U NXcAr-ndy Suhr e ¡Vlíke Gordon

~ l > Í 4 I

Taiíitora sciízííone
Qlando nasci, 
cu era deste

 tamanhinho. 

'x
¡
Eu mexi a bastante

os braços c as pernas, 
mas nem me sentava

r"
direito.    J
 z ' K.  V) E! ”
  ç- ' V _r *ñ
"Ç A ' “ ...
Agora já me mexo de rníl maneiras: 

corro. .. _ffuáÊ-s_ M-.
10

Faço tudo isso porque
tenho um esqueleto dentro de mim.
Se não fosse ele,  eu não conseguiria
ficar de pé.  Eu seria mole,  mole. 

í
¡ à L 7'* Í
N _ _; )_J~ ,   .  R* l l |   

...
Vários animais têm o esqueleto feito de
muitos ossos diferentes.  O nosso esqueleto
também é assim.  Ele tem ossos grandes...
14

Nosso esqueleto tem articulações
são elas que dão movíxnento. 

' .  'r (f) Í _/ 

l¡
" " a . >.-› . 
--_.  ___' '_: _...
C

_JA .   v9¡ " . › j'
,  :› u¡ p** w



B/ Ieus joelhos e ¡
cotovelos se 1V
dobrarn porque f'

é lá que dois g “ É; 
oss...
l

Esta e a minha coluna vertebral. 

 

Na verdade,  é um monte de pequenos
ossos,  um junto do outro,  que podem

l SB c...
A coluna vai da rnínha cabeça, 
descendo pelas costas,  até a bacia. 

 

17
18

Todos os meus ossos se mexem
com a ajuda dos músculos. 

 

Eles se estendem corno
faixas elásticas unidas aos ossos-
x  #ja ¡'-
*sort-q
A .  J v'l
À f' 

~__  Jg.  :  _ _ ; 
  Í' ; L
' * .  -- 'x.  '

(k n, ...  _c rx;  |s-T '¡ 'o

_ 1,93 ...
Uma palavra aos adultos

E: : Litro!  t'- : :nn Cílld: ãd(J'~. A coleção destinada especi-. Ilrhcnte às
crianças que : icz...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eu me mexo

1.301 visualizações

Publicada em

literatura infantil - corpo humano

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
186
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
235
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eu me mexo

  1. 1. U NXcAr-ndy Suhr e ¡Vlíke Gordon ~ l > Í 4 I Taiíitora sciízííone
  2. 2. Qlando nasci, cu era deste tamanhinho. 'x ¡
  3. 3. Eu mexi a bastante os braços c as pernas, mas nem me sentava r" direito. J z ' K. V) E! ” ç- ' V _r *ñ "Ç A ' “ . ' 'írk f , z , a r - _g_ f: : l: "ifgf/ U (i/ "f: ->"Jk$. « n' Eu era carregada para todo lado.
  4. 4. Agora já me mexo de rníl maneiras: corro. .. _ffuáÊ-s_ M-.
  5. 5. 10 Faço tudo isso porque tenho um esqueleto dentro de mim.
  6. 6. Se não fosse ele, eu não conseguiria ficar de pé. Eu seria mole, mole. í ¡ à L 7'* Í N _ _; )_J~ , . R* l l | Í o _í _S #-1 "x Í a K A L É: 'V' ~ 1 «u r c; *w “ o- “ _P 5 Í “ - 7*» o í _ v . k k k _ P_ , 'i . í E'_›; ,__§> ” * ~-
  7. 7. Vários animais têm o esqueleto feito de muitos ossos diferentes. O nosso esqueleto também é assim. Ele tem ossos grandes, ossos pequenos, um_ ligado ao outro-
  8. 8. 14 Nosso esqueleto tem articulações são elas que dão movíxnento. ' . 'r (f) Í _/ l¡ " " a . >.-› . --_. ___' '_: _ '“'~ e à / .-'A _ ' _ 'V' r - á_~ , I '*~ 7 '--›: ' 'gl _ sil_ - (Z -_ “e ' 7- 7 *e 7 ' e ~W z n- t; 7 _ "Í~^**-VJA, V¡ ~í~s _/ " ¡-
  9. 9. C _JA . v9¡ " . › j' , :› u¡ p** w B/ Ieus joelhos e ¡ cotovelos se 1V dobrarn porque f' é lá que dois g “ É; ossos se juntarn. C rncsrno acontece. .. / x era E_ , ) f. , e dos pés. ”'""_"L'-" kh") _ . r , u. |. l a _g x r n x ', ;LLXF-tKJ' -" ' _xl t» " j ; ›' ' . _ Í _k_ _ “ «f * l 15
  10. 10. l Esta e a minha coluna vertebral. Na verdade, é um monte de pequenos ossos, um junto do outro, que podem l SB curvar. L. __ lb
  11. 11. A coluna vai da rnínha cabeça, descendo pelas costas, até a bacia. 17
  12. 12. 18 Todos os meus ossos se mexem com a ajuda dos músculos. Eles se estendem corno faixas elásticas unidas aos ossos-
  13. 13. x #ja ¡'- *sort-q A . J v'l À f' ~__ Jg. : _ _ ; Í' ; L ' * . -- 'x. ' (k n, ... _c rx; |s-T '¡ 'o _ 1,93 »í K' w/ _d s_ V . _i 'à . JA / ~ (¡_.1,, _ tg, 3 OS músculos rnovimentarn os ossos para cima e para baixo sempre que eu quero mexe-los- 19
  14. 14. Uma palavra aos adultos E: : Litro! t'- : :nn Cílld: ãd(J'~. A coleção destinada especi-. Ilrhcnte às crianças que : iczibarr-. m de . LPÍUIIClCT : n ler. CÍudu ! warn tra-z um : caio simples mas direto, .ICOCÍÍNIRhRLÂO de ilustra-gx' 4. nlivztrfldas_ : :Quando o prazer . .la leitura .10 aprendizado. . eo cçao : nzintérn : nn enfoque recíso sobre o corpo hutnazzo. exlglzcuuuío como ele Íuncãon: : e : ae esenvxolve. e co:11pa: :andc› esse: : fatos . l nutrir; .: ')ÍY1|Ã1§ dC vida. Eu -. -:'~: .~. s." pretende (runsnüfir LTiançn: .u. primeir-: s noções sobre o çorp-n, sendo útil não só em : :isa uv: - tnnfnern na escola. cozno instrumento de ensino nas mão; - de pais e profc< sores. Damos : :baixo ; alguuxas sugestões par. : atividades incrrutivas qu: : podem¡ ser sxpYi-: adas como complemento e ampliação do conteúdo deste livro. XVI-ñas Í¡ obra! 1 Faça uu. cs: _¡_uc. '.u_2:u› ; nm pap-clio cr. : : :anciiin-. a, Llse _ilñnctes de segurar; w. par. : _Éuntnr . n. panct- do corpo z- detcnnnxtuz JlfTlxWllJÇ-LÂC* prínci¡ s. "c›ci' pndv cantar quantas : IfIÍClIlEÇtT-CS diferentes. existem¡ : :rn seu corpo- 2 Faça un: carta": soltar; - a» i-'rícns mui-dos tie voc-I' : mexer <cu coqvu. CÍorte 3.7.. '-. If'1-1 . ic revistas p-. zr-. iu -gohr err. seu cartaz. 3 h-'lcx-; x partes diferentes d: : seu corpo. Situ-X: : o. : mirando: aún-s '(01111 c cxlqxknt-ãzífcth, enquanto -. )*-' : FÊSOS s: : :11L›v'1x'11:: r'at: wrn, 4 1< ça. un¡ nncdcYn de braço u-uljiün) czàrfolína z; ululstítar.

×