JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO

4.283 visualizações

Publicada em

SAIU A 4ª EDIÇÃO DO MELHOR JORNAL DE ESMERALDAS. INFORMAÇÃO, CULTURA, DICAS, RECEITAS, HISTÓRIAS, "CAUSOS" E MUITO MAIS.

É UM JORNAL PARA GUARDAR E RELER SEMPRE.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.540
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO

  1. 1. DISTRIBUIÇÃO GRATUITA ESMERALDAS - MINAS GERAIS Almoço de domingo é no Hotel Fazenda Moinho. Comida Mineira Musica ao vivo e as belezas naturais esperam por você! Venha Conferir... A partir do dia 23 de Novembro. Maiores informações 3286-5658/ 93352358/ 9837-1693 Site www.hotelfazendamoinho.com.br ANO 1 - NÚMERO 4 - 2014 A saga dos irmãos Dinho e Tonho para preservar uma “cultura raiz”. O sortudo cão de rua que ganhou um lar graças a uma corrente do bem. O Jornal Daqui Esmeraldas conquista segundo prêmio em apenas 3 meses de existência. Santa Cruz Campolina vai disputar a Copa do Brasil de Futebol Feminino em 2015. Pag. 16 Conheça o Pescador de Assombração Lúcio Barbosa, conhecido como Manguei-ra, nascido em Andiroba é o “Pescador de Assombração”. Pag. 5 Um projeto cultural e social para Esmeraldas. Um exemplo a ser seguido. Entrada Franca. Pag. 3 Pag. 8 Pag. 3 Pag. 15 Esmeraldas ainda tem carro de boi Santa Cruz Campolina: Campeã mineira invicta Conheça as empresas “Destaque Empresarial de Esmeraldas 2014” Cão Dino ganha uma nova família Cine Daqui Tropeiros DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS Tels.: 9579-7470 / 3538-5402
  2. 2. 2
  3. 3. 3
  4. 4. 4 Idade de ferro - Cabeça de vento “À medida que as gerações passam, vão se tornando piores. Tempo virá em que as pessoas se mostrarão tão per-versas que passarão a adorar o poder; o poder será para elas o direito, e a reverência ao bem deixará de existir. Finalmente, quando nenhum homem se mostrar mais irado perante as más ações ou não se sentir mais envergonhado na presença do miserável, Zeus também as destruirá.” - ext. do mito grego da Idade de Ferro. Saímos do período eleitoral, mas o período eleitoral não saiu de nós. Órfãs de um tempo em que houve permissividade para que cada brasileiro mostrasse o que tinha de pior em si, sem precisar disfarçar, sob o pálio do desculpismo (“Estou de-fendendo meu país!”) e da ação de grupo (“Fulano, beltrano e cicrano pensam como eu, fazem e falam as mesmas coisas!”), pes-soas conflituosas, proble-máticas, preconceituosas, cheias de ódio, fanatismo, violência e desejos espú-rios, insistem em fazer perdurar a temporada de ofensas a todos que pen-sam de maneira diferente. Essas foram as elei-ções das ofensas, da para-nóia, da boataria, do ata-que, do “custe o que custar”. Se alguém se mostrava inclinado a votar no PT e seus aliados, era imediata-mente tachado como por-tador de todos os defeitos atribuídos ao PT. Se outro se mostrava favorável a votar no PSDB, também recebia dos eleitores do outro partido uma desqua-lificação qualquer, também atribuída ao partido e aos seus candidatos. Divisão para tudo que é lado, a eleição dos “Petralhas” versus “Coxi-nhas” nos ensinou que o sistema em que vivemos está muito longe de ser uma democracia. Sequer arremedo de democracia é. E tome-lhe mais des-culpismo: “Somos uma democracia jovem”. Con-versa boba para enganar trouxa. Como dizemos em Esmeraldas: “Conversa para boi dormir”. Em uma democracia de fato, direita e esquerda são as mãos que uma ca-beça - o povo - utiliza para realizar as tarefas neces-sárias para a subsistência de todo o corpo, formado pelos agentes de serviços básicos (a indústria, o co-mércio, a prestação de ser-viços, o sistema financeiro, etc e etc). No sistema em que nós, brasileiros, vive-mos hoje, quem ocupa o lugar da cabeça é o Poder Econômico, não o povo. Enquanto os grandes ca-pitalistas dominam as mãos (esquerda e direita), destinando para si mesmos (e não para todo o corpo) todas as tarefas o que so-bra para o povo é simples-mente ocupar o lugar dos pés, que sustentam o resto, para que o resto satisfaça a cabeça e essa cabeça dê aos pés a falsa impressão de que são eles que decidem o caminho pelo qual o corpo segue. Enquanto tivermos uma “democracia” na qual o povo é sabotado desde o berço, com a educação pública propositalmen-te ruim, que além de não oferecer um conteúdo que preste, torna a escola pública um ambiente de-sagradável e penoso para o estudante, sem nenhum atrativo e transforma os profissionais em educação em piqueteiros chatos, po-litiqueiros, divididos entre os fanáticos e os apáticos, mais preocupados em lu-tar pelos seus justos di-reitos, como salário digno e melhores condições de trabalho, do que em cum-prir suas funções (e não pensem que os profissio-nais das escolas são assim porque querem, não, pois eles são condicionados a se tornarem isso, pelo pró-prio Poder Econômico); com a Saúde Pública vista como sinônimo de inefi-ciência, descaso, demora e morte, que faz tremer aqueles que dela precisam pois as opções geralmente se resumem a não ser aten-dido em tempo e não ser atendido adequadamente (seja tempestivamente ou não), no qual profissionais não cumprem seus papéis por inúmeros motivos, indo da própria má condu-ta (como muitos médicos que, visando o acúmulo de capital, apenas recebem o dinheiro público e não cumprem seus plantões, indo prestar serviços em outros lugares) até a falta de estrutura, e que tem no banco de leitos um sistema de corrupção e tráfico de influência; com a Segu-rança Pública também ine-ficiente e incapaz de servir à população em suas de-mandas mais básicas, com policiais que padecem des-de o despreparo até a falta de incentivo, que vão para as ruas mal equipados, mal remunerados, mal treina-dos, sem o devido suporte nem do governo nem do povo, para servirem de es-pada e de escudo de ambos no enfrentamento contra os violentos, sendo que - muitas das vezes - esses violentos nada mais são do que seus iguais, gente do povo oprimida pelo Poder Econômico a ponto de não ter outra opção além da criminalidade para não su-cumbir na miséria; com as vias públicas esburacadas ou privatizadas (cobrando pedágios altos e cerceando o direito de ir e vir); com a carga tributária mais alta do mundo, tornando ina-cessível o acesso aos bens de consumo; com os polí-ticos, juízes e promotores mais bem remunerados e cheios de regalias e po-deres absolutos do mun-do, recebendo além dos altíssimos salários, bene-fícios imorais como “Au-xílio Moradia”, enquanto o povo tem que pagar as contas, comer, vestir, mo-rar e educar os filhos com um vexatório salário mí-nimo de R$724,00; com uma imprensa manipu-ladora, que serve de pan-fleto de lavagem cerebral atendendo às vontades dos patrocinadores (ou você acha que algum jornal, al-guma revista, algum canal de televisão, alguma emis-sora de rádio, algum site na internet vai publicar algo que contrarie os inte-resses dos anunciantes?) ; enquanto assim for, temos a mostra concreta de que o que chamamos de “demo-cracia” não é um governo do povo, pelo povo e para o povo, como deveria ser, mas sim um governo do Poder Econômico, pelos Poderes Político e Judici-ário, para o Poder Econô-mico. O povo apenas faz parte do teatro, da panto-mima, como expectador que participa em um mo-mento do show do ilusio-nista (na hora do voto) e acha que tem algum poder de escolha na hora em que tira uma carta do baralho. Triste, mas é assim que funciona. Será que alguém acha que realmente faltam di-nheiro, tecnologia e exper-tise para que a Educação, a Saúde, a Segurança e todos os serviços públi-cos, as nossas vias, nossa infraestrutura, nossa co-municação, e tudo o mais sejam excelentes? Pode faltar dinheiro aqui em Esmeraldas, município pequeno, de arrecadação tão pequena, mas no geral, para a União (que divide o bolo), há muito, mas mui-to dinheiro, mesmo. Fos-se ele investido da forma correta, teríamos - todos - vidas maravilhosas. Mas é preciso pagar altíssimos salários e benefícios para políticos e servidores do judiciário, é preciso dar lu-cros fabulosos para bancos e empreiteiras, é preciso permitir que o acumulador de capital tenha condições de multiplicar seu saldo de forma fácil e rápida. Para que isso aconteça, tudo o que é público precisa ser ruim, por uma série de fa-tores que vão desde o fato de que coisas ruins preci-sam de constante manu-tenção e refazenda, como o fato de que um povo “ignorantizado”, sem es-perança e desinteressado é o único capaz de aceitar viver desse jeito. A coisa chega a ser pior do que isso, pois ain-da vemos como, de quatro em quatro anos, o povo é manipulado, condiciona-do, adestrado a agredir ferozmente seus iguais em defesa de esquerda ou di-reita, sem perceber que in-dependentemente da mão que segurará a batuta, a cabeça continuará a mes-ma. Por mais benevolente e bem intencionada que seja a mão esquerda em relação aos mais necessita-dos e por mais que a mão direita sirva cegamente os interesses apenas do Poder Econômico, não se impor-tando nem em destinar à miséria todo o resto, ainda assim elas são servidoras da cabeça. E assim serão enquanto houver o finan-ciamento privado das cam-panhas político-eleitorais. Enquanto as empresas privadas derem dinheiro para os candidatos durante a campanha, quando elei-tos os políticos estarão nas mãos delas. Empreiteiras, bancos privados, prestado-res de serviço de forma ge-ral não dão dinheiro para partidos fazerem campa-nha por serem bonzinhos, não. Eles dão dinheiro porque, sendo eleito, o candidato terá que pagar o investimento, de forma a triplicar, quadruplicar ou mesmo multiplicar por mil o valor investido na cam-panha. No Rio de Janeiro houve o caso de uma em-preiteira que investiu um milhão de reais na cam-panha de um candidato e, quando o mesmo foi eleito, apenas em um ano de seu mandato ela teve um lucro de mais de 30 milhões em obras que ela foi contra-tada para fazer, vencendo licitações direcionadas. É assim que funcio-na. Não sejamos inocentes de pensar que não. Quem financia a campanha é quem realmente manda no governo. O poder político é muito pequeno compa-rado ao poder econômico. O poder econômico não se submete a ninguém. Ele oprime o político, ele opri-me o judiciário e ambos, juntos, oprimem o povo. Também não sejamos inocentes e hipócritas co-locando a culpa disso nos políticos. A culpa é nossa. Totalmente nossa. A culpa é de quem vota na cam-panha mais bonita, mais barulhenta, mais espeta-cular, ao invés de votar no melhor candidato. Não avaliamos o verdadeiro ca-ráter dos políticos e, mes-mo quando o candidato A é melhor preparado, bem intencionado e correto, se o candidato B, mesmo sendo bandido e de péssi-mo caráter, tiver o jingle mais legal, tiver santi-nhos e outros materiais de campanha mais bacanas, tiver espaço na imprensa e “bombar” na mídia, ti-ver mais cabos eleitorais se humilhando com ban-deiras e gritarias sob o sol escaldante nos sinais, tiver estrategistas de campanha e marqueteiros muito bem pagos, é o candidato B que tende a vencer as eleições e ainda ter o apoio apaixo-nado dos mais suscetíveis à manipulação. Vimos isso claramente nessas eleições 2014. O poder da impren-sa comprada quase elegeu Aécio Neves. Aécio e sua irmã, Andréia Neves, sa-bem muito bem qual é o poder da imprensa e da mídia sobre as cabeças das pessoas. Sempre inves-tiram alto nisso. Investi-ram tão alto que fizeram acordos bilionários com os maiores veículos de formação de opinião do Brasil: A Rede Globo e a Editora Abril (que publi-ca, entre outros, a Revis-ta Veja - o maior panfleto político de um partido no Brasil), além de terem suas próprias emissoras de rá-dio e sociedade em várias afiliadas de TV no estado de Minas Gerais. Qual-quer candidato, qualquer partido, mesmo os que possuem as melhores in-tenções, sabem que se não tiverem uma campanha espetacular, não chegarão a ter sequer a atenção do povo para suas propos-tas, para seu programa de governo. Campanha sem dinheiro é ridicularizada pelo povo, massacrada pe-las outras. Então, até para fazer o bem, o bom can-didato acaba tendo que se entregar ao jogo de rece-ber dinheiro de empresas privadas para poder fazer sua campanha espetacu-lar, ou não vence. Não tem jeito. Inclusive isso é fator preponderante até para que um partido, muitas das vezes, dê legenda para um candidato. É nisso aí que o Po-der Econômico se apega para continuar comandan-do o país, nessa necessi-dade que o povo - VOCÊ - tem de circo, de barulho, de plumas e paetês. É na preguiça e no desinteresse que o povo - VOCÊ - tem de analisar de fato as pro-postas de um candidato, ignorando tudo aquilo que não empurrado sua goela abaixo por mídia televisi-va, radiofônica, virtual e impressa. É nesse compor-tamento ridículo do povo - VOCÊ -, que nossos políticos são pressionados contra a parede e acabam se entregando a acordos que muitos deles não fa-riam se tivessem outra escolha, pois comprome-tem a própria governabi-lidade. Não bastassem os apoios políticos, que nem sempre são bem-vindos, mas sem os quais não se elege, ainda ficam os bons políticos (que são poucos, mas que aprendi que exis-tem) condenados a agirem como os maus políticos, se quiserem ter uma mínima chance de serem eleitos e fazerem alguma diferença, mesmo que seja pouca. E, mesmo vendo tudo isso, o povo ainda se entrega à fúria contra seus semelhantes. Ainda desfazem amizades, ainda brigam com os vizinhos, ofendem os colegas de trabalho, entram em dis-putas bobas e se ferem, se magoam em debates sem fim e sem fundamento. Alguns chegam a ofender a própria família, dentro de suas casas. É por se-rem assim que alguns do povo aceitam a doma da imprensa e, mesmo hoje, após as eleições, continu-am a caça contra aqueles políticos que contrariam o Poder Econômico, ain-da que de forma branda, e vemos uma turma de gado conduzido pela imprensa indo às ruas para pedir o fim da democracia. Aliás, que democra-cia, mesmo? Reinaldo José Gestor de Cultura
  5. 5. 5 Éder Ângelo Braga Líder comunitário em Andiroba
  6. 6. 6
  7. 7. 7 Novembro Azul daqui Campanhas em Esmeraldas buscam conscientizar a importância de exames preventivos Evite complicações e esteja informado Por Patricia Oliveira. Colaboração: Marisa Souza PREVINA-SE Grupos de Risco • Obesos (>120% peso ideal ou índice de massa corporal 25 kg/m2); • História familiar de diabetes em parentes de 1° grau; • Hipertensão arterial sistêmica; • Colesterol HDL abaixo de 35 mg/dl e/ou triglicerídeos acima de 250 mg/dl; • Alterações prévias da regulação da glicose; • Indivíduos membros de populações de risco (negros, hispânicos, escandinavos e indígenas). Mudanças positivas compartilhadas CURIOSIDADE SINTOMAS na luta contra o câncer de próstata e diabetes Em Novembro o mun-do inteiro se dedica ao combate da diabetes e do câncer de próstata. De acordo com estu-dos do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) estima-se que em 2014 existirão quase 70 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil. Esse tipo de câncer possui o valor mais elevado da taxa bruta de mortalidade entre os ho-mens - 13,97 óbitos por 100 mil homens da população de Minas. É um número alarman-te se levado em consideração os dados do Instituto Brasi-leiro e Geografia e Estatística (IBGE) que já sinalizavam, no Censo 2010, um maior Espelhada na campanha outubro rosa que promove ações relativas ao cuidado com a saúde da mulher e prevenção contra o câncer de mama, muitas entidades ado-taram também em seu calen-dário a campanha novembro azul, que conta com o mesmo enfoque de prevenção e diag-nósticos de doenças, só que voltado às doenças que aco-metem o público masculino, como o câncer de próstata e o diabetes. Surgido na Austrália em 2003, nas comemorações do dia mundial de combate ao câncer de próstata, 17 de novembro, o movimento tem vem tomando força em vários países. Embora o foco princi-pal da campanha e divulga-ção na mídia seja sobre o cân-cer de próstata a campanha não se limita a esta doença e já em sua concepção era dedi-cada também ao desenvolvi-mento de ações para divulga-ção, prevenção e diagnóstico precoce do diabetes Melllitus, ou diabetes sacarino como também é conhecido. O diabetes Mellitus é uma doença metabólica, ca-racterizada pelo aumento Grandes empresas costumam destinar um dia junto ao seu RH para mobilização dos funcionários, encaminhando dicas, promovendo debates e palestras, além da distribui-ção de material gráfico com o símbolo da campanha, “o bigodinho” fazendo alusão ao cuidado com a saúde mas-culina. O Jornal Daqui Esmeraldas acompanhou no dia 14 de Novembro, o Dia Mundial do Diabético, contingente de população masculina na área rural. Os números mostram 111,1 ho-mens para cada grupo de 100 mulheres, sendo que na área urbana a razão de sexo foi de 93,4 homens para cada grupo de 100 mulheres. No Estado de Minas Gerais o câncer de próstata é a doença que mais mata os homens. Das 10.841 mortes, em 2012 no estado, 12,6% foram ocasionadas por câncer de próstata. A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais incentiva diversas Ações que privilegiam o combate ao câncer e à diabetes. A exem-plo de luzes azuis em monu-mentos e lugares turísticos da capital, como o Obelisco da Praça Sete e a Igrejinha da Pampulha, além de estátuas de personalidades masculinas espalhadas pela cidade. Neste mês, os poetas Carlos Drum-mond de Andrade e Fernan-do Sabino estarão iluminados de azul para serem lembrados como símbolos da prevenção e autocuidado. Fica o convite de es-palhar essa corrente do bem para seus pais, tios, primos, vizinhos, professores, etc., que possuem idade superior a 45 anos - idade de risco para o câncer de próstata. Drible o preconceito e previna-se! Faça o exame preventivo. Mostre que você se importa. anormal do açúcar ou glicose no sangue. O termo Mellitus, de origem latina, significa mel que associado ao nome da doença - diabetes, remete a um das principais sintomas apresentados pelos portado-res da doença - a eliminação de urina com excesso de gli-cose. O diabetes é uma das cinco doenças que causam o maior índice de mortes no mundo, o que ocasionou seu reconhecimento pela ONU - Organização das Nações Unidas como doença crônica e de alto custo mundial. Essa doença é classifi-cada em dois tipos: o diabe-tes tipo 1 - caracterizado pela destruição das células betas do pâncreas, levando a defi-ciência completa de insulina e o diabetes de tipo 2 - que causa diminuição de secreção e resistência à insulina. Existem várias causas para o surgimento do diabe-tes, dentre eles fatores gené-ticos como a deficiência no processamento da insulina - transmissão genética, mu-tações do DNA, deficiência no pâncreas - tais como pan-creatite crônica, neoplasia do pâncreas, fibrose cística entre outras. O diabetes Mellitus é considerado um problema de saúde pública em razão de sua grande incidência na po-pulação e pelo fato de a maio-ria dos seus portadores não estar em tratamento adequa-do, o que aumenta sensivel-mente a taxa de mortalidade. A população masculi-na é a que apresenta maior índice de mortalidade pela doença, pois em sua maioria os homens relutam a procu-rar o médico para diagnostico o que prejudica o tratamento e aumenta a probabilidade de complicações da doença. Neste cenário a campa-nha novembro azul tenta de-senvolver ações para divulga-ção do diabetes, seus modos de prevenção e o diagnostico precoce, orientando a po-pulação masculina a cuidar melhor da saúde e procurar o medico com mais frequência. O objetivo central da ação é quebrar a resistência dos homens são mais à ideia de ir regularmente ao medico o que acaba levando a desco-berta da doença em estágio avançado, e em geral ocasio-nando diversas complicações no tratamento. a Sexta-Feira Azul, ou “Sex-tAzul”, a Primeira edição do evento organizado pela DROGAMAXI em parce-ria com a Sociedade Brasi-leira de Diabetes. Nos dias 14 e 15 de Novembro, na Rua Benedito Valadares, no Centro de Esmeraldas, foi montado um estande na por-ta da unidade esmeraldense para atender a população. Além de testes de glicemia e aferição de pressão, estavam presentes profissionais como nutricionistas e personal, que davam orientações gratuitas e faziam degustação de suple-mentos alimentares. Manuela Duarte, ide-alizadora da iniciativa do “SextAzul”, da DROGA-MAXI, rede de farmácia que possui 24 lojas, conversou conosco e, ao compartilhar suas expectativas para essa campanha, conclui: nosso le-gado é cuidar e ter um maior vínculo com o cliente, oferecer a eles uma experiência de bem-es- Examine seus pés A diabetes pode provocar perda da sensibilidade dos pés, levando ao aparecimento de ferimentos sem que a pessoa perceba. Examine seus pés diariamente observando os espaços entre os dedos e a planta dos pés. Alguns cuidados com os pés que os diabéticos devem ter: • Lavar os pés diariamente com água morna e enxugar bem, especialmente entre os dedos. • Não usar meias com costuras internas ou externas e troca-las diariamente. • Evitar andar descalço, mesmo dentro de casa. • Não usar agentes químicos ou emplastros nos pés. • Usar hidratantes ou óleo vegetal, evitando as áreas entre os dedos. • Cortar as unhas em linha reta. • Solicitar ao profissional de saúde o exame anual dos pés. • Comunicar a equipe de saúde a presença de qualquer lesão nos pés (bolhas, des-coloração, edema, arranhaduras ou traumatismos). Fonte: http://www.saude.mg.gov. br/ Atenção para os principais sintomas do diabetes: - o aumento do volume urinário, - sede aumentada e aumento na ingestão de líquidos, - apetite aumentado, - perda de peso, - visão turva, -cetoacidose diabética (acidose metabólica por alta concentração de cetoacidose produ-zidos pela quebra da gordura e proteínas) - síndrome hiperosmolar hiperglicêmica não cetótica (condição onde o doente possui níveis de glicose no sangue muito elevados e o corpo tenta se livrar do excesso de glicose pela urina, causando desidratação). tar e saúde, como o tratamento dos pés e das mãos com direito à hidratação e massagem. O dia-bético precisa de atenção especial ao cortar a unha para evitar le-sões que comprometam o equilí-brio sanguíneo, lembra Duarte. As crianças também devem ser lembradas e um alerta que é feito para o com-bate do diabetes infantil é so-bre a alimentação. Segundo Armando Monteiro Lara, farmacêutico responsável pela unidade DROGAMA-XI de Esmeraldas, inserir ali-mentos saudáveis no dia-a-dia da criança diabética é um dos principais fatores que contribui bastante na tendência de redu-ção da doença na fase adulta. Compartilhe este artigo e o bigode - marco de poder e da masculinidade - mais famoso do Novembro Azul. Dê força você também e es-colha dizer sim ao combate ao câncer de próstata e diabe-tes. Diga sim à Saúde e Bem-Estar! Longevidade de vida com qualidade. Consciência azul. Estas são as palavras que devem ser lembradas no mês de No-vembro. Patricia Oli-veira é profis-sional especialista em comunicação, professora, ama os idiomas por-tuguês e inglês e trabalha com Negócios Inter-nacionais. Mora atualmente em São Paulo, capital, e apaixonou-se por Es-meraldas na primeira visita. Está em gestão de mudança para essa charmosa e encantadora cidade a fim de poder se dedicar integralmente ao desenvolvi-mento de sua carreira e colaborar, junto aos esmeraldenses, com o crescimento do município.
  8. 8. 8 Embrapecil apresenta Destaque Empresarial de Esmeraldas 2014 A Embrapecil é uma empresa especializada em estatísticas, organizações de festas e recepções, realizou nos dias 15 a 20 de outubro de 2014, uma pesquisa de opinião pública sobre o comércio, indústria e profissionais liberais da cidade de Esmeral-das, por meio de questionário distribuídos nos setores comerciais. Após levantamento, mostra neste Jornal as empresas e profissionais que se destaca-ram em seus ramos de atividade. Academia Pantera Negra e Equipe Tiger Fighter - Professores Paulo e Anderson. Rua São José nº 163. Fone: 9516-7833 Ballim Bar - Bar e casa de eventos. Rua Padre Burgos nº 11. Fone: 3538-2708 Empresas Grupo Mel - Mel Espaço festas I e II, Mel Colchões e Cia, Topa Tudo da Mel e Mel Casa se Decorações. Fone: 3538-1550 Jornal Daqui Esmeraldas - Rua Formosa xxx. Fone: 9407-9696 / 7165-6341 Perimetral - Segurança Patrimonial - Tela de segurança, concertina e rede laminada. Rua Rio das Velhas nº 229. Fone: 3538-1230 Agitasom e Iluminação - Rua dos Expedicionários nº 244. Fone: 9885-3186 Camila Rocha Fonoaudióloga - Rua Santa Quitéria nº 431. Fone: 9579-9446 Fina Forma - Estética, Nutrição e Pilates. Rua São José nº 574. Fone: 3538-1419 Marc Empreendimentos Imobiliários - Rede Net Imóveis - Rua dos Expedicionários nº300. Fone: 3538-2200 Rádio Esmeraldas FM - 87,9 - A nossa Rádio. Rua Santa Quitéria xxx. Fone: A entrega dos Certificados de Honra ao Mérito aconteceu durante um jantar de confraternização entre destacados e convidados, na noite do dia 28 de outubro, no Espa-ço Mel em Esmeraldas. Compuseram a mesa de entrega dos prêmios Destaque do Ano: Glacialdo de Sou-za, Michelle Gomes, Márcio Francis, Camila Rocha e Glória Rocha. Arte das Utilidades - Utilidades Domésticas e muito mais por apenas R$2,00. Rua Melo Viana nº 315. Fone: 9443-5993 Climed Imagem - Um novo conceito de saúde em Esmeraldas. Rua Benedito Valadares nº 474. Fone: 3538-2160 Glória Lanches e Refeições - Rua São José nº 70. Fone: 3538-8870 O Boticário - Perfumaria e Cosméticos. Rua Visconde de Caeté nº 52. Fone: 3538-2230 TS Alinhamentos - Peças e serviços, o mais completo centro automotivo da cidade. Rua Santa Quitéria nº 185. Fone: 3538-1494 Ativa Indústria e Comércio - Fabricação de móveis com predominação em metal - Rod. MG 060 nº 400. Fone: 3538-1700 Delicatta Boutique Moda & Acessórios - Rua dos Expedicionários nº 217. Fone: 3538-1453 Gráfica Bhawn - impressos, adesivos, bannners e brindes. Rua Santa Quitéria nº 34. Fone: 3538-2242 Ótica Sim - Diga sim! Aos seu olhos. Praça Getúlio Vargas nº 44. Fone: 3522-6734 Kariri - Dj e locutor Rua dos Expedicionários nº 244. Fone: 9885-3186
  9. 9. 9 Zumba - Uma mania mundial aqui em Esmeraldas A Obra Social Aviva-me , é uma das pioneiras em Esmeraldas em oferecer à comunidade a prática da Zumba Uma técnica, que une dança e exercícios aeróbicos.A Zum-ba tem dezenas de benefícios fantásticos para aqueles que buscam uma boa saúde. Entre eles, podemos destacar a melhoria da qualidade de vida em decorrência da redescoberta do prazer em fazer exercícios, a melho- Daniel Nunes Batista Direto com você Prezado (a) Empresário (a) Vivemos nos dias 29 e 30 de outubro um caos no co-mércio de Esmeraldas com este feriado e devido ao fato ocorrido estive na polícia militar. Funcionários agindo com a maior falta de respeito não só com a entidade CDL/ACE Esmeraldas, mas também com a minha pessoa. Todo esse ocorrido mostrou só um fato, a falta de união e de ações conjuntas entre os empresários de Esmeraldas. Precisamos por fim a esta situação e para isto, deixo algumas perguntas: • Você está satisfeito com suas vendas? • Você quer o crescimento de sua empresa e vendas? • Quais atitudes têm tomado para mudar esse quadro? O que mais chamou atenção foi que colocaram a culpa na CDL/ACE injustamente, sendo que a decisão foi discu-tida no Sindicato Patronal e do Comerciário, com sede em Betim. Quero deixar claro também que muitos dos empre-sários que ligaram e compareceram à CDL/ACE Esme-raldas, não são ou foram associados à entidade, muitos são associados à CDL(s) de Betim e Contagem, mas quando acontecem problemas procuram a CDL/ACE Esmeraldas. Não deixaremos de ajudar, pois é a nossa função, mas digo isso para reflexão. Temos que parar de pensar no “eu” e pensar em “nós”, pois só assim vamos crescer e melhorar nosso comércio. En-quanto nos preocuparmos com quem é o presidente e não no trabalho da entidade, esses fatos virão a acontecer sempre. Precisamos criar o nosso próprio sindicato, tanto patronal quanto do comerciário. Muitas vezes mandamos comunica-dos que não são lidos e até jogados fora no ato da entrega. Estou pronto para qualquer luta em favor do empresá-rio, então faça uma reflexão e vamos juntos realmente unir forças para engrandecer o comércio de Esmeraldas. Conte sempre comigo, pois juntos temos muito a fazer. Daniel Nunes Batista Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas e Associação Comercial de Esmeraldas Repórter e Apresentador da Esmeraldas FM Diretor do Sindicato Patronal ria da autoestima por causa da alegria e energia próprias dos ritmos latinos e peculiares trabalhados em aulas. Além disso, o corpo fica tonificado e os mús-culos do corpo todo ficam mais enri-jecidos. As aulas também estimulam as relações sociais, por causa das dife-rentes dinâmicas utilizadas durante as coreografias. Segunda-feira de 18 às 20 h. no Sítio da Alegria - Novo Retiro. Terça-feira a partir de 20h. em frente a Igreja Batista Pentencostal do Aviva-mento na rua das Manqueiras - Novo Retiro Empresas do Grupo Mel Confiança, credibilidade, qualidade e atendimento. Seja qual for a sua necessidade estamos aqui para resolve-la. Topa Tudo da Mel Tel.: (31) 3538-1550 Sua chance de renovar sua casa Rua Benedito Valadares nº 165, Centro Mel Colchões & Cia Porque seu sono vale uma vida. Os melhores preços e as melhores marcas você encontra aqui Rua Benedito Valadares nº 164, Centro Mel Espaço Festas II Seu sonho realizado Rua Jose Pinto da Silva, nº 442, Centro DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS EM BREVE: um grande e novo empreendimento para toda a Região. Mel Espaço Festas I Você sonha nós realizamos Rua Britaldo Ribeiro de Oliveira, nº 312 - Centro Mel Casa e Decoração Decore sua casa com bom gosto e qualidade Rua Benedito Valadares nº 270, Centro Uma grande lição de empreendedorismo e dinamismo tem dado os Irmãos Eduardo e Felipe, a toda classe empresarial. Num tempo que todos falam em crise e recessão, esses jovens empresários partem para ex-pandir seus negócios e gerar novos empregos. Com a SAPÃO DIS-TRIBUIDORA DE BEBI-DAS já consolidada no mercado, atendendo toda a região de Esmeraldas, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Conta-gem, Belo Horizonte e cidades circunvizinhas, em breve o GRUPO SAPÂO vai inaugurar no início do ano, um grande e novo empreendimento que certamente mudará a história não só da Região do Tijuco mas de toda Esmeral-das. Tels.: 9579-7470 / 3538-5402 - Rua Antônio Carlos, 126 - Tijuco - Esmeraldas - MG
  10. 10. 10 OTIMA OPORTUNIDADE COM ACESSO PARA TRÊS RUAS LOCALIZAÇÃO: AO LADO DA MOTO PISTA DA AUTO ESCOLA ESMERALDAS BAIRRO FERNÃO DIAS / Dª. GUILHERMINA. TRATAR COM MAURO MELO - FONE: 9919-9382. VENDO TRÊS EXCELENTES LOTES (1549m2) VENDO EXCELENTE LOTE MURADO(450M2) LOCALIZAÇAO: AO LADO DA MOTO PISTA AUTO ESCOLA ESMERALDAS BAIRRO FERNÃO DIAS / Dª. GUILHERMINA. TRATAR COM MAURO MELO - FONE: 9919-9382. VENDO EXCELENTE LOTE (450M2) LOCALIZAÇAO: AO LADO DA MOTO PISTA AUTO ESCOLA ESMERALDAS BAIRRO FERNÃO DIAS / Dª. GUILHERMINA. TRATAR COM MAURO MELO - FONE: 9919-9382.
  11. 11. 11 A forma mais eficiente de comprovar um fato Atualmente nossas vidas estão sendo condu-zidas pelo desenvolvimento tecnológico. Desde que passamos a depender de itens como e-mails, redes sociais e celulares a nossa vida ficou totalmente interligada ao mundo online. Ações que antes pareciam impossíveis de serem realizadas sem sair de casa, hoje podem ser resol-vidas com um simples toque em um smartphone. Chegamos a um determinado momento em que o meio virtual está deixando de ser uma fon-te de entretenimento e se transformando em uma nova forma de relacionamento, onde é possível realizar negócios, transferir informações, efetuar declarações e até mesmo receber ou fazer propos-tas. Como consequência, frequentemente estamos expostos, o que pode ocasionar o surgimento de direitos, obrigações ou mesmo causar algum dano. Mas, em virtude do dinamismo do mundo virtu-al, da facilidade de serem postados ou deletados, alguns conteúdos nem sempre estão disponíveis para comprovar determinado fato. Para fazer prova de algum acontecimento, publicação, situação ou constatação, existe em nosso ordenamento um instrumento jurídico de-nominado ata notarial. Ela é um documento re-digido pelo tabelião de notas através do qual este relata o que está vendo, ouvindo ou percebendo com seus sentidos, sempre de forma imparcial e independente, sem fazer qualquer juízo de valor ou emitir sua opinião. Pela fiel reprodução dos fatos presenciados ou verificados e pela fé públi-ca que é atribuída ao notário, ela se destaca pela possibilidade de ser utilizada como instrumento de prova em processo judicial, perante a qualquer juiz ou tribunal. A utilidade da ata não se restringe apenas à esfera judicial. Sua presunção de veracidade pos-sibilita que ela seja utilizada para constatar e com-provar fatos, preservando direitos e prevenindo litígios. No mundo virtual, a ata notarial é capaz de retratar o conteúdo de sites, o uso indevido de imagens, publicações em redes sociais, informa-ções de arquivos eletrônicos, infração ao direito autoral etc. São inúmeras as possibilidades, sem-pre de acordo com cada situação específica. Atualmente, tem-se destacado o interesse pela comprovação de violação ao direito à intimi-dade. Isto se dá quando são publicados vídeos, fotos, áudios ou escritos que, de qualquer forma, tragam prejuízo para determinada pessoa. Neste caso, sendo a publicação falsa ou prejudicial, o interessado requer a lavratura da ata notarial, a qual poderá ser usada como meio de prova para ingressar em juízo objetivando o ressarcimento por eventuais danos sofridos. Desta forma, caso seja relevante comprovar a existência ou o conteúdo de uma página da inter-net, basta que o interessado solicite que o tabelião de notas acesse a página e relate o que ali está pu-blicado. Isto permite a comprovação de todos os dados que estão disponíveis, constando inclusive a data e hora em que foram verificados. Para noticiar o conteúdo de emails, mensagens postadas, sms, contratos realizados e até mesmo de conversas telefônicas, deve ser usado o mesmo procedimento. Além da comprovação de dados virtuais, a ata notarial pode ser utilizada para certificar fatos ou circunstancias de nosso cotidiano. Situações como a verificação do estado de conservação de imóveis ou bens móveis, reuniões de condomínio, reuniões societárias, negociações, contratação de serviços, compra de produtos, demissão funcional, são alguns poucos exemplos de sua utilidade. Para que seja feita a ata notarial não é neces-sária a presença de um advogado. O interessado deve simplesmente dirigir-se a um cartório de no-tas e solicitar a lavratura da ata. Por ser um documento confiável, com fé pú-blica e possuindo previsão legal, ela é plenamente aceita em todos os tribunais do país, mostrando-se o meio mais eficaz e mais barato para comprovar determinado fato. Uma dica é: sendo necessário comprovar qualquer fato, seja ele presencial, vir-tual ou telefônico, procure um cartório e solicite ao tabelião de notas a lavratura da ata notarial. Gente e profissões daqui Ivan Passos, 79 anos conhecido como Ivan Seleiro, à várias décadas exerce a profissão de seleiro em sua oficina, situada na rua Olhos D’água, centro, restaurando, selas, arreios , arreatas e demais artigos de couro. Esta é uma profissão pouco vista atualmen-te, mas que Ivan Seleiro exerce até hoje com muito profissionalismo, e dedicação. Marcelly Carneiro Ferreira, Tabeliã do 1º Ofício de Notas de Esmeraldas, graduada em Direito pela UFMG, especialista em Direito Notarial e Registral, ex titular do Cartório de Protesto de Ervália/MG. Geraldo Leroy (Dim Bikes), Historiador em Esmeraldas BISPO ANGLO-CATÓLICO ABENÇOANDO HÁ 4 ANOS AS FAMÍLIAS EM ESMERALDAS Dom Frei Lucas Ma-cieira da Silva,Ar-cebispo Anglicano de Minas Gerais, Nasceu na cidade de Fortaleza no Ceará, em uma família mui-to humilde, neste mesmo ano foi batizado e recebeu o nome de Iranildo Macieira da Silva. Sua vocação ao Sacer-dócio de Cristo deu-se aos 11 anos de idade, o qual fez a primeira Eucaristia (Co-munhão) na Capela de São Francisco de Assis, no Bair-ro Henrique Jorge - Forta-leza- Ce. Em 1989 sentiu-se chamado para a vida religio- Lucas Macieira sa. No ano de 1990 ingres-sou no Seminário Menor. Em 1992 ingressou na or-dem dos Frades Francisca-nos, onde ficou até 1997, deixou a ordem por questões pessoais e a Igreja Católica Apostólica Romana. Dom Frei Lucas Macieira, é ba-charel e mestre em teologia, psicanalista clínico e profes-sor convidado na disciplina de História da Igreja no Instituto de Educação Teo-lógico Anglicano do Brasil - Brasília/DF. Em 2009 esteve em Esmeraldas, no bairro Monte Sinai, olhando al-guns terrenos para a futu-ra Sede da Sé Primacial, e Deus falou ao seu coração que aquele era o lugar em que a Obra teria que ser fei-ta. Mas somente em 2010 que houve a concretização da compra do terreno, que, por conseguinte fora pago não pela comunidade, mas pelo próprio esforço e traba-lho secular de Dom Frei Lu-cas . , Ele sofreu muito, pas-sou por diversas privações, mas Deus lhe deu vitória e a Igreja fora erguida. O trabalho hoje está muito bem, mas ainda em construção, faltam muitas coisas, mas Deus tem su-prido as necessidades da IELB. Rogamos aos leitores que a Obra de Deus sobre-vive com dízimos e ofertas voluntárias, caso haja em seus corações a necessidade de nos ajudar, ficaríamos grandemente agradecidos. Qualquer ajuda financeira será de bom grato. Basta fazer um depósito na Caixa Econômica Federal Agên-cia: 1422 Operação 013 Conta: 3870-8 no nome da Igreja Episcopal Latina do Brasil. SANTAS MISSÕES POPULARES ANGLICANAS. DE 28 A 30 DE NOVEMBRO DE 2014. INFORMAÇÕES :(31) 3132-5804 / (31) 4141-5229 / (31)9305-3446 zap. Missas de Cura e Libertação: † Domingos às 09h, † e 5ª feira às 19hs Rua Santo Expedito, 650 - Bairro Monte Sinai - Esmeraldas - Minas Gerais. Fone: (31) 9305-3446 ou 4141-5229 - E-mail: bispolatino@hotmail.com
  12. 12. 12
  13. 13. 13
  14. 14. 14 Clube Itaporã - O seu recanto de Lazer!!! Campeonato Society Adulto: Segue emocionante e disputadíssimo o Campeonato So-ciety Adulto. Passada a oitava rodada, está assim à clas-sificação: Principais artilheiros: Palito (A Grande Família), Dú de Laci (Xanxerê) e Thiago Malaba (Xanxerê) com 5 gols, Luquinha Vari-berme (Os Capitinhas Loooucooos), Daninho (Revela-ção), Dany (Los Banjos), Gustavo G7 (Xanxerê Mirim) Rafael (Inter) e Douglas (Nananan Clássicos) com 4 gols. E por falar em artilheiro, Tóia o Capetão Picareta re-presentante da equipe Os Capitinhas Loooucooos acre-dita que Periquito P10 ainda vai constar no topo desta tabela e avisa que o técnico Rodrigo Furtoza e o auxiliar técnico Vinicius Barreira estão por cair caso não dê mais oportunidade para esta “jóia” já lapidada de futebol mo-derno e que tem uma bomba na perna esquerda. Tóia fala também que uns críticos mal intencionados tentam desestabilizar o futuro deste craque e para terminar o Tóia está vendo o P10 fazendo o gol da final. Periquito ou P10 Destaque hoje é para o lanterninha Marios, foram 8 partidas, oito derrotas, 3 gols marcados e 22 sofridos. Porém, justiça seja feita, não é merecedor está gloriosa equipe ficar carregando a lanterna, com um elenco reno-vado, com um futebol de muita determinação e raça está vendendo caro os resultados negativos. Em pé: Andre Telú, Paulo Henrique, Tê, Leandro, Paulinho Delite, Riverson e Ricardinho; Agachados: Pão Velho Matador, Wilder, João Pedro e Babola Ague-ro! Também no Elenco: Ramon de Nô, Paulo Henrique Niltinho, Mauro de Paulo de Mario, Orlei, Délio, Paulo Vitor Boi, Felipão, Andre Bibiano, Antonio Tunicão e Rodrigo Mandi. Ficha dos atletas: Andre Telú: Zagueiro, Altura 186 cm, Peso 86 kg; Paulo Henrique: Goleiro, Altura 170 cm, Peso 78 kg; Tê: Atacante, Altura 172 cm, Peso 72 Kg; Leandro: Meia, Altura 165 cm, Peso 67 Kg; Paulinho Delite: Polivalente, Altura 186 cm, Peso 85 Kg; Riverson: Zagueiro e Treinador, Altura 184 cm, Peso 95 kg; Ricardinho: Goleiro, Altura 163 cm, Peso 78 kg; Pão Velho Matador: Legitimo 9, Altura 129 cm, Peso 80 Kg, Wilder: Quarto Zagueiro, Altura 173 cm, Peso 75 kg; João Pedro: Zagueiro , Altura não informada, Peso não informado; Babola Aguero: Pau pra toda obra, Altura 169 cm, Peso 75 km; Ramon de Nô: Atacante pela esquerda, Altura 176 cm, Peso 82 kg; Paulo Hen-rique Niltinho: Menos Zagueiro, Altura 176 cm, Peso 76 kg; Mauro de Paulo de Mario: Meia, Altura 182 cm, Peso 83 km; Orlei: Joga em todas, Altura 177 cm, Peso 80 kg; Délio: Zagueiro, Altura 180 cm, Peso 90 kg; Paulo Vitor o Boi: Meio Atacante, Altura 178 cm, Peso 96 kg; Felipão: Ala esquerda, Altura 168 cm, Peso não informado; Andre Bibiano El Tanque: Atacante, Altura 178 cm, Peso 9 arrobas; Antonio Tunicão: Zagueiro, Altura 186 cm, Peso 90 kg; Rodrigo Mandi: Ala Ofensivo, Altura 170 cm, Peso 62 kg à 4 anos atrás. Pilates: Com a reforma da ex-sala de musculação, inauguramos o “PILATES”! Simplesmente sensacional, equipamentos de primeiríssima qualidade! As Fisioterapeutas Daniele e Emanuelle completamente preparadas para aplicar os exercícios cujo efeitos são os melhores possíveis, como: Trabalhar a ansiedade purificando sua mente através do equilíbrio, te trás energia, ajuda a esculpir seu corpo, melhora sua vida sexual ajudan-do a entender e sentir mais e melhor o seu corpo, ajuda a perder peso combinando com uma dieta bem equilibrada, seu corpo ficará esguio e elegante, vai melhorar sua postura, ficará mais flexível, te ajuda a lidar com aquele desconforto e dores durante o danado ciclo menstrual, alivio das dores nas costas, melhora sua circulação sanguínea, melhora seu humor, seu sono e muito mais benefícios. Vocês jovens, vocês da terceira idade, não percam tempo e venham logo praticar o PILATES que po-dem e vai mudar sua vida. Infraestrutura: Academia, churrasqueiras, parque aquático, quadras de futsal, peteca, vôlei, sala de jogos, sinuca, salão so-cial, scotch bar, saunas, vestiários, campos de futebol society e enorme área verde. Serviços: Bar, massagem redutora, avaliação física, dança zumba, escolinha de futsal e society, natação, hidro-ginástica e pilates. Rua Vereador Antônio Costa Diniz, 198 - Centro em Esmeraldas/MG. Fone (31) 3538-1546 (Secretaria) - e-mail: clubeita-pora@ yahoo.com.br Comemoração: Niver de Luciano de Freitas - Vulgo Lulú. Na tarde de sábado deste ultimo dia 25 de outubro, comemoramos o níver de Lulú com muita alegria, servido com aquela cervejinha geladinha, daquele churrasquinho nota mil servido pelo Churrasqueiro Lucinho Tonisguete e daquela Cachaça Desce Queimando! Segue umas mensagens deixadas pe-los (as) amigos (as) para o Lulú: Passe corretivo na tatuagem; Cirilo e Maria Joaquina; Tamos juntos com Brinqui-nho; Parabéns cara gorila chefe; Filho de Marião; Jabuticaba/Bala Chita; Lulu era o nome de uma bicha na mi-nha rua; Vai que é sua Saci!!!; Lulú o nome do macaquinho mais novo do Zoológico; Continua sempre a mes-ma pessoa, não muda; Valeu Chita de Tarzan; Mascote da Oficina Sempre Amigo; Somos todos Macacos! Pa-rabéns Tudibão; Parabéns Mumuzi-nho, felicidades, paz, saúde, mulheres, kkk muitas, que Deus te abençoe hoje e sempre!!!; Como vai a Seleção se Gana?; Você que trouxe o ebola para o Brasil?; Quem é mais preto? Você ou Fred?; Mauro 40, tamu junto Pindaí-ba; Um, dois, três, bebe outra vez; A formação acabou para você; Carvão; Jubileu; Vera Verão; Zeca Urubu; O Negrinho voltou!; Tim dos Lobos... Nigrim chegou no morro...; Petróleo; Ô Lazaro; Dim Queijo; Picolé de As-falto; Sabonete de Mecânico; Pinche de Asfalto; Cara, você fugiu do Planeta dos Macacos; Como que tá a Vargem, Zé Lolô?; Parabéns Jubileu; Lança-mento do DVD do Raça Negra; Me lembro até hoje do dia que você pas-sou assoviando com as duas mãos no bolso, você com uns 5 anos de idade, vindo da missa e feliz, eu olhei e falei, Toio, olha que gracinha! Toio chamou você e te pediu para assoviar de novo, dai você soltou outro “fiufiufiu...”. Ai eu vi, realmente existe criança, feliz e inocente!!! Parabéns!!!; Pelllllléééé´,na vida dizemos que 1+1=2, mas a ma-temática ensina que tudo varia, varia, transforma mas não muda. O respeito é que fica. No mais, vai te lascar! Para-béns pelos 1000 gols; Fiufiufiu!!!! Horários Pilates: de segunda a sexta-feira das 08:00 às 21:00hs; e aos sábados para quem não tem condições de fazer durante a semana das 08:00 às 11:00hs. Academia de Musculação: de segunda a sexta-feira das 07:00 às 11:00hs e das 13:00hs às 22:00hs; e aos sábados e domingos, das 09:00hs às 12:00hs Professor Ary comanda a musculação pela parte da manhã. Natação e hidroginástica: nas terças e quintas das 09:00hs as 16:00hs e na sexta-feira em formação de turma. Massagem Feminina: de terça a sexta-feira das 14:00hs às 20:00hs. Escolinha de Futebol Infantil: de segunda a sexta-feira das 16:00hs às 21:40hs. Zumba: nas terças, quartas e sextas-feiras a partir das 18:00hs. Saunas: no sábado das 09:00hs às 12:00hs e das 16:00hs às 19:30hs; domingo das 09:00hs as 16:00hs e na quarta-feira das 17:00hs as 22:00hs.
  15. 15. 15
  16. 16. 16

×