Prof: mauri aguiar
 MANOEL
 GEOVANY
 SÉRGIO
 MARIANA
 PAMELLA
 MACEDO
 DURVAL
 ÉDER
 A síndrome pré-menstrual (SPM), também
conhecida como
 tensão pré-menstrual (TPM), é representada
por um
 conjunto de ...
 Ambos são relacionados com a fase pré-
menstrual
 Comprometimento da qualidade de vida x
Dimensão dos sintomas
 Preval...
 A SPM e o transtorno disfôrico pré-menstrual
(TDPM) são dois transtornos relacionados aos
sintomas da fase pré-menstrual...
 Já a prevalência do TDPM é de 3% a 8% e os
sintomas estão relacionados ao humor, como
déficit de funcionamento social, p...
 1. Físicos ou somáticos: inchaço, Mastalgia,
distencao abdominal, cefaleia
 2. Emocionais: irritabilidade, fúria, depre...
 ***Colégio americano de obstetrícia e
ginecologia(ACOG):
 Necessita haver 1 ou mais sintomas somáticos
e/ou emocionais ...
 Manual diagnóstico e estatística da associação de
psiquiatria americana (DSM IV)
 P/ diagnóstico: inclui documentação c...
 Devem estar presente 5 ou mais desses ( última
semana fase lútea e diminuem na fase folicular:
 - humor deprimido, pens...
 A TPM está classificada em quatro tipos: A, C, H e D, de
acordo com a predominância dos sintomas.
 TPM tipo A: as mulhe...
 Dois princípios básicos podem ser considerados para
se determinar o tratamento Individual, mais
apropriado para a mulher...
 Vitaminas B6: uma dose diária de 50 a 100 mg de vitamina
B6 pode reduzir os incômodos da TPM. Os casos mais
graves de TP...
• Por se tratar de uma síndrome e não de uma doença
,não existe tratamentos específicos, já que os
sintomas variam muita d...
 A Erva de são cristovão: esta erva da américa no
norte é usada para aliviar a insônia e curar a
depressão. aconselha-se ...
 A utilização do extrato etanólico seco de
Vitex agnus-castus demonstrou ser eficaz no
alívio dos sintomas da SPM, o mesm...
 Fármacos que interferem no ciclo
menstrual e com ação no SNC.
 Anticoncepcionais combinados-
componentes estrogênico + ...
 Anticoncepcionais combinados contendo a
drospirenona como compontente
progestogênico.
 Ciclos de 21 dias com pausa de 7...
 Irritabilidade
 Humor
 Desejo consumo de carbohidratos
 FASE LÚTEA OU 7 A 10 DIAS ANTES CICLO
MENSTRUAL
 TRANSTORNOS EMOCIONAIS GRAVES
 PODE ASSOCIAR OU NÃO A
ANTICONCEPCIONAIS
 As hipóteses mais recentes vão no sentido de
...
 FLUOXETINA
 PAROXETINA
 SERTRALINA
http://www.fspog.com/fotos/editor2/2011-
1_artigo_de_revisao_1.pdf
http://www.febrasgo.org.br/site/wp-
content/uploads/201...
Tpm
Tpm
Tpm
Tpm
Tpm
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tpm

347 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tpm

  1. 1. Prof: mauri aguiar
  2. 2.  MANOEL  GEOVANY  SÉRGIO  MARIANA  PAMELLA  MACEDO  DURVAL  ÉDER
  3. 3.  A síndrome pré-menstrual (SPM), também conhecida como  tensão pré-menstrual (TPM), é representada por um  conjunto de sintomas físicos, emocionais e comportamentais, que apresentam caráter cíclico e recorrente, iniciando-se na semana anterior à  menstruação e que aliviam com o início do fluxo menstrual.
  4. 4.  Ambos são relacionados com a fase pré- menstrual  Comprometimento da qualidade de vida x Dimensão dos sintomas  Prevalência
  5. 5.  A SPM e o transtorno disfôrico pré-menstrual (TDPM) são dois transtornos relacionados aos sintomas da fase pré-menstrual. Considera-se o TDPM como sendo um subtipo e também como a forma mais grave da SPM.  A prevalência dos sintomas da SPM é de 75% a 80% nas mulheres em idade reprodutiva e com grande variação no número, duração e gravidade dos sintomas.
  6. 6.  Já a prevalência do TDPM é de 3% a 8% e os sintomas estão relacionados ao humor, como déficit de funcionamento social, profissional e familiar No Brasil, estudo realizado em ambulatório de ginecologia demonstra prevalência da SPM entre 8% e 86%, dependendo da intensidade dos sintomas.  Dentre os sintomas relatados, 86% referiam irritabilidade, 17%, cansaço, 62%, depressão e cefaleia (cada) e 95% das mulheres apresentavam mais de um sintoma e 76% associação de sintomas físicos e psíquicos.  Estudo brasileiro de base populacional encontrou prevalência de SPM de 95,4%, considerando um sintoma como diagnóstico, e 25,2% considerando cinco sintomas com interferência na vida familiar ou social.
  7. 7.  1. Físicos ou somáticos: inchaço, Mastalgia, distencao abdominal, cefaleia  2. Emocionais: irritabilidade, fúria, depressão, ansiedade, confusão  ** Diagnóstico conclusivo tem que haver boa anamnese + exame físico 
  8. 8.  ***Colégio americano de obstetrícia e ginecologia(ACOG):  Necessita haver 1 ou mais sintomas somáticos e/ou emocionais durante cinco dias antes do ciclo menstrual ou durante a fase lútea.  Tipos: leve- até 3 sintomas ( físicos ou emocionais)  Moderada - até 4 sintomas  OBs: Que relatos bem fundados dos sintomas e que eles sejam presente em 2-3 ciclos consecutivos
  9. 9.  Manual diagnóstico e estatística da associação de psiquiatria americana (DSM IV)  P/ diagnóstico: inclui documentação com anotações de sintomas físicos e comportamentais
  10. 10.  Devem estar presente 5 ou mais desses ( última semana fase lútea e diminuem na fase folicular:  - humor deprimido, pensamentos autodepreciativos  - ansiedade demasiada, tensão  - instabilidade afetiva  - raiva ou irritabilidade exacerbada  - diminuição do interesse pelas atividades habituais  - dificuldade de concentrar  - letargia, fadiga fácil, falta de energia  - alteração do apetite  - hipersonia ou insônia  - sentimento subjetivo de descontrole emocional  - sintomas físicos: inchaço das mamas, cefaleia, dor articular, ganho de peso  Obs: devem estar presente dos 5 sintomas que aja pelo menos 1 dos 4 primeiros citados acima.
  11. 11.  A TPM está classificada em quatro tipos: A, C, H e D, de acordo com a predominância dos sintomas.  TPM tipo A: as mulheres ficam ansiosas, irritadas, tensas e até mesmo agressivas. Este é o tipo mais freqüente.  TPM tipo C: caracteriza-se pelo aumento do apetite, compulsão alimentar (predominando a compulsão pela ingestão de doces, como chocolates), fadiga, dor de cabeça e palpitações.  TPM tipo H: há aumento súbito de dois a três quilos no peso corporal, aumento das mamas, dor e distensão abdominal.  TPM tipo D: é o menos freqüente e os sintomas predominantes são choro fácil, sonolência ou insônia, confusão mental e depressão.
  12. 12.  Dois princípios básicos podem ser considerados para se determinar o tratamento Individual, mais apropriado para a mulher com SPM. Primeiro, como os sintomas da SPM e do TDPM são crônicos e recorrentes, o tratamento deve levar em conta os custos de seus efeitos adversos. Segundo, o tratamento deve ser adaptado à gravidade dos sintomas, sendo a seleção dos medicamentos e de outros regimes alinhada às necessidades da paciente.  INTERVENÇOES NÃO MEDICAMENTOSAS  Dentre as intervenções não-medicamentosas, são propostas mudanças no estilo de vida, incluindo-se a prática de exercícios aeróbicos  Modificações na dieta.  Terapia ocupacional
  13. 13.  Vitaminas B6: uma dose diária de 50 a 100 mg de vitamina B6 pode reduzir os incômodos da TPM. Os casos mais graves de TPM são tratados com antidepressivos, pois eles aumentam o nível de serotonina e combatem as alterações de humor. Mas doses entre 300 mg e 600 mg de vitamina B6 também são suficientes para combater as mesmas manifestações, porém, em estágio mais ameno. Cuidado com o excesso de vitaminas, pois ele pode causar efeitos indesejáveis ou mesmo danosos.  Cálcio: consumir 1200 mg diários de cálcio na dieta ou através de suplementos pode reduzir os sintomas, melhorando a retenção de líquidos e as dores lombares. O uso regular e a longo prazo de carbonato de cálcio também previne a osteoporose.  Magnésio: consumir 400 mg de magnésio em suplemento diário pode ajudar a reduzir a retenção de líquidos, aliviar o desconforto nas mamas e o edema. Ele é encontrado nas verduras e frutos do mar.
  14. 14. • Por se tratar de uma síndrome e não de uma doença ,não existe tratamentos específicos, já que os sintomas variam muita de intensidade para cada mulher. • Uso de terapia complementar pode ser de grande benefício, entretanto deve ser indicada de maneira criteriosa em virtude da limitação do poder dos estudos clínicos disponíveis e da possibilidade de interferência com os tratamentos convencionais. • Algumas mulheres relatam alívio dos sintomas pré- menstruais com o uso de ervas, entretanto poucos estudos científicos comprovam seus efeitos.
  15. 15.  A Erva de são cristovão: esta erva da américa no norte é usada para aliviar a insônia e curar a depressão. aconselha-se consumir 40 mg de extrato da planta diariamente durante este período.  O vitex agnus-castus: as mulheres usam a plantas vitex para aliviar os sintomas da tpm há centenas de anos. este arbusto originário da região mediterrânea é utilizado na medicina popular como chá para curar a insônia e a ansiedade.  O Óleo de primula: ideal para amenizar dores nas mamas, e outros sintomas desagradáveis. é vendido em comprimidos de 500 g nas farmácias, mas você pode tomar até 3 a 4 gramas por dia durante os períodos de desconforto.
  16. 16.  A utilização do extrato etanólico seco de Vitex agnus-castus demonstrou ser eficaz no alívio dos sintomas da SPM, o mesmo não sendo observado quando do uso do óleo de prímula, carecendo, portanto, de evidências que justifiquem a sua utilização nessa condição.
  17. 17.  Fármacos que interferem no ciclo menstrual e com ação no SNC.  Anticoncepcionais combinados- componentes estrogênico + progestogênico.  Efeitos adversos- retenção hídrica e irritabilidade ( componente progestogênico derivado da 19-nortestosterona ).
  18. 18.  Anticoncepcionais combinados contendo a drospirenona como compontente progestogênico.  Ciclos de 21 dias com pausa de 7 dias e ciclos de 24 dias com pausa de 4 dias ( períodos de 3 ciclos menstruais consecutivos ).  Etinilestradiol 30 ug + drospirenona 3,0mg.
  19. 19.  Irritabilidade  Humor  Desejo consumo de carbohidratos  FASE LÚTEA OU 7 A 10 DIAS ANTES CICLO MENSTRUAL
  20. 20.  TRANSTORNOS EMOCIONAIS GRAVES  PODE ASSOCIAR OU NÃO A ANTICONCEPCIONAIS  As hipóteses mais recentes vão no sentido de uma interferência de concentrações mais baixas da alopregnanolona
  21. 21.  FLUOXETINA  PAROXETINA  SERTRALINA
  22. 22. http://www.fspog.com/fotos/editor2/2011- 1_artigo_de_revisao_1.pdf http://www.febrasgo.org.br/site/wp- content/uploads/2013/05/Femina_v38n6_p311 -51.pdf http://www.projetodiretrizes.org.br/substuica o10/tensao_pre_menstrual.pdf

×