produzindo uma espécie de capa que concentra
cada vez mais calor perto da superfície da Terra,
aumentando ainda mais a temperatura global. É o
chamado efeito estufa.
Outro problema que afeta diretamente o
clima é a devastação das matas, que ajudam a
manter a umidade e a temperatura do planeta.
Infelizmente, o desmatamento já eliminou quase
metade da cobertura vegetal do mundo.
www.recreionline.abril.com.br
Porque o nível da água nos oceanos aumentou
até 25 centímetros?
A) Por causa da mudança do ciclo das estações
do ano.
B) Por causa do derretimento das geleiras nos
pólos.
C) Porque o mar avançou 100 metros sobre o
continente.
D) Porque os furacões estão cada vez mais fortes.
D8- Estabelecer relação entre a tese e os
argumentos oferecidos para sustentá-la
QUESTÃO 06 –––––––––
Leia o texto abaixo.
Entrevista
“EXISTEM CRIMES PIORES”, DIZ PAI DE JOVEM
AGRESSOR
Sergio Torres
Da sucursal do Rio
O microempresário Ludovico Ramalho
Bruno, 46, disse acreditar que o filho Rubens
Arruda, 19, estava alcoolizado ou drogado quando
participou do espancamento da empregada
doméstica Sirlei Pinto. “Uma pessoa normal vai
fazer uma agressão dessa?”, perguntou ele após
ter sido vítima de um tiroteio na delegacia.
Dono de uma firma de passeios turísticos,
Bruno afirmou que o filho não deveria ser preso,
para não conviver com criminosos na cadeia. “Foi
uma coisa feia que eles fizeram? Foi. Não justifica
o que fizeram. Mas prender, botar preso, juntar
eles com outros bandidos... Essas pessoas que
têm estudo, que têm caráter, junto com um cara
desses? Existem crimes piores.”
Se forem indiciados, os acusados vão
responder por tentativa de latrocínio (pena de 7 a
15 anos de prisão em caso de detenção) e lesão
corporal dolosa (de 1 a 8 anos de prisão).
Folha: O sr. acredita na acusação contra o seu
filho?
Ludovico Ramalho Bruno: Eles não são
bandidos. Tem que criar outras instâncias para
puni-los. Queria dizer à sociedade que nós, pais,
não temos culpa nisso. Eles cometeram erro?
Cometeram. Mas não vai ser justo manter
crianças que estão na faculdade, estão
estudando, trabalham, presos. É desnecessário,
vai marginalizar lá dentro. Foi uma coisa feia o
que eles fizeram? Foi. Não justifica o que fizeram.
Mas prender, botar preso, juntar eles com outros
bandidos... Essas pessoas que têm estudo, têm
caráter, junto com uns caras desses? Existem
crimes piores.
Folha: O sr. já falou com ele?
Bruno: Não. É um deslize na vida dele. E vai
pagar caro. Está detido, chorando, desesperado.
Daqui vai ser transferido. Peço ao juiz que dê a
chance para cuidarmos dos nossos filhos. Peguei
a senhora que foi agredida, abracei, chorei com
ela e pedi perdão. Foi a primeira coisa que fiz
quando vi a moça, foi o mínimo que pude fazer.
Não é justo prender cinco jovens que estudam,
que trabalham, que têm pai e mãe, e juntar
bandidos que a gente não sabe de onde vieram.
Imagina o sofrimento desses garotos.
Folha: O sr. acha que eles tinham bebido ou
usado droga?
Bruno: Estamos com epidemia de droga. A droga
tomou conta do Brasil. O inimigo do brasileiro é a
droga. Tem que legalizar isso. Botar nas
farmácias, nos hospitais. Com esse dinheiro que
vai ser arrecadado, pagar clínicas, botar os
viciados lá, controlar a droga.
Folha: Mas o sr. acha que eles poderiam estar
embriagados ou drogados?
Bruno: Mas é lógico. Uma pessoa normal vai
fazer uma agressão dessa? Lógico que não.
Lógico que estavam embriagados, lógico que
poderiam estar drogados. Eu nunca vi [o filho usar
droga]. Mas como posso falar de um jovem de 19
anos que está na rua com uma epidemia de
droga, com essas festas rave, essas loucuras
todas.
Folha: Como é seu filho em casa?
Bruno: Fica no computador, vai à praia, estuda,
trabalha comigo. Uma pessoa normal,
um garoto normal.
(Folha de S.Paulo, 26/06/2007 p. C4)
Assinale a opção que indica o principal argumento
usado pelo pai para rejeitar o encarceramento do
filho junto com bandidos.
A) O filho cometeu apenas um deslize.
B) O filho tem hábitos de uma pessoa normal.
C) O filho trabalha, estuda, tem família.
D) O filho sofre com a epidemia das drogas.
D1-Localizar informações explícitas em um
texto ––––––––– QUESTÃO 07 –––––––––
Leia o texto abaixo e responda à questão.
Caipora
É um Mito do Brasil que os índios já
conheciam desde a época do descobrimento.
Índios e Jesuítas o chamavam de Caiçara, o
protetor da caça e das matas.
Seus pés voltados para trás servem para
despistar os caçadores, deixando-os sempre a
seguir rastros falsos. Quem o vê, perde totalmente
o rumo, e não sabe achar o caminho de volta. É
impossível capturá-lo. Para atrair suas vítimas,
ele, às vezes, chama as pessoas com gritos que
imitam a voz humana. É também chamado de pai
ou Mãe-do-mato, Curupira e Caapora. Para os
índios Guaranis, ele é o Demônio da Floresta. Às
vezes é visto montando um porco do mato.
http://www.arteducação.pro.br
De acordo com esse texto, os pés voltados para
trás da Caipora servem para
A) atrair suas vítimas
B) despistar caçadores
C) montar um porco do mato
D) proteger as matas
D6-Identificar o tema de um texto
QUESTÃO 08
Leia o texto abaixo e responda à questão.
CACHORROS
Os zoólogos acreditam que o cachorro se
originou de uma espécie de lobo que vivia na Ásia.
Depois os cães se juntaram aos seres humanos e
se espalharam por quase todo o mundo. Essa
amizade começou há uns 12 mil anos, no tempo
em que as pessoas precisavam caçar para se
alimentar. Os cachorros perceberam que, se não
atacassem os humanos, podiam ficar perto deles e
comer a comida que sobrava. Já os homens
descobriram que os cachorros podiam ajudar a
caçar, a cuidar de rebanhos e a tomar conta da
casa, além de serem ótimos companheiros. Um
colaborava com o outro e a parceria deu certo.
www.recreionline.com.br
O assunto tratado nesse texto é a
A) relação entre homens e cães.
B) profissão de zoológico
C) amizade entre os animais.
D) alimentação dos cães.
D9 ––––––––––– QUESTÃO 09 –––––––––––
Leia o texto abaixo e responda à questão.
Esse texto serve para
A) dar uma notícia.
B) deixar um recado.
C) fazer um convite.
D) vender um produto.
D13 ––––––––––– QUESTÃO 10 ––––––––––
Leia o texto abaixo e responda a questão.
Domingão
Domingo, eu passei o dia todo de bode. Mas,
no começo da noite, melhorei e resolvi bater um
fio para o Zeca.
— E ai, cara? Vamos ao cinema?
— Sei lá, Marcos. Estou meio pra baixo....
— Eu também tava, cara. Mas já estou
melhor!
E lá fomos nós. O ônibus atrasou, e nós
pagamos o maior mico, porque, quando
chegamos, o filme já tinha começado. Teve até um
mane que perguntou se a gente tinha chegado
para a próxima sessão.
Saímos de lá, comentando:
— Que filme massa!
— Maneiro mesmo!
Mas já era tarde, e nem deu para contar os
últimos babados pro Zeca. Afinal, segunda-feira é
de trampo e eu detesto queimar o filme com o
patrão. Não vejo a hora de chegar de novo para
eu agitar um pouco mais.
CAVÉQUIA. Márcia Paganini. In:
http://ensinocomalegria.blogspot.com
Os dois personagens que conversam nesse texto
são
A) adultos
B) crianças
C) idosos
D) jovens.
––––––––– MATEMÁTICA ––––––––––
––––––––– QUESTÃO 01 ––––––––––
Observe a seguinte sequência.
 Pegamos um disco ( Círculo de papel.)
 Dobramos ao meio
 Dobramos, novamente ao meio
 Abrimos o círculo
Abrindo a figura, o ângulo que aparece entre as
dobras marcadas no papel vale
a) 45º.
b) 60º.
c) 90º.
d) 120º.
––––––––– QUESTÃO 02 ––––––––––
Observe a seguinte planta de parte de um
apartamento. De acordo com as medidas
apresentadas, qual é a largura da porta de
entrada?
a) 85 cm.
b) 95 cm.
c) 100 cm.
d) 105 cm.
––––––––– QUESTÃO 03 ––––––––––
Veja o prédio da figura abaixo. Observe à
esquerda o painel do elevador, onde cada número
representa um andar. O botão com a letra E
significa emergência e PO é o botão que abre a
porta. Qual é o andar que corresponde ao botão
zero ?
a) Térreo.
b) Subsolo -1.
c) Subsolo -2.
d) Chefia.
D07 – Reconhecer ângulos como mudanças
de direção ou giros, identificando ângulos
retos ou não-retos.
D21- Resolver um problema utilizando relações
entre diferentes unidades de medidas
D30 – identificar números a diferentes
representações escritas.
––––––––– QUESTÃO 04 ––––––––––
Qual é o total a pagar que a bomba de gasolina da
figura abaixo deveria registrar no
painel?
a) R$ 43,12.
e) R$ 32,45.
c) R$ 28,60.
d) R$ 30,00.
––––––––– QUESTÃO 05 ––––––––––
Veja, abaixo, o boletim do Joãozinho. Qual é a
média das notas de Joãozinho?
a) 5,0.
b) 6,0.
c) 7,0.
d) 8,0.
––––––––– QUESTÃO 06 ––––––––––
Histórias das Copas do Mundo de Futebol
Em 2010, pela primeira vez na história, a
Copa do Mundo será realizada no continente
africano. A África do Sul será a sede do evento.
Em 2014, a Copa do Mundo será realizada
no Brasil. O evento retornará ao território brasileiro
após 64 anos, pois foi em 1950 que ocorreu a
Copa do Mundo no Brasil.
Observe a reta numérica abaixo, com os anos das
Copas do Mundo a partir de 1986.
Nessa reta numérica, o ano encontra-se
na posição marcada com a letra
(A) U.
(B) V.
(C) X.
(D) Z.
––––––––– QUESTÃO 07 ––––––––––
D10 Usando somente moedas de R$ 0,25 para
fazer um pagamento de R$ 10,00, serão
necessárias
(A) 30 moedas.
(B) 40 moedas.
(C) 25 moedas.
(D) 50 moedas.
––––––––– QUESTÃO 08 ––––––––––
D23 Silvia está juntando dinheiro para comprar
um livro. Ela precisa juntar três notas de 10 reais,
quatro notas de 2 reais e três moedas de 50
centavos para comprar o livro. O livro custa
(A) R$ 38,00.
(B) R$ 38,50.
(C) R$ 39,00.
(D) R$ 39,50.
––––––––– QUESTÃO 09 ––––––––––
D40 – Resolver problemas com números inteiros
envolvendo 4 as operações
D73 – Resolver problema envolvendo media
aritmética moda ou mediana.
D33 – Identificar a localização de números reais na
reta numérica.
D20 – Num problema estabelecer troca entre
cédulas e moedas do sistema monetário
D20 – Num problema estabelecer troca entre
cédulas e moedas do sistema monetário
D40 – Resolver problemas com números inteiros
envolvendo 4 as operações
––––––––– QUESTÃO 10 ––––––––––
Diana mediu com uma régua o comprimento de
um lápis e encontrou 17,5cm.
Essa medida equivale, em mm, a:
(A) 0,175
(B) 1,75
(C) 175
(D) 1750
D21- Resolver um problema utilizando relações
entre diferentes unidades de medidas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Matilde Rosa Araújo
Matilde Rosa AraújoMatilde Rosa Araújo
Matilde Rosa Araújo
piefmania
 
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritoresAtividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Jucelino Carvalho
 
Prova internet-pssiii-2005
Prova internet-pssiii-2005Prova internet-pssiii-2005
Prova internet-pssiii-2005
Lucas Ferreira
 

Mais procurados (19)

20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
20170222160429 thumb be__l._portuguesa_8_ano
 
Prova de aferiç 2011
Prova de aferiç 2011 Prova de aferiç 2011
Prova de aferiç 2011
 
C1001
C1001C1001
C1001
 
Ppda integrado da área de linguagen1 2
Ppda integrado da área de linguagen1 2Ppda integrado da área de linguagen1 2
Ppda integrado da área de linguagen1 2
 
7º ano portugues
7º ano portugues7º ano portugues
7º ano portugues
 
Matilde Rosa Araújo
Matilde Rosa AraújoMatilde Rosa Araújo
Matilde Rosa Araújo
 
Prova died junho_2017_full
Prova died junho_2017_fullProva died junho_2017_full
Prova died junho_2017_full
 
Saerjinho 1º ano
Saerjinho 1º anoSaerjinho 1º ano
Saerjinho 1º ano
 
Técnico subsequente 2014 1 (prova ifce)
Técnico subsequente 2014 1 (prova ifce)Técnico subsequente 2014 1 (prova ifce)
Técnico subsequente 2014 1 (prova ifce)
 
Prova SME - Português - 9º ano
Prova  SME - Português - 9º anoProva  SME - Português - 9º ano
Prova SME - Português - 9º ano
 
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritoresAtividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
Atividades de-lc3adngua-portuguesa-3c2ba-ano-ensino-mc3a9dio-com-descritores
 
Saerjinho 9º ano
Saerjinho 9º anoSaerjinho 9º ano
Saerjinho 9º ano
 
Prova professor matematica
Prova professor matematicaProva professor matematica
Prova professor matematica
 
Teste diagnostico-portugues-5ano
Teste diagnostico-portugues-5anoTeste diagnostico-portugues-5ano
Teste diagnostico-portugues-5ano
 
Teste diagnostico-portugues-5ano
Teste diagnostico-portugues-5anoTeste diagnostico-portugues-5ano
Teste diagnostico-portugues-5ano
 
Aniversario jaridim2 elaine
Aniversario jaridim2 elaineAniversario jaridim2 elaine
Aniversario jaridim2 elaine
 
Prova internet-pssiii-2005
Prova internet-pssiii-2005Prova internet-pssiii-2005
Prova internet-pssiii-2005
 
1º ANO
1º ANO1º ANO
1º ANO
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 

Semelhante a Simulado português e matematica 7 anos ok

Simulado spaece 1ºano2010
Simulado spaece 1ºano2010Simulado spaece 1ºano2010
Simulado spaece 1ºano2010
Adson Nunes
 
úLtimo tema
úLtimo temaúLtimo tema
úLtimo tema
veralvk
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
SMEdeItabaianinha
 
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º anoSimulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
pedagogicosjdelrei
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
tainattores
 

Semelhante a Simulado português e matematica 7 anos ok (20)

Simulado spaece 1ºano2010
Simulado spaece 1ºano2010Simulado spaece 1ºano2010
Simulado spaece 1ºano2010
 
úLtimo tema
úLtimo temaúLtimo tema
úLtimo tema
 
501 an 12_novembro_2014.ok
501 an 12_novembro_2014.ok501 an 12_novembro_2014.ok
501 an 12_novembro_2014.ok
 
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova BrasilProva de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
 
513 an 03_março_2015.ok
513 an 03_março_2015.ok513 an 03_março_2015.ok
513 an 03_março_2015.ok
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
PelosBigodões3
PelosBigodões3PelosBigodões3
PelosBigodões3
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
 
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
Ncm+lp+4º+ano+professor+agosto+2012 (1)
 
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
5°ANO-ANEXO II-SEMANA 22--AVALIAÇÃO 2° BIMESTRE== 05 A 09 DE JULHO.pdf
 
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º anoSimulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
 
D7 (3ª Série - Ens. Médio - L.P - BLOG do Prof. Warles).doc.pdf
D7 (3ª Série - Ens. Médio - L.P - BLOG do Prof. Warles).doc.pdfD7 (3ª Série - Ens. Médio - L.P - BLOG do Prof. Warles).doc.pdf
D7 (3ª Série - Ens. Médio - L.P - BLOG do Prof. Warles).doc.pdf
 
Uni teste 6º ano
Uni teste 6º anoUni teste 6º ano
Uni teste 6º ano
 
511 an 17_fevereiro_2015.ok
511 an 17_fevereiro_2015.ok511 an 17_fevereiro_2015.ok
511 an 17_fevereiro_2015.ok
 
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptxAVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
AVALIAÇÃO DE PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.pptx
 
Avaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º anoAvaliação língua portuguesa 9º ano
Avaliação língua portuguesa 9º ano
 
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º anoSimulado de Língua Portuguesa 9º ano
Simulado de Língua Portuguesa 9º ano
 
Livro gladston
Livro gladstonLivro gladston
Livro gladston
 
Fixacao 01 tipologia_textual_interpretacao
Fixacao 01 tipologia_textual_interpretacaoFixacao 01 tipologia_textual_interpretacao
Fixacao 01 tipologia_textual_interpretacao
 

Mais de Ederson Jacob Zanardo

Mais de Ederson Jacob Zanardo (13)

Apres. final
Apres. finalApres. final
Apres. final
 
Jogo de matematica
Jogo de matematicaJogo de matematica
Jogo de matematica
 
Simulado português e matematica 9 anos ok
Simulado português e matematica 9 anos okSimulado português e matematica 9 anos ok
Simulado português e matematica 9 anos ok
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos okSimulado português e matematica 8 anos ok
Simulado português e matematica 8 anos ok
 
Simulado português e matematica 7 anos ok
Simulado português e matematica 7 anos okSimulado português e matematica 7 anos ok
Simulado português e matematica 7 anos ok
 
Simulado português e matematica 6 anos ok
Simulado português e matematica 6 anos okSimulado português e matematica 6 anos ok
Simulado português e matematica 6 anos ok
 
Simulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em okSimulado português e matematica 3 em ok
Simulado português e matematica 3 em ok
 
Simulado português e matematica 2 em ok
Simulado português e matematica 2 em okSimulado português e matematica 2 em ok
Simulado português e matematica 2 em ok
 
Simulado português e matematica 1 em ok
Simulado português e matematica 1 em okSimulado português e matematica 1 em ok
Simulado português e matematica 1 em ok
 
Para calculando na escola
Para calculando na escolaPara calculando na escola
Para calculando na escola
 
Apresentação resultados de simulados
Apresentação resultados de simuladosApresentação resultados de simulados
Apresentação resultados de simulados
 
Para calculando na escola
Para calculando na escolaPara calculando na escola
Para calculando na escola
 

Simulado português e matematica 7 anos ok

  • 1. ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESC0LA ESTADUAL PROFª IZAURA HIGA SIMULADO 2ª BIMESTRE TURMA 7º ANO____ Professor aplicador: Disciplina: Língua Portuguesa e Matemática Turno: Vespertino Aluno (A): Nº D6-Identificar o tema de um texto QUESTÃO 01 ––––––––––– Leia o texto para responder a questão abaixo: ASA BRANCA Quando olhei a terra ardendo Qual fogueira de São João Eu perguntei a Deus do céu Por que tamanha judiação. Que brasileiro, que fornalha Nem um pé de plantação Por falta d’água, perdi meu gado Morreu de sede meu alazão. Inté mesmo a asa branca Bateu asas do sertão Entonce eu disse: adeus, Rosinha Guarda contigo meu coração. Hoje longe, muitas léguas Numa triste solidão Espero a chuva cair de novo Pra mim voltar, ah! Pro meu sertão. Quando o verde dos teus olhos Se espalhar na plantação Eu te asseguro, não chove não, viu Que eu voltarei, viu, meu coração. Luis Gonzaga e Humberto Teixeira. Luiz Gonzaga. Vinil/CD, BMG. Brasil, 2001 Qual é o tema do texto? (A) A solidão dos sertanejos (B) a fauna sertaneja (C) A seca do sertão. (D) A vegetação do sertão. D7-Identificar a tese de um texto ––––––––––– QUESTÃO 02 ––––––––––– Leia o texto abaixo e responda a questão: O HOMEM DO OLHO TORTO No sertão nordestino, vivia um velho chamado Alexandre. Meio caçador, meio vaqueiro, era cheio de conversas — falava cuspindo, espumando como um sapo-cururu. O que mais chamava a atenção era o seu olho torto, que ganhou quando foi caçar a égua pampa, a pedido do pai. Alexandre rodou o sertão, mas não achou a tal égua. Pegou no sono no meio do mato e, quando acordou, montou num animal que pensou ser a égua. Era uma onça. No corre-corre, machucou-se com galhos de árvores e ficou sem um olho. Alexandre até que tentou colocar seu olho de volta no buraco, mas fez errado. Ficou com um olho torto. RAMOS, Graciliano. Histórias de Alexandre. Editora Record. In revista Educação, ano 11, p. 14 O que deu origem aos fatos narrados nesse texto? (A) O fato de Alexandre falar muito. (B) O hábito de Alexandre de falar cuspindo. (C) A caçada de Alexandre à égua pampa. (D) A caçada de Alexandre a uma onça. D13-Identificar as marcas linguísticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto ––––––––– QUESTÃO 03 ––––––––– Leia o texto abaixo. Três de Julho – 1957 Agradeço a Deus a alegria de estar à frente do governo de Montes Claros na passagem do primeiro centenário da criação desta cidade. Nestes dias de festas, o meu pensamento se volta para aqueles que plantaram nos chapadões sertanejos a semente da cidade querida — que é, hoje, motivo de orgulho para todos nós. Saudemos com emoção os pioneiros do progresso de Montes Claros. A sombra tutelar daqueles que vieram antes de nós — que lutaram e sofreram sob os nossos céus lavados e límpidos — Montes Claros cresce. É através da lição dos batalhadores de ontem, que recolhemos o exemplo e o estimulo que nos dão coragem e fé para o prosseguimento da jornada. Na comemoração do centenário da cidade, queremos abraçar todos os filhos desta terra. O nosso abraço é também para aqueles que vieram de longe e vivem entre nós, amando e servindo a cidade generosa e hospitaleira, que os acolheu com carinho. Aos visitantes ora entre nós e que prestigiam, com a sua presença, a celebração de centenário de Montes Claros
  • 2. o nosso agradecimento e a nossa saudação afetuosa. Cem anos. Rejuvenescida, palpitante de seiva e de vigor, cheia de vida, atinge a cidade de Montes Claros o seu primeiro centenário. Nesta oportunidade, renovemos o compromisso de bem servi-la. Geraldo Athayde – Prefeito Municipal de Montes Claros. Observando a linguagem do texto, podemos dizer que: A) é a mais adequada para ser usada por todos os brasileiros. B) a língua sofre variações nos grupos sociais, no tempo e no espaço. C) é muito usada no cotidiano dos professores das escolas brasileiras. D) normalmente é empregada por jornalistas em jornais impressos. D12-Identifica a finalidade de textos de diferentes gêneros –– QUESTÃO 04 ––– Leia o texto abaixo. MAR MORTO Para quem não sabe nadar, entrar na água do mar ou na piscina é sempre complicado. Precisa de colo de alguém ou de bóia de plástico. Mas existe um mar em que nada afunda, de tanto sal que existe em sua água. Esse mar fica entre dois países do Oriente, Israel e a Jordânia, e se chama Mar Morto. Na verdade, não é um mar: é um grande lago, onde deságua o rio Jordão. Ele está 392 metros abaixo do nível do mar, e é o ponto mais baixo de toda a superfície do planeta. De tão grande, parece mesmo um mar: tem 85 quilômetros de comprimento e 17 quilômetros de largura. É tanto sal em suas águas que não tem peixe, alga ou camarão que consiga viver ali dentro. Por isso o nome de Mar Morto. A lama que existe no fundo faz muito bem para a pele e tem propriedades medicinais. As pessoas vão ao Mar Morto também para fazer tratamento de beleza com lama! Não é preciso mergulhar no sal para ir atrás dessa poção mágica de beleza. Perto dali, existem lojinhas que vendem sabonete feito com a lama do fundo do lago. O Mar Morto é realmente um lugar diferente! Só vendo para acreditar. Disponível em: <www.recreioonline.com.br> Fragmento. *Adaptado: Reforma Ortográfica. No trecho “... que consiga viver ali dentro.”, a palavra destacada indica A) tempo. B) modo. C) lugar. D) intensidade. D8-Estabelecer relação entre tese e os argumentos oferecidos para sustentá-la –––––––– ––– QUESTÃO 05 ––––––––––– Leia o texto abaixo e responda. Nos últimos 120 anos, a temperatura média da superfície da Terra subiu cerca de 1 grau Celsius. Os efeitos disso sobre a natureza são muito graves e afetam bichos, plantas e o próprio ser humano. Esse aquecimento provoca, por exemplo, o derretimento de geleiras nos pólos. Por causa disso, o nível da água dos oceanos aumentou em 25 centímetros e o mar avançou até 100 metros sobre o continente nas regiões mais baixas. Furacões que geralmente se formam em mares de água quente estão cada vez mais fortes. Os ciclos das estações do ano e das chuvas estão alterados também. A poluição do ar é uma das principais causas do aquecimento. A superfície terrestre reflete uma parte dos raios solares, mandando-os de volta para o espaço. Uma camada de gases se concentra ao redor do planeta, formando a atmosfera, e alguns deles ajudam a reter o calor e a manter a temperatura adequada para garantir a vida por aqui. Nas últimas décadas, muitos gases poluentes vêm se acumulando na atmosfera e produzindo uma espécie de capa que concentra cada vez mais calor perto da superfície da Terra, aumentando ainda mais a temperatura global. É o chamado efeito estufa. Outro problema que afeta diretamente o clima é a devastação das matas, que ajudam a manter a umidade e a temperatura do planeta. Infelizmente, o desmatamento já eliminou quase metade da cobertura vegetal do mundo. www.recreionline.abril.com.br Porque o nível da água nos oceanos aumentou até 25 centímetros? A) Por causa da mudança do ciclo das estações do ano. B) Por causa do derretimento das geleiras nos pólos. C) Porque o mar avançou 100 metros sobre o continente. D) Porque os furacões estão cada vez mais fortes. D8- Estabelecer relação entre a tese e os argumentos oferecidos para sustentá-la QUESTÃO 06 ––––––––– Leia o texto abaixo. Entrevista “EXISTEM CRIMES PIORES”, DIZ PAI DE JOVEM AGRESSOR Sergio Torres Da sucursal do Rio O microempresário Ludovico Ramalho Bruno, 46, disse acreditar que o filho Rubens Arruda, 19, estava alcoolizado ou drogado quando participou do espancamento da empregada
  • 3. doméstica Sirlei Pinto. “Uma pessoa normal vai fazer uma agressão dessa?”, perguntou ele após ter sido vítima de um tiroteio na delegacia. Dono de uma firma de passeios turísticos, Bruno afirmou que o filho não deveria ser preso, para não conviver com criminosos na cadeia. “Foi uma coisa feia que eles fizeram? Foi. Não justifica o que fizeram. Mas prender, botar preso, juntar eles com outros bandidos... Essas pessoas que têm estudo, que têm caráter, junto com um cara desses? Existem crimes piores.” Se forem indiciados, os acusados vão responder por tentativa de latrocínio (pena de 7 a 15 anos de prisão em caso de detenção) e lesão corporal dolosa (de 1 a 8 anos de prisão). Folha: O sr. acredita na acusação contra o seu filho? Ludovico Ramalho Bruno: Eles não são bandidos. Tem que criar outras instâncias para puni-los. Queria dizer à sociedade que nós, pais, não temos culpa nisso. Eles cometeram erro? Cometeram. Mas não vai ser justo manter crianças que estão na faculdade, estão estudando, trabalham, presos. É desnecessário, vai marginalizar lá dentro. Foi uma coisa feia o que eles fizeram? Foi. Não justifica o que fizeram. Mas prender, botar preso, juntar eles com outros bandidos... Essas pessoas que têm estudo, têm caráter, junto com uns caras desses? Existem crimes piores. Folha: O sr. já falou com ele? Bruno: Não. É um deslize na vida dele. E vai pagar caro. Está detido, chorando, desesperado. Daqui vai ser transferido. Peço ao juiz que dê a chance para cuidarmos dos nossos filhos. Peguei a senhora que foi agredida, abracei, chorei com ela e pedi perdão. Foi a primeira coisa que fiz quando vi a moça, foi o mínimo que pude fazer. Não é justo prender cinco jovens que estudam, que trabalham, que têm pai e mãe, e juntar bandidos que a gente não sabe de onde vieram. Imagina o sofrimento desses garotos. Folha: O sr. acha que eles tinham bebido ou usado droga? Bruno: Estamos com epidemia de droga. A droga tomou conta do Brasil. O inimigo do brasileiro é a droga. Tem que legalizar isso. Botar nas farmácias, nos hospitais. Com esse dinheiro que vai ser arrecadado, pagar clínicas, botar os viciados lá, controlar a droga. Folha: Mas o sr. acha que eles poderiam estar embriagados ou drogados? Bruno: Mas é lógico. Uma pessoa normal vai fazer uma agressão dessa? Lógico que não. Lógico que estavam embriagados, lógico que poderiam estar drogados. Eu nunca vi [o filho usar droga]. Mas como posso falar de um jovem de 19 anos que está na rua com uma epidemia de droga, com essas festas rave, essas loucuras todas. Folha: Como é seu filho em casa? Bruno: Fica no computador, vai à praia, estuda, trabalha comigo. Uma pessoa normal, um garoto normal. (Folha de S.Paulo, 26/06/2007 p. C4) Assinale a opção que indica o principal argumento usado pelo pai para rejeitar o encarceramento do filho junto com bandidos. A) O filho cometeu apenas um deslize. B) O filho tem hábitos de uma pessoa normal. C) O filho trabalha, estuda, tem família. D) O filho sofre com a epidemia das drogas. D1-Localizar informações explícitas em um texto ––––––––– QUESTÃO 07 ––––––––– Leia o texto abaixo e responda à questão. Caipora É um Mito do Brasil que os índios já conheciam desde a época do descobrimento. Índios e Jesuítas o chamavam de Caiçara, o protetor da caça e das matas. Seus pés voltados para trás servem para despistar os caçadores, deixando-os sempre a seguir rastros falsos. Quem o vê, perde totalmente o rumo, e não sabe achar o caminho de volta. É impossível capturá-lo. Para atrair suas vítimas, ele, às vezes, chama as pessoas com gritos que imitam a voz humana. É também chamado de pai ou Mãe-do-mato, Curupira e Caapora. Para os índios Guaranis, ele é o Demônio da Floresta. Às vezes é visto montando um porco do mato. http://www.arteducação.pro.br De acordo com esse texto, os pés voltados para trás da Caipora servem para A) atrair suas vítimas B) despistar caçadores C) montar um porco do mato D) proteger as matas D6-Identificar o tema de um texto QUESTÃO 08 Leia o texto abaixo e responda à questão. CACHORROS Os zoólogos acreditam que o cachorro se originou de uma espécie de lobo que vivia na Ásia. Depois os cães se juntaram aos seres humanos e se espalharam por quase todo o mundo. Essa amizade começou há uns 12 mil anos, no tempo em que as pessoas precisavam caçar para se alimentar. Os cachorros perceberam que, se não atacassem os humanos, podiam ficar perto deles e comer a comida que sobrava. Já os homens descobriram que os cachorros podiam ajudar a caçar, a cuidar de rebanhos e a tomar conta da casa, além de serem ótimos companheiros. Um colaborava com o outro e a parceria deu certo. www.recreionline.com.br O assunto tratado nesse texto é a A) relação entre homens e cães. B) profissão de zoológico
  • 4. C) amizade entre os animais. D) alimentação dos cães. D9 ––––––––––– QUESTÃO 09 ––––––––––– Leia o texto abaixo e responda à questão. Esse texto serve para A) dar uma notícia. B) deixar um recado. C) fazer um convite. D) vender um produto. D13 ––––––––––– QUESTÃO 10 –––––––––– Leia o texto abaixo e responda a questão. Domingão Domingo, eu passei o dia todo de bode. Mas, no começo da noite, melhorei e resolvi bater um fio para o Zeca. — E ai, cara? Vamos ao cinema? — Sei lá, Marcos. Estou meio pra baixo.... — Eu também tava, cara. Mas já estou melhor! E lá fomos nós. O ônibus atrasou, e nós pagamos o maior mico, porque, quando chegamos, o filme já tinha começado. Teve até um mane que perguntou se a gente tinha chegado para a próxima sessão. Saímos de lá, comentando: — Que filme massa! — Maneiro mesmo! Mas já era tarde, e nem deu para contar os últimos babados pro Zeca. Afinal, segunda-feira é de trampo e eu detesto queimar o filme com o patrão. Não vejo a hora de chegar de novo para eu agitar um pouco mais. CAVÉQUIA. Márcia Paganini. In: http://ensinocomalegria.blogspot.com Os dois personagens que conversam nesse texto são A) adultos B) crianças C) idosos D) jovens. ––––––––– MATEMÁTICA –––––––––– ––––––––– QUESTÃO 01 –––––––––– Observe a seguinte sequência.  Pegamos um disco ( Círculo de papel.)  Dobramos ao meio  Dobramos, novamente ao meio  Abrimos o círculo Abrindo a figura, o ângulo que aparece entre as dobras marcadas no papel vale a) 45º. b) 60º. c) 90º. d) 120º. ––––––––– QUESTÃO 02 –––––––––– Observe a seguinte planta de parte de um apartamento. De acordo com as medidas apresentadas, qual é a largura da porta de entrada? a) 85 cm. b) 95 cm. c) 100 cm. d) 105 cm. ––––––––– QUESTÃO 03 –––––––––– Veja o prédio da figura abaixo. Observe à esquerda o painel do elevador, onde cada número representa um andar. O botão com a letra E significa emergência e PO é o botão que abre a porta. Qual é o andar que corresponde ao botão zero ? a) Térreo. b) Subsolo -1. c) Subsolo -2. d) Chefia. D07 – Reconhecer ângulos como mudanças de direção ou giros, identificando ângulos retos ou não-retos. D21- Resolver um problema utilizando relações entre diferentes unidades de medidas D30 – identificar números a diferentes representações escritas.
  • 5. ––––––––– QUESTÃO 04 –––––––––– Qual é o total a pagar que a bomba de gasolina da figura abaixo deveria registrar no painel? a) R$ 43,12. e) R$ 32,45. c) R$ 28,60. d) R$ 30,00. ––––––––– QUESTÃO 05 –––––––––– Veja, abaixo, o boletim do Joãozinho. Qual é a média das notas de Joãozinho? a) 5,0. b) 6,0. c) 7,0. d) 8,0. ––––––––– QUESTÃO 06 –––––––––– Histórias das Copas do Mundo de Futebol Em 2010, pela primeira vez na história, a Copa do Mundo será realizada no continente africano. A África do Sul será a sede do evento. Em 2014, a Copa do Mundo será realizada no Brasil. O evento retornará ao território brasileiro após 64 anos, pois foi em 1950 que ocorreu a Copa do Mundo no Brasil. Observe a reta numérica abaixo, com os anos das Copas do Mundo a partir de 1986. Nessa reta numérica, o ano encontra-se na posição marcada com a letra (A) U. (B) V. (C) X. (D) Z. ––––––––– QUESTÃO 07 –––––––––– D10 Usando somente moedas de R$ 0,25 para fazer um pagamento de R$ 10,00, serão necessárias (A) 30 moedas. (B) 40 moedas. (C) 25 moedas. (D) 50 moedas. ––––––––– QUESTÃO 08 –––––––––– D23 Silvia está juntando dinheiro para comprar um livro. Ela precisa juntar três notas de 10 reais, quatro notas de 2 reais e três moedas de 50 centavos para comprar o livro. O livro custa (A) R$ 38,00. (B) R$ 38,50. (C) R$ 39,00. (D) R$ 39,50. ––––––––– QUESTÃO 09 –––––––––– D40 – Resolver problemas com números inteiros envolvendo 4 as operações D73 – Resolver problema envolvendo media aritmética moda ou mediana. D33 – Identificar a localização de números reais na reta numérica. D20 – Num problema estabelecer troca entre cédulas e moedas do sistema monetário D20 – Num problema estabelecer troca entre cédulas e moedas do sistema monetário D40 – Resolver problemas com números inteiros envolvendo 4 as operações
  • 6. ––––––––– QUESTÃO 10 –––––––––– Diana mediu com uma régua o comprimento de um lápis e encontrou 17,5cm. Essa medida equivale, em mm, a: (A) 0,175 (B) 1,75 (C) 175 (D) 1750 D21- Resolver um problema utilizando relações entre diferentes unidades de medidas