NANOTECNOLOGIA E ÉTICA MARLENE BRAZ Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética Coordenadora do CEP/FIOCRUZ Docente e p...
Conceito artístico duma nanofábrica portátil (John Burch, Lizard Fire Studios, 3D Animation, Game Development).  Fonte: Mi...
Objetivo das nanotecnologias <ul><li>Criar novos materiais que não existem naturalmente (CDs). </li></ul><ul><li>“ Nanotec...
Aplicações <ul><li>Aumentar espetacularmente a capacidade de armazenamento e processamento de dados dos computadores. </li...
Produtos a serem gerados <ul><li>Nanomagnetismo </li></ul><ul><li>Metais ultrafinos </li></ul><ul><li>Drogas nanocristalin...
Emprego na medicina <ul><li>Dispositivos ultrapequenos que terão a função de examinar, manipular ou imitar os sistemas bio...
<ul><li>Dispositivos minúsculos seriam capazes de percorrer todo o organismo para encontrar e destruir vírus ou células ca...
Emprego na medicina <ul><li>Cenários distantes. </li></ul><ul><li>O plausível hoje: uso de nanossistemas para veiculação d...
Riscos para a saúde humana <ul><li>Os riscos ainda não estão bem avaliados. </li></ul><ul><li>As partículas podem atravess...
Nano-mundo -novo <ul><li>Sentimento de medo pela possibilidade de manipular o átomo para fins industriais e as conseqüênci...
Nanoethics Group <ul><li>O desenvolvimento de produtos que empregam nanotecnologia está correndo à frente da compreensão d...
Questões éticas <ul><li>Aperfeiçoamento humano: </li></ul><ul><li>- (hoje) uso de esteróides, plásticas, medicamentos para...
Questões <ul><li>Já existe um tipo de respirador celular (respirocyte) que localizado no glóbulo vermelho propicia a um en...
Questões <ul><li>Os que são contra o “aperfeiçoamento” humano também defendem que o uso de esteróides é ilegal, pois torna...
Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>Não existiria nenhuma diferença significativa e moral entre ...
Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>Regulamentar não vai adiantar nada. Analogia com a proibição...
Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>O respeito pela autonomia licencia a prática.  </li></ul><ul...
Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>O desejo de melhorar é intrínseco ao ser humano e deve ser r...
É preciso mais reflexão <ul><li>A questão não é restringir, mas tentar responder a algumas questões. </li></ul><ul><li>a) ...
É preciso mais reflexão <ul><li>Como o “aperfeiçoamento” humano irá afetar o conceito de dignidade humana se não for irres...
Outras questões <ul><li>Estará altamente restringida, ou amplamente disponível?  </li></ul><ul><li>Como afetará o ser huma...
Aumento da desigualdade econômica   <ul><li>As nanofábricas podem vir a fabricar uma ampla diversidade de produtos no mome...
Problemas econômicos. <ul><li>Riscos de uma economia pós-nanotecnologia.  </li></ul><ul><li>Questão: saber se os produtos ...
Problemas econômicos   <ul><li>Os produtos fabricados podem ser extremamente valiosos. O monopólio permitiria aos donos da...
Problemas econômicos <ul><li>A nanotecnologia poderá produzir produtos com um valor agregado muito superior ao custos de p...
O uso criminoso da nanotecnologia   <ul><li>Tecnologias, mais resistentes, potentes, e compactas, poderiam causar grandes ...
Risco pessoal ou social <ul><li>Poderiam integrar-se aparelhos médicos em seringas mais finas do que uma bactéria, algo qu...
Corrida armamentista   <ul><li>A nanotecnologia abre a possibilidade de produzir armas terrivelmente eficazes. Aumentaria ...
Corrida armamentista <ul><li>Uma das questões que se colocam é se a existência de armas nanotecnológicas contribuiria para...
Corrida armamentista <ul><li>As armas nucleares causam destruição indiscriminada. As nano-armas poderiam ser dirigidas a u...
Vantagens e riscos  ao meio-ambiente <ul><li>Nanopartículas – despoluição de águas que foram contaminadas com óleo (UNB,  ...
  <ul><li>Riscos: </li></ul><ul><li>Foram encontradas nanopartículas no fígado de animais usados em pesquisas. Segundo a  ...
Vantagens e riscos  ao meio-ambiente  <ul><li>Danos aos animais por causa de aviões supersônicos a baixa altitude, até o i...
Auto-replicadores  (gosma cinza - grey goo ) <ul><li>O sonho de John von Neumann e o pesadelo de Eric Drexler ficaram mais...
Auto-replicadores ( grey goo ) <ul><li>A gosma cinza ou meleca cinza incluiria cinco capacidades num mesmo pacote: </li></...
AUTO-REPLICADORES ( GREY GOO )  <ul><li>“ O desenvolvimento e uso da fabricação molecular não supõe risco nenhum de criaçã...
<ul><li>OBRIGADA </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apres marlene braz nanotecnologia e biotica nanotecnologia na poltica de emprego_11 e 12 de maro_2008 (1)

905 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
905
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apres marlene braz nanotecnologia e biotica nanotecnologia na poltica de emprego_11 e 12 de maro_2008 (1)

  1. 1. NANOTECNOLOGIA E ÉTICA MARLENE BRAZ Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética Coordenadora do CEP/FIOCRUZ Docente e pesquisadora em Bioética do IFF/ENSP/FIOCRUZ Presidente da Sociedade de Bioética do Estado Rio de Janeiro [email_address] .br
  2. 2. Conceito artístico duma nanofábrica portátil (John Burch, Lizard Fire Studios, 3D Animation, Game Development). Fonte: Ministério da Ciência e Tecnologia, Temas em C&T Nanotecnologia . www.mct.gov.br/Temas/Nano/introducao_nano.htm http://www.radiobras.gov.br/ct/materia.phtml?tipo=AR&materia=182157
  3. 3. Objetivo das nanotecnologias <ul><li>Criar novos materiais que não existem naturalmente (CDs). </li></ul><ul><li>“ Nanotecnologia não é uma tecnologia específica, mas todo um conjunto de técnicas, baseadas na física, na química, na biologia, na ciência e engenharia de materiais e na computação, que visam estender a capacidade humana de manipular a matéria até os limites do átomo” (Cylon Gonçalves da Silva) </li></ul>
  4. 4. Aplicações <ul><li>Aumentar espetacularmente a capacidade de armazenamento e processamento de dados dos computadores. </li></ul><ul><li>Criar novos mecanismos para entrega de medicamentos, mais seguros e menos prejudiciais ao paciente. </li></ul><ul><li>Criar materiais mais leves e resistentes do que metais e plásticos para prédios, aviões, automóveis </li></ul><ul><li>Economia de energia, proteção de meio ambiente, menor usos de matérias primas escassas. </li></ul><ul><li>Melhora dos atributos e características humanas. </li></ul>
  5. 5. Produtos a serem gerados <ul><li>Nanomagnetismo </li></ul><ul><li>Metais ultrafinos </li></ul><ul><li>Drogas nanocristalinas </li></ul><ul><li>Nanofibras polímeras. </li></ul><ul><li>“ A idéia moderna de ciência como transformadora da natureza apresenta grandes implicações econômicas e a nanotecnologia está neste epicentro” (Condé) </li></ul>
  6. 6. Emprego na medicina <ul><li>Dispositivos ultrapequenos que terão a função de examinar, manipular ou imitar os sistemas biológicos. </li></ul><ul><li>Superfícies nanofabricadas, com padrões estruturais, poderiam fazer crescer artificialmente ilhas pancreáticas e reverter o efeito da diabetes. </li></ul><ul><li>Outros dispositivos: kits de reparo de neurônios para pessoas com mal de Parkinson ou Alzheimer. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Dispositivos minúsculos seriam capazes de percorrer todo o organismo para encontrar e destruir vírus ou células cancerosas; reparar danos feito pela radiação; transportar de forma ultraespecífica drogas diretamente para o alvo. </li></ul><ul><li>Os nanorobôs poderiam ter biomotores empregando energia do próprio corpo e partes móveis não maiores do que uma molécula de proteína e usados para desobstr uir os vasos sanguíneos. </li></ul><ul><li>Descoberta de drogas à custo baixo. </li></ul>Nanoinjetores Concepção artística de um nanorrobô vagando pelo sistema sanguíneo, para injetar substâncias e capturar amostras de sangue para testes Limpadores de pulmão A concepção artística mostra centenas de nanorrobôs entrando em uma cavidade bronquial a caminho dos pulmões Caçador de micróbios A ilustração mostra um nanorrobô que imita uma célula branca flutuando na corrente sanguínea a caminho de um micróbio causador de doenças. O nanorrobô irá capturá-lo e eliminá-lo
  8. 8. Emprego na medicina <ul><li>Cenários distantes. </li></ul><ul><li>O plausível hoje: uso de nanossistemas para veiculação de drogas e tratamento de inúmeras doenças, como os que se baseiam em lipossomos e nanopartículas construídos com materiais magnéticos. </li></ul><ul><li>Injeção de nanoimãs poderiam ser conduzidas para um local do corpo através de um campo magnético externo (drogas quimioterápicas) ou ao serem vibradas dissiparia o calor das células tumorais provocando sua morte </li></ul>
  9. 9. Riscos para a saúde humana <ul><li>Os riscos ainda não estão bem avaliados. </li></ul><ul><li>As partículas podem atravessar os poros e se acumular em determinadas células. Podem atravessar a barreira hemato-encefálica, o tecido pulmonar e renal. </li></ul><ul><li>Não se tem idéia dos efeitos de uma longa permanência de partículas magnéticas dentro do organismo e se penetrar em bactérias podem fazer parte da cadeia alimentar. </li></ul><ul><li>Há indicações que as nanopartículas são quimicamente mais reativas e por isso mais tóxicas. </li></ul><ul><li>LEVAR EM CONTA O PRINCÍPIO DA PRECAUÇÃO </li></ul>
  10. 10. Nano-mundo -novo <ul><li>Sentimento de medo pela possibilidade de manipular o átomo para fins industriais e as conseqüências desastrosas para o meio ambiente. </li></ul><ul><li>Esperança de que esse conhecimento possa redundar em qualidade de vida em sociedade e em suas relações com o meio ambiente. (Vogt) </li></ul>
  11. 11. Nanoethics Group <ul><li>O desenvolvimento de produtos que empregam nanotecnologia está correndo à frente da compreensão de seus riscos à saúde e à segurança (Patrick Lin). </li></ul><ul><li>A nanotecnologia é tão nova que não se sabe qual o efeito de tais materiais inalados ou absorvidos pela pele. As empresas que fabricam produtos nano deveriam demonstrar ao governo que seus produtos são seguros aos humanos e meio ambiente (ibidem). </li></ul>
  12. 12. Questões éticas <ul><li>Aperfeiçoamento humano: </li></ul><ul><li>- (hoje) uso de esteróides, plásticas, medicamentos para criatividade, atenção, percepção. </li></ul><ul><li>(futuro) nanotecnologia para enxergar no escuro; inteligência artificial: computadores-nano implantados no corpo para acelerar os processos de informação (homem e máquina – indistintos). </li></ul><ul><li>Não é ficção científica. </li></ul>
  13. 13. Questões <ul><li>Já existe um tipo de respirador celular (respirocyte) que localizado no glóbulo vermelho propicia a um enfartado respirar por uma hora até receber atendimento médico ou um atleta melhorar sua perfomance com doses extras de oxigênio produzidos pelo seu corpo. </li></ul>
  14. 14. Questões <ul><li>Os que são contra o “aperfeiçoamento” humano também defendem que o uso de esteróides é ilegal, pois tornam as competições desiguais </li></ul><ul><li>Os que estão a favor defendem que qualquer tecnologia desenvolvida para auxiliar na melhoria educacional, para ajudar no desempenho físico, por exemplo, são bem vindas, já que os seres humanos são dotados de livre arbítrio para escolher o que usar ou não em seu corpo. </li></ul>
  15. 15. Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>Não existiria nenhuma diferença significativa e moral entre a terapia e o o “aperfeiçoamento”, já que ambos serão realizados através de médicos. </li></ul><ul><li>Os que são contras argumentam que não são desfavoráveis ao uso das tecnologias, mas rejeitam o uso de tecnologias invisíveis injetadas em nossos corpos sem um estudo mais profundo. </li></ul><ul><li>Custo e benefício devem ser pesados para a nanotecnologia ser regulamentada. </li></ul>
  16. 16. Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>Regulamentar não vai adiantar nada. Analogia com a proibição do uso de drogas e o mesmo acontecerá com as drogas nano. </li></ul><ul><li>Regularizar é importante para evitar laboratórios clandestinos e sem fiscalização. </li></ul>
  17. 17. Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>O respeito pela autonomia licencia a prática. </li></ul><ul><li>Os cidadãos têm o direito de modificar seus corpos e mentes ou isto cabe ao Estado? Na democracia isto deve caber aos cidadãos sem influência de governo. </li></ul><ul><li>Contra: sem governo não há Lei e será impossível viver em sociedade. </li></ul>
  18. 18. Argumentos a favor e contra o uso das nanotecnologias <ul><li>O desejo de melhorar é intrínseco ao ser humano e deve ser respeitado. Desde os primórdios da humanidade, o homem busca ativamente meios de viver mais e melhor. </li></ul><ul><li>Os contra dizem que as guerras são justificadas para melhorar a vida, por livrar de opressões e nem por isso deve ser apoiada. </li></ul>
  19. 19. É preciso mais reflexão <ul><li>A questão não é restringir, mas tentar responder a algumas questões. </li></ul><ul><li>a) Se a herança genética é uma loteria por que nos submetermos a ela? </li></ul><ul><li>b) Por que é aceitável carregar um laptop ou usar óculos e é errado carregar um computador dentro do corpo ou um olho biônico? </li></ul>
  20. 20. É preciso mais reflexão <ul><li>Como o “aperfeiçoamento” humano irá afetar o conceito de dignidade humana se não for irrestrito? </li></ul><ul><li>Existiria uma obrigação dos pais em “aperfeiçoar” seus filhos ou os pais sofrerão pressão se não optarem por fazer? </li></ul><ul><li>Existirá discriminação entre os que participam desta experiência e os que não? Haverá comunicação entre eles? </li></ul>
  21. 21. Outras questões <ul><li>Estará altamente restringida, ou amplamente disponível? </li></ul><ul><li>Como afetará o ser humano e o meio ambiente? </li></ul><ul><li>Como poderão ser controladas as armas perigosas e prevenir corridas armamentistas? </li></ul><ul><li>A quem pertencerá a tecnologia? </li></ul>
  22. 22. Aumento da desigualdade econômica <ul><li>As nanofábricas podem vir a fabricar uma ampla diversidade de produtos no momento e no lugar exatos em que são necessários (não precisam de espaços físicos). Deste modo, muitos serviços e empregos desaparecerão. </li></ul><ul><li>“ Existe um perigo que cresce de forma calada, que as aplicações só se destinem a resolver problemas das regiões ricas, o que criará desigualdades. No final o mundo em desenvolvimento não será beneficiado pelos avanços da nanotecnologia ” (Abdallah Daar – Centro de Bioética da Univ. de Toronto). </li></ul>
  23. 23. Problemas econômicos. <ul><li>Riscos de uma economia pós-nanotecnologia. </li></ul><ul><li>Questão: saber se os produtos serão mais baratos, se a flexibilidade de produção de nanofábricas e as melhorias na qualidade dos produtos redundará em obsolescência dos produtos não produzidos pelas nanotecnologias. </li></ul><ul><li>Se houver um controle das patentes nas nanofábricas, surgiria o monopólio. Se não houver controle das nanofábricas, existe a possibilidade de que a total disponibilidade de cópias baratas origine uma situação em que não se pague aos inventores. </li></ul><ul><li>Um dos riscos das nanotecnologias é o possível desequilíbrio da atual estrutura econômica que reduziria em grande medida o valor de muitos recursos materiais e humanos, inclusive uma grande parte da infra-estrutura atual. </li></ul>
  24. 24. Problemas econômicos <ul><li>Os produtos fabricados podem ser extremamente valiosos. O monopólio permitiria aos donos da tecnologia estabelecer preços elevados tornando disponível só para quem tem recursos. Isto impede a realização de um dos grandes objetivos da nanotecnologia: o desenvolvimento de tecnologias baratas que poderiam salvar a vida de milhões de pessoas desfavorecidas, e resolver problemas humanitários (fabricação em grande escala de produtos simples). </li></ul>
  25. 25. Problemas econômicos <ul><li>A nanotecnologia poderá produzir produtos com um valor agregado muito superior ao custos de produção. É provável que o preço seja fixado segundo o valor e não segundo o custo. </li></ul><ul><li>O preço segundo o valor, afetará as pessoas pobres do mundo mesmo que os produtos custem apenas alguns centavos. </li></ul>
  26. 26. O uso criminoso da nanotecnologia <ul><li>Tecnologias, mais resistentes, potentes, e compactas, poderiam causar grandes danos à sociedade se caíssem em mãos criminosas. Pode ser que não se tenham desenvolvido novos sistemas de segurança. Será possível produzir todo tipo de armas mortíferas ativadas por controle remoto, difíceis de detectar ou evitar. </li></ul>
  27. 27. Risco pessoal ou social <ul><li>Poderiam integrar-se aparelhos médicos em seringas mais finas do que uma bactéria, algo que talvez permitiria modificações ou estimulações cerebrais de forma mais simples, com efeitos semelhantes aos de toda uma variedade de psicoativos. </li></ul>
  28. 28. Corrida armamentista <ul><li>A nanotecnologia abre a possibilidade de produzir armas terrivelmente eficazes. Aumentaria a potencia de todo o tipo de armas de fogo que poderiam ainda incluir balas auto-dirigidas. </li></ul><ul><li>Os materiais de aviação seriam mais leves e teriam um melhor rendimento e seriam muito mais difíceis de serem detectados com um radar. </li></ul><ul><li>Qualquer arma poderia ser ativada por controlo remoto através de computadores integrados e a robótica melhoraria graças a sistemas mais compactos. </li></ul>
  29. 29. Corrida armamentista <ul><li>Uma das questões que se colocam é se a existência de armas nanotecnológicas contribuiria para a estabilização ou para a desestabilização da situação internacional. </li></ul><ul><li>As armas nucleares impediram grandes guerras ou podem vir a provocar algumas. </li></ul><ul><li>As armas desenvolvidas pela nanotecnologia são diferentes e mudam o equilíbrio até agora conseguido. </li></ul><ul><li>As armas nucleares destroem maciçamente. Uma guerra nanotecnológica teria um efeito parecido a curto prazo. A diferença é que as armas nucleares resultam em graves conseqüências após os ataques pela contaminação que provocam. </li></ul><ul><li>As nano-armas causariam um dano mais reduzido. </li></ul>
  30. 30. Corrida armamentista <ul><li>As armas nucleares causam destruição indiscriminada. As nano-armas poderiam ser dirigidas a um objetivo concreto. </li></ul><ul><li>As armas nucleares requerem pesquisa e desenvolvimento industrial, muito mais fáceis de detectar que no caso da produção de nano-armas. A nanotecnologia permitiria a fabricação rápida de armas e protótipos. As armas nucleares são difíceis de transportar, já as nano-armas, não. </li></ul>
  31. 31. Vantagens e riscos ao meio-ambiente <ul><li>Nanopartículas – despoluição de águas que foram contaminadas com óleo (UNB, UFG e UFRJ – apoio FINEP). </li></ul><ul><li>Nanocatalisadores – retirar do ambiente substâncias poluentes como os compostos de petróleo (diminuição da poluição de carros e fábricas - UFRGS) </li></ul>
  32. 32.   <ul><li>Riscos: </li></ul><ul><li>Foram encontradas nanopartículas no fígado de animais usados em pesquisas. Segundo a US Environmental Protection Agency (EPA), as nanopartículas podem vazar em células vivas e, talvez, entrar na cadeia alimentar através de bactérias. </li></ul>Vantagens e riscos ao meio-ambiente
  33. 33. Vantagens e riscos ao meio-ambiente  <ul><li>Danos aos animais por causa de aviões supersônicos a baixa altitude, até o impacto do recolhimento de energia solar em grande escala que poderia prejudicar o meio ambiente. </li></ul><ul><li>A disponibilidade de materiais mais resistentes permitirá o desenvolvimento de máquinas muito mais potentes, capazes de destruir grandes áreas do nosso planeta a um ritmo muito mais acelerado. </li></ul><ul><li>A natureza minúscula dos artefatos fabricados criaria um &quot;nano-lixo&quot;, difícil de eliminar, e que poderia originar problemas de saúde. </li></ul>
  34. 34. Auto-replicadores (gosma cinza - grey goo ) <ul><li>O sonho de John von Neumann e o pesadelo de Eric Drexler ficaram mais próximos. Cientistas da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, acabam de anunciar a criação de um robô que é capaz de criar réplicas de si mesmo. </li></ul><ul><li>Em 1986, Eric Drexler escreveu &quot; Não poderíamos aceitar certos tipos de acidentes com sistemas de montagem auto-replicadores &quot;. </li></ul><ul><li>As máquinas nanoscópicas que poderiam se multiplicar incessantemente converteriam a superfície da Terra numa imensa gosma cinza (&quot;grey goo&quot;). </li></ul><ul><li>Hod Lipson, líder do grupo que criou os robôs auto-replicantes, não teme as conseqüências e diz que essas pesquisas não deveriam ser desencorajadas, pelo perigo que poderiam proporcionar no futuro, pois, &quot; neste caso, os benefícios potenciais claramente pesam mais que os riscos &quot;. </li></ul>
  35. 35. Auto-replicadores ( grey goo ) <ul><li>A gosma cinza ou meleca cinza incluiria cinco capacidades num mesmo pacote: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Mobilidade - a capacidade de deslocar-se rapidamente. </li></ul><ul><li>Casca de proteção - uma barreira fina, mas capaz de deter diversos produtos químicos e raios ultra-violeta. </li></ul><ul><li>Controle – um conjunto completo de impressões assim como computadores necessários para interpretá-las. </li></ul><ul><li>Metabolismo - capacidade de transformar diferentes tipos de produtos em simples matéria-prima </li></ul><ul><li>Fabricacão – transformar (feedstock) em nanosistemas. </li></ul>
  36. 36. AUTO-REPLICADORES ( GREY GOO ) <ul><li>“ O desenvolvimento e uso da fabricação molecular não supõe risco nenhum de criação de gosma cinza por engano. No entanto, as leis físicas também não permitem rejeitar a hipótese, nem a possibilidade de que os referidos 5 requisitos cheguem a combinar-se em algum momento, num aparelho tão pequeno que uma limpeza posterior fosse dispendiosa e difícil. Nesse sentido, seria preciso atualizar a afirmação que fez Drexler no ano 1986: &quot;Não podemos permitir um uso irresponsável e criminal de tecnologias potentes&quot;. Depois de meio século de convivência com a ameaça das armas nucleares, já somos conscientes do que isto significa ” (Center for Responsible Nanotechnology ). </li></ul>
  37. 37. <ul><li>OBRIGADA </li></ul>

×